Home Noticiário Nacional Salvador tem mortes e saques com greve da PM; shows são cancelados

Salvador tem mortes e saques com greve da PM; shows são cancelados

145
0

Com a greve da Polícia Militar, Salvador viveu um dia de forte alta do número de assassinatos e de ataques ao comércio, nesta sexta-feira. Shows foram cancelados e lojas fecharam após onda de violência.

Shows do Olodum e de outras bandas de axé music foram cancelados até o fim de semana. A apresentação da cantora Ivete Sangalo, marcada para hoje, na Praia do Forte, também foi adiada.

Ontem à noite, o músico do Olodum Denilton Souza Cerqueira, 34, voltava para casa em sua moto quando foi baleado por dois assaltantes no bairro da Mata Escura, onde vivia. O músico foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Da meia-noite até as 18h de hoje, foram registrados 20 homicídios na região metropolitana, segundo a Secretaria de Segurança Pública. No mesmo dia da semana passada, houve 13 assassinatos ao longo de 24 horas.

No Pelourinho, o policiamento passou a ser feito por homens do Exército, com metralhadoras e fuzis. Nem a ostentação das armas de guerra nem a presença dos militares amenizaram o clima de insegurança no local.

A joalheria H.Stern fechou as portas ao meio-dia. Outras lojas do centro histórico também reduziram o horário de funcionamento desde quinta-feira, por temerem que os saques se alastrem para a região turística.

Em outro ponto de grande fluxo turístico, o farol da Barra, a presença de visitantes foi 70% menor ontem, segundo estimativa de comerciantes da região. No local, havia apenas um carro da PM durante a tarde.

Ao menos cinco lojas tiveram os estoques saqueados no bairro da Liberdade, de acordo com relatos de comerciantes e moradores a rádios e televisão. A Polícia Civil diz que os donos das lojas ainda não haviam registrado as ocorrências até as 12h de hoje.

REFORÇO

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, general José Carlos De Nardi, e a secretária Nacional da Segurança Pública, Regina Miki, desembarcam na manhã de sábado (4) em Salvador para acompanhar as operações das Forças Armadas no Estado.

Tropas do Exército começaram a fazer o patrulhamento nas ruas de Salvador no início da tarde desta sexta-feira. Também já estão em Salvador 150 homens da Força Nacional e outros 500 deverão chegar até o fim do dia de amanhã. O Exército também deverá encaminhar, ao todo, 2.000 homens até o próximo domingo (5).

NEGOCIAÇÃO

O governo estadual recebeu uma pauta de reivindicações de seis associações de policiais, mas não aceita negociar com a Aspra (Associação dos Policiais e Bombeiros da Bahia), entidade que lidera a greve.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que a sede da Aspra foi lacrada por determinação da Justiça, após um pedido do Ministério Público.

Com isso, disse a secretaria, fica proibida a realização de assembleias e reuniões entre os integrantes da Aspra.

FONTE: Folha de São Paulo

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments