O soldado americano desaparecido no final de Junho da sua base no Afeganistão apareceu num vídeo que os taliban colocaram na Internet.

O vídeo, com 28 minutos de duração, mostra o soldado, cuja identidade ainda não foi revelada pelo Pentágono, com a cabeça rapada e barba por fazer. No início do vídeo, os raptores mostram a placa de identificação do soldado para a câmara e consegue-se ler perfeitamente o seu nome e número.

O soldado, que está vestido de cinzento e se alimenta durante parte das filmagens, identifica-se para a câmara e diz a data do vídeo: 14 de Julho. Entrevistado pelos seus raptores, declara-se asustado: “Estou com medo, com medo de não regressar a casa. É muito enervante ser prisoneiro”.

FONTE: Publico.pt

Editor da Revista Forças de Defesa

27 Responses to “Talibã apresenta vídeo de soldado capturado” Subscribe

  1. WAR 19 de julho de 2009 at 13:22 #

    Como inda não me cadastrei, envio neste comentário o texto tirado do G1. Pois é, deu certo, pelo menos momentaneamente. Agora, vamos à paz. Tem que sentar com os palestinos não trgloditas (imensa maioria) e oferecer à els a paz e a coexistência sem ódios fundamentalistas (dois dois lados, é claro).

    “”Ataques intensos à Faixa de Gaza durante 22 dias deixaram destruição e cerca de 1.400 mortos, mas conseguiram interromper uma série de lançamentos de foguetes por parte do Hamas contra o território israelense. “Do ponto de vista operacional, a operação ‘Chumbo Grosso’ foi um sucesso”, avaliou, em entrevista ao G1, o professor de direito internacional Amos Guiora, especialista em contraterrorismo que por 19 anos foi consultor do Exército de Israel sobre a legalidade de assassinatos seletivos.

    Segundo ele, o Hamas claramente ficou surpreso com a intensidade dos ataques de Israel em resposta aos foguetes que eles estavam lançando, ficou surpreso com a força utilizada e também com o fato de que a população israelense concordou com a ação. “Com os números de que os ataques com foguetes foram reduzidos significativamente, pode-se dizer que a operação israelense foi um sucesso. Claro que ainda podem acontecer ataques, e há quem diga que o Hamas está se reestruturando para voltar a atacar Israel, mas do ponto de vista dos números, sim, pode-se dizer que a operação foi eficiente em minimizar o risco de terrorismo, já que é impossível acabar com os terroristas de forma definitiva”, disse.””

  2. Luis 19 de julho de 2009 at 14:07 #

    Eu vi essa matéria no G1, diz lá que o Pentágono disse que o militar tá sendo bem tratado, se isso é verdade o Talibã tem mais MORAL que os AMERICANOS e INGLESES que torturam os capturados…….

    Esse mundo tá locooooo!!!

  3. Fernando Cabral 19 de julho de 2009 at 14:38 #

    Imagine-se nessa situação, o desespero deve ser horrível. Espero que ele seja resgatado ou que haja sensibilidade entre ambas as partes para que seja feita uma troca de prisioneiros, caso contrário já sabemos o destino do cidadão; será friamente executado por seus captores, provavelmente com uma patética simulação de julgamento.
    A situação também é inusitada, como um único soldado pode ser capturado? Estranho. Desejo boa sorte ao soldado e que ele sobreviva, porque se assim for a história que ele vai contar vai ser muito boa.

  4. Coralsea 19 de julho de 2009 at 17:03 #

    Ele se chama Dowe Bergdahl e é do estado de Idaho.

  5. LOBO DO MAR 19 de julho de 2009 at 20:04 #

    ISSO É QUE DÁ INVADIR O PAÍS DOS OUTROS. ESSA GUERRA É ABSURDA E DESNECESSÁRIA. A HISTÓRIA SE REPETE, E, PELO VISTO, OS AMERICANOS NÃO CONHECEM O PASSADO.

  6. Fernando 19 de julho de 2009 at 22:43 #

    Que o Grande Arquiteto do Universo, proteja nosso amigo forista MARINE.
    Vemos as coisas de fora, e não percebemos os riscos que correm estes guerreiros, independente da posição política, certa ou errada. Eles estão cumprindo seu trabalho com dignidade e honra.

    Sds.

  7. Felipe Cps 19 de julho de 2009 at 23:15 #

    Luis:

    “se isso é verdade o Talibã tem mais MORAL que os AMERICANOS e INGLESES que torturam os capturados”

    Americanos e Ingleses torturando capturados? Aonde, pode citar alguma fonte coerente e com credibilidade de tal notícia?

    Se não, peço que o amigo respeite a dor dos que estão lá dando seu sangue e cale-se.

    Sds.

  8. Luis 20 de julho de 2009 at 1:36 #

    OW FELIPE, usa o pc sabe o Personal Computer para se informar!!

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u491785.shtml

    esse link é bom velhoooo….

    e esse tbm

    http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=Guant%C3%A1namo+tortura&btnG=Pesquisar&meta=

    Valew Felipe…ahaha

  9. angelo 20 de julho de 2009 at 2:51 #

    Caro Felipe, sou normalmente fã de seus comentários. São sábios e eluciativos, mas agora não concordei. Em Abu Ghraib e Guantanamo, ocorreram quais fatos? Não sou anti-americano, mas lá eles pisaram na bola, jogando por terra os ideais democráticos e os princípios de direitos humanos, sempre defendidos pela grande nação americana. Forte abraço. Brasil acima de tudo!

  10. Marine 20 de julho de 2009 at 3:20 #

    Fernando,

    Agradeco em prol de todos nos aqui!

    Com relacao a o Taliban estar com “maior moral”…acho isso dificil ja que eu desconheco de videos de americanos degolando capturados como frangos…

    Sds!

  11. Felipe Cps 20 de julho de 2009 at 8:33 #

    Ângelo: fatos isolados (se é que ocorreram) não tornam algo uma versão universal. Como bem dito pelo colega Marine, nunca se viu americanos ou ingleses degolando talebans com facas cegas… já o contrário não acontece; procure no youtube, se tiver estômago…

  12. Cantarelli 20 de julho de 2009 at 9:42 #

    Acho que aqui todos lembram daquelas fotos no iraque dos iraquianos amarados como cachoros e uma mulher do exercito americano segurando uma corda e os caras com uma coleira, isso que da invadirem o pais dos outros nao é um cidadao brasileiro por mim que …..

  13. br 20 de julho de 2009 at 14:55 #

    Americanos nunca jogaram bombas sobre civis, nunca bombardearam cidades alemãs, nunca utilizaram pregos de ferrovias em chopanas, nunca joaram napal sobre crianças nunca nunca e nunca.

  14. MarcosT 20 de julho de 2009 at 17:23 #

    É dificil formar uma opinião sobre esse assunto.
    Acho que se um soldado tem que morrer, que seja de forma honrada, em combate, não assim.
    Más quem disse que existe honra nas guerras atuais?
    Outro dia vi um video, em infravermelho (se eu achar o link eo coloco)de um helicóptero Apache puverizando com a 12 mm, 5 caras que estavam descarregando um caminhão.
    Não parecia um caminhão militar, os caras não estavam armados e era de noite, quem com certeza pode concluir que era um carregamento militar então?
    E o que difere o cara do Apache do cara com a espada?
    Para mim é só a forma de execução mais nada, pois o cara do Apache também julgou e executou os caras sem nem pensar .
    Por isso acho tão dificil estabelecer uma opinião, cada um quer ter a razão ao seu lado, e cabe ao tempo e a história julgar tudo isso no futuro.

  15. Marine 20 de julho de 2009 at 18:12 #

    MarcosT,

    Me permita usar seu comentario para ilustrar um fato, um exemplo, de maneira alguma ao usa-lo estarei atacando sua pessoa, espero que entenda minha intencao…

    “Más quem disse que existe honra nas guerras atuais?” Honra sempre houve assim como tambem deixou de haver em todos os conflitos, tortura, execucoes e tais coisas ocorrem ha milenios quer seja na Grecia antiga ou China, infelizmente tais feitos sempre estarao envolvidos em guerra. Eu discordo da sua afirmacao pois nunca houve uma ONU antes, convencao de Genebra, tribunais internacionais ou leis de guerra terrestres para citar alguns exemplos. Sao perfeitos? Claro que nao mas sao uma forma criada pelo ser humano tentanto impor certas normas para governar ao maximo possivel o caos que e a guerra, entao eu pessoalmente acho que hoje estamos melhor servidos nesse sentido do que a qualquer momento anterior da historia.

    Agora o exemplo que quero citar e o fato sobre o video citado por voce e outros milhares citados por centenas de pessoas, videos dos dois lados dos conflitos…

    Lembrem-se que videos sao apenas isso – videos! Eles nao vem com manuais de instrucao, nao sao livros de historia, nao sao relatorios de inteligencia…O expectador nao tem como saber nada por de tras, os bastidores que levaram as acoes de tais videos sendo assim os consider as piores formas possiveis de formar opiniao.

    Nesse video citado por voce como exemplo gostaria de apontar algumas coisas e gostaria que entenda que nao estou diretamente defendendo esse video especificamente, apenas ilustrando os pontos que citei acima.

    As pessoas veem um video como esse e fazem as mesmas perguntas que voce, “Nao parecia um caminhao militar” – mas se esquecem que nao existe caminhoes militares com o simbolo do “exercito terrorista” neles entao voce nunca vera qualquer um deles em caminhoes militares, isso nao existe em guerra assimetrica…

    “Os caras nao estavam armados” – so porque no video que alias deve ser de resolucao baixa por ser noite e IR naop quer dizer que eles nao estavam armados, poderiam como voce mesmo disse ter deixado suas armas ali por perto enquanto descarregavam o caminhao.

    “…executou os caras sem nem pensar.” – mais uma vez isso e apenas um video, nos os expectadores nao temos como saber toda a cadeia de eventos que ocorreu antecipando o video, nao sabemos da inteligencia que houve para tal missao, nao sabemos o porque, desconhecemos quem eram, desconhecemos se foram observados cometendo algo de suspeito por um UAV e milhares de outras coisas. Um video como esse ate Bin Laden e Hitler parecem pobres inocentes sendo executados…

    O ponto que desejo ilustrar e que youtube nao e lugar para formarmos nossas opinioes, videos como esse servem para ilustracao e nada mais, alguns digam entretenimento mas nao sao nossas fontes formadoras de opiniao…Isso devemos procurar e vivermos tais experiencias se possivel ou lermos sobre elas em midias ja citadas acima.

    Espero que tenha entendido que nao desejei uma criticar em particular a sua pessoa apenas, desejo que outros possam entender o ponto do debate e formarem suas opinioes sem as emocoes e a incompleta historia de um video qualquer.

    Sds!

  16. Fernando Cabral 20 de julho de 2009 at 21:00 #

    Quando desejei boa sorte ao soldado e tive por ele empatia não significa que apoio as intervenções que os USA estão fazendo nessas regiões; comentei apenas sobre a situação crítica na qual se encontra o jovem.
    Penso também não ser justo que o EPW personifique e encarne todas as injustiças cometidas em todas as guerras nas quais os EUA estiveram envolvidos; tal raciocínio é infantil, para dizer o mínimo.
    Em um engajamento não existe julgamento no sentido em que mencionei no meu primeiro post. Já tive a oportunidade de observar alguns vídeos de combates e o julgamento que se faz nessas situações é bem diferente de uma situação onde você permite ao acusado uma defesa legal, técnica e justa. Se o inimigo que é enfrentado dispõe de meios mais eficazes para chegar ao seu objetivo não significa que ele esteja fazendo um julgamento, ele está apenas fazendo o trabalho dele, aliás o mesmo trabalho que fazem os caras do outro lado quando disparam suas saraivadas de RPG’S. Uma questão de meios e recursos mais sofisticados e eficazes não pode ser confundida com a palavra julgamento no sentido “stritu sensu” em que a mencionei.
    Vou me lembrar do soldado do vídeo nas minhas orações, que Jesus ponha a mão na situação e que ele volte para casa são e salvo.

  17. Dalton 20 de julho de 2009 at 22:25 #

    “durante a viagem, o sadico motorista comprazia-se em agredir os prisioneiros. Todos estavam famintos. O motorista com uma das maos estendia-lhes pedaços de pao; quando o prisioneiro aproximava-se para apanha-los, o motorista recuava os pedaços de pao, esbofeteando-o, a seguir, com a outra mao.”

    “Esse tipo de canalhice e maldade é muito comum, praticado por elementos que gravitam na retaguarda dos exercitos, num pais em guerra”

    “dois soldados de orgaos de serviço de retaguarda, invadiram a casa de um campones, trucidaram um casal de velhos que lá se encontrava e violentaram uma menina de dez anos”

    Os trechos acima encontram-se em um livro chamado “verdades e vergonhas da FEB” bastante raro e que possuo um exemplar.

    Foi escrito por um pracinha, Leonercio Soares, do 11.RI sobre a conduta de pracinhas brasileiros na Italia…o outro lado que tao pouco ouvimos falar.

    Será correto julgar todos os 25000 expedicionarios por alguns atos isolados cometidos por alguns poucos? Certamente que nao.

    abraços

  18. Felipe Cps 21 de julho de 2009 at 8:22 #

    Perfeito Dalton. Muito alemão também foi judiado pelos pracinhas. A verdade é que falar é fácil, viver ali a situação é complicado. Mas maior toice é julgar todos por alguns, numa bisonha estatística dos números pequenos.

    Abs.

  19. MarcosT 21 de julho de 2009 at 9:00 #

    Marine
    Concordo com muita coisa que você disse.
    Por isso digo que é muito dificil formar uma opinião sólida sobre um assunto tão “pesado” como esse.
    Infelizmente as informações que a gente recebe não são de fontes confiaveis , vem de forma incompleta e fora de contexto.
    Eu sei que o Piloto do Apache estava fazendo seu trabalho, quem sou eu para questionar isso, más o que eu quero elucidar é que como um video “largado” na internet, fora de contexto pode criar confusão nas pessoas.
    Quando recebi aquele video pelo I-mail, veio com a seguinte mensagem:
    “Veja como os Americanos levam a Democracia até o Iraque”.
    Acho bobagem isso, não passa de propaganda anti-Americano.
    Agora também não sou inocente ao ponto de acreditar que de todas as missões de ataque executadas em uma guerra, como do Iraque por exemplo, o atancante tem total esclarecimento sobre o alvo,(poderia ter laranjas dentro das caixas) se isso fosse verdade, não teriam morrido aliados por fogo amigo, ou civis.
    E quanto a Convenção de Genebra, ONU, que você mencionou, acho que tudo isso só serve para o lado que está ganhando a guerra, coloque armas quimicas na mão desse Talibãs aí pra ver se eles vão pensar duas vezes antes de usar.
    E de forma alguma me senti ofendido Marine, é muito importante a sua opinião para mim, estamos aqui para debater.
    Abraço.

  20. Marcelo Tadeu 21 de julho de 2009 at 9:05 #

    Deveriam capturar um desses peudo-brasileiros que vão lutar pela causa dos outros. Ai sim quero ver o cara chamar pela mãe e pelo governo brasileiro pra salvá-lo!!!

  21. Andre Luiz 21 de julho de 2009 at 9:49 #

    Se nao podemos questionar um video de um apache pulverizando gente porque nao temos como saber todo o contexto em que a açao ocorreu por se tratar um video, tambem podemos ficar com um pé atras em relaçao ao soldado capturado, sabe-se lá o que ele fez tambem

  22. Walderson 21 de julho de 2009 at 13:42 #

    Caro colega Marcelo Tadeu,

    é impressão minha ou parece que de seu lado os argumentos se acabaram. Na boa, penso que este tipo de comentário é que leva à posturas discriminatórias e segregacionistas. Vamos voltar aos comentários às notícias.

    Um abraço a todos.

  23. Marine 21 de julho de 2009 at 13:59 #

    Marcelo Tadeu,

    Pode deixar entao que se o “pseudo-brasileiro” aqui precisar um dia eu te chamo pra voce ir me socorrer…

    Andre Luiz,

    Voce esta absolutamente certo, nao temos ideia de como e o soldado capturado, nao sabemos se ele e “gente fina” ou se dava tapa na cara de velinho no Afeganistao, minha intencao nao e de defender o um lado apenas, quis somente demonstrar em nao formarmos nossa opiniao baseados em somente um video. O proprio colega MarcosT afirmou certo que o email que ele recebeu com o video ja minha com mensagem tendenciosa, imparcial e nao passava de propaganda anti-americana, qualquer um pode pegar um videozinho e encaixa-lo na sua agenda politica pessoal. Foi apenas isso que quis mostrar.

    MarcosT,

    Entendi o colega, nao se preocuope, sei que voce e mais inteligente do que esse tipo de email.

    Walderson,

    Muito bem colocado!

    Sds!

  24. BR 21 de julho de 2009 at 17:54 #

    O soldado tem que ter em mente, que pode morrer, assim como matar é guerra, e com se diz o pau que bate Chico, bate em Francisco.

  25. Felipe Cps 21 de julho de 2009 at 19:30 #

    Caras, esse tal de Marcelo Tadeu é um loc. Ow cara-pálida, se isso acontece com um brasileiro é óbvio que o governo brasileiro tem que intervir. Afinal, governos servem pra isso! Mas vc acha mesmo que no caso de quem luta pelos EUA precisaria?

  26. thiago 6 de outubro de 2009 at 10:58 #

    americano e ingles tem que mata tudo! eles tao envolvidos em todas guerras desde os primordios ja notaram? quem garante que nao sao eles os errados na historia? quem garante que eles nao promovem todas essas guerras para terem motivo de se enfiar nos paises pobres e sugalos ate o fim, como ja fazem legalmente com outros paises! só pensam neles mesmos! o cara ao invéz de mandar um beijo pra familha e amigos tranquilizando eles que devem estar pior, só choramingou querendo voltar, que soldado é esse? o cara nao tem um arranhaozinho! queria ver se fosse um preso nos estados unidos ou inglaterra sendo torturado e sem nenhum direito de fazer videozinho….

  27. thiago 6 de outubro de 2009 at 11:12 #

    é claro que nao tem videos de americanos torturando prisioneiro, vcs acham que eles divulgariam tal fato hahahah doce inocencia, agora vcs ja viram o governo americano liberar um prisioneiro a fazer um video para sua familha como esse ai??? naaa!!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Exército Brasileiro vai escolher seu veículo blindado 4×4

Avibras Tupi

Victor Barreira, Lisboa Quatro empresas do setor têm até meados de dezembro para entregar ofertas ao Exército Brasileiro para um […]

‘Call of Duty: Advanced Warfare’ considerado o maior lançamento de entretenimento do ano

Call of Duty Advanced Warfare

A Activision anunciou que Call of Duty: Advanced Warfare tornou-se no maior lançamento de entretenimento de 2014. Segundo a produtora, […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e doe quanto quiser

FD Capas

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Vídeo: Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron)

sisfron

O Brasil possui cerca de 17.000 km de fronteiras terrestres, estendendo-se do Amapá até o Rio Grande do Sul. Essa […]

Militares russos visitam o Brasil para estreitar cooperação em defesa antiaérea

russia_inter3

Brasília 20/11/2014 – Uma Comitiva da Federação Russa realizou visita ao Brasil nesta semana para conhecer a parte operacional dos […]

FGV: Forças Armadas no topo do nível de confiança

Forças Armadas

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas apontou que as Forças Armadas lideram o ranking das instituições com nível de confiança de […]