Home Conflitos em andamento Venezuela envia militares a região disputada e causa protesto da Guiana

Venezuela envia militares a região disputada e causa protesto da Guiana

1383
9

ClippingAs Forças Armadas da Venezuela enviaram nesta terça-feira (22) milhares de soldados à fronteira com a Guiana, no leste do país. A movimentação perto da área disputada entre os dois países levou a protesto do vizinho.

As atividades militares acontecem um dia após a Guiana ameaçar levar a disputa pela região de Essequibo à Corte Internacional de Justiça por considerar esgotados os esforços da ONU para resolver o conflito.

De acordo com o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, as tropas realizam um exercício militar. “Fazemos um exercício de deslocamento operacional. (…) Estamos nos preparando em todas as frentes.”

O anúncio do ministro é feito minutos depois de o presidente da Guiana, David Granger, reclamar do reforço militar na fronteira. Para ele, seu colega Nicolás Maduro segue um rumo perigoso ao evitar uma solução pacífica.

“Achamos que a Venezuela está tomando neste ponto um caminho perigoso em vez de buscar uma solução pacífica para o assunto. A Venezuela parece seguir um rumo ofensivo e agressivo.”

Granger busca o apoio de países da América antes de se pronunciar sobre a disputa pela região de Essequibo na Assembleia-Geral da ONU, em discurso previsto para a próxima sexta-feira (25).

Nele, defenderá que os limites entre os dois países foram acertados no tratado assinado entre a Venezuela e o Reino Unido em 1899. Caracas afirma que o documento foi fraudado para beneficiar na época aos britânicos.

VOLTA

A disputa fronteiriça entre Venezuela e Guiana foi reativada no final de maio depois que a companhia Exxon Mobil descobriu uma jazida de petróleo no litoral de Essequibo.

O tema foi colocado em segundo plano em agosto quando o governo de Nicolás Maduro decidiu fechar sua fronteira oeste com a Colômbia, sob a alegação da atividade de grupos paramilitares e contrabando.

A questão começou a ser resolvida na segunda (21) depois de reunião entre Maduro e o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, mediada pelo Equador e o Uruguai. Um dos pontos é a abertura progressiva da fronteira.

A oposição ao chavista e outros críticos estrangeiros acusam o mandatário de usar as crises diplomáticas para poder ganhar as eleições parlamentares de dezembro.

FONTE: Folha de São Paulo

9
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
aldoghisolfieduardo.pereira1AugustoVaderColombelli Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Boa tarde Senhores!

Pronto! Agora o foco é outro…já que se acabou a palhaçada contra a Colombia.

Logo isso também vai para o vinagre e aí será algo contra o Brasil.

Que diferente dos dois governos anteriores, alvos de ataque verbal da Venezuela, é um governo de “mela cuecas ou melhor dizendo de “mela calcinha”, se é que aquele barril usa isso…tenho lá minhas dúvidas…

Precedentes para entreguismo é o que não falta:

Bolívia x Petrobrás

Paraguay x Itaipú

CM

Edimur
Visitante
Edimur

Brasil a piada pronta não sabe usar o seu tamanho para se impor na America do Sul ai vem Os EUA que eu não sou fa e coloca e retardado no lugar dele ai pronto o Itamati merda emite nota de repudio e o c… a quartro . Infelizmente somos governados por ladrões cheios de si egoistas, como pode um pais com tanta riqueza em dias em que ate um bando de louco do Islã quer dominar territorio usar Soft power nas relações internacionais? Hoje o Brasil e um Pais todo dividido de um lado uma galera que acha que… Read more »

JT
Visitante
JT

Caros,

Se der na louca do Maduro de pegar esse território à força, tal qual o Putim fez na Criméia, vocês acreditam que o Brasil interviria, mesmo que diplomaticamente? Ou daria apoio ao membro do Foro de SP?

JT

joao.filho
Visitante
joao.filho

Espero que o Brasil esteja pronto com suas FFAAS obsoletas…

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Enquanto isso o emblemático silêncio da diplomacia brasileira, que foi estiolada e destruída em menos de uma década na mão desta corja.

Nem conflito aqui temos mais cartaz pra mediar. É o fundo do posso perder pra Equador. Nem os “cumpanheiros” levam mais a sério isso que está ai e se acha governo de alguma coisa.

Vader
Membro
Member

Se eu fosse Isabel II de Windsor numa hora dessas mandava despachar umas duas dúzias de EF-2000 e um Classe Vanguard, devidamente acompanhado de uma FTzinha recheada de Royal Marines, para estacionar no litoral ao largo de Caracas.

Aí a gente iria ver a macheza do Fred Mercury da Venefavela…

Qualé Bigodón, tá achando que é o Putin sulamericano é? Que vai levar na mão-grande metade da coitadinha da Guiana?

🙂

PS: o fod. é nosso governo PeTralha lixoso que vai acabar apoiando o Bigodón caso este leve adiante sua farsa…

Augusto
Visitante
Member
Augusto

Repetindo o que eu disse em post anterior: Forças Armadas têm de estar equipadas e preparadas diuturnamente, em todos os tempos. Mas esse governinho brasileiro acha que é suficiente dizer que “daqui a 10 anos receberemos novos submarinos, em 2019 começaremos a receber novos caças e daqui a não sei quantos anos teremos defesa antiaérea decente”. Junta-se a isso a bizonha mentalidade de que “o Brasil é um país pacífico, sem inimigos” e pronto! Está dada a fórmula das relações exteriores tacanha de um país fraco e sem relevância diplomática. Se um sujeito desses (Maduro) faz uma bobagem, o que… Read more »

eduardo.pereira1
Visitante
Member
eduardo.pereira1

Não duvido do aprestamento e capacidade de nossas forças armadas (mesmo com equipamento obsoleto) para afugentar ou escorraçar qualquer ameaça, ao menos a nível de AL, a questão é que a decisão de se impor ou não está em mãos corrompidas e nada patrióticas, triste realidade, estão envergonhando nossa nação mundialmente, mas somos maiores que estes antipatriotas que são minoria frente a um povo trabalhador ( que muitas vezes não busca conhecimento e por isso e devido a vontade de sempre também obter vantagens agora está colhendo amargamente o que tem plantado) que movimenta e impulsiona esta grande nação chamada… Read more »

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Lembra a quartelada do Galtieri… penso que se tocarem na Guiana EIIR e Obama vão liquidar a fatura com uma pernada só!

Nós nada faremos…