O governo paraguaio expressou nesta quarta-feira o seu mal-estar por uma nova operação militar brasileira na fronteira bilateral, semelhante a outras anteriores que também provocaram uma reação das autoridades locais.

Um comunicado divulgado pela Chancelaria expressa seu “incômodo pelo deslocamento militar” da Marinha brasileira na região de Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai, “situação que não foi comunicada às autoridades paraguaias”.

O documento se refere à operação Retrex S-1/2009, que mobiliza 250 efetivos com o uso de aviões e helicópteros.

“Este tipo de exercício em uma zona de fronteira não contribui ao desenvolvimento de uma relação de confiança e respeito que deve haver entre dois povos que compartilham um espaço geográfico”, indicou o comunicado.

O texto ainda diz que a operação militar “gera todo tipo de especulações, e isso se contrapõe ao espírito que deve primar no projeto de integração do Mercosul”.

A Chancelaria também pediu às autoridades brasileiras o envio das informações pertinentes sobre a operação.

Antes, outros exercícios, que incluíram tanques e outros veículos blindados, geraram protestos das autoridades paraguaias, em especial um no qual militares brasileiros ultrapassaram a fronteira.

FONTE: ANSA

Editor da Revista Forças de Defesa

23 Responses to “Operação militar do Brasil na fronteira preocupa Paraguai” Subscribe

  1. Henrique 9 de abril de 2009 at 13:01 #

    Preocupados ? .. na hora de falarem besteiras e ameaçarem o Brasil com questões de Itaipu e os brsileiros que lá vivem em relação às suas terras PRODUTIVAS eles são muito “machos”.. agora é só colocar meia dúzia de efetivos fazendo exercícios nas fronteiras que eles ficam todo preocupados…
    Já passou da hora do Brasil invadir esta republiqueta chamada Paraguai !!
    Abraços.

  2. Celio Andrade 9 de abril de 2009 at 16:20 #

    É isso ai Henrique…boa..
    Manda eles se fud……
    O Presidente geisel tinha razão ao paraguay e ao uruguay..
    Existia um plano militar de ocupar esses dois paises…chega do anão ficar fazendo cócegas no gigante…chega…

  3. Celio Andrade 9 de abril de 2009 at 16:21 #

    É isso ai Henrique…boa..
    Manda eles se ,,,
    O Presidente geisel tinha razão ao paraguay e ao uruguay..
    Existia um plano militar de ocupar esses dois paises…chega do anão ficar fazendo cócegas no gigante…chega…

  4. Marcos T. 9 de abril de 2009 at 16:23 #

    Vamo fazer exercicio na fronteira com a Venezuela e a Bolivia também, só pra ver o “Chavito” brabo.

  5. Patriota 9 de abril de 2009 at 16:49 #

    Marcos T

    se brincar vamos ser recebidos a bala pelo Chavez o cara não é marica não ele está preparando a Venezuela para se defender de
    qualquer um que ameaçar a soberania deles so fico imaginado os Kamov disparando uma porrada de projeteis em nossas tropas, espera só esse cara comprar viaturas novas e uns 100 T-90 s da Russia.

  6. Jacubão 9 de abril de 2009 at 17:26 #

    Tinha que fazer toda semana, e eles que se lasquem, afinal estamos treinando as nossas FÔRÇAS ARMADAS e não há nada de errado nisso.
    Se eles fizessem treinamento na fronteira o Brasil, não estaríamos reclamando.

  7. marcelo Tadeu 9 de abril de 2009 at 17:36 #

    O que adianta tanques T-90 na Amazônia, só ser for anfíbio e olhe lá. O Brasil tem o direito de fazer exercícios onde ele quiser, desde que não ultrapasse a fronteira.

  8. Vassili Zaitsev 9 de abril de 2009 at 19:56 #

    E a Venezuela, por acaso, teria algum heli Kamov no inventário das FFAA locais????????????

    Até onde eu saiba, não.

  9. dagofm 9 de abril de 2009 at 20:16 #

    O Lugo começou agora tem que aguentar.A mensagem passada esta sendo clara…..e ainda tem mais vindo por ai.

  10. Batista 9 de abril de 2009 at 20:40 #

    O que se constata são os responsáveis pelos interesses da nação e de seu desenvolvimento se preocuparem mais com ações demagógicas e privilegios para alguns em detrimento da grande parcela do povo, em todos os quadrantes da Nação, onde sofrem pela falta de educação de qualidade, segurança, saúde. Se não ousarmos em investir em tecnologias e educação de qualidade e no fortalecimento da industria bélica, não chegaremos a lugar algum e nem teremos respeito internacional, continuaremos a serem visto como Pais do: carnaval, futebol,promiscuidades, corrupção e de “bananas subservientes”. Enquanto isso o Brasil vai ficando para trás nas pesquisas de lançamento de foguetes, atrás da Índia,Irã, Coréias e outros paises.Índia , China e Japão já estão chegando na Lua

  11. Bandeira 9 de abril de 2009 at 22:41 #

    É muito estranho, mas parece existirem pessoas, mais apaixonadas por equipamentos de origem Russa, do que pelo seus país,chegam até a colocarem equipamentos aonde êles não existem. Tudo bem, não morro de amores pelos USA, mas apaixonados pelos Russos, nem se tivesse coleção de “lada”, que foi a “tecnologia” de ponta Russa que conheci.Vão estudar um pouquinho, E VÃO VER QUE ÊLES SÃO IGUAIS EM TUDO, SÓ PENSAM NELES MESMOS. e o pior de tudo ESTÃO CERTOS. Quanto ao Uruguai,êles estão quietos no canto dêles,fazem o dever de casa melhor que nós.Deveriamos fazer como êles.

  12. Patriota 9 de abril de 2009 at 23:40 #

    Vassili Zaitsev

    Falei no Kamov devido a uma possivel aquisição deste helicoptero por parte da Venezuela, não duvido que isto possa acontecer
    a venezuela esta realizando uma modernização consideravel de seu arsenal de guerra e esta possibilidade ja foi citada pela imprensa
    de alguns paises da A.L

    Bandeira

    acredite eu amo o meu país
    e admiro sim os helicopteros de combate de fabricação russa e não vejo nada de errado nisso afinal ainda não temos um uma aeronave de asas rotativas de combate fabricadas com tecnologia 100% nacional
    ainda mais acredito que podemos sim desenvolver aeronaves de igual desempenho ou até mesmo melhores.

    saudações

  13. Patriota 9 de abril de 2009 at 23:57 #

    correção
    A Venezuela utiliza sim helicopteros Kamov desde 1997 que la são designados Mi-8mt, por tanto senhor Bandeira não estou imaginando coisas

    saudações

  14. Hallan 10 de abril de 2009 at 0:58 #

    A Venezuela está quebrada e se individando para enfrentar a crise que tomou conta de seu pais com a baixa do barril ele fala baixinho e os petrodolares sumiram “no hay plata” imaginem daqui uns 10 ou 20 anos como estará a manutenção SU30?

  15. fullcrum 10 de abril de 2009 at 1:14 #

    Agora eles se sentem ameaçados,hahahahaha,devíamos realizar um monte de operações semelhantes e não acho que temos obrigação de avisar ninguém. E ainda querem produzir coisas pra Embraer,hahahaha.

  16. Felipe Cps 10 de abril de 2009 at 9:38 #

    A verdade é que o Brasil deveria incorporar aquela joça como território de uma vez… quase tudo que é de ruim no Brasil vem do Paraguay…

  17. marcos silva 10 de abril de 2009 at 10:53 #

    CHOQUE DE ORDEM NA FRONTEIRA ILÌCITA ,FICO ATE SURPRESO ,PELO FATO DAS AUTORIDADES MILITARES BRASILEIRAS,EFETUAREM ESSAS MANOBRAS ! E ISSO INCOMODA AO VIZINHO ??? QUEM NÃO DEVE NÃO TEME !!! VALEU PARAGUAI !!!

  18. Bandeira 10 de abril de 2009 at 13:51 #

    Patriota, estuda menino, voce tá confundindo MI-28 HAVOC, com KAMOV, são produtos de industrias distintas(Concorrentes), se a Venezuela têm tal equipamento não sabe, só voce tá sabendo.

  19. Flávio 10 de abril de 2009 at 14:50 #

    não sei por que ainda tem pessoas que acreditam no poder de dissuasão da Venezuela, eles fizeram uma compra dos russos e nada mais, eles destinam muito menos de seu pib em defesa do que nós, a Venezuela daqui a algum tempo vai ter problemas em operar seus su-30 e demais aparelhos.

  20. rockey... 10 de abril de 2009 at 18:25 #

    **Queria deixar bem claro ki eu estava na missão sou “fuzileiro naval da marinha
    e a operação nao dis respeito ao paraguai muito menos em seu territorio
    e sim na segurança de instalações da marinha ki pertencem ao 5° distrityo naval…

  21. Jack_the_ripper 11 de abril de 2009 at 9:08 #

    Certo o Paraguai.

    E em tendo havido violação da fronteira Paraguaia, caba ação contra o Estado Brasileiro, com fundamento no principio da não intervenção.

    Somente com respeito aos demais países será possivel construir uma AS segura.

    Nossos inimigos não estao no Paraguai ou na Venezuela. Plagiando o Presidente Lula, nossos inimigos “são brancos e tem olhos azuis”.

    Respeitosamente

  22. 2º SGT 9 de maio de 2009 at 11:01 #

    VCS SÓ LEMBRAM DA GENTE NESSAS HORAS, BANDO DE PAISANOS HIPÓCRITAS.VÃO PROUCURAR O QUE FAZER

  23. Sgt York 9 de maio de 2009 at 12:08 #

    2o SGT – mais respeito com aqueles que pagam o seu soldo. Você é um “servidor” público.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Exército Brasileiro vai escolher seu veículo blindado 4×4

Avibras Tupi

Victor Barreira, Lisboa Quatro empresas do setor têm até meados de dezembro para entregar ofertas ao Exército Brasileiro para um […]

‘Call of Duty: Advanced Warfare’ considerado o maior lançamento de entretenimento do ano

Call of Duty Advanced Warfare

A Activision anunciou que Call of Duty: Advanced Warfare tornou-se no maior lançamento de entretenimento de 2014. Segundo a produtora, […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e doe quanto quiser

FD Capas

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Vídeo: Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron)

sisfron

O Brasil possui cerca de 17.000 km de fronteiras terrestres, estendendo-se do Amapá até o Rio Grande do Sul. Essa […]

Militares russos visitam o Brasil para estreitar cooperação em defesa antiaérea

russia_inter3

Brasília 20/11/2014 – Uma Comitiva da Federação Russa realizou visita ao Brasil nesta semana para conhecer a parte operacional dos […]

FGV: Forças Armadas no topo do nível de confiança

Forças Armadas

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas apontou que as Forças Armadas lideram o ranking das instituições com nível de confiança de […]