Archive | 26 de agosto de 2011

Atentado contra academia militar mata 18 na Argélia

Pelo menos 18 pessoas morreram nesta sexta-feira e outras 35 ficaram feridas num atentado suicida contra uma academia militar na localidade de Cherchell, 90 quilómetros a oeste de Argel, informou à Agência Efe uma fonte próxima aos serviços de segurança. As fontes explicaram que um terrorista suicida atravessou a porta do quartel e quando percebeu […]

Read More 0 Comments

Secretário-geral da ONU pede força policial internacional na Líbia

A comunidade internacional poderá se ver obrigada a enviar rapidamente uma força policial à Líbia, onde circula um número elevado de armas de pequeno calibre, declarou nesta sexta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. Ban manifestou também seu desejo de que melhorassem as relações entre a União Africana (UA) e o Conselho Nacional de […]

Read More 0 Comments

EUA e Europa se unem para punir a Rússia

Os EUA e a Europa chegaram nesta segunda (28) a um acordo para ampliar as sanções econômicas à Rússia por […]

Empresa russa deve se associar ao programa nuclear brasileiro

Com a participação da Rosatom, governo de Vladimir Putin acena com financiamento de até US$ 2 bilhões. O presidente Putin […]

Programas de vigilância dos EUA ameaçam liberdade de imprensa, diz relatório

Os programas de vigilância dos Estados Unidos estão tornando mais difícil para funcionários do governo falarem com a imprensa sob […]

Primeira Guerra Mundial acelerou modernização das Forças Armadas no Brasil

Há exatos 100 anos, teve início um conflito militar global sem precedentes, com um nível de destruição e mortandade desconhecido […]

Trégua pedida por Conselho da ONU negligencia segurança de Israel, diz Netanyahu

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, criticou nesta segunda-feira o pedido do Conselho de Segurança da ONU de uma trégua humanitária […]

ONU pede cessar-fogo humanitário imediato em Gaza

O Conselho de Segurança da ONU adotou hoje uma declaração por unanimidade apelando a um “cessar-fogo humanitário imediato e incondicional” […]