Fuzil AR-15: o mais popular nos EUA

Fuzil AR-15: o mais popular nos EUA

3421
5
SHARE

(La Vanguardia/Clarín, 28.12.12) 1. É a arma que usou James Holmes quando em 19 de julho passado entrou em um cinema de Denver, Colorado, e fuzilou mortalmente 18 pessoas. Foi também a arma que disparou Adam Lanza nesse 14 de dezembro para executar 26 pessoas, entre elas 20 crianças em uma escola em Newtown, Connecticut. Também é a arma que usou nesta semana o homem que matou dois bombeiros que haviam ido apagar um incêndio em sua casa, ao norte de Nova York.

2. É, ademais, a arma que guardam em sua casa 3 milhões de americanos e que milhares mais estão se apressando nos últimos dias para comprar, diante da possibilidade que uma lei limite a posse de armas de assalto, como essa, nos EUA.

3. É conhecida como AR-15. É uma perfeita máquina de disparar e de matar. Mas para algumas pessoas parece ter se convertido em mascote ou membro da família, e em lugar de chamarem a arma por seu nome técnico, preferem dar-lhe um apelido. Num vídeo postado no YouTube, uma jovem segura o fuzil junto a sua cama e anuncia alegremente: “Esta é minha Sprinkles”.

4. O AR-15 é um fuzil semiautomático projetado no ano 1957 para o exército dos EUA, que empregou no Vietnam por sua capacidade de disparar 100 balas (sic) seguidas a uma distância de 400 a 600 metros e de perfurar alguns tipos de colete a prova de bala. É a versão “civil” do M16, o fuzil mais usado pelas tropas norte-americanas. E ao mesmo tempo em milhões de residências no país.

5. E por narcotraficantes no Rio, em SP e no Brasil.

FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

5 COMMENTS

  1. Inegável que é uma bela arma.

    O melhor seria não precisar ter arma alguma. Mas na impossibilidade disso (e É impossível), gostaria de poder ter o direito de possuir uma dessas em casa.

  2. Infelizmente a sabedoria popular anda prevalecendo quando o assunto é arma de fogo, diversos “especialistas” as colocam como o mal da humanidade e a grande vilã por trás de todos estes ataques.

    A ignorância acerca das armas de fogo é algo que me revolta, pois os “especialistas” simplesmente ignoram que o Brasil, país no qual possuir uma arma é extremamente caro e difícil e portar é impossível (exceto para militares, policiais, entre outros elencados pela lei), é muito mais violento que os EUA, o qual conta com mais de 300 milhões de armas nas mãos de seus cidadãos, de acordo com a NRA.

    A verdade é que aquele que pretende cometer um crime, como estes ataques à escola, irá utilizar o que for preciso para atingir o objetivo pretendido, seja um carro, um cano de ferro, uma arma de fogo ou um avião.

    Quantas são, por ano, as vítimas fatais no trânsito? Quantas pessoas saem das auto escolas com uma habilitação (algo concedido pelo Estado), mas sem condições de dirigir um carro de maneira segura? Vamos proibir os carros!

    Se o tal Adam Lanza tivesse se utilizado de uma Dodge Ram para atingir um ônibus escolar cheio de crianças, as 26 mortes seriam menos importantes? Iriam proibir as caminhonetes?

    Há mais para ser falado, entretanto paro por aqui.

  3. Requena, você pode comprar versões desta arma (e até que Ak47) em calibre 22 de forma legal no Brasil, vai desembolsar em torno de R$ 9.000,00.

    Com relação a este tipos de crimes, não tenho muito o que falar pois são casos patológicos. Acho que deveria ser discutido o que a sociedade deve fazer para identificar e tratar (se for o caso) aqueles potencialmente capazes de executar tal barbárie.

LEAVE A REPLY