Home Curiosidade Carros elétricos para o Exército dos EUA

Carros elétricos para o Exército dos EUA

234
24

O US Army planeja adquirir 400 unidades de carros elétricos da Columbia ParCar Corp., Native American Biofuels International e outros fornecedores em 2009. Essa quantidade pode subir para 4.000 unidades no Ano Fiscal de 2010, chegando ao final do programa talvez na casa das 10.000.

Estimativas apontam que cada veículo desse tipo em média gaste cerca de US$ 400 em eletricidade/ano, gerando uma economia de 2.875 galões de combustível.

Essas “viaturas verdes” serão para uso exclusivo dentro de bases e instalações militares no território continental do EUA. Se por um lado elas irão gerar economia em divisas e não são agressivas ao meio ambiente, por outro, são limitadas em termos de autonomia (80 quilômetros) e carga útil (menos de meia tonelada) e não tem a mesma flexibilidade do HUMVEE, que pode ser usado em funções “administrativas” do dia-a-dia ou em operações de campo.

24 COMMENTS

  1. Este “eco-friendly car” é também um “Budget-frienldy car” para os seus fabricantes. O mamute da indústria de guerra norte-americana precisa ser alimentado frequentemente sob perigo de recessão econômica nos EUA. Aliás não foi este um dos motivos da guerra do Iraq?

  2. Usar um HUMVEE para ficar rodando dentro de um quartel e queimar dinheiro, aquele bicho devora combustível.
    O futuro é elétrico, já fazem alguns anos que se testa carros blindados com motores eléticos.
    Por sinal, o nosso futuuuro Urutu III deveria prever a possibilidade de utilizar motorização híbrida.

  3. Cruz credo, que coisa feia. Vai ficar mais feio quando um Sargento qualquer ordenar que um Soldado qualquer faça um serviço qualquer, e o Soldado responderá:

    – Sr, não vai dar. O caminhão está na tomada, enchendo o tanque.

    Mais feio que essa coisa aí, só o Towner Hot-Dog.

  4. Pessoal,

    Esse treco ai nao e pra substituir os humvees, ele e apenas um “carrinho de golf”, um carrinho pra general dar volta de inspecao nas bases, pro pessoal que fica nas Forward Operating Bases (FOB) no Iraque e Afeganistao nao terem que andar o perimetro dela todo e esse tipo de coisa…E mais facil e mais economico vc por exemplo ir buscar um cartucho de impressora la do outro lado da base num negocio desses do que utilizar um Humvee so pra isso entendem?

    Smedley,

    Gators sao esse veiculos aqui:

    http://www.deere.com/en_US/ProductCatalog/GC/servlet/com.deere.u90785.cce.productcatalog.view.servlets.ProdCatProduct?pNbr=3931M&tM=GC&link=enav#

    Sao utilizados pra transporte rotineiro e pro exemplos que citei acima.

    Sds!

  5. Mas como é silencioso, com baixa emissão térmica e feito de material composto não refletivo ao radar ele armado com uma ponto 50 e mais um lançador de granadas Mk19 vai conseguir penetrar as defesas de maneira furtiva. Será o novo terror do US Army e com certeza tem potencial para substituir até mesmo o M-2. Quiçá o M-1. E com certeza vai colocar por terra o sistema FCS do Army e o AAAV do USMC.
    Rsrsrsrs…..
    Tô brincando! Ele é pra mulher do general fazer a feira.

  6. Os americanos sempre riram de nós por irmos todo dia para o trabalho em FIATs UNO, enquanto eles vão de super sedans ou utilitários com motor de 300cv, só que agora parece que o calo do combustível está apertando para eles também, não só no meio civil mas também no militar.

    Os EUA parecem que estão levando a sério o caminhãozinho, 4000 unidades não é só para carregar cartuchos de impressoras ou a feira da mulher do general. rs rs

    Sem falar que a indústria de defesa americana tenta favorecer a maior quantidade possível de empresas, até o fabricante do caminhãozinho ficou com sua fatia.

  7. Claudio,

    Pior é aqui que usamos Wyllis, Engesa, Toyota Bandeirante, JPX, Marrua e uma porrada de outras coisas como viaturas de campo, quando eles sim deveriam ser as viaturas “administrativas” da nossa FT e FAnf.

    Uma vez o Marine disse que um Squad deles (3 Fireteams com quatro homens + mais um Sargento ou Cabo no comando) usa três Humvees para se deslocar. Partindo disso seria uma viatura GP para cada 4 homens, e nos podemos colocar nessa conta toda a força, com viaturas para unidades de emprego e de apoio. Fazendo as contas de forma bem superficial e baseado em fontes que dão o EB como tendo de 190.000 a 280.000 homens, teríamos que ter de 47.500 a 70.000 “jeeps” e no CFN com cerca de 15.000 homens espalhados pelo país uns 3.750. No Wikipedia, a despeito de ser ou não confiável existe um item que lista 6.676 “viaturas diversas” onde com certeza se enquadram jeeps, caminhões, veículos de engenharia, motos etc.

    Dá o que pensar e enquanto isso sonhamos com Submarino Nuclear.

    Um abraço

  8. É Marine, é para isso mesmo, serviço administrativo. Mas vocês também usam os Hummvee para o dia a dia nas Bases, não?

    Esse Gator eu não conhecia, o Sapo Barbudo e o Nervosinho não podem ver isso, senão vão querer colocar isso no lugar dos Leopards do EB.

    PS: Sapo Barbudo é o First Curintiano of the Jail e o nervosinho é o FHC, que quando é colocado na defensiva começa a enrolar a língua. A turma do Barack O Bomba também deve ter gostado desse carrinho Made in San Francisco.

  9. Como ele é só pra andar na base não precisa nem desligar da tomada. É só o “chaverinho” andar desenrolando o fio do “carregador”.
    Vai ser engraçado ver um sargento de 1,90 m e umas 8 arrobas, brabo pra cacete, descendo dessa lancheira e dando esporro em todo mundo.rsrs…
    Em enxurrada ele aguenta 10 minutos antes de por o esnorkel pra fora.

  10. Bosco,

    Feira da mulher do General?! hahahaha….

    LeoPaiva,

    O US Army possui centenas de instalacoes espalhadas pelo mundo entao o numero parece fazer sentido.

    Smedley,

    Praticamente so usamos Humvees, ate pra funcoes mais mundanas possiveis no dia-a-dia.

    Os gators sao utilizados muito pelos civis e pessoal que tem como responsabilidade o dia-a-dia das instalacoes, eletricistas, bombeiros, mecanicos, o pessoal encarregado dos campos de prova e stand de tiros e tal…como vcs mesmo disseram, funcoes administrativas.

    Com certeza estou querendo ficar longe de Sao Francisco e suas muitas “influencias”….rsrsrsrs

    Sds!

  11. Bosco,

    O pior e que eu ja vi muito disso…oficial descendo de um treco desses e querendo botar moral! hahahaha…E geralmente e o cara que ja nao tem moral pra comecar!

    Sds!

  12. Um caminhãozinho desses é igual um filhotinho de cachorro. A gente se apega e tem dó de deixar dormindo sozinho na garagem e leva ele pra passar a noite dentro do quarto.
    Se brincar ainda cobre ele com um edredon.

  13. Anigo Marine,

    por um acaso vc insinuou que São Francisco teria alguma semelhança com Pelotas, não sei, de repente a semelhança do traçado das ruas e avenidas…ou entendi mal?…kkkkkkkk

    abração

  14. Companheiro Hornet,

    Tu ficou sabendo da construção da Transviadonia?
    Parece que o caminho é Pelotas, Curitiba e Campinas, podendo ainda fazer Ponte Aérea com São Francisco e ser quiser ainda tem uma paradinha pra um lancinho em Cancun!!!

    Esse mudo está globalizado demais!

    Abração

  15. Mas bah, tchê! O encarregado dessa “rodovia” é muito macho, macho até debaixo de outro macho tchê!

    rs.rs.rs.

    Já que no post do Rafale pintado de Drag Queen, alguém falou que a torcida do SPFC ficou encantada com a pintura, resolvi devolver a peteca para quem quiser morder a chumbada.

    Fora o Richarlisson, todos os demais são jogadores sérios, sem nada de frescuras.

    Agora, o que os senhores me dizem do ilustríssimo sr. Fenômeno?????? Acho que era ele quem estava pilotando aquele Rafale.

  16. DON D,

    Pensando bem, é mesmo. Os motores do Rafale não aguentariam o peso extra. Iriam estolar e se espatifar no chão.

    abraços.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here