Home Fronteiras Com agravamento da situação em Roraima, Temer visita o Estado nesta segunda

Com agravamento da situação em Roraima, Temer visita o Estado nesta segunda

6404
208
fronteira brasil venezuela - uol
Fronteira Brasil-Venezuela

Presidente e a governadora de Roraima, Suely Campos, vão se reunir para buscar soluções para os problemas criados pela imigração em massa de venezuelanos

Brasília – Preocupado com o agravamento da situação em Roraima, por conta do aumento da entrada de venezuelanos no Brasil, com o agravamento da crise no País, e principalmente depois da decisão da última semana da Colômbia, de fechar a sua fronteira com a Venezuela, para impedir a entrada dos vizinhos, o presidente Michel Temer decidiu ir pessoalmente a Boa Vista, para ver a situação “in loco” e verificar que medidas poderão ser tomadas para ajudar na solução dos problemas criados por esta imigração em massa. Nesta segunda-feira, 12, Temer vai se reunir com a governadora de Roraima, Suely Campos.

“Não dá para esperar o carnaval terminar para agir. A situação é dramática. Precisamos entrar com uma forte ação federal para ajudar o estado e os municípios de Roraima”, disse ao Estado o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, que esteve na quinta-feira da semana passada em Boa Vista, ao lado dos ministros da Defesa, Raul Jungmann, e da Justiça, Torquato Jardim, verificando os problemas.“O quadro lá é muito sério”, prosseguiu o ministro, ao informar que a ideia do governo federal é ampliar “ainda mais fortemente” o aparato de apoio ao estado, com mais ações de saúde, como levar mais suprimento para a população, por exemplo, além do reforço das fronteiras com soldados e Polícias Federal e Rodoviária Federal, para ajudar no ordenamento da entrada dos venezuelanos, já que o estado, sozinho, não tem condições de receber tantos imigrantes, atendê-los e abrigá-los.

Segundo Etchegoyen “aliada à situação econômica já deteriorada, isso se agravou com a iniciativa da Colômbia de adotar medidas mais rígidas de entrada pela fronteira com a Venezuela”, o que acabou aumentando, ainda mais o fluxo de venezuelanos para o Brasil. “Fechar fronteira não é política do Brasil”, observou o ministro, acrescentando que a solução é agir para dar apoio federal para aliviar a fronteira e resolver a questão humanitária.

O presidente Temer, que está no Rio de Janeiro com a família passando os feriados de Carnaval, vai sair de lá direto para Boa Vista, nesta segunda-feira, por volta das 11 horas. Temer deve retornar ao Rio depois da visita, para permanecer com a família na Restinga da Marambaia.

Além do GSI, da Defesa e da Justiça, representantes da Saúde, das Relações Exteriores, do Desenvolvimento Social, entre outros órgãos participarão da visita. “Sabemos que o sucesso do apoio vai levar a mais êxodo de venezuelanos para o Brasil. Por isso, precisamos encontrar uma forma criativa que evite isso, mas que nos permita ajudar os venezuelanos que já estão aqui”, comentou.

Uma das medidas a serem adotadas rapidamente, segundo informou o ministro Jungmann ao Estado, ao final da visita da semana passada, é de descentralização de venezuelanos, que serão transferidos, inicialmente para São Paulo, Paraná, Amazonas e Mato Grosso do Sul. Esta operação deverá começar a partir de meados de março, quando o governo federal pretende começar a distribuir a primeira leva de mil venezuelanos que chegaram a Roraima.

Um censo também será realizado para que se tenha ideia do número exato de venezuelanos que entraram e estão entrando no País já que os números são conflitantes, mas giram entre 30 mil e 40 mil. Por dia, passam pela fronteira do Brasil cerca de 700 venezuelanos em busca de melhores condições de vida, depois que o país governado por Nicolás Maduro se aprofundou em grave crise econômica, política e social. Os primeiros dados apontam que 70% desses venezuelanos tem nível médio de escolaridade e 30% têm nível superior e que deixaram seu país em busca de oportunidade por falta de comida, emprego, medicamentos.

Na sexta-feira, o presidente Michel Temer, em entrevista à Rádio Guaíba, disse que o Brasil vive um embate diplomático com a Venezuela e que a ações de seu governo não “diplomáticas” e “contestadoras” em relação ao que acontece no país vizinho. Temer comentou ainda que seu governo “discorda da forma como as coisas caminham lá (na Venezuela), que geram os refugiados” e lembrou que já editou decreto concedendo identidade provisória para estas pessoas que estão entrando no Brasil, como forma de identificá-las.

FONTE: Estadão

208
Deixe um comentário

avatar
207 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
60 Comment authors
Geraldo NunesHammerAlmeidaRenato B.Tomcat3.7 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Adler Medrado
Visitante

Vão espalhar esse pessoal pelo Brasil?

ODST
Visitante
ODST

“Fechar fronteira não é política do Brasil”

E vai sofrer por querer passar imagem de país bonzinho (tolo na verdade).

¯\_(ツ)_/¯

Geraldo Nunes
Visitante
Geraldo Nunes

Somos um país rico em território. Podemos suportar ainda mais gente tranquilamente. O problema são os corruptos. Venezuelanos QUE QUISEREM TRABALHAR E NOS AJUDAR A CONSTRUIR UM PAÍS MELHOR SERÃO BEM VINDOS. Que Deus os abençoe.

Raul
Visitante
Raul

Alguém confirma essa notícia? Eu sei que a Colômbia transferiu os seus meios blindados para a fronteira, saiu em tudo quanto é jornal de lá.

https://twitter.com/Caracas_News/status/962791731635859457

ODST
Visitante
ODST

Adler Medrado

O tráfico de drogas agradece! Em breve veremos mais alguns barracos sendo erguidos também.

ODST
Visitante
ODST

Raul

Achei este vídeo aqui, foi postado a uma hora atrás, mas não posso confirmar nada.

https://www.youtube.com/watch?v=ZkvStrZkMCA

nigo
Visitante
nigo
nigo
Visitante
nigo

Por que Maduro pensa em invadir a Guiana

Por que conviria ao ditador Nicolás Maduro atacar a Guiana, a fim de anexar a região do Essequibo?
Obviamente, para tentar desviar a atenção dos venezuelanos do desastre econômico, social e institucional causado por seu desgoverno e, assim, evitar que os movimentos de oposição organizados ganhassem uma dimensão incontrolável.
Mas também para deslocar unidades militares para longe de Caracas, prevenindo que as Forças Armadas do país possam se voltar contra ele.

https://www.oantagonista.com/mundo/por-que-maduro-pensa-em-invadir-guiana/

Plinio Carvalho
Visitante
Plinio Carvalho

como funciona campos de refugiados?? não poderia construir um e colocar esse povo la???

Sérgio Araujo
Visitante
Sérgio Araujo

Isso que ferra a visão do Brasil pelo mundo. A Falta de comando e de decisões corretas afim de controlar a situação, e pior ainda, a decisão de “acolhimento” de imgrantes que, muitos deles, não possuem formação técnica, o Brasil terá que gastar dinheiro para recebe-los, ensinar a língua etc. Como os tupniquins dizem, Brasil é terra de ninguém.

Dan01
Visitante
Dan01

Vi uma noticia dizendo que o governo colombiano nao quer fechar a fronteira porque segundo eles os venezuelanos entrariam ilegalmente. Olhando por esse ponto faz ate sentido, pelo menos com os venezuelanos entrando legalmente da pra ter um leve controle.

Deem uma olhada nesse mapa abaixo, a maioria ta partindo pra Colombia
http://www.eltiempo.com/mundo/venezuela/lo-que-hay-detras-de-la-masiva-salida-de-venezolanos-181256

Dan01
Visitante
Dan01
Silva
Visitante
Silva

A diferença entre um país que leva a sério sua segurança e soberania e uma republiqueta bananeira qualquer que está mais preocupada em fazer pose para o mundo: COLÔMBIA: “…depois da decisão da última semana da Colômbia, de fechar a sua fronteira com a Venezuela, para impedir a entrada dos vizinhos…” Bananal brazilies: “Fechar fronteira não é política do Brasil”, observou o ministro…” Esplêndido! Se a venezuela inteira decidir emigrar para o brasil, basta atravessarem a fronteira e tudo certo. Palmas… Um viva para a casa da mãe Joana! Viva! Se todos os miseráveis do mundo decidirem emigrar para o… Read more »

Zé
Visitante

“…fechar a fronteira não é política. ..” cada uma…não parece preocupado com o colapso dos serviços em Pacaraima ou Boa Vista. ..os Brasileiros de lá? Que se Fodam, estão longe mesmo! Isso é um Ministrinho falando! Parece mais algum burocrata da ONU! Olha ai Temer, a oportunidade para se tornar mais popular como Magg fez em 82!

Raul
Visitante
Raul

Se a Colômbia realmente fechou a fronteira a única saída dos Venezuelanos será se jogar no mar do caribe, fugir pela Guiana ou fugir para o Brasil e daqui tomar um rumo para um país que fale espanhol.

Ou seja, teremos os mesmos 37 mil venezuelanos diários que a Colômbia estava recebendo.

CESAR FLORIANO
Visitante
CESAR FLORIANO

Não tem como aceitar esses venezuelanos em nosso país, O PT vai abraçar esse povo. Na minha opinião isso é um jogo político, aí vem bolsa família, auxilia e muito mais. Esses venezuelanos não tudo treinados, sabe mexer em armas e por aí vai. O pt vai usar eles muito bem.

Blindmans Bluff
Visitante
Blindmans Bluff

Eh hora de derrubar o Maduro.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Zé 11 de Fevereiro de 2018 at 20:30

__________

vc esperava oq ? somos governados por políticos contaminados pela esquerdização, que estão mais preocupados em dar seu “show” de socialização e direitos humanos para a ONU

onde para eles dar migalhas e um pouco de atenção já basta, mas o essencial mesmo para ter uma vida digna, esses políticos querem é mais que se exploda, essa é a verdadeira mentalidade “progressista” bolivariana que levou a Venezuela a esse caos

agora os simpatizantes aqui no Brasil desse regime estão morrendo de vergonha e se esconderam, a classe dozartistas é uma delas.

Antônio
Visitante
Antônio

Precisamos protestar, nos manifestar contra isso.
O país não é um curral.
Porteira aberta.
Que se resolva o problema na origem.
Derrubem Maduro.

Igor
Visitante
Igor

Incrivel a “mentalidade de defesa” anti-humanitaria. Ainda bem que nao sao tomadores de decisao. Mas nao me surpreenderiam se o fossem, haja vista a retrocessao dos tempos atuais para algo em torno do inicio do seculo passado.

Plinio Carvalho
Visitante
Plinio Carvalho

Cesar Floriano, depois do que o maduro fez com os venezuelanos aposto que boa parte deles querem distancias de esquerdalhas

Antônio
Visitante
Antônio

Fora Maduro (adesivos em todo país).
Realmente é muito cômodo para Maduro.
O povo passa fome.
E o povo vem para outros países…
Se há preocupação humanitária é só tirar maduro e não ficar dando abrigo a estrangeiros.
Na Índia deve haver uns 600 milhões de pessoas na miséria.
No Brasil, uns 150 milhões…

MadMax
Visitante
MadMax

Impressiona essa postura desumana de alguns aqui. Esses venezuelanos antes de mais nada são homens e mulheres como nós e não tem mais como viver naquela ditadura não é certo virar-lhes as costas agora.

MadMax
Visitante
MadMax

Temos problemas, sim inúmeros, mas ao menos ainda temos como viver no Brasil.

MadMax
Visitante
MadMax

Se eu estivesse na situação deles faria a mesma coisa, fugoria de um governo assim, e abençoada seria a nação que abrisse as portas pra mim.

Alessandro
Visitante
Alessandro

MadMax 11 de Fevereiro de 2018 at 21:28 ___________ desumano é a FORMA como nossos governantes trata os “direitos humanos” das pessoas seja qual for a nacionalidade, não conseguem nem resolver os problemas do brasileiro vai conseguir resolver de refugiados desesperados ? Provavelmente serão espalhados Brasil afora largados a própria sorte, e no máximo serão colocados no bolsa família e ganhar uma MERRECA, e serão “convencidos” (chantageados) na próxima eleição a votar em algum partideco esquerdop@ta para se manterem no país, senão serão escorraçados de volta para a Venezuela. só lembrando que tudo isso está acontecendo pq esse mesmo governo… Read more »

Alessandro
Visitante
Alessandro

já temos tão “pouco” problemas sociais no Brasil, chegando esse monte de refugiados a tendência é só PIORAR! só lembrando tbm, que muitos desses refugiados VOTARAM no falecido Chavez e acreditaram nas LOROTAS dele e do seu sucessor o Maduro, e agora estão colhendo oq plantaram!! Devemos tratar eles mal por causa disso ? Claro que não, são seres humanos merecem o respeito, mas eles criaram o problema lá, isso tem que ficar bem claro, e precisam resolver, não sou contra a entrada deles desde que fiquem aqui TEMPORARIAMENTE até resolver a situação lá. Espero que os esquerdop@tas de plantão… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

Modo irônico:
‘Vamos fazer como Pato Donald, vamos construir um muro entre os dois países”.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Marcos 11 de Fevereiro de 2018 at 22:09 não precisa disso não amigo, oq precisa é RESPONSABILIDADE e VERGONHA na cara das autoridades latinos americanas, senão cenas como essas jamais seriam vistas por essas bandas. tem uma grande diferença entre os que tentam atravessar a fronteira dos EUA para oq isso está acontecendo na Venezuela os que vão para os EUA é para prosperar, tentar um trabalho melhor e ter uma vida mais digna pq como disse antes, as autoridades latino americanas são irresponsáveis, já o caso dos venezuelanos é totalmente diferente, estão fugindo da FOME e MISÉRIA causada por… Read more »

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Silva 11 de Fevereiro de 2018 at 20:00 Gostei do seu comentário….MUITO bom! Sem falar que temos quase 200 mil haitianos ilegais no Brasil, certamente disputando as mesmas vagas de empregos daqueles 58 milhões de beneficiários do Bolsa Familia. Isso não é ser desumano, é ser justo com brasileiros que ajudaram e ajudam a construir esse país DESDE SEMPRE e nunca tiveram uma oportunidade decente na vida. Vamos ajudar o Brasil…o resto que faça o trabalho de casa! Nosso país tem problemas graves de violência pobreza…não temos condição alguma para receber imigrantes. Brasil não é Alemanha, Suiça, França (esse está… Read more »

Zé
Visitante

Pois é, mas um Militar …será que quer ser candidato? Já ajudamos recebendo milhares. Chega! Que ri disso é Maduro que se alivia fa pressão. Agora muito bem: haiti, africa , Venezuela, Bolívia, toda a escória pode chegar pra cá, agenciados por coyotes, protegidos por executivo, legislativo e judiciário e bancados pelos impostos dos otários Brasileiros. Saúde, transporte, moradia?? Tudo mil maravilhas funcionando como na Alemsnha, Suécia e França. O problema da Venezuela tem que ser resolvido. Chega de covardia, omissão e bom monismo!

Leonardo Guerreiro
Visitante
Leonardo Guerreiro

A verdade sobre a ameça da Venezuela de invadir a Guiana, é para distrair os EUA dos preparativos para o ataque contra a Coreia do Norte.
Russia orquestrou esta encenação, não haverá invasão à Guiana (futuro território brasileiro).
A invasão de drones iranianos em Israel, também foi jogo de encenação, para que os EUA olhe outras frentes ao invés de unicamente a Coreia do Norte.
Querem aprender mais alguma coisa????

Vinícius Almeida
Visitante

Para a Venezuela seria muito interessante se os venezuelanos fossem para a Guiana, seria como a ocupação do Texas pelos americanos, assim facilitaria em muito sua anexação.

Rodrigo Tavares
Visitante
Rodrigo Tavares

Venezuelanas seriam bem vindas……….

Mas acho que as bonitas da classe média já fugiram para os EUA e Canadá

Fred
Visitante
Fred

Não é só conservadorismo que vejo nesses comentários. Vejo falta de sensibilidade e de empatia. Vejo irracionalidade completa, pensamentos hipotéticos que nunca se concretizaram. Que o governo federal siga cada vez mais organizando aquela situação e atendendo os refugiados. Controlando esse fluxo de pessoas para um local específico. É uma crise humanitária, isso choca o mundo e a ONU. É mais pressão pro governo venezuelano cair “de maduro”, de podre que já está.
E essa xenofobia sem disfarce aí? É fantasia de carnaval? Nós somos historicamente um país de imigrantes. Não sejam hipócritas.

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Não sou favoravel a fechar a fronteira e deixar de abrigar refugiados. . Temos de ter um programa para isto. . Posso até concordar que os beneficios e acolhimento não sejam iguais ou superiores ao mesmo brasileiro desamparado, pois de fato deve-se conrolar o equilibrio disto. . Mas estamos muito, muito, muito longe disto. Não dá para ter esta gritaria toda. Se vcs estivessem na europa ai sim saberiam o que é de fato uma verdadeira quantidade migratoria. . Somos homens, e humanidade é isto. Se luta a vida inteira por isto. Isto é a unica coisa que faz sentido.… Read more »

JOEL EDUARDO SOARES
Visitante
JOEL EDUARDO SOARES
JOEL EDUARDO SOARES
Visitante
JOEL EDUARDO SOARES
Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Pois é Fred. E é de se considerar, que um regime nunca é unanimidade. Nem o regime Norte Coreano, onde 99 % das pessoas simplesmente não possuem condições de saber que existe “outra coisa”, é unanimidade. Essas pessoas, então, segundo a maioria aqui, devem ser mantidas em território venezuelano, sofrendo o pior que o ser humano pode sofrer, mesmo nunca tendo sido favoráveis ao pilantra e sua corja? Acho engraçado, que, no caso dos sírios, iraquianos, haitianos, 90 % querem um emprego para dar sustento às suas famílias. Enquanto isso, os brasileiros, em vez de estudar, preferem a cerveja. A… Read more »

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Declarar as fronteiras abertas dá menos trabalho que vigiá-las.
.
Sim, sou filho de imigrante, mas que veio com autorização. Não foi como esta zona que se vê.
.
Guianense ateou fogo em famílias venezuelanas em duas ocorrências e foi preso. Esquerdistas já acusando de xenofobia, como se o piromaníaco fosse brasileiro.

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

Derrubar maduro,é complicado.ele tem 80% dos generais sob seu comando,tem as forças de segurança do deu lado 200mil,tem uma milicia armada de 500mil,a oposição é fraca em todos os niveis.Uma intervenção internacional faria esse povo sofrido os civis sofrerem mais ainda semelhante aõ que está acontecendo na Siria.O Brasil como o grande lider da america latina tem que usar sua diplomacia.Pressionar a ONU,levantar possiveis soluções.Se EUA<Russia envolverem só ira piorá o que já é ruim.Não sou a favor de Temer mas essa demanda tem que se resolver pela inteligencia e logica.

nigo
Visitante
nigo

O Brasil tem o dever de abrigar todos os refugiados venezuelanos pelo simples motivo que durante os anos da diplomacia de anão nos demos total apoio e o resultado é o que está acontecendo hoje.

Se Roraima sozinho como ente federativo não está aguentando o tranco, é dever da União prover a infra-estrutura necessária. E caso continue o fluxo migratório, espalhar os refugiados pelos estados do norte (devido a localização geográfica estar perto da Venezuela).

Silva
Visitante
Silva

nigo 12 de Fevereiro de 2018 at 11:30

Primeiro, por que tu não abriga uma dúzia desses refugiados na tua casa para dar o exemplo? Ah sim, espalhemos os refugiados apenas nos Estados do norte do Brasil, para você não ter o desagrado e a inconveniência de trombar com eles pelas ruas onde você reside, não é mesmo? Muito conveniente pra você e muito “humanitário” da tua parte. Segundo, quem deu apoio aos bolivarianos da venezuela, foi o PT e não o povo brasileiro, que não tem o dever e muito menos a obrigação de pagar por isso!

fresney
Visitante
fresney

Os serviços públicos em Roraima vão entrar em colapso, chegando a ter acampamentos de refugiados. O que eu não engulo é militares de altas patentes venezuelanos vindo se tratar nos hospitais públicos de Roraima, o SUS é para o mundo todo ou para os Brasileiros??? Qualquer brasileiro para entrar em países de 1o mundo eles pedem um monte de coisa (seguro saúde/ passagem de volta/ visto/ US$ e cartão de crédito/ hospedagem reservada, etc…. Aqui é uma festa o povo vem se dá azilo, visto, tiram CTPS, usam o SUS tiram os empregos dos brasileiros e quem paga???? Isso está… Read more »

nigo
Visitante
nigo

@silva,

A maior parte do povo brasileiro deu apoio ao PT. Em certo momento, o PT e o Lulla tinham aprovação de mais de 80% da população brasileira. Parte da culpa da merda venezuelana é brasileira sim, seja por apoio politico, diplomático ou financeiro via BNDES.

E muitos dos que se dizem oposição hoje em dia, sejam bolsominions ou pseudo-liberais votaram no PT.

E no bairro onde moro em SP, já está cheio de bolivianos, africanos, sírios, paquistaneses. Acho que a minha cota de abrigar refugiados está com certeza maior que a sua. 😉

Raul
Visitante
Raul

Nós temos que fechar a fronteira sim, e acabou. Qualquer ação humanitária deve ser feita dentro do território venezuelano. – Querem criar um campo de refugiados? Dentro do território venezuelano. – Querem prestar assistência médica? Dentro do território venezuelano, com ajuda de médicos venezuelanos e brasileiros. – Querem ajuda para comida? Dentro do território venezuelano e que a comida seja paga de volta com gasolina. Não vamos ser hipócritas, o Brasil está em crise. Não conseguiremos sustentar 500 mil pessoas (é a cota que vai chegar caso a Colômbia feche a fronteira). Vejo um monte de gente defendendo os venezuelanos… Read more »

Silva
Visitante
Silva

Tem neguinho aí comparando a imigração no Brasil no século 19 com essa crise imigratória de agora. É muita ignorância. Primeiro porque são épocas e realidades completamente diferentes. No século 19 foi o próprio governo brasileiro quem incentivou e fomentou a imigração para o Brasil, pois naquela época, a proporção entre habitantes versus o tamanho do território brasileiro era muito desproporcional. Tínhamos uma população muito escassa naquela época e grandes áreas completamente desabitadas que eram cobiças por países vizinhos, principalmente na região sul do Brasil. A imigração que o correu no Brasil no século 19 teve duas finalidades, a primeira… Read more »

ODST
Visitante
ODST

Precisamos de um governo que seja honesto, que faça acontecer, que seja ágil e firme em suas ações, que não seja vaidoso, que não se importe com a imagem de “bonzinho” do Brasil no mundo, que não tenha a pretensão de ter um acento permanente naquela porcaria inútil de conselho de segurança da ONU (só aí a gente já acaba com vários problemas), e acima de tudo, que tenha mãos de ferro para gerenciar esssa bagunça neste projeto de país.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Silva 12 de Fevereiro de 2018 at 12:10 Exatamente. A imigração do passada teve propósitos bem claros e os grupos vindos para o Brasil foram escolhidos a dedo para ajudar a construir o novo Brasil. O Brasil corria risco de ter seu território roubado pelo estrangeiro…especialmente no sul do Brasil que foi conquistada com inúmeras guerras. Basta ver o Uruguai (era do Brasil no passado). Eu não entendo o que esse pessoal tem na cabeça de achar legal um país não defender as suas fronteiras e sua soberania…todos que abriram as portas de forma indiscriminada estão colhendo problemas sérios, basta… Read more »

Silva
Visitante
Silva

nigo 12 de Fevereiro de 2018 at 12:06 Aprovar não é o mesmo que apoiar um governo e suas políticas e o que a quadrilha petista fez enquanto governou o país, foi mentir, enganar, ludibriar e iludir o povo brasileiro enquanto dava migalhas a população e roubavam bilhões dos cofres públicos para financiarem seu projeto absolutista de poder perpétuo e totalitário, o mesmo da venezuela, ok? Sobre a imigração, tire dinheiro do próprio bolso para sustentar os imigrantes, lhes dê abrigo, alimentos, roupas limpas e emprego e se responsabilize por todos os seus atos caso cometam crimes em solo brasileiro.… Read more »

Hélio
Visitante
Hélio

Essa tentativa de se passar por bonzinho é de uma cara de pau sem tamanho. Não existe nada de ~humanitário~ em receber esse pessoal. Eles estão colhendo o que plantaram, eles que resolvam o problema do país deles, problema que eles mesmo criaram. Quer ajudar as pessoas? Resolva os problemas do Brasil. Não tem dinheiro para pagar o salário dos policiais mas tem pra receber venezuelano? Essa política de ~direitos humanos~ parece muito com aquela de defender bandido em detrimento do povo. Esse problema não é nosso, essa guerra não é nossa e o que o Trump bem disse sobre… Read more »