Batalhão de Manutenção da Aviação do Exército alcança resultados expressivos

Batalhão de Manutenção da Aviação do Exército alcança resultados expressivos

1266
5

Taubaté (SP) – O Batalhão de Manutenção e Suprimento de Aviação do Exército (B Mnt Sup Av Ex), possui dentre suas subunidades o Pelotão de Transporte Aéreo e Serviços Especiais de Aviação (Pelotão TASA). Esse pelotão foi o responsável no primeiro semestre por diversos apoios especializados para as Organizações Militares de Aviação do Exército e diversas outras unidades operacionais, totalizando em treze missões executadas, um deslocamento total de 7.913 quilômetros, o equivalente à distância de São Paulo a Lisboa em linha reta.

Dessas missões, realizou o abastecimento de 63.061 litros de Querosene de Aviação (QAv) em mais de 135 operações no terreno.Esse total de QAv equivale a mais de quatro reservatórios de combustível da BR Petrobras.

Apoiando a manutenção de toda a frota de aeronaves de asa rotativa do Exército, o Pelotão TASA realizou vinte destanqueios (que é o ato de retirar o combustível de uma aeronave para a realização de qualquer tipo de manutenção), o que equivale a um total de 6.393 litros de QAv. O suficiente para abastecer aproximadamente dezoito aeronaves HA-1 Esquilo.

É o Guardião da Aviação apoiando as aeronaves do Exército Brasileiro na execução de suas missões em todo o território nacional.

FONTE: Exército Brasileiro

5 COMMENTS

  1. Bardini, eu me referia a parte frontal da anv, mas após colocar a preguiça de lado, trotear pela casa e achar meus ócuols vi que uma sobra.
    A quantidade de fuligem na parte traseira podem ser várias coisas dentre elas, QAV com teor de enxofre mais alto(não me surpreenderia), full manete por um bom tempo(duvido, a Kombi está com restrições), injetores do corpo de câmara de queima com excesso., são motores relativamente novos, apostaria no primeiro, sem descartar o segundo. Apesar de ser muito comum a presença de fuligem na parte posterior das anvs de asa rotativa, obviamente que não naquelas proporções.

    g abraço

    G abraço

  2. Eu não quero nem ver os custos deste abastecimento de querosene para essas aeronaves, sabendo que a petrossauro detém o monopólio garantido pelo estado para este mercado, os custos devem estar nas alturas. Toda redução de custo é importante, mas será que isto é verdade na visão dos comandantes?

LEAVE A REPLY