Home Noticiário Nacional Terceirização vermelha: em 2013 chegam ao Brasil 1.500 médicos cubanos contratados

Terceirização vermelha: em 2013 chegam ao Brasil 1.500 médicos cubanos contratados

151
7

1. Estão muito adiantadas as negociações para contratar médicos cubanos a fim de trabalharem em regiões do interior do Brasil. Persistem divergências apenas quanto aos valores a serem pagos pelo Governo brasileiro e ao método de supervisão das atividades profissionais dos médicos cubanos.

2. Os primeiros 1.500 profissionais deverão chegar ao Brasil no fim de janeiro ou início de fevereiro do próximo ano, a fim de evitar-se a exploração do assunto no decurso da campanha para as próximas eleições municipais de 2012.

3. Estamos seguindo de maneira rigorosa a esteira venezuelana… Enquanto isso, o Conselho Nacional de Medicina vem estabelecendo critérios rigorosos para confirmar os médicos brasileiros formados em países vizinhos.

FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

7 COMMENTS

  1. Que vergonha para um País que se diz a sexta economia do mundo!!!, somos subservientes do Chapolim Colorado,cumpanhera Dilma se entregou de vez…infelizmente seremos mais um País Bolivariano sem ser de lingua Espanhola, Petralhas PDP…Socialistas Internacionais que não são Brasileiros não são patriotas, estes petralhas são gringos disfarçados de brasileiros…que M…

  2. faz parte dos planos do PT em aumentar o número de médicos por 1000 habitantes de 2 para 3,5. A longo prazo a estratégia é abrir faculdades de medicina. A curto prazo é contratar médicos.

    Ninguém quer trabalhar no interior onde as condições de trabalho são péssimas.

  3. Isso é uma vergonha…….

    O Lula já trouxe médicos angolanos, que eu tive o desprazer de ser atendido por uma pediatra deste país quando minha filha, ainda pequena, teve uma “virose”, a infeliz nem medir a temperatura teve capacidade.

    Fiz um memorando e encaminhei ao hospital, privado claro, não sei o que deu, mas lá ela nunca mais enganou.

    Médico tem aos montes aqui, só não querem, em alguns casos os salários de fome pagos no interiorzão.

  4. Não há possibilidade disso acontecer pelas vias legais,pois a equivalência curricular impede a livre contratação e o livre exercísio da profissão no país, além de deixa claro a diferença de nível entre um e outro médico.

  5. Era só o que me faltava.

    O próximo passo é terceirizar as Forças Armadas, substituindo todas pelas Forças Armadas Bolivarianas do Chávez.

    Governo ridículo!

  6. Parece que estão usando a cartilha guerrilheira dos anos sessenta.

    O negócio é conquistar corações e mentes no Brasil Rural, convencendo os “campesinos” (comunista gosta deste termo) da grandeza do sonho socialista para só então atacar os centros urbanos, evitando assim a resistência burguesa.

    Este era o discurso dos guerrilheiros. Disto resultou a guerrilha do Araguaia, felizmente um malogro.

    E deu errado porque o povão não gosta de masturbações ideológicas. O caipira se perguntava “o que ganho com isto”? E entregava os guerrilheiros às autoridades.

    Para convencer o pragmático povo brasileiro, é preciso criar e prover uma rede assistencialista que distribua alguns benefícios para as massas, como espertamente fizeram o sapo barbudo e o caudilho venezuelano durante anos.

    Parece que querem repetir os objetivos da guerrilha, usando médicos ao invés de estudantes falando o mantra comunista para o caipira.

    Para a sorte do Brasil, vai ser difícil o caipira entender o espanhol do médico e vice-versa.

    Mas o que eu quero é ver o que o Conselho de Medicina vai dizer sobre o assunto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here