Home Exercício Militar Logística na Manobra Escolar 2017

Logística na Manobra Escolar 2017

2074
12

Resende (RJ) – Numa Manobra Militar existe um grupo que muito trabalha e é pouco visto, entretanto, a mobilidade e o bem-estar da tropa, bem como o funcionamento de todas as viaturas empregadas dependem dos militares deste grupo. Eles realizam o transporte especializado e cuidam da saúde daqueles que estão em operação. Trata-se dos Militares de Logística, integrantes do Quadro de Material Bélico, e dos Serviços de Intendência e Saúde.

Na Manobra Escolar 2017, realizada na região do Parque Nacional de Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro, eles trabalham dia e noite para que não falte combustível, alimentação ou remédio para aqueles que estão combatendo, neste que é o maior treinamento escolar do corrente ano, promovido pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército.

Logística de Manutenção

Os integrantes do Quadro de Material Bélico são os responsáveis pela manutenção das viaturas que atuam na Manobra Escolar. Realizam esse trabalho por meio de quatro Equipes Leves de Manutenção e um Pelotão Pesado de Manutenção. Segundo o 1º Tenente Douglas de Andrade Maruri, da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), desta vez, os Cadetes de Material Bélico da AMAN e os Alunos da Escola Logística estão utilizando um programa que permite o acompanhamento das equipes de manutenção que estão no terreno. Eles, também, informatizaram as Ordens de Serviço, eliminando o emprego de papel no trâmite de informação entre a Base de Apoio Logístico e os elementos apoiados.

Logística de Suprimento

Uma Companhia de Recursos Humanos é responsável por cuidar do bem-estar da tropa. São eles que detém as viaturas e os equipamentos que permitem que os militares tomem banho, mesmo quando estão acampados. Outro grupo, que fica estacionado na Base Logística de Suprimento, recebe os militares que estão saindo da situação de combate e oferece locais onde o militar possa se recuperar física e psicologicamente para as atividades na linha de frente.

Além disso, providencia alimentação e abastecem com combustível todas as viaturas que estão em campo.

Logística de Saúde

Um Hospital de Campanha recebe os militares feridos ou que precisam de algum tratamento médico. Ele é mobiliado com até um centro cirúrgico para cirurgias menos complexas. Nessa Manobra Escolar, também, atua provendo atenção à saúde de civis de cidades próximas nas Ações Cívico Sociais (ACISO).

FONTE: Exército Brasileiro

12 COMMENTS

  1. Penso que tão importante quanto equipamentos de ponta é o de ter equipamentos adequado para logistica.
    Imagina a importancia de treinar em grande escala por um periodo longo.
    Assim apareceria a necessidade de reduzir custos e de adiquirir meios para manter as tropas.
    Ipoteticamente um exercicio de um mês de duração com 5 mil soldados deslocados, e se movendo em varios cenarios, para não ter uma base estatica. Imagina a infra estrutura necessaria, para alimentar todos. Manutenção e abastecimento. Seria de grande aprendizado.
    Pena que não temos dinheiro para simular grandes exercicios por longos periodos.
    No meu ver necessario para avaliar, metodologias de logistica e redução de custos. Ou mesmo deixar evidente a necessidade de adiquirir equipamentos de apoio novos.
    Abraços.

  2. Boa observação.
    A “Guerra LOGISTICA” é a mais difícil de treinar, pois não é fácil e barato utilizar mais do q os estoques orgânicos.
    Sds

  3. Recentemente estive no AHEx e na Biblioteca Nacional levantando fontes justamente sobre Intendência de Guerra no EB na primeira metade do século XX. É impressionante como as operações e os treinamentos ocorreriam sem aprovisionamento ou com arremedos de serviços e estrutura. A FEB foi um divisor de águas nesse sentido!

    Impressionante os equipamentos de cozinha! A quantidade de feijão produzida na autoclave é enorme! Além disso, as cozinhas de campanha em viaturas permitem o fornecimento de ração quente e de melhor sabor aos praças!

  4. Imaginaram a logística do exército alemão na Campanha da Rússia?
    ¨O exército marcha sobre seus estômagos¨. Napoleão Bonaparte.
    ¨Logística é tudo menos o combate ¨. Barão de Jomini.

  5. Concordo com os comentaristas. Logística, essencial. Deveríamos ter uma grande malha ferroviária. Esta desmantelada totalmente nos anos sessenta, Daí a malha rodoviária, bem mais cara. Pergunta: por que acabaram com os hidroaviões. Creio que seria de grande relevância para as regiões ribeirinhas e alguns batalhões de selva para logística de suprimentos. até hoje não entendi porque não produziram o C115 Bufallo 2.0? Excelente aeronave. Já sei que não compensaria, pois estava velho, antiquado, modernizar ou fabricar alguns 2.0. Abraços.

  6. Meu irmão foi da Intendência no CPOR-RJ.

    Um dia ele me mostrou as planilhas e cálculos para uma exercício que duraria apenas uma semana em Gericinó. Impressionante! O cálculo por indivíduo entre ração, munição, equipamentos, combustível, lubrificantes, água potável, rancho. Impressionante!

    Acho que quem sai das FFAA com esta arma, sai com muita experiência em Adm Logística pra enfrentar qualquer desafio aqui fora!

  7. o contingenciamento de recursos das Forças Armadas está praticamente paralisando os programas estratégicos do Exército, como o Sisfron, sistema de vigilância de fronteiras.
    o governo federal impõe seguidas missões ao Exército em todas as áreas, mas a equipe econômica não repassa os recursos necessários para o desempenho dos trabalhos.
    O Exército já está usando em MISSÕES como no Rio , as reservas de combustível e alimentação, que só em caso de excepcionalidades poderiam estar sendo gastas.
    Fonte da Gazeta do povo.
    Na verdade esse governo que ai esta e a petralhada nunca gastaram nada com a tropa, até os recrutas não ficam mais nos quarteis para não comer no quartel e ir comer em suas casas. Para o recrutamento o jovem tem que residir na cidade da unidade militar , isso para o recruta ir pra casa comer, para economizar o arroz com feijão. Na minha época quando entrei como recruta no exercito eu morava no batalhão, fiquei 30 dias sem ir para casa, adestramento dia e noite sem parar.

  8. Rinaldo Nery 16 de novembro de 2017 at 21:35

    Falei exatamente disso em sala de aula semana passada!Disse aos alunos: “Imaginem a quantidade de combustível, de pneus, de lubrificantes, fardamento, munição, rações, etc produzidos, estocados e distribuídos para cada unidade!”.

    Interessante é que uma grande parte de muitas unidade de ambos os lados eram hipomóveis! Isso implicava também um aprovisionamento de forragem, arreios, selas, carroças e serviço veterinário!

  9. Imagens bacanas, essa parte sempre esquecida, mas quem não come não pode combater, é um serviço essencial e fundamental, parabéns!

  10. “Café do Sub tem
    sabor de palmito,
    se eu tomar eu vomito”…
    Só a importância da logística na subsistência e no moral! Vale também para Viaturas, armamento, Saúde etc…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here