sexta-feira, dezembro 3, 2021

Saab RBS 70NG

Negociação entre Colômbia e Farc tem polêmica sobre sequestros

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

As negociações de paz entre o governo colombiano e a guerrilha Farc foram retomadas nesta quarta-feira, 5, em Havana, em meio a uma polêmica envolvendo supostos prisioneiros de guerra.

Após uma pausa na semana passada, os negociadores voltaram ao centro de convenções dos arredores da capital cubana. Pela primeira vez, entraram pelos fundos, evitando a imprensa, mas as Farc leram uma declaração falando da guerra e dos danos econômicos e humanos que ela acarreta.

O ambiente entre os dois lados ficou tenso depois de um negociador das Farc dizer, na semana passada, que o grupo ainda retém “prisioneiros de guerra”, o que motivou uma resposta ríspida do principal negociador do governo, Humberto de la Calle, apesar das negativas de outros dois negociadores rebeldes.

“As Farc precisam responder às vítimas, precisam esclarecer a questão dos sequestros, a forma de lidar com a questão dos sequestros não é sem ambiguidades”, disse De la Calle antes de embarcar da Colômbia para Cuba.

Ao longo dos anos, as Farc sequestraram dezenas de políticos e militares, para barganhá-los com o governo. Todos eles já foram libertados.

Mas muitos civis também foram sequestrados para pedidos de resgate que financiassem as atividades da guerrilha marxista. Famílias dizem que vários desses reféns continuam em cativeiros na selva, apesar de o grupo ter prometido neste ano interromper os sequestros para fins econômicos.

O processo de paz, uma tentativa de encerrar quase meio século de conflito, transcorre sem um cessar-fogo. O Exército disse na segunda-feira que matou pelo menos 20 guerrilheiros em um bombardeio aéreo e terrestre perto da fronteira com o Equador. Foi o incidente mais violento desde o início da negociação, em novembro.

O governo colombiano promete manter as operações militares e não permitir que os rebeldes descansem ou se reagrupem, como ocorreu durante o frustrado processo de paz anterior, há mais de uma década. As Farc solicitaram um cessar-fogo de dois meses.

Jesús Carvajalino, negociador das Farc conhecido como Andrés París, disse à Reuters que o ataque do fim de semana “foi o presente de Natal do governo, enquanto nós continuamos com o cessar-fogo”.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse no fim de semana que as discussões não devem se estender por muito tempo, devendo ser concluídas no máximo até novembro de 2013. Os rebeldes dizem que manterão as negociações enquanto for necessário.

FONTE: O Estado de S. Paulo

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Paulo
Luiz Paulo
8 anos atrás

Meu Deus, um grupo que sequestra e mata trazendo terror ao pais, e tem um monte de ‘inspensialista’ nas mídias que acham que aquele tipo de gente merece negociação ou almeja alguma paz com o Estado que pretendem tomar…. fala sério, é burrice demais. A maioria das notícias colocam eles como um grupo legítimo com revindicações legítimas, que nojo! Vejo quase ninguém chamando eles pelos nomes corretos: Terroristas. PS: Falei no começo que era só pra ganhar tempo esse negocio de paz…. ta aí a paz: http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/foro-de-sao-paulo/13656-os-misseis-sam7-das-farc-primeiro-fruto-das-conversacoes-qde-pazq.html Se Uribe tivesse ainda no poder ele já tinha caçado cada um desses… Read more »

Giordani
Giordani
8 anos atrás

“…mas as Farc leram uma declaração falando da guerra e dos danos econômicos e humanos que ela acarreta.” Pera aê! É o fim do mundo mesmo! Desde quando esses terroristas se preocupam com danos econômicos e humanos?!?!?! Ah…foi desde que o governo do Presidente Uribe com o apoio dos EUA começou a estrangular a economia narcotraficante que sustentava esses terroristas…e ôpa! Eis então que computadores ligando os terroristas ao governo venezuelano foram encontrados…e ôpa novamente…chaves está tão quieto, nem pitacos sobre as negociações ele deu!?!?!?!? Luiz Paulo disse: 6 de dezembro de 2012 às 14:40 Lembra quando os terroristas estiveram… Read more »

Daglian
Daglian
8 anos atrás

Negociação? Enquanto há esta negociação as FARC aproveitam para fazer mais alguns ataques… NÃO SE NEGOCIA COM NARCO-TERRORISTAS!!!

Ou melhor, sim, se negocia: com BALAS e só.

Luiz Paulo
Luiz Paulo
8 anos atrás

Giordani disse:
6 de dezembro de 2012 às 15:12

Com certeza… lembro ainda que teve cargo de confiança até pra mulher de terrorista no ministério da piaba se não me engano, claro tudo por conta nossa…

Isso sim é governo… ajudando sempre o…. os companheiros, rs.

Últimas Notícias

Alltec apresenta suas inovações tecnológicas na 6ª Mostra BID Brasil

Alltec desenvolveu uma blindagem adicional do Guarani, veículo para transporte de tropas, do Exército Brasileiro A Alltec, empresa de Pesquisa...
- Advertisement -
- Advertisement -