Home Noticiário Nacional Caveirões de Israel para polícia do Rio

Caveirões de Israel para polícia do Rio

522
18

São oito blindados, além da manutenção da frota por cinco anos

 

vinheta-clipping-forte1Global ShieldRio – O secretário de Segurança José Mariano Beltrame vai renovar a frota de ‘caveirões’ das polícias por R$ 6,150 milhões, cerca de 28% do preço inicial de R$ 22 milhões estipulado pelo governo do estado na concorrência. O pregão internacional para a compra de oito novos blindados aconteceu ontem, e a empresa israelense Global Shield ofereceu os carros, gestão da frota e manutenção por cinco anos.

O ‘desconto olímpico’ de cerca de 72% é creditado aos grandes eventos, como a Copa de 2014 e Olimpíada de 2016, quando a empresa de Israel terá no Rio o maior show-room de segurança pública mundial.

O resultado da licitação deve ser publicado hoje no Diário Oficial do Estado. Participaram ainda outras três empresas: a sul-africana Paramount, a americana Plazan-Oshkosh e a também israelense Quartzu-Haitehof. A francesa Renault foi desclassificada pois apresentou preço 10% acima do preço inicial.

Os oito novos veículos blindados irão para o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar e Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil.

Ao justificar a necessidade da compra, no lançamento da licitação, a Casa Civil do governo estadual argumentou que os eventos que a cidade vai receber aumentaram a demanda por ações de prevenção contra atos de terrorismo e pelas demandas rotineiras.

“As forças de segurança pública fluminense vivenciam, atualmente, uma incompatibilidade entre as necessidades materiais… e as condições de trabalho.Como resultado, o agente faz sem segurança o que gera número de lesionados e feridos mortalmente, por falta das condições”, dizia o edital.

FONTEodia.ig.com.br

18
Deixe um comentário

avatar
17 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
Bascherathomas_dweduardo.pereira1VaderGuilherme Poggio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Requena
Visitante
Member
Requena

A matéria da Tecnologia e Defesa que o Augusto colocou o link não deixa dúvidas de que teve mutreta no negócio…

Almeida
Visitante
Almeida

Pelo menos pagaram mais barato. Pior seria fazer como o Governo Federal e dar como vencedor uma empresa francesa com a proposta mais cara!

Darkman
Visitante
Darkman

Escolherem tanto e decidiram por ele veículo que pra mim é bem inferior aos testados.
Na minha opinião pra pegar isso eu iria a Avibrás e testava algum modelo brasileiro, mas barato e que atenderia as necessidades atuais.
22 milhões nesses veículos é piada.

Augusto
Visitante
Member
Augusto

Pois é! O link não está mais aí, mas de fato o Brasil produz veículos excelentes para a finalidade pretendida, que inclusive foram aprovados pelos profissionais do BOPE após testes feitos à exaustão. Como a legislação do estado do Rio determina que o pregão é necessariamente pelo menor preço, deu nisso aí… uma meLda que nem o país do fabricante quer.

nunes neto
Visitante
nunes neto

Darkman,não são R$ 22 milhões,serão R$ 6,150 milhões.Abçs

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Nunca vi algo tão confuso e mal feito.

Minha grande pergunta: se os varios pretendentes a fornecer estes veículos sabiam que o criterio era de menor preço, por que se preocuparam em fazer demonstração, e decorrente disto, em alguns casos fazer modificações dos veiculos conforme pedidos da policia?

Bacchi (aquele que gostaria de entender)

Alfredo Araujo
Visitante
Member
Alfredo Araujo

“A francesa Renault foi desclassificada pois apresentou preço 10% acima do preço inicial”

A matéria só não citou q no preço do veiculo francês está inclusa uma total e irrestrita transferência de técnologia nunca antes vista na história desse pais..

Nautilus
Visitante
Member
Nautilus

Por que tudo que o francês oferece nessas concorrências tem sempre que ser o mais caro?

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Alfredo Araujo escreveu: “… A matéria só não citou q no preço do veiculo francês está inclusa uma total e irrestrita transferência de técnologia nunca antes vista na história desse pais…”,

Que se fale sobre transferencia de tecnologia de Rafale, tudo bem – mas que se fale de transferencia de tecnologia de veiculo blindado policial, pelo amor de Deus!!!

Bacchi

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

A Plasan (e não Plazan) também é israelensee foi a partir dos projetos dela que a Oshkosh desenvolveu alguns dos seus produtos.

Vader
Membro
Trusted Member

Nossa, que coisa feia da p…

eduardo.pereira1
Visitante
Member
eduardo.pereira1

Nao tem nem uma semana que escrevi dizendo que no Brasil sao construidos e testados(aprovados) por suas forças,veiculos de ótima qualidade totalmente nacionais como esta na ediçao n6 da revista ,e ,mesmo assim na hora de comprar o GF COMPRA DE FORA, sacanagem da braba…

thomas_dw
Visitante
thomas_dw

Compraram algo que funciona e por um bom preco, parabens.

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Pelo que consegui entender o que houve até agora foi a fase de apresentação de preços.

Agora vai ser feita a analise das várias propostas para verificar quais se enquadram nos itens do edital.

Só então vai ser declarado o vencedor.

Qualquer comentario é prematuro.

Bacchi

Baschera
Visitante
Member
Baschera

O nome deste veículo é “FORT 1” e o consórcio vencedor (israelense) se chama Global Shield/ISDS. Venceu pelo quesito menor preço, como manda a lei. No entanto… se fizerem prevalecer a própria lei, terão que mudar o veredito…. pois o item n. 09do edital de licitação prevê que “o proponente deverá apresentar atestado de capacidade técnica, comprovando já ter fornecido produto com características iguais ou similares para alguma força Militar e/ou Policial.”….. Ora, acontece que este veículo (segundo o próprio editor de T&D citadopelos colegas) nunca foi vendido antes para força pública ou militar nenhuma…. sendo um protótipo….. nunca foi… Read more »

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Baschera escreveu: “… O nome deste veículo é “FORT 1″ e o consórcio vencedor (israelense) se chama Global Shield/ISDS. Venceu pelo quesito menor preço, como manda a lei. …”. A lei não diz isto. A lei diz que o vencedor será o que tiver menor preço e satisfizer as exigencias estabelecidas no edital. Assim temos: “… Nota do Governo do Rio Por Casa Civil do Governo do RJ 24/1/2013: …… informando que a empresa Global Shield/ISDS não é a vencedora da licitação e sim a que apresentou o melhor preço, uma das etapas da licitação. Agora, junto com as demais… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Tens razão Bacchi…..

Pois então vamos ver se a licitação é séria !!

Sds.

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Obrigado.

Bacchi