Home Sem categoria Saturação de área na Síria: sistema TOS-1 em ação

Saturação de área na Síria: sistema TOS-1 em ação

8471
47

TOS-1 na Siria 1

Os russos forneceram recentemente sistemas de saturação de área modernos como o TOS-1 para o Exército Sírio de Assad. Estes sistemas tem sido usados contra diversas posições no norte da região de Latakia, especialmente próximo da localidade de Kesab.

Cada veículo de lançamento do sistema TOS-1 é capaz de disparar 24 ou 30 foguetes de 220mm dependendo da versão. O chassi empregado é o mesmo do carro de combate T-72, veículo largamente utilizado pelo Exército Sírio e bastante familiar ás tripulações e equipes de manutenção.

Kessab

Os vídeos mostram como sistemas como estes são devastadores e como eles concentram alto poder de fogo numa região pequena por um custo muito inferior ao bombardeio aéreo. No entanto a precisão é colocada de lado, assim como eventuais preocupações com danos colaterais.

 

 

Subscribe
Notify of
guest
47 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
4 anos atrás

Putz…..sobra algum inimigo vivo na área que recebe essa “paulada”?

Delfim
Delfim
4 anos atrás

Katyusha !!!

BrancoF-16
4 anos atrás

Boa tarde, Sobre os sistemas de saturação do campo de batalha, acho os sistemas russos muito interessantes, são de uma grande variedade e causa grande destruição. Olha Rodrigo é pouco provável que sobre algo inteiro, porém mais impressionante ainda são os vídeos do BM-30 Smerch, pensa numa paulada. Sobre os sistemas de saturação de campo de batalha russos, vi que eles iram padronizar a partir de agora com o modelo 9A52-4 Tornado, sistema esse que visa substituir de uma unica vez 3 modelos: BM-21 Grad, BM-27 Uragan e o BM-30 Smerch Perguntas: 1 – TOS-1A do video pelo que vi… Read more »

Bernardo-SP
Bernardo-SP
4 anos atrás

agora eu sei como conseguem limpar areas em tão pouco tempo puta que pariu que apelação.

kfir
kfir
4 anos atrás

COMO A ARABIA SAUDITA AJUDOU O ISIS A TOMAR O IRAQUE

Iraq crisis: How Saudi Arabia helped Isis take over the north of the country

A speech by an ex-MI6 boss hints at a plan going back over a decade. In some areas, being Shia is akin to being a Jew in Nazi Germany

http://www.independent.co.uk/voices/comment/iraq-crisis-how-saudi-arabia-helped-isis-take-over-the-north-of-the-country-9602312.html

kfir
kfir
4 anos atrás

comment image

Carlos Campos
Carlos Campos
4 anos atrás

nossa tantos vídeos mostrando os estragos da arma e do ASTROS quase nenhum

kfir
kfir
4 anos atrás

Kargil war: Pakistan planned to drop nuclear bomb on India during conflict, former CIA officer claims
A former CIA analyst revealed the information in an obituary for Sandy Berger, a former national security advisor to President Clinton

Emma Henderson
11 hours ago
75 comments
http://www.independent.co.uk/news/world/asia/pakistan-india-nuclear-bomb-kargil-war-former-cia-officer-sandy-berger-bruce-riedel-a6758501.html

Zoreia
Zoreia
4 anos atrás

Não seria mais barato usar uma bateria de Obus 155 mm?

Carlos Crispim
Carlos Crispim
4 anos atrás

Carlos Campos, o Astros não foi usado em nenhum campo de batalha, mas segundo os patriotas de plantão é o “melhor do mundo”, esses vídeos da Rússia mostram o que é poderio bélico, deixa quieto, segue o baile…

Alfa BR
4 anos atrás

“Carlos Crispim 6 de dezembro de 2015 at 10:48

Carlos Campos, o Astros não foi usado em nenhum campo de batalha, mas segundo os patriotas de plantão é o “melhor do mundo”, esses vídeos da Rússia mostram o que é poderio bélico, deixa quieto, segue o baile…”

Carlos o Astros já foi utilizado em combate sim, mais precisamente na Guerra Irã-Iraque, Guerra Civil Angolana, Guerra do Golfo e na intervenção militar no Iêmen pela Arábia Saudita.

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

O Astros segurou o exército iraniano na guerra Irã-Iraque. Sua inutilização foi uma das primeiras preocupação dos EUA durante o tempestade no deserto.

Samuel r s.
Samuel r s.
4 anos atrás

Vocês repararam como esses foguetes geram pouca fumaça , quando um foguete do sistema Astros dispara deixa um esteira de fumaça enorme a precisão desses foguetes russos parace enorme.Faço uma pergunta aos amigos o foguete russo também não usa combustível sólido como o nosso ,sendo o nosso tão fumacento não fica fácil a localização da bateria que fez o lançamento.

Mauricio R.
4 anos atrás

“Sua inutilização foi uma das primeiras preocupação dos EUA durante o tempestade no deserto.”

Sua “utilização” se resumiu a ser saco de pancada da aviação da Coalizão.

augusto
augusto
4 anos atrás

se fosse um TOS-1 ou M270 seria tbm, afinal eles não são sistemas SAM

Grulla
Grulla
4 anos atrás

“Sua “utilização” se resumiu a ser saco de pancada da aviação da Coalizão.”
O propósito do Astros é saturação de área e não defesa antiaérea.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Chamam isso ai de saturação ?!
Isso aqui é saturação ! O bom e velho BM-21 Grad
http://www.youtube.com/watch?v=eXpiB-Xcc-s

Tomcat F-14
Tomcat F-14
4 anos atrás

Os sauditas com dinheiro saindo pelo ladrão usam o Astros faz 30 anos e vão continuar usando,

Só mostra que o sistema é confiável e eficiente, com o dinheiro que eles tem poderiam ir atras de outro. E já confirmaram a versão 2020.

Astros no yemen.
https://www.youtube.com/watch?v=2Omw4vWqdQM

Tem muito video do Astros se pesquisar em arabe

BrancoF-16
4 anos atrás

Esse do link foi um ataque através de munições do tipo Cluster Bomb Attack, disparado através do sistema BM-21 Grad.
É um belo de um cartão de visitas pro adversário kkkk

Ricardo
Ricardo
4 anos atrás

Grad que colocou as tropas ucranianas inoperantes no leste da Ucrânia. Nas palavras de um alto funcionário ucraniano, estar sobre fogo de um Grad lembra ficar em um moedor de carne gigante.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

No segundo lançamento não é a plataforma de um T 72, mas de um caminhão.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Não é função do Astros lançar “anti – ar”.
“Sua “utilização” se resumiu a ser saco de pancada da aviação da Coalizão.”.

Bosco
4 anos atrás

Os americanos são criticados por usar munição de urânio exaurido contra tanques inimigos já os russos utilizam lançadores múltiplos de foguetes contra cidades. rssrsss

Bernardo-SP
Bernardo-SP
4 anos atrás
Mauricio R.
4 anos atrás

“…afinal eles não são sistemas SAM…”

“O propósito do Astros é saturação de área e não defesa antiaérea.”

“Não é função do Astros lançar “anti – ar”.”

Reclamem com as tropas do Saddam, foram elas que desdobraram o sistema em campo, sem proteção de SAM!!!!
Se é que mesmo protegendo-o o resultado fosse diferente, a proteção seria removida quer por interferência, quer por supressão e o sistema massacrado do mesmo jeito.

Mauricio R.
4 anos atrás

“Logo na sequência são mostradas cenas do (suposto) resultado do ataque.”

Reparem que o solo nem aparece tão revolvido assim, as árvores pouco chamuscadas e em pé, até os blocos da construção demolida em sua maioria estão inteiros, uma posição preparada “dug-in” seria mto menos afetada dada a falta de penetração característica da artilharia de foguetes.
Agora se fosse artilharia de campanha (de tubo), o estrago seria maior até sobre o próprio terreno.

Bernardo-SP
Bernardo-SP
4 anos atrás

Pessoal eu não achei nada de video do Astros na guerra Irã-Iraque alguém ai tem algo sólido para postar?

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Bernardo-SP 7 de dezembro de 2015 at 10:47
Esses aqui são da Família Saud, em seguida vem os da Indonésia:
Por favor: Traduza !
https://www.youtube.com/watch?v=nZHv1UjvQF4

Bosco
4 anos atrás

O Astros era um armamento de artilharia como outro qualquer cumprindo sua função. Nada mais, nada menos. A coalizão na Primeira Guerra do Golfo tinha como missão neutralizar via ataque aérea a capacidade de artilharia do inimigo antes que as tropas colocassem os pés no Iraque. Essa missão inclui os sistemas de artilharia de foguetes de saturação (incluindo o Astros) e os obuseiros.

Bernardo-SP
Bernardo-SP
4 anos atrás

Obrigado carlos alberto soares.

Att.

JagderVband#44
4 anos atrás

Um pouco off topic, mas nem tanto.
https://www.youtube.com/watch?v=HWveLHVG7mo#action=share

Qual arma estão usando neste vídeo?

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Se esses disparos de artilharia parecem devastadores, imaginem o ataque da artilharia soviética que antecedeu o assalto contra Berlin na SGM, o maior da história.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Bosco, meu amigo 🙂 , aqui vai mais uma pergunta boba para você.
Em sua opinião, quanto tempo demoraria para o exército vermelho (1944/1945) destruir os terroristas (ISIS + Moderados) no Iraque e na Síria ?

Bosco
4 anos atrás

Eh Melky!
Assim complica. rsrsss
Com seus milhões de soldados e usando os métodos politicamente incorretos adotados na SGM por qualquer lado, os opositores do Assad não durariam nem um mês.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Verdade grande Bosco, 🙂 Não há “Allahu Akbar” que resista a um Gulag ou Campo de concentração.

Colombelli
Colombelli
4 anos atrás

Melky, se falas da ofensiva do Oder, os mais de 1 milhão de disparos caíram no vazio. Henrici (se não me engano o CMT) havia recuado as tropas.

Caio
Caio
4 anos atrás

Melky Cavalcante, acho que não haveriam gulags ou campos de concentração para esses ai. Como o Bosco falou, o método brutal deles dizimaria a região (ISIS, moderados, civis…)

_RJ_
4 anos atrás

carlos alberto soares @7 de dezembro de 2015 – 11:26

O mais devastador é essa mistura de pagode com música árabe. O Astros pereceria bem mais ameaçador sem essa trilha sonora.

Belo video.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

_RJ_ & Bernardo
Tem este da Malasya, este contrato foi um parto !
https://www.youtube.com/watch?v=xsOsO_upKxw

altomcat2012
4 anos atrás

Legal Carlos Alberto Soares!!! Mas o frustrante nisso tudo é que não importa de onde seja o vídeo sobre o Astros, quando mostra o impacto, ele é filmado lá da PQP!!! Nunca mostra um único impacto de perto que seja!!! Nem durante, e nem depois.

Se você procurar, vai ver que existe esse tipo de vídeo mostrando impacto de granadas de canhões feitos por Exércitos afora, filmado a metros de distância na hora do impacto, então, tecnologia para isso há… Por que raios não fazem isso do Astros?

PRAEFECTUS
4 anos atrás

Senhores,
.
segue alguns vídeos do SISTEMA ASTROS em alguns países…

Exército saudita bombardeiam forças Houthi na província de Jizan com Astros II
.
https://www.youtube.com/watch?v=V1eRcNJBZv8
.
Sistema de foguete múltiplo Astros II MK6 no Exército Nacional Indonésio.
.
https://www.youtube.com/watch?v=BUYUbmI6ojM
.
Sistema Astros II no Exército da Malasia.
.
https://www.youtube.com/watch?v=xsOsO_upKxw&list=PL85678CDE7DC3DAA4
.
Vídeo com alguns sistemas de armas do Exército iraquiano da época em que Sadam era o líder do regime em voga (a partir de 8:45 você verá partes que pertenciam ao Sistema Astros).
.
https://www.youtube.com/watch?v=VWw9hZ2bfPs

.
Grato

Machado
Machado
4 anos atrás

Kfir, excelente texto do Independent.

Colombelli
Colombelli
4 anos atrás

também não entendo porque a própria AVibras não filma a área de impactos. É a maior interessada. Se tem receio da precisão, que atire curto como fazem os russos em alguns videos.

Claudiney
4 anos atrás

Poggio. Aparentemente o mapa indica lugares errados, tanto o local da queda do Sukhoi como o ataque TOS-1. No caso do ataque, a área está ocupada pelo exército Sírio há algum tempo e o corpo do piloto russo foi levado para uma vila bem mais para Sudeste, onde o Turco líder das tropas que o abateram deu a entrevista anunciado sua morte e a do outro piloto (que não se confirmou). Na Latakia as maiores batalhas estão sendo travadas bem mais para Sudeste.

Uitinã
Uitinã
4 anos atrás

Mauricio R. 7 de dezembro de 2015 at 10:35

Se levar em consideração que o sistema utiliza foguetes de ogiva termobarica, e não ogivas de impacto convencional.

Uitinã
Uitinã
4 anos atrás

Bosco 7 de dezembro de 2015 at 10:18

A principal diferença e que os efeitos do urânio empobrecido duram centenas de anos ou até milhares de ano.