quinta-feira, outubro 21, 2021

Saab RBS 70NG

Presidente paraguaio exige que Brasil devolva troféus de guerra

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

canhaocristiano

vinheta-clipping-forte1O presidente paraguaio, Federico Franco, voltou a pedir nesta sexta-feira que o Brasil devolva os troféus da Guerra do Paraguai (1864-70), travada entre o país e a Tríplice Aliança (Argentina, Brasil e Uruguai). O pedido foi feito durante um evento para marcar o 143º aniversário do confronto.

“Venho hoje ao altar da pátria para reivindicar e exigir a devolução do canhão cristão e do arquivo secreto da Tríplice Aliança que estão na República do Brasil”, disse Franco, em discurso. “O canhão Cristão é propriedade do Paraguai. Os arquivos militares que estão no Rio de Janeiro também são propriedade do Estado paraguaio.”

Franco disse que pedia “com respeito, mas com firmeza” à colega Dilma Rousseff “que restitua os troféus da guerra para que, de alguma maneira, traga paz à sociedade por aquele holocausto que significou a Tríplice Aliança para o país”.

O Paraguai celebra no dia 1º de março de cada ano o Dia dos Heróis, como lembrança pela morte em 1870 do marechal Francisco Solano López, em Cerro Corá, pelas mãos das tropas brasileiras. A ocupação de Assunção se manteve até 1876.

A eliminação do condutor paraguaio do conflito colocou fim à guerra que devastou o país e reduziu em 10% a sua população masculina.

Brasil, Argentina e Uruguai retiraram seus embaixadores de Assunção há oito meses, depois de classificarem de golpe a destituição do esquerdista Fernando Lugo e a substituição dele por Franco, que detinha o cargo de vice-presidente. O Congresso destituiu Lugo via julgamento político “por mau desempenho das funções”.

FONTE: Folha de São Paulo

- Advertisement -

34 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daglian
Daglian
8 anos atrás

“Exigir”… o Paraguai não tem nenhum direito sobre estes objetos. Não, eles não são propriedades do Paraguai. Quando este atacou o Brasil, sabia muito bem das consequência de uma guerra. Estes objetos são de propriedade do Brasil, e podem chorar.

Só espero que nossa presidente não cometa a estupidez de devolver estes objetos ao Paraguai, em sinal claro de fraqueza diplomática. Que estes fiquem no Brasil e, assim espero, que uma resposta à altura seja enviada à esta republiqueta latino-americana.

Sds.

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Só me faltava essa…

Manda eles devolverem os carros roubados no Brasil e que andam por lá reemplacados e legalizados!

aldoghisolfi
aldoghisolfi
8 anos atrás

Estou começando a pegar nojo destes índios… exigir? Mas não se enxergam as criaturas?

Não esquecer que, há pouco tempo atrás já houve até mesmo um abaixo assinado para, entre outras coisas, devolver El Cristiano!

Se a ideologia cometer esse desaforo à nacionalidade, pessoas que tiveram seus os ossos dos seus familiares branqueando a Pampa e o Pantanal vão ficar de luto.

mendonça
mendonça
Reply to  aldoghisolfi
2 anos atrás

Estou começando a pegar nojo destes índios… exigir? Mas não se enxergam as criaturas?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
muito bem,eles não estão em condições de exigir nada.
esses paraguaios são ridiculos.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
8 anos atrás

Engraçado. Na época do Figueiredo, quando da construção de Itaipu, uma batelada de troféus de guerra foi devolvida ao Paraguai. Ninguém fala nisso. Só por que foi coisa de ditadura para ditadura (Figueiredo para Stroessner)? É um precedente histórico, independentemente de se aprovar ou não as relações das duas ditaduras de então e o que nelas se fez. É parte da história das relações entre os dois países, simplesmente. Mas se forem devolver os arquivos secretos, documentos etc, por favor, façam cópia antes. Os historiadores agradecem. E se forem devolver o canhão, peçam para que seja derretido e que o… Read more »

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

Há uma mensagem subliminar muito perigosa na frase do presidente paraguaio.
Espero que Sua Excelência tenha sabedoria…

“MANDA QUEM PODE. OBEDECE QUEM TEM JUÍZO”

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

“Quando o poder está vago, o mais competente assume”

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
8 anos atrás

Dei nao ,diplomacia é tudo nas entre linhas, concordo com o Nunao sobre estarem exercendo um direito ,só nao gosto do tom ,”exigir” é muito forte. Tudo bem que disso nao se faz uma tempestade, e nao se sacrifica guerreiros a bel prazer,mas que da vontade de que fosse respondido;

_ QUER ,ENTAO VEM BUSCAR SE TENS CORAGEM!!!rs

Mas as coisas nao sao assim e conflitos armados só trazem dor e sofrimento ! Deus nos livre disso e de sabedoria a nossos governantes, que em muito tem deixado a desejar!

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

O apego às futilidades é responsável por uns 80% da violência do mundo.
Os paraguaios querem o tal canhão. O Brasil não quer devolver o tal canhão. E fica esse canhão (não poderia ter mesmo outro nome) apodrecendo em algum lugar.
Vai entender!
Mas se o “homo sapiens” (que me perdoem os ratos e as baratas) se mata por conta de time de futebol e de escola de samba, não me admira que ainda esse trambulho enferrujado dê o que falar.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
8 anos atrás

Bosco, ele não tá enferrujado não. É de bronze. Está, no máximo, “bronzeado” (rsrsrsrs)

Brincadeira.

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

“Muitos brasileiros morreram na guerra e esse canhão é para honrar esses brasileiros!” Dirão alguns.
Pois eu digo: muitos brasileiros morrem de fome, humilhados e despojados de qualquer dignidade agora, como cães sarnentos, nesse instante, e não fazemos absolutamente nada para honrá-los, e muitos, crianças inocentes, que merecem tanta atenção quanto os que morreram por esse canhão enferrujado.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
8 anos atrás

“eduardo.pereira1 disse: 1 de março de 2013 às 18:57 _ QUER ,ENTAO VEM BUSCAR SE TENS CORAGEM!!!” Eduardo, Se for estabelecido que venham buscar, eu não vejo problema algum. Não seria questão de coragem. Apenas acho que o custo do traslado não deveria ser nosso. Então, seria algo como “venham buscar se pagarem o transporte”, para não ser isso mais um gasto do contribuinte brasileiro para uma demonstração talvez duvidosa de boa vontade internacional. Afinal, o canhão é pesado pra caramba (quem já viu de perto sabe que é muito maior do que a foto dá a entender), vai ser… Read more »

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
8 anos atrás

Nunao, isso foi tao profundo irmao,achei bacana,porém como tu disseste os símbolos sao algo complicado de lidare,esta estoria pode dar ….

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
8 anos atrás

Nunao um CIVILZAO como eu entra na LAAD ?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
8 anos atrás

Eduardo, entre no site da Laad e siga as instruções para se credenciar.

http://www.furqdelg.com.br/laad2013/visitante/visitante01.php

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
8 anos atrás

Valeu Nunao, ja me cadastrei. Quem sabe nao nos esbarramos lá !!

Diegolatm
Diegolatm
8 anos atrás

Rapaz! esse negócio de se exigir quando não há relações diplomáticas e ainda quando você é tido como despota é complicadissimo… esse sem moral vive querendo aparecer…logo quando ele entrou no cargo tentou peitar o nosso país exigindo o aumento nos valores pagos pela energia que sobrava de ITAIPU, viu que não deu jeito e abriu as portas para uma industria de aluminio consumir toda a grande parte da energia que era excedente sobre a alegação de “n” coisas… Agora essa… Estou começando a achar que esse “presidente” paraguaio é primo da Kristina kkkkkkk. Se fosse Dilma respondia: “Prezado, o… Read more »

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

Caros amigos. O que está por trás dessa notícia é muito mais do quanto vale o metal do canhão ou seu valor histórico ou sentimental. Não é de hoje que nossos vizinhos vem cutucando-nos com vara curta, medindo força… e nós aceitando todas as provocações, que pode nos custar caro politicamente falando em futuras contendas de que caráter for. Os paraguaios nos “obrigaram” a rever o contrato da usina Itaipu com grande prejuízo financeiro para nós, e nós engolimos. Os bolivianos nacionalizaram “expropriaram” os bens da Petrobras por lá, e mais uma vez ficamos a ver navios. Os equatorianos, alegando… Read more »

Giordani
Giordani
8 anos atrás

Penso que não existe problema nenhum em pedir a devolução. Faz parte da política paraguaia, ou seja, desviar o foco dos problemas internos, pois como todos bem sabem, o brazil é visto por seus pares sulamericanos como “imperialista”…
O problema chama-se ITAMARATY, uma ilha povoada de seres bolivarianos, ideoPaTizada, verdadeiros viajantes do tempo, que desembarcaram na década 60 do século XX, aonde ainda acreditam que os EUA são o grande Satã, a URSS é um exemplo a ser seguido e cuba é uma ilha de prosperidade…
Esse é o problema.

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

Giordani disse: 2 de março de 2013 às 9:18 Concordo contigo, em parte. Ele quer desviar a atenção dos seus problemas internos. Mas por quê será que todos na AL escolhem o Brasil como bode expiatório? Nossa excessiva passividade. Não me admiraria se em futuro próximo algum de nossos amiguinhos bolivarianos reivindicarem (ou invadirem) parte do nosso território apenas para desviar a atenção dos seus assuntos internos – E nós gentilmente o cederemos – como já estão ensaiando. A falta de malícia (ou seria malícia demais, embolsando milhões) dos nossos governantes chega ao suprassumo do ridículo… Nações mais “expertas” infiltram… Read more »

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

Em um caso típico, trabalhei com uma senhora maranhense, que mo disse terem seus filhos estudado todo o ensino fundamental na “FUNDAÇÃO FORD”. Estudo em horário integral, com alimentação, assistência médica, material escolar, tudo custeado por eles. Periodicamente (não lembro se mensal ou bimestralmente) ela tinha que comparecer na fundação para acompanhar o desenvolvimento de seus filhos. Nessas reuniões, segundo a mesma, a direção SISTEMATICAMENTE informava que tudo ali era financiado pelo GOVERNO AMERICANO e que o Brasil não dava NADA ! Caros companheiros: Eles estão ou não formando opinião ? Estão ou não, a longo prazo cooptando nossas mentes… Read more »

ernaniborges
ernaniborges
8 anos atrás

ERRATA: Os índios falarem inglês e francês.

Uitinã
Uitinã
8 anos atrás

Só um erro no texto ” A eliminação do condutor paraguaio do conflito colocou fim à guerra que devastou o país e reduziu em 10% a sua população masculina.” o certo seria se reduziu a 10% a população masculina, e no final isso só aconteceu por que o Paraguai não se rendeu antes quis dar uma de macho e teve o desfecho que teve.

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Tô com o ernaniborges e não abro! Disse tudo!

Até quando assistiremos passivamente nossa decadência?

Giordani
Giordani
8 anos atrás

A política adotada pelo itamaravilha é perfeita para que os interesses internos sejam o objeto-fim da forma PeTralha de governar. Imposição pressupõe-se responsabilidade. Poder. Capacidade. E tudo isso é igual a envolvimento. Essa gentalha que empesta o itamaravilha e que simplesmente acabou com ele, não quer isso, pois eles teriam de trabalhar com seriedade. Pra que vida mais confortável do que ser servidor do itamaravilha? Ser embaixador? Se consul? Ser adido? “O brazil é amigo de todos…” E quanto a uma ong ou uma tribo (sob influência de uma ong) se declarar independente e a ONU autorizar uma NFZ sobre… Read more »

Vader
8 anos atrás

É MENTIRA que a população masculina do Paraguai tenha sido reduzida a 10% do original. Isso é revisionismo marxista, impregnando corações e mentes desde a década de 60. Não havia CENSO no Paraguai na época. Só a população das grandes cidades era recenseada, e isso numa época em que a maioria da população era rural. Simplesmente não há números confiáveis para se afirmar nada sobre o número de mortes civis do lado paraguaio. Mas uma coisa que se sabe é que as tropas brasileiras portaram-se com denodo e altivez, por diversas vezes tendo que refrear seus aliados argentinos e uruguaios,… Read more »

rc.santos1
rc.santos1
8 anos atrás

Concordo! Que venham buscá-lo!

brunoricardods
brunoricardods
8 anos atrás

É a desculpa que o Brasil precisa para tornar Itaipu 100% nossa.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
8 anos atrás

“Leiam: Maldita Guerra, de Francisco Doratioto, e vão ver uma visão realista do que foi a Guerra do Paraguai.”

Recomendo também o livro “Nem Heróis, Nem Vilões” de Moacyr Assunção

Vader
8 anos atrás

Aliás, já que eles já vem buscar esse canhão, bem que poderiam fazer um favor, dar uma passadinha em Brasília, e aproveitar pra levar alguns outros canhões que tem lá na Esplanada dos Ministérios…

colombelli
colombelli
8 anos atrás

Quanto ao conflito, na época iniciaram a agressão e aguentaram as consequências. Em guerras morre gente. Quanto ao pedido, eles estão na deles. É mais jogo retórico. Mas o atual presidente paraguaio tem precedente pra se basear. Se o governo daquele sujeito que nunca sabe de nada (que me recuso a pronunciar o nome) cedeu às pressões do “cumpanheiro” Lugo e aceitou pagar anualmente US$ 200.000.000,00 a mais pela energia de Itaipu (descumprindo o acordo que o Paraguai firmou pra pagar a sua parte da Usina, pois não pôs um pila nela), então porque ele não pode igualmente “exigir” um… Read more »

REQUENA
REQUENA
8 anos atrás

Tudo bem, devolvemos o canhão.
Mas eles tem que levar o “Molusco” junto.
E não aceitamos desfazer o negócio depois!

Pqd
Pqd
8 anos atrás

Essa estória de devolver esse troféu de guerra é no mínimo um desrespeito aqueles que tombaram para defender uma NAÇÃO que foi invadida!!!!

Últimas Notícias

Novidades na Exposição Internacional Aeroespacial e Defesa de Seul – ADEX 2021

A Exposição Internacional Aeroespacial e Defesa de Seul, ou ADEX 2021, acontece no Aeroporto de Seul em Seongnam, Gyeonggi,...
- Advertisement -
- Advertisement -