Home Economia Brasil: pobreza extrema aumenta 11% e atinge 14,8 milhões de pessoas

Brasil: pobreza extrema aumenta 11% e atinge 14,8 milhões de pessoas

1834
82

Por Bruno Villas Bôas | Do Rio

Apesar da queda da inflação e do início de recuperação da atividade econômica, a pobreza extrema continuou se alastrando pelo país em 2017. Levantamento da LCA Consultores, a partir dos microdados da Pnad Contínua, divulgada ontem pelo IBGE, mostra que o número de pessoas em situação de extrema pobreza no país passou de 13,34 milhões em 2016 para 14,83 milhões no ano passado, o que significa aumento de 11,2%.

O avanço da pobreza é considerado um dos grandes retrocessos da recessão econômica, após anos de avanços na área. Segundo Cosmo Donato, economista da LCA, a expectativa era que a retomada econômica fosse capaz de produzir números melhores no ano passado. Um dos fatores por trás da piora, acredita, foi o fechamento de postos com carteira assinada, que têm garantias trabalhistas e pisos salariais.

“No lugar desse emprego, o mercado de trabalho gerou ocupações informais, de baixa remuneração e ganho instável ao longo do tempo. A própria crise fiscal dos Estados afeta indiretamente, ao gerar menos empregos para essa parcela mais pobre da população, que geralmente é menos instruída. Estou falando de postos relacionadas a obras públicas, por exemplo”, disse o economista;

Com o resultado, o contingente de pessoas extremamente pobres representava 7,2% da população brasileira em 2017, acima dos 6,5% no ano anterior.

Para chegar aos números, a consultoria adotou a linha de corte do Banco Mundial para países de nível médio-alto de desenvolvimento, como os da América Latina, de US$ 1,90 de renda domiciliar per capita por dia (corrigido pela paridade de poder de compra). Isso equivale a R$ 133,72 mensais em 2016, segundo cálculos do IBGE. A consultoria atualizou essa linha pelo IPCA, para R$ 136 em 2017.

Todas as regiões exibiram indicadores piores de pobreza. O Nordeste concentrava 55% da população extremamente pobre. No ano passado, eram 8,1 milhões de pessoas na região com renda per capita abaixo de R$ 136, boa parte concentrada na Bahia e em Pernambuco. É um contingente 10,8% maior do que o registrado no ano anterior, ou 800 mil pessoas a mais.

A miséria também cresceu na região mais rica do país, o Sudeste. De acordo com o levantamento da LCA, a região tinha 3,27 milhões de pessoas extremamente pobres no ano passado, 13,8% a mais do que no ano anterior. Houve piora nas quatro unidades da federação que compõem o Sudeste, mas com maior intensidade no Rio e São Paulo, e menor intensidade em Minas Gerais e Espírito Santo.

Donato lembrou que a população mais pobre teve, ao menos, um aliado importante ao longo do ano passado, que foi o ciclo de deflação dos alimentos. Pelo IPCA, o índice que mede a inflação oficial brasileira, os alimentos ficaram 4,85% mais baratos no ano passado, frente ao ano anterior. Itens relevantes caíram de preço, como arroz (-10,9%), feijão-preto (-36,1%), macarrão (-2,91%) e mandioca (-17,30%).

“Os alimentos pesam 25% no orçamento das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos. Mas estamos aqui falando de famílias que vivem com bem menos do que isso. Os alimentos devem, em muitos casos, ser responsáveis pela maior parte dos gastos dessa população extremamente pobre, às vezes quase a totalidade da renda. Essa queda de preços foi, portanto, um evento importante”, disse Donato.

O cálculo da pobreza extrema considera todas as fontes de renda – trabalho, previdência ou pensão, programas sociais, aluguéis e outras fontes. No ano passado, essa renda recuou tanto para ricos quanto para pobres. Na base da pirâmide, contudo, as perdas foram mais intensas. A parcela dos 5% mais pobres da população brasileira teve um rendimento médio real de R$ 40 por mês em 2017, queda de 18% frente ao ano anterior (R$ 49). No caso da parcela 1% mais rica da população, esse rendimento encolheu menos, em 2,3%, de R$ 15.975 para um ganho médio mensal de R$ 15.504.

Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, o movimento pode ser explicado por um número menor da renda do trabalho. “A qualidade do emprego foi baixa em 2017, com a redução da taxa de desocupação por meio do trabalho informal”, disse Azeredo, durante divulgação de suplemento especial da Pnad Continua ontem, no IBGE.

A pesquisa mostrou um mercado de trabalho pior do que a pesquisa domiciliar mensal do IBGE vinha apontando. Pela Pnad Contínua mensal, 264 mil pessoas conseguiram ocupação em 2017 e o renda real habitual cresceu 2,4% na média do ano. Ontem, a pesquisa divulgada mostrou que a renda efetivamente recebido de todos os trabalhos recuou 1,36% e 310 mil pessoas a menos tiveram renda do trabalho.

“A diferença está na metodologia das pesquisas, no tamanho da amostra, no período de coleta das informações, no tipo de rendimento [habitual e efetivo], entre outros fatores, além da margem de confiança”, disse Azeredo, para quem a pesquisa mensal seria mais adequada para acompanhar o mercado de trabalho.

FONTE: Valor Econômico

82 COMMENTS

  1. O Brasil em todas as épocas sempre teve muita gente na extrema miséria…impossível ser diferente em um país que cultiva a pobreza e onde parte tem orgulho de pobreza. O Orçamento geral da União de 2017 foi de 3,5 trilhões de reais…porém o gasto REAL foi de 2,5 TRILHÕES DE reais (pois 1 trilhão é o rolamento da divida pública, NÃO o juros, juros foi 350 BI)…ou seja, apenas o nível federal consome 35% de toda a riqueza nacional.
    O dinheiro que deveria circular nas mãos das pessoas lá na ponta circula apenas nas mãos de uma elite extremamente rica de empreiteras, concessionárias, gestoras públicas, servidores públicos ativos e inativos, classe política, corrupção, divida pública…o restinho é investimentos.
    As estatatísticas do governo são mentirosas….basta ter cérebro para perceber.

  2. Que absurdo. Renda per capita inferior a US$ 1,90/dia.
    Vamos considerar que um trabalhador ganhe R$ 1.000,00/mês, com encargos ele custa R$ 2.000,00 ao empregador. Mas ele é um excelente funcionário e o empregador acha que ele merece ganhar R$ 2.000,00. Aí começa o problema, com os encargos ele passa a custar R$ 4.000,00 para o patrão e esse custo extra não tem como ser absorvido pela empresa. Esse é um dos fatores da má distribuição de renda. O dinheiro não circula na mão de quem trabalha.

      • Mas a reforma da CLT foi feita para diminuir o custo do trabalhador através do rebaixamento dos salários, e não através da diminuição da carga tributária como deveria ser feito. O governo não perdeu um centavo, a curto prazo o grande empregador vai ganhar, pois vai contratar com salários menores, vide universidade, hospitais e super mercado que demitiram em massa para recontratar ganhando menos e sem os direitos trabalhistas anteriores, mas a longo prazo todos vão perder pois não vai ter mercado para seus produtos, ele vai vender para quem já que a massa de salários foi rebaixada. Henry Ford, que a mais de 100 anos resolveu duplicar os salários de seus trabalhadores para,entre outras coisas, eles pudessem comprar os mesmos carros que produziam deve estar assombrado no tumulo com a falta de visão destes ditos empresários.

        • A CLT não permite reduçao de salarios. Um contratado para uma funçao deverá receber o mesmo valor por hora de trabalho. Chama se isonomia salarial. Ele somente trabalhará uma jornada diferente. E todos direitos trabalhistas anteriores estao preservados. Está tudo igual , mas sem as amarras de sindicatos .

        • Primeiro que o trabalho formal no Brasil é muito caro. Como consequência, temos que, das 90 milhões de pessoas que integram a população economicamente ativa no Brasil, apenas 34 milhões têm carteira assinada. Por outro lado, 10 milhões de trabalhadores estão no mercado informal (dados mais abrangentes falam de 44 milhões). E o mercado informal já não consegue mais absorver o enorme contingente de desempregados diante da maior recessão da história brasileira.

          Vale lembrar que esses trabalhadores, que foram empurrados para a informalidade exatamente por causa dos custos trabalhistas criados pelo estado para protegê-los, não estão amparados por essa mesma seguridade social.
          A proposta do governo federal é flexibilizar as relações entre empregados e empregadores. Assim, seu objetivo é possibilitar negociações como, por exemplo, o parcelamento do 13º salário e a redução do intervalo de almoço por uma saída do trabalho mais cedo. Porém, resultados mais eficazes poderiam ser obtidos ao se diminuir a quantidade de encargos pagos pelo empresário ao governo em cima de cada salário, mas, infelizmente, o governo já declarou que isso não será colocado em pauta na reforma.

          Segundo que a lei não consegue criar riqueza. Se ele não produz o suficiente para ganhar mais que mil reais e surgir uma lei que diz que o salário mínimo seja de dois mil reais ele simplesmente estará na rua. Os pretensos direitos aos que estão empregados não ocupam os desempregados, os empregados ganham pouco e custam muito, a prova disso foram os professores que foram demitidos e recontratados por um menor preço, na qual eles aceitaram. O governo é completamente irrelevante na hora de definir salários, o único meio na qual é possível precificar o salário de um trabalhador é pela oferta e demanda, o mercado. A maior prova disso pode ser observada diariamente aqui no Brasil, com brasileiros ganhando muito mais do que o salário mínimo estipulado pelo governo, sendo que os empregadores destes não são obrigados a pagar um salário acima do mínimo.

          E mais, no atual estado do Brasil, é possível sequer haver aumento de salários no país.

          Seu último parágrafo foi totalmente nonsense, completamente fora da realidade. No atual estágio do país, não há sequer como aumentar salários sem imposição governamental quanto mais duplicar os salários. A única forma de haver aumento ou possibilidade de aumento é reduzindo custos trabalhistas e/ou tributários, algo que o governo Trump o fez e está conseguindo resultados incríveis como aumentos de salários, geração de empregos e etc.

    • “Mas ele é um excelente funcionário e o empregador acha que ele merece ganhar R$ 2.000,00”.

      Por favor, me apresente a esse santo!

    • Engraçado quando o cara é assalariado e fala contra direitos trabalhista. Se fosse empresário saberia o custo do empregado. O custo não dobra, só alguém desinformado ou mal intencionado pra dizer tamanha tolice. O custo é de cerca de 30% além do salário ou 54% com provisões para décimo terceiro, férias, etc., na média, para quem ganha mil reais. Para salários maiores como quatro mil reais, cai para cerca de 19% e 45%. E todos esses encargos voltam para o trabalhador, na forma do FGTS, das férias, aposentadoria e do décimo terceiro. Ser contra isso é idiotice pura do lado do trabalhador.

      E tem um monte de calculadora de encargos trabalhistas pela internet. Até um macaco deveria saber. Mas aí vem uma pessoa mal intencionada dizer isso. Francamente.

  3. E pensar que no país com uma das maiores reservas de petróleo do mundo, 87% está abaixo da linha da pobreza e 61% na pobreza extrema, socialismo destrói qualquer país. O Brasil por enquanto está tentando reverter o abismo no qual estava entrando, mas com essa mídia, artistas hipócritas e povo com chapéu na mão para o governo, tenho a impressão que o país não vai ter jeito.

  4. enquanto prosperar a ideia de que é bonito ser pobre e morar na favela por muitos socialistas de araque que fica manipulando a população, o Brasil sempre vai ter números negativos nessa área.

    ps: socialistas de araque que mora em apartamentos caros, que nas horas vagas fumam sua maconha onde financiam traficantes que mora nas periferias, portanto eles tem os motivos de não querer acabar com a pobreza extrema.

    • De onde vc acha que vem os votos dos socialistas do Rio?
      De onde é a origem da maioria dos favelados vindos de fora do Rio?
      Em que regimem o Rio deixou de ser seguro?
      Com que governador o Rio viu nascer o primeiro sequestro, o primeiro arrastão e a impunidade para os narcos?
      Qual a região onde o PT ganhou em todos os estados?

      Se vc respondeu favela, nordestino, socialismo com PDT, Brizola e Nordeste, cravou nas respostas

      Que conste, antes que me chamem de racista, aviso que minha primeira mulher foi nordestina e conheço o nordeste.

      • Você Não é racista porque para seu provável desgosto, nós , nordestinos com muito orgulho , infelizmente pertencemos a mesma raça que você, a raça humana.

        Seu comentário é um dos mais estapafúrdios que já vi aqui no blog.

        Vou enviar uma reclamação aos editores do blog.

      • O PT ganhou em todos os Estados no Nordeste? Muito mal informado em! PE é o único Estado da federação que não tem nenhum representante do PT nem como Deputado Estadual e nem como Federal. Temos aquele ser chamado Humberto Costa como senador por que não houve eleição para o Senado. Então não venha dizer que a culpa é do Nordeste, que eu saiba o PT venceu em MG.

        • O problema do brasiu agora é o pt. Como se todos os outros partidos não estivessem juntamente chafurdados na lama da corrupçao. O governo atual com varias denúncias, cadê os panelaços? Nem venham querer dizer que estou defendendo a ou b, mas justça para todos sim. Todos não são alguns, aí sim estaremos no caminho certo. Alckmin, Aécio com suas investigações arquivadas é muita sacanagem.

  5. Que nada! São quase 15 milhões de vagabundos que nao se dedicam, que nao se esforçam! Se trabalharem duro, com dedicação podem se transformar num Silvio Santos! Ele conseguiu, todos podem!

    • Vagabundos ?

      Quem é você rapaz, para sair chamando os outros por aí de vagabundos ?

      Se esconder atrás do anonimato do blog e sair xingando é fácil.

      • MK48, foi uma ironia ao argumento do mérito como única solução para o sucesso pessoal. E outra, nao tem anonimato algum, este é meu nome e não um apelido.

        • Luciano, neste caso peço desculpas pelo que disse, não havia ficado claro para mim que você estava sendo irônico, até porque , agora me referindo a outros comentários, fazia tempo que não via aqui tanta gente preconceituosa e desinformada.

          • Tudo bem, M48, eu nao fui muito claro. E na internet é o que mais tem, as pessoas nao querem debater ideias, querem fender o outro e se regozijar ao humilhar alguém, como já vi aqui mais de uma vez (no Aero um forista disse abertamente, certa feitas, “que entrava nos debates para vencer”). Dependendo do tema da matéria, vc verá todo tipo de preconceito port parte de alguns…origem, credo, fenótipo, gênero, uns mais disfarçados, outros nao. Tem muita gente que é uma “mistura de atraso com maldade e pitadas de psicopatia”. Os editores mesmo, já foram alvo de ofensas simplesmente por terem trazido para o debate o contraditório, sendo acusados de serem “esquerdistas” (nao q pra mim isso seja ofensa, mas aqui isso soa muito mal). Contudo, há ainda alguns bons debatedores, mesmo de ideologias diversas – o que é muito bom – e que sabem respeitar o outro. Abç

  6. Nordeste
    Que vergonha de região, mesmo levando recursos e ajudas da união para paliar ou resolver seus problemas durante muitas décadas (a mais tempo do que todos estamos vivos), eles nunca resolvem nada, tudo vai para a mão dos politicos mais corruptos que existe no Brasil, tambem são a região mais violenta, o Rio mesmo com toda a sua situação e menos violento que a maioria dos estados do nordeste.

    Sou contra separar o Brasil mais ou o pais muda ou um muro já vai ser uma ideia que cada dia ira a mais no futuro.

  7. Enquanto o ESTADO fica maior, o bolso da população fica MENOR.
    Nenhum dos partidos e seus candidatos querem diminuir esse monstro.
    Eles dizem:
    Eu posso fazer diferente
    Eu posso gerir diferente
    No meu mandato não vai acontecer isso.
    Resultado: mensalões e petrolões da vida….

  8. “bolso da população fica MENOR”
    É o bolso do Temer e sua quadrilha de ladrões descarados??? Cada vez maior!!! Incluindo o herói Moro, e sua mulher, que já não sabem nem aonde meter tantos milhoes de dólares. Ficam aí, culpando socialistas, comunistas, Petistas, falando mal dos pobres que passam fome, e etc. A culpa é deles, né? Quem mandou nascer pobre nessa baderna? Apontem suas críticas aos deuses falsos que estão no poder no Brasil. São eles, de tanto roubar e mergulhar o país na miséria cada dia mais, que transformarão o Brasil em uma Nicarágua de 1979.
    Como disse John Kennedy;
    AQUELES QUE FAZEM DA REVOLUÇÃO PACÍFICA ALGO IMPOSSÍVEL, FARÃO COM QUE UMA REVOLUÇÃO VIOLENTA SEJA INEVITÁVEL

    • Moro com milhões. Tem prova disso? Temer foi eleito pelo PT, não foi? e não é ele que a despeito disso está desfazendo uma parte dos desmandos petistas.

      Se uma parte do dinheiro que foi para os amigos ideológicos e de cachaça tivesse sido investida aqui no Brasil, em coisa séria e não em assistencialismo barato a situação seria diferente.
      João, quem quer fazer sempre arruma um jeito, quem não quer rruma uma desculpa. As bibliotecas são publicas, e so ficam sem conhecimento e capacidade mínima de sustento quem prefere outros lugares a elas.

        • Walfrido Strobel 14 de Abril de 2018 at 13:22
          Triste de quem se aliado ao PT E PMDB, no caso, nós brasileiros que fomos enganados por essa elite estatal! 14 mihões desempregados, 55% dos adultos com nome sujo, 1 milhão de empresas falidas, 3 anos de recessão, divida pública histórica e serviços públicos da pior qualidade possível.

    • Joao Moita Jr 14 de Abril de 2018 at 0:58
      Com todoo respeito, você mora no Brasil? Parece não conhecer o Brasil.
      Ninguém aqui defende o Temer, o mesmo Temer que é aliado do PT desde 1004 e que levou o PMDB a ser aliado do PT em várias eleições mesmo o partido tendo sido contrário a essa decisão em várias CONVENÇÕES nacionais. O Temer roubou o PMDB e fez alianças que o partido não aceitava.
      Quanto a sua crítica a Sérgio Moro eu nem irei comentar…pelo jeito o problema do Brasil agora é os juízes (inclusibe o Moro que é apenas um juíz de 1 instância), desembargadores, membros do STJ, do STF, policiais federais, procuradores federais, auditores da RF e todo o corpo técnico de servidores de vários órgãos de combate a corrupção. O problema é o combate a corrupção? Lava Jato tem 17 juízes, Sérgio Moro é apenas 1 juiz…
      vou deixar alguns links para você refletir:
      http://www.mpf.mp.br/para-o-cidadao/caso-lava-jato/atuacao-na-1a-instancia/parana/resultado
      Como você pode ver, até o momento foi ressarcido aos cofres público 38 bilhões de reais, isso mesmo, 38 bilhões de reais em um esquema gigantesco de roubo de dinheiro público.
      Link do Wikipedia que demonstra os nomes e participação de alguns marginais presos:
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Opera%C3%A7%C3%A3o_Lava_Jato
      ………………….
      Eu não sei por qual motivo,talvez ideológico (apesar de ser caso de polícia), você ter feito ataques a membros do Estado que estão mostrando as vísceras de esquemas gigantescos de corrupção, desde conversas de grampos de Lula, Dilma,a Rui Falcão, Jacques Vagner…até os aconversas de marginais como Aécio Neves e Temer.
      Apenas quero lembra-lo que a Dilma chefio o desvio de bilhões de reais da Petrobras durante os seus 7 anos na Presidência da companhia, o toféu da sua corrupção foi ser escolhida pelo bando a liderar o país no cargo da Presidência da república, durante os 7 anos de Dilma na presidência a empresa foi sucateada, limparam os caixas da companhia, explodiram a divida…sabe o que a Dilma faz hoje? Anda de bicicleta no RJ ou Porto Alegre, recebe 30 mil reais por mês, tem direito a 6 servidores públicos federais, 2 escritórios, auxilio para ex-presidente, 1 carro blindado e um apartamento em Brasília.
      Mas o problema do Brasil são os servidores públicos que combatem a corrupção, alguns deles hoje seguidos dia e noite por agentes federais após ameaçadas de morte, o problema
      não é o congresso, ministros e ex-políticos tomados por uma casta extremamente rica.
      “””Ficam aí, culpando socialistas, comunistas, Petistas, falando mal dos pobres que passam fome, e etc.”””
      Resposta: petistas, psdebistas, pmdesbistas…assim como ideologiais fefastas de PODER e não projeto de país e de povo, projeto que deveriam erguer o Brasil e não perpetuar bandidos no poder. Quanto aos pobres, assim como a classe média e rica do Brasil, somos responsáveis diretamente pela situação do Brasil…desde os 60 milhões de beneficiários do Bolsa familia que se vendem por 70 reais até os grndes empresários de esquerda e de extrema-esquerda que receberam centenas de bilhões de reais do BNDES, entre eles Joesley Batista com seu conglomerado em diversos países e que demonstrou as gravações do QUERIDO Temer (amante da Dilma e namorado do Lula).

    • Xará
      Você fez uma acusação gravíssima. Poderia citar as fontes de onde você soube que o Moro e sua mulher amealharam milhões de dólares? Mas de forma lícita ou ilícita? Se foi de forma ilícita, ele deverá ser investigado pelo Conselho Nacional de Justiça e ela pela Polícia Federal. Isso não pode ficar impune. Se eles roubaram ou receberam propina, cadeia pra eles.
      Porém, se você falou por ouvir dizer e não conseguir provar, cadeia pra você.
      Todos nós aguardamos sua resposta.
      Abraço

  9. João Andaime, é só teclar aí no Google da vida, mau amigo. Não fica bravo, não. Simplesmente quero demonstrar que o que está acontecendo é mais bem corrupção generalizada, somada ao golpe parlamentar que ocorreu no Brasil. Como sempre, canalhas metendo a mão no tesouro do país, enquanto o brasileiro passa fome. Isso tem que acabar. Hoje até mesmo o Bolsonaro já foi atacado pela Globo. Será ele honesto demais? Será que não quer participar dessa Máfia gigante que hoje controla o Brasil?

    • Xará
      Obrigado pelos links. Sei onde o Moro reside. Uma ótima região. E acho condenável o auxílio moradia que ele e muitos dos seus colegas recebem.
      Defendo que a Polícia Federal investigue o caso. E se for o caso, o Ministério Público apresente a denúncia.
      O que me deixa intrigado é que, mesmo com esta acusação, o Sérgio Moro não tem aliviado pra ninguém. Inclusive devido ao acúmulo de serviço, pois não é raro ele ficar até tarde da noite em seu escritório, teve de deixar de ministrar aulas na faculdade onde ele era professor.
      Enfim, vamos pressionar para que PF e MP investiguem. Afinal, ninguém está acima da lei.
      Abraço

      • João, pra meditares: tua achas que se uma virgula do que falam contra ele fosse verdade o PT ja não tinha feito um salseiro em cima e o desmoralizado na seara apropriada?

        Links deste tipo? quem tem prova vai no MPT e CNJ. Apresentem prova que eu redjjo pra vocês a delatio criminis. Mas coisa séria, não isso ai.

        • Colombelli, eu sei disso. Mas prefiro a máxima do “quem não deve, não teme”. Uma vez provado a inocência (ou não), cabe processo por danos morais e outras cominações legais.
          Melhor isso do que apenas ficar ad aeternum no “não sabia”, “não há provas”, “sou inocente”, “quem sabia disso era a Marisa” e por aí vai.

          • Deixo claro que eu falava do Moro, se houvesse algo contra ele o PT ja tinha explorado. Não há. è tudo boataria infundada. E hoje a condenação nem é mais dele é dos três do TRF-4.
            Também acho ridícula a ladainha do lula.

    • Mas a esquerda tenta queimar a imagem de Moro por que? Porque condenou Lula? Se Moro tivesse sido conivente nenhuma crítica. Eduardo Cunha, também, se tivesse permanecido apoiando o governo bolivariano também não teria sido alvo de perseguição. Corrupção é um problema sério. Mas ainda pior é o comunismo. Cega às pessoas. Assim como em 1917, o comunismo aproveitou-de dos problemas relacionados aos czares, e acabou tornando sua população refém de uma ditadura que, com outro nome, permanece até hoje, tentam se aproveitar dos problemas relacionados aos políticos tradicionais para tomar o poder e transformar um país grande e de certo modo rico (apesar de todos os problemas), numa república de bananas, como eles próprios gostam de falar. Ainda pior é que enquanto Eduardo Cunha, e outros não têm fã clube, no caso do esquerdismo promove-se uma lavagem cerebral generalizada. Usam professores, escolas, sindicatos, marqueteiros pagos a peso de ouro (vide Duda Mendonça que recebeu dinheiro de paraísos fiscais e João Santana, idem) para manipular a população pobre. Usam o nordeste e os pobres como massa de manobra. Não muito diferente dos coronéis de 100 anos atrás que compravam votos em troca de um remédio, uma dentadura, uma carrada de arisco, um emprego, hoje em dia o coronelismo/populismo nacional lulopetista tenta incutir na população que se o indivíduo arranjou um emprego, estudou deve tudo ao coronel. Dizem que acabaram com a miséria mas deixaram 50 milhões de pessoas na miséria recebendo bolsa família. A velha tática nazista de repetir mentiras para ver se o povo vai. Alguns países que não caíram no conto do vigário do comunismo vão bem tipo Colômbia e Peru.

  10. Uma lástima a situação do Nordeste. Entra governo e sai governo, a situação tem pouca diminuição da miséria. Tudo isto ainda muito liga a seca. Melhor dizendo, dos recursos desviados para não resolver, ou melhor encaminhar soluções, de se conviver com mais tranquilidade nos tempos de estiagem.

    • Wellington, pior é que quem mais desvia é gente de lá mesmo. Uma boa investigação em SUDENE. DNCS, CHESF…… o que ia aparecer….. e muito por conta de cargos cc indicados por coronéis políticos de lá do naipe de um Renan.

  11. Bom, o que Lula fez ou deixou de fazer, quem sabe. Em um país da miséria e fome generalizada, não acho uma mal idéia uma Bolsa Família, não. Pelo menos assim se evitou que alguns milhões de crianças fossem dormir com fome. Não obstante a política, a situação do Brasil está vários graus acima de séria. O desespero da população, a fome, o desemprego, a total ausência de segurança pública, e agora, milícias espalhando-se pelo país. Repito, a situação é de emergência. É necessário que se faça algo imediatamente. E quanto aos nordestinos, na minha opinião são verdadeiros heróis, sobreviventes de um dos lugares mais inóspitos do planeta. É não esqueçamos, são brasileiros também.

    • João, o programa não foi idéia dele. Não tirou ninguém da miséria. A forma como foi feito, sem contrapartida, criou uma geração onde muitos dos beneficiários são adeptos do ócio. Muito do dinheiro foi pra cigarro e cachaça.

      A cesta básica do governo militar, trocada por horas na enxada mostrava o valor do trabalho e evitava o desvio.

      Ps: so pra lembrar os que sairam da miséria na verdade saíra porque o governo petista mudou o patamar da pobreza extrema em uma “pedalada”. Quem quiser ver, busque o texto já divulgado aqui “Dez anos de PT e a desconstrução do Brasil”.

  12. E vai piorar, não se iludam. Independente de governantes ou de partidos. Não se trata de ser torcedor do Lula, do Bolsonaro, do Alckmin, do Ciro Gomes, de Jesus Cristo ou de outra divindade da moda.

    Nosso atraso é estrutural, atávico e justificado a cada dia. Foi pacientemente construído por gerações passadas e continua sendo alimentado no presente e futuro.

    Em poucas e rasas palavras: o modelo econômico brasileiro gera riquezas para poucos e sua ação se resume ao “corporativismo econômico” que não distribui seus dividendos entre o restante da sociedade. É um sistema que não visa ao usufruto da riqueza pela sociedade e sim a simples exploração comercial subsidiada pelo estado. Falta-nos esse importante componente, ou seja, o alcance social do poder econômico. Resumindo, aqui o dinheiro não se espalha, se concentra!

    Nossa única e última chance de reverter esse quadro maldito foi, pasmem, na abolição da escravatura. Pensava-se ali em refundar o país e criar uma sociedade moderna nos moldes do então Positivismo tendo por molde o modelo norte-americano. Tivemos a ação do grande Joaquim Nabuco, uma das poucas luzes que souberam interpretar e pensar o Brasil a longo prazo. Mas logo após veio a República, na verdade um golpe idealizado pelas velhas e podres elites do baronato cafeeiro e do coronelismo algodoeiro. Nabuco então percebeu que a República viera para restaurar a Monarquia em outros têrmos. E tudo voltou ao que era e deveria ser….e que continua sendo.

    Vargas foi o ditador que o país precisava para adular e domar o então crescente proletariado urbano, migrado do campo em busca de redenção na cidade. Essa gente precisava ser conduzida e protegida do então Comunismo internacional e de suas perversões, fascismo e nazismo.

    E de 64 para cá, foi gerada a burocracia mais escrota e tapada desse país, fruto do conluio militar-industrial-financeiro que se especializou em dar rombos e golpes no bolso da nação.

    Em todos esses 3 momentos (Abolição/República, Vargas e Pós-64), o povo apenas serviu como platéia e massa de manobra, sempre a reboque do jogo dos poderosos.

  13. Srs o melhor sistema não é o socialismo e nem o capitalismo.Para mim é o comunismo chinês que é uma mistura dos dois.vamos copia-lo é talvez a coisa reverta.A produção deles é violenta, é os artigos deles estão melhorando.copiam sim e melhoram o produto é agora criam.eles vão erradicar a pobreza deles mais rápido que India é Brasil e lembre-se srs tem um bilhão e trezentos milhões de bocas para alimentar

    • E haja democracia… E o comunismo da Coreia do Norte, de Cuba, da Venezuela?
      Na China é comunismo político, mas não econômico.
      E aí de qualquer cidadão que discordar do governo…
      Enquanto isso, no Brasil, os comunistas ou não criticam o governo…

    • Ronaldo, hora que a classe média emergente chinesa atingir certo volume, não se contentará com o cabresto e a China implodirá. A razão da sua prosperidade será a da sua derrocada. Crescimento com mão de ferro e falta de democracia é um paradoxo explosivo e irremediável.

  14. Interessante como aqui em Salvador o PT continua forte, o ACM Neto-DEM desistiu de sair da prefeitura e se candidadar a Governador, pois é muito difícil alguem ganhar do PT aqui na Bahia, Rui Costa- PT que é sucessor de Jaques Wagner-PT deve ser reeleito fácil, a não ser que alguma virada aconteça.
    E a Bahia é o estado com maior indice de pobreza e desempregados.
    E o próprio ACM Neto declarou que seu sonho continua ser Governador da Bahia, mas em outro momento.

  15. Walfrido, a resposta do motivo é clara:” E a Bahia é o estado com maior indice de pobreza e desempregados” ( e provavelmente um bom índice de beneficiários do assistencialismo de curral eleitoral acresço). Rui Barbosa estremece.

    • Acho que não tem nada a ver com seca.
      Cerca de 70% da população vive nas capitais (que não se encontram no semiárido).
      O Maranhão não é semiárido.
      Muitas cidades de porte médio do semiárido são bastante desenvolvidas (tipo Petrolina, Juazeiro do Norte, Caruaru, Campina grande, Mossoró, etc).

      • Perfeito. É bem isso, quem vai lá e vê como é, constata que a cantilena da seca e da miséria existe mas é bem menos do que se apregoa com fito de obtenção de vantagens e piedades associadas.

      • Sem falar que o Rio São Francisco e o Rio Parnaíba atravessam grande parte do semiárido.
        Há grandes centros de produção agrícola no oeste da Bahia (Irecê e Luiz Eduardo Magalhães, com feijão; região de Petrolina e Mossoró com agricultura irrigada e caju).

        • Conheço Petrolina, Juazeiro e mais pro interior naquela região. Há produção de mangas e de uva também. Inclusive não me senti estranho no local, pois as cidades não eram diversas de qualquer cidade do sul do pais de mesmo porte.

  16. Joaquim Roriz era um governador muito popular no DF.
    Dizem que mandava trazer pessoas miseráveis do interior da Bahia, Minas, Goiás e Piauí para morar no DF.
    Lá, ganhariam um lote e leite.
    Assim, era chamado pai dos pobres.
    Há um político e um grupo partidário que age da mesma forma em âmbito nacional…
    Não vou falar qual é…
    Com o agravante que é uma ideologia de âmbito internacional e que há 100 anos tenta tomar o poder das “elites”…
    Alguns de seus militantes, do alto de suas picapes cabine dupla a diesel ou de seus apartamentos em Paris revoltam-se contra as elites…

    • O comunismo tem atrasado o desenvolvimento do Brasil nos últimos 100 anos.
      Muita energia e esforço dispendido pelo país e seis cidadãos na luta contra essa seita… Gerações perdidas…

  17. “E quanto aos nordestinos, na minha opinião são verdadeiros heróis, sobreviventes de um dos lugares mais inóspitos do planeta. É não esqueçamos, são brasileiros também.”

    Caro João , você não conhece o nordeste , vivo no estado de Sergipe , e a minha região não é um dos lugares mais inóspitos do planeta , a região nordeste tem muito militante do PT com cargos comissionados , trocam de carro todos anos , tem o MST também quê são pessoas que trabalhavam plantando e hoje ganham dinheiro do PT para roubar terra e propagar o ódio , a CUT são um bando de sindicalistas comprados . O PT ficou mais de 13 anos no poder e sinceramente não vejo uma melhoria na segurança , saúde e edução, vejo jovens alienados nos colégios públicos e universidades federais , no governo Dilma de 9 a 11 milhões de desempregados, previdência falida por causa dos políticos anteriores incluindo Dilma e Lula.

  18. Nonato, é isso mesmo?
    O comunismo tem atrasado o desenvolvimento do Brasil nos últimos 100 anos? Bom, se eu estiver errado me diga, mas pelo que eu saiba o Coronelismo, ditadura militar com seu típico anti-comunismo e corrupção implacável ala Somoza, aonde qualquer um que tivesse a ousadia de contrariar os generais eram rachados de comunistas e “desaparecidos” nos últimos 100 anos é…Brasil.
    É mais vale dizer que todos os puritanos estão errados. Não é possível manter um sistema 100% Capitalista, ou 100% Socialista. Tem que ser mistura, e pronto. A China comparada ao Brasil? Bom, é comparar laranjas com maçãs. Sim, eles também possuem defeitos, mas comparar com Brasil simplesmente não dá. A corrupção generalizada simplesmente tomou conta do Brasil. Essa é a forma de governo. PT,PMDB,PSOL,PCB,etc não tem nada que ver. A única esperança do Brasil é tirar TODOS do poder, e começar de novo. Mas, como diz meu Sergeant Major…
    When pigs fly.

    Abs.

    • O Brasil tem problemas. A solução não é o Estado islâmico nem o comunismo.
      Enquanto o Estado islâmico perturba e ganha adeptos com facilidade no oriente médio e na África, o comunismo e suas viúvas teimam em tentar se apoderar da América Latina.
      Em lugares desenvolvidos, como Canadá, EUA, Europa e Japão essa ideologia passa longe. Até mesmo da África e oriente médio.
      Ideologia do atraso.
      Assim como em qualquer país onde tentam implantar o Estado islâmico, uma enorme quantidade de energia, recursos etc é gasto para combater esse mal, o mesmo se dá na América latina.
      Outro mal que se espalha com enorme facilidade. Igualmente ruim, mas arregimenta seguidores fanáticos de igual forma. Agressivos e enfurecidos.
      Aproveitamo-se da ignorância das pessoas, para tomarem o poder
      Na Colômbia, por exemplo, onde não conseguiram enganar a população, matam, sequestram, explodem bombas (farcs e outros grupos). No peru é o Sendero luminoso.
      Em todos os países com mesmo discurso bonito, dizem ser contra as “elites” e a favor do povo. Seus líderes dizem ser o próprio dom Sebastião reencarnado que veio para salvar o povo…
      Em países como Canadá, EUA, Japão, Coréia do sul, vá com esse papo…
      Sempre o papo bonito. Depois que tomam o poder destroem os países. O congresso, o judiciário e instituições passam a ser subordinados ao “senhor absoluto”, dono da verdade, defensor do comunismo.
      Aí da população se queixar. Aí da polícia se incomodar o “soberano”.
      Só saem do poder se, além de deixarem o país terra arrasada, ainda houver alguma espécie de vida inteligente no país capaz de comandar um movimento democrático.
      Comunismo e seus seguidores representam o atraso.
      Não se trata de militares taxarem alguém de comunista. Comunismo é comunismo. Hoje nem escondem mais.
      Seus heróis são Che Guevara, Fidel Castro e Maduro (para não citar outros).
      Os comunistas detestam os militares porque são eles que, em último caso, podem reagir.
      Venceram os guerrilheiros do Araguaia.
      Caso contrário, hoje ainda teríamos grupos tipo Farc etc.
      Mas o pior que a esquerda continuou agindo por meio de outros grupos traçando novas ou velhas estratégias.

    • Eu morei em estado controlado pelo Coronelismo…

      Embora toda a sanha anti-comunista deles, cada um fez da sua região um pequeno feudo…

      No melhor estilo Stalin.

      Não se esqueça que os comunistas brasileiros a única coisa que quiseram foi tomar o poder para si… o povo que f…..

      Não quer dizer que os anti-comunistas brasileiros sejam muito diferentes deles.

  19. Rodrigo, dissestes tudo. Eis aí o grande dilema brasileiro. No final das contas, são todos do mesmo molde. Como refrigerantes, com sabores um pouquinho diferentes, mas no fundo todos eles uma letal combinação de açúcar e químicos, ruins para a saúde. Assim como na Europa Feudal, o Brasil está se transformando rapidamente no Brasil Feudal, em pleno 2018. O pior é que já sabemos como termina esse filme. Assim como terminou lá na França, em 1789. Ou na Rússia, em 1917. A maioria da população, desesperada pela fome e total ausência de esperança, se levanta aos milhões, e aí não tem exército que segure. A pobreza e miséria extrema se espalham pelo país a passo exorbitante. Infelizmente, aqueles no poder, assim como Luís XVI, so pensam no próximo milhão de dólares, ou nas próximas férias deslumbrantes, talvez uma esquiadinha na Suissa, um passeio em Roma…
    Para os que reclamam de um cara morninho como Lula, ou fanfarrão incompete como o Mário, ainda não viram nada. Estamos apenas vendo os previews, antes do filme começar. O verdadeiro Stalin brasileiro está por vir. O futuro é triste, meus caros.

    • Repito. O Brasil tem problemas.
      Mas não tão grandes assim.
      Há corrupção, que dê certo modo tem sido combatida.
      A solução para os problemas não é o comunismo, nem Stalin, nem Lula, nem maduro.
      Na Venezuela, começaram com essa mesma conversa.
      Que a população estava na miséria, etc.
      Davam geladeira e TV para comprar os pobres.
      Aqui, é o mesmo papo…
      Quem não estuda história ou interpreta errado coloca seu próprio país em risco.
      Cuba, Venezuela e União Soviética não são exemplos a serem seguidos.
      O país está bem, a população está bem, precisamos de ajustes e nos afastamos do comunismo.
      Jogar merda no ventilador é típico da tática esquerdista de passar 4 anos queimando adversários e fazendo campanha política antecipada para tentar se dar bem nas eleições.
      Há um ano, de uma tacada só o empresário que emprestou jatinho para a campanha presidencial de 2014, tentou queimar dois políticos adversários da esquerda…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here