Home Asas Rotativas Fuji desenvolverá nova geração de helicópteros militares para o Japão

Fuji desenvolverá nova geração de helicópteros militares para o Japão

514
5

Fuji - Aircraft-UH-X-2-620x403

ClippingFabricante dos automóveis Subaru, a japonesa Fuji Heavy Industries Ltd. (FHI) assinou recentemente um contrato com o Ministério da Defesa do Japão para trabalhar no projeto do protótipo da próxima geração de helicópteros para uso múltiplo (UH-X), destinado à Força Terrestre de Autodefesa do Japão (JGSDF).

Em parceria com a Bell Helicopter Textron Inc., a Fuji irá desenvolver uma variação avançada do helicóptero 412EPI, o mais recente modelo da série Bell 412, utilizado em missões de busca e salvamento conhecido por sua robustez e versatilidade. Provisoriamente designado como Fuji-Bell 412+, o helicóptero servirá como plataforma para o UH-X.

Neste projeto, a Fuji vai aplicar seu know-how, com destaque para as técnicas de tratamento das superfícies de metais, além de sistemas de produção altamente eficientes, desenvolvidos na produção de aeronaves civis em grande escala.

Com uma forte parceria de 55 anos com a Bell Helicopter Textron, a FHI construirá uma linha de produção e instalações de manutenção no Japão para o UH-X e o Fuji-Bell 412+ em sua divisão Aerospace Company, situada na cidade de Utsunomiya, município de Tochigi.

Aircraft-UH-X-1-620x414

FONTE: Subaru/CAOA

5 COMMENTS

  1. Os coreanos fizeram algo semelhante com a plataforma do Super Puma/Cougar, mas fico imaginando se não seria melhor para os japoneses usar algo mais novo?

    A Bell está desenvolvendo o B525, para 16 passageiros, no mercado off-shore. Talvez seja uma plataforma mais flexível visando necessidades futuras?

  2. Tenho o mesmo entendimento, amigo Clésio, acredito que 525 seria uma plataforma mais flexível, até porque ainda não está toda desenvolvida, com isto pode receber mais refinamentos e adequações à diversas missões militares que desejam os japoneses. Além de atender a força terrestre, de repente o desenvolvimento de versões mais especializadas como o CSAR, à força de defesa aérea, e/ou missões navais ASW e ASuW.

    Até mais!!! 😉

  3. Wellington e Clésio,

    Todas essas missões e capacidades ai elencadas por vc’s já são executadas por por outros helos mais capazes.

    Esse helo nipônico será na verdade um “grande” utilitário pé de boi, mas mais barato que os 30-40 UH-60JA deles (by Mitsubishi) e que irá na verdade substituir os mais de 150 UH-1H/J que eles tem hoje a disposição da JGSDF e que foram produzidos pela Fuji .

    Com certeza não será na razão de 1:1 e o que faltar será complementada por mais UH-60JA ou alguma versão atualizada do mesmo.

    O 525 é um protótipo que voou no último mês de julho e é destinado ao mercado civil… Ele não é um helo pensado para ser militar e a JSDF não é dessas forças militares meia boca que ficam Gambiarrando produto civil para a linha de frente de sua defesa.

    Na verdade o 525 é o maior helicóptero projetado bela Bell desde o 214ST, que na época foi financiado pelo Xá do Irã e todos sabem o que aconteceu com o Irã depois do Xá. O 214ST tiveram menos de 100 produzidos mas alguns ainda voam.

    http://cdn-www.airliners.net/aviation-photos/photos/2/8/0/0828082.jpg

    Esse UH-X em fato deve acabar tendo menos capacidades que os UH-1Y dos Marines, mas dever ser mais refinados que os CH-146 Griffon canadenses.

    Grande Abraço.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here