Home Aviação do Exército (AvEx) Nota do Exército sobre emprego de tropa na Bahia

Nota do Exército sobre emprego de tropa na Bahia

176
1

EMPREGO DE TROPA EM GARANTIA DA LEI E DA ORDEM NA BAHIA

Autorizado pela Excelentíssima Senhora Presidente da República, o Exército Brasileiro empregará tropa federal no Estado da Bahia, nos termos do que está previsto na Lei Complementar nº 97/1999 e no Decreto nº 3.897/2001, em caráter episódico e temporário, em ações de garantia da lei e da ordem, para a preservação da ordem pública e incolumidade das pessoas e do patrimônio, em estreita coordenação com a Secretaria de Segurança Pública, atendendo à solicitação do Governador do Estado.

O Exército empregará os recursos operacionais militares necessários, enquanto permanecer a situação de greve da Polícia Militar da Bahia.

As tropas federais do Exército sediadas em Salvador já iniciaram as ações de patrulhamento ostensivo nas principais vias da cidade e outras tropas do Comando Militar do Nordeste, sediadas em Recife, Garanhuns, João Pessoa, Maceió, Aracaju e Natal; e da Brigada de Infantaria Paraquedista, do Rio de Janeiro, iniciaram seus deslocamentos por via aérea e terrestre em direção a Salvador e outras cidades do interior do Estado.

Serão empregados, ainda, meios aéreos do Comando de Aviação do Exército, com sede em Taubaté-SP.

O efetivo total a ser empregado pelo Exército é de cerca de 2.000 militares.

Atenciosamente,

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO
EXÉRCITO BRASILEIRO
BRAÇO FORTE – MÃO AMIGA

NOTA do EDITOR: Decolam amanhã do CAvEx duas aeronaves HM-1 Pantera, pertencentes ao 1°BAvEx, com a finalidade de apoiar as tropas na Bahia.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Almeida Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Almeida
Visitante
Almeida

Na hora que o bicho pega, a coisa fica feia e a cobra fuma, todos clamam pelo braço forte e mão amiga do EB. Mas quando passa a crise, todos são contra investimentos em nossas Forças Armadas. Esse é o Brasil que plantamos todos os dias.