Home Data Comemorativa Os 91 anos da 2ª Divisão de Infantaria do U.S. Army

Os 91 anos da 2ª Divisão de Infantaria do U.S. Army

1016
40

2ª Divisão de Infantaria

A 2ª Divisão de Infantaria é uma das 10 Divisões da Ativa do Exército dos EUA. Essa Grande Unidade, que é a segunda mais antiga no US Army, começou a sua história na França, como parte da Força Expedicionária Americana mandada à Europa para combater os alemães. Ela completou 91 anos em 26 de outubro de 2008. Combateu na 1º Guerra, na 2º Guerra desde as praias da Normandia, na Coréia, onde liderou o contra-ataque do perímetro de Pusan, até a fronteira com a Manchúria, e no Iraque. Desde 1965, a 2ª Divisão permanece na fronteira com a Coréia do Norte, como parte das forças americanas que apóiam o Exército sul-coreano.

A Divisão Warrior ou Indian Head, como também é conhecida, tem o seu Quartel-General no Campo Red Cloud, na Coréia do Sul.

Desde que foi formada em 26 de outubro de 1917, em Bourmont, Haute Marne, na França, a 2ª Divisão foi agraciada com a Citação Presidencial da Unidade (Exército), a Cruz de Guerra da França com Palma, pelas ações na 1ª Guerra, a Fourragere da França – 1º Guerra Mundial, a Fourragere da Bélgica, pela 2ª Guerra Mundial e cinco Citações Presidenciais à Unidade, da Republica Coréia do Sul. Até hoje, 36 membros da 2ª Divisão foram agraciados com a Medalha de Honra, sendo 12 na 1ª Guerra, 6 na 2ª Guerra e 18 na Guerra da Coréia.

A 2º Divisão também é notada por ter sido a única unidade do Exército comandada por fuzileiros navais, o Brigadeiro-General Charles A. Doyen, entre outubro e novembro de 1917 e o Major-General John A. Lejeune, entre julho de 1919 e agosto de 1919. Em 1917, era formada por uma  Brigada de Infantaria do Exército, uma Brigada do USMC (com os 5º e 6º Regimentos, mais Artilharia e Serviços) e uma Brigada de Artilharia.
Hoje a 2º Divisão é formada pelas seguintes unidades: 1º Brigada (Campo Casey – Coreia do Sul), 2ª Brigada (Forte Carson – Colorado), 3ª e 4ª Brigadas (Forte Lewis – Washington), 210ª Brigada de Artilharia (Campo Casey – Coreia do Sul),  2ª Brigada de Aviação de Combate (Campo Casey – Coreia do Sul) e Batalhão de Tropas Especiais da Divisão (Campo Casey – Coreia do Sul).

Abaixo a lista dos membros da Divisão que receberam a condecoração, sendo digno de nota a presença de vários fuzileiros navais do 5º e 6º Regimentos, que combaterem na França ao lado dos homens da Indian Head. Na lista também é possível notar a presença de vários nomes que foram mais tarde usados para batizar diversos navios da US Navy, como por exemplo: SS SGT Matej Kocak (T-AK 3005), USS Osborne (DD 295), USNS GYSGT Fred W. Stockham (T-AK 3017), entre outros.

2ª Divisão de Infantaria - Javelin

Agraciados com a Medalha de Honra



1ª Guerra Mundial
PVT Frank J. BartC Company, 9th Inf RgtFerne, France, 3 Oct 1918 SGT Louis Cukela66th Company, 5th Marine RgtVillers-Cottertes, France, 18 Jul 1918
HM1 David E. Hayden2nd Bn, 6th Marine RgtThiaucourt, France, 15 Sep 1918 GYSGT Charles F. Hoffman49th Company, 5th Marine RgtChateau-Thierry, France, 6 Jun 1918
PVT John Joseph Kelly78th Company, 6th Marine RgtBlanc Mont, France, 3 Oct 1918 SGT Matej Kocak66th Company, 5th Marine RgtSoissons, France, 18 Jul 1918
LCDR Alexander Gordon Lyle5th Marine RgtFrance, 23 Apr 1918 LTJG Weedon E. Osborne6th Marine RgtBouresche, France, 6 Jun 1918
LT Orlando Henderson Petty5th Marine RgtBelleau, France, 11 Jun 1918 CPL John Henry Pruitt78th Company, 6th Marine RgtBlanc Mont, France, 3 Oct 1918
GYSGT Fred W. Stockham96th Company, 6th Marine RgtBelleau, France, 13-14 Jun 1918 SGT Ludovicus M.M. Van IerselM Company, 9th Inf RgtMouzon, France, 9 Nov 1918
2ª Guerra Mundial
SSG Alvin R. Carey38th Inf RgtPlougastel, France, 23 Aug 1944 PFC Richard Eller CowanM Company, 23rd Inf RgtKrinkelter Wald, Belgium, 17 Dec 1944
T-4th Grade Truman KimbroC Company, 2nd Engineer BnRocherath, Belgium, 19 Dec 1944 SGT Jose M. LopezK Company, 23rd Inf RgtKrinkelt, Belgium, 17 Dec 1944
SGT John J. McVeighH Company, 23rd Inf RgtBrest, France, 29 Aug 1944 PFC William A. SodermanK Company, 9th Inf RgtBelgium, 17 Dec 1944
Guerra da Coréia
SFC Tony K. BurrisL Company, 38th Inf RgtMundung-ni, 8-9 Oct 1951 SFC Junior D. EdwardsE Company, 23rd Inf RgtChangdong-ni, 2 Jan 1951
1LT Lee R. HartellA Battery, 15th Field ArtilleryKobangsan-ni, 27 Aug 1951 1LT Frederick F. HenryF Company, 38th Inf RgtAm-Doug. 1 Sep 1950
SFC Loren R. KaufmanG Company, 9th Inf RgtYongsan, 4-5 Sep 1950 MSG Ernest R. KoumaA Company, 72nd Tank BnAgok, 31 Aug – 1 Sep 1950
CPT Edward C. KrzyzowskiB Company, 9th Inf RgtTondul, 31 Aug- 3 Sep 1951 MSG Hubert L. LeeI Company, 23rd Inf RgtIp-o-ri, 1 Feb 1951
SGT Charles R. LongM Company, 38th Inf RgtHoengsong, 12 Feb 1951 PFC Joseph R. OuelleteH Company, 9th Inf RgtYongsan, 31 Aug – 3 Sep 1950
PFC Herbert K. Pilila’auC Company, 23rd Inf RgtPia-ri, 17 Sep 1951 SGT John A. PittmanC Company, 23rd Inf RgtKujan-dong, 26 Nov 1950
CPL Ronald B. RosserHeavy Mortar Co, 38th Inf RgtPonggilli, 12 Jan 1952 SFC William S. SitmanM Company, 23rd Inf RgtChipyong-ni, 14 Feb 1951
PFC David M. SmithE Company, 9th Inf RgtYongsan, 1 Sep 1950 PFC Luther H. StoryA Company, 9th Inf RgtAgok, 1 Sep 1950
SFC Charles W. Turner2nd Recon CompanyYongsan, 1 Sep 1950 MSG Travis E. WatkinsH Company, 9th Inf RgtYongsan, 1 Sep 1950

40
Deixe um comentário

avatar
40 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
JSilvaclaudioJosé da SilvaCoralseaMontgomery Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
joao
Visitante
joao

NATO: Portugal recebe o moderno carro de combate Leopard 2A6 Por Pedro Manuel Monteiro (http://pedromonteiro-photography.blogspot.com) Leia também a matéria Poder de fogo sobre rodas http://www.defesanet.com.br/nato/pt_pandur.htm Com a entrega, em Outubro, dos primeiros carros de combate Leopard 2A6, Portugal volta a contar com uma força de combate pesada ao nível das forças homólogas da NATO. Defesa Net dá a conhecer este novo sistema de armas do Exército português. Brigada Mecanizada: Uma força de combate pesada A recente reorganização do Exército português, designada por Transformação, veio reafirmar a importância e validade das forças pesadas no dispositivo do ramo militar. Recusou-se, deste modo,… Read more »

Marine
Visitante
Marine

Ze,

So para adicionar a sua extensa biblioteca de conhecimento…as patentes no exercito sao escritas como vc colocou, Ex: SGT. Ja no USMC elas sao escritas Sgt.

USA/USMC:

PVT/Pvt
PV2/PFC
PFC/LCpl
SPC/Cpl
SGT/Sgt
SSG/SSgt
SFC/GySgt
MSG/MSgt
1SG/1stSgt
SGM/SgtMaj

Abracos!

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

João,temos aqui tambem o M-60,é um tanque força bruta,
com a peça 105mm,torre estabilizada,motor refrigerado
a ar,facil de operar,e manutenção garantida pela
quantidade existente em outros paises,aqui dizem
que sera deslocado para Campo Grande MT.
Os Leo 2 ,sem duvida um otimo tanque,mas pesado
para o nosso TO,e em Portugal tem varios relatos de
que tem dificuldades de locomoção devido ao peso,
ou seja ,hoje se preciso for,o M-60 vai na frente
ate resolverem a situação.

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

Olha o Javelin na área, doido para por um MBT dentro de um depósito de sucatas qualquer. Sou à favor do MSS1.2 como míssil anti-carro de dotação no EB, por ser NACIONAL, mas que bom seria se ele tivesse as qualidades e a capacidade desse artefato da foto.

Achei legal a foto do “distintivo humano”.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

O US Army,na primeira guerra mundial,enviou uma força
expedicionaria,pois não tinham experiencia em guerras
da epoca na Europa.Hoje em dia ,eles comandam todas
as operações no Ocidente,e entram onde ninguem quer ir.
Libano,Somalia,Iraque,e tantos outros lugares.
Em Arlington,repouso dos especiais,estão lá varios militares
de outros paises tambem.Parabens ao 2ID pela data….

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

Cemitério Nacional de Arlington, isso sim que é uma forma correta de se homenagear seus heróis. A revista T&D fez uma matéria sobre o assunto, achei fantástico o sincronismo da tropa que faz o cerimonial fúnebre. Usam um M-14 e um traje de gala. Ficam longe das batalhas, mas com certeza, sentem todo o sofrimento delas, principalmente no momento de entregar a bandeira nacional ao parente mais próximo do falecido.

Marine,

acho que vc saberia dizer à qual Regimento/Divisão esta tropa pertence.

abraços.

Marine
Visitante
Marine

Vassily,

Vc quer dizer os guardas cerimoniais? A quem fazem parte?

Marine
Visitante
Marine

Vassily,

Se vc estiver se referindo aos guardas cerimoniais em Arlington como os do Tumulo do Desconhecido, eles fazem parte do 4th Batalhao do 3rd Regimento de Infantaria (The Old Guard)…bom vc ter mencionado isso porque eu mesmo estou devendo uma visita la ao tumulo de 2 colegas…

Semper Fi!

Corsario-DF
Visitante
Corsario-DF

Isso demonstra um excelente espírito de grupo, apesar de não “gostar” dos EUA, eles dão um banho em patriotismo!!! Parabéns.

Excel
Visitante
Excel

Excelentes soldados. A Coreia deve muito a eles, ainda hoje.
E o tipo de aniversario que da gosto de comemorar.

Marine
Visitante
Marine

Excel, Pois e, aqui dizemos que a Coreia e a guerra esquecida…Na minha opiniao de infantaria sempre achei que entre todos os conflitos que o EUA se envolveu nos ultimos 100 anos a Coreia foi o mais dificil para o infante e eles nao recebem o reconhecimento que merecem! Poucos sao aqueles, mesmo os entusiastas que sabem da batalha de Chosin Reservoir, muito menos ainda sao os que tem ideia real do que e combater em clima montanhoso com temperaturas a baixo de -20 em que seu “squads” e “platoons” enfrentavam companhias e batalhoes…Realmente tenho um respeito tao grande ou… Read more »

Marine
Visitante
Marine

Ze, Agora hoje e aniversario de uma organizacao que na minha opiniao tbm merece um artigozinho aqui hein… 10 de Novembro de 1775…Tun Tavern, Filadelfia. From the Halls of Montezuma To the shores of Tripoli We fight our country’s battles In the air, on land, and sea; First to fight for right and freedom And to keep our honor clean; We are proud to claim the title Of United States Marine. Our flag’s unfurled to every breeze From dawn to setting sun; We have fought in every clime and place Where we could take a gun. In the snow of… Read more »

Marine
Visitante
Marine
Montgomery
Visitante
Montgomery

Bonito Hino, Marine! Semper Fi!

Coralsea
Visitante
Coralsea

Interessante que alguns navios da USN são batizados com nome de alguns desses que receberam a medalha de honra como:
Matej Kocak
Fred Stockham
William Sonderman
Herbert Pililau

José da Silva
Visitante
José da Silva

Marine,

A tabela com os agraciados com a Medalha de Honra ficou no formato original da fonte, mas de qualquer forma eu não teria reparado na escrita diferenciada (odeio essa palavra) de algumas da abreviações das abreviações das duas forças.

Tambem acabei não prestando a atenção em diferenças como: O Private 2 class deles é o 1 class de voces; o 1 class deles é Lance Corporal de voces e por ai vai. As veis nois falha hehehehe

Acho que, fora isso, ninguem percebeu que no meio da lista existem alguns “estranhos” e eles não são os fuzileiros 😉

paulo costa
Visitante
paulo costa

Assisti a um documentario da BBC inglesa,mostrando fases da 1GM,
e a força expedicionaria Americana ,ficou junto aos Franceses,
no inicio,pois eles tinham o Lebel, fuzil de ferrolho,similar ao 06
Springfield,adotado apos a guerra em Cuba que ate então usavam o 30-40 Krag,e aprenderam taticas com os Franceses,pois os alemães usavam
o Mauser, muito maior que ambos,e isto dificultava os combates com
baioneta.
Estive em Arlington,anos atras,e um dos visitantes perguntou ao guia
,porque tinha uma lapide de um militar Grego,e o guia disse,que
lutou conosco na guerra da Coreia,e tinham varios militares de
outros paises por la.Duvidas?Visitem Arlington,Va.

José da Silva
Visitante
José da Silva

Até colombianos!

Marine
Visitante
Marine

Paulo Costa,

o 5th e 6th Marine Regiments tiveram papel de suma importancia salvando Paris da ultima ofensiva alema durante a guerra na famosa batalha de Belleau Wood que entrou p/ historia do USMC. Agora a que taticas vc se refere?

Sds.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Marine,no inicio quando chegaram a Europa,nos primeiros confrontos
com os alemães,que usaveam o Mauser,com baioneta,ficavam em desvantagem,pois usavam o Springfield,com baioneta,mas menor.
Como havia muitos combates corpo a corpo,ficavam em desvantagem,
sendo o Mauser maior,tinha mais raio de ação,digamos,ai os Franceses
tinham tecnicas de como superar isto,pois tinham um fuzil curto tambem.Isto foi no inicio,depois como você disse,provaram a que
vieram.Ok?

Excel
Visitante
Excel

Mariner, Por mais criticas que alguns coreanos tenham sobre a alianca militar coreana e norte-americana (incluindo eu), todos nos sabemos no fundo que sem a ajuda dos EUA (e a forca militar da ONU) a Coreia nao seria o que e hoje. Nasci na cidade de Songtan, local onde fica a maior base aerea norte-americana na Coreia, e se nao fosse os EUA, eu seria hoje um comunista seguidor daquele lunatico Kim. Existem diferencas que tornam a nossa alianca complicada, mas no quadro geral ainda conseguimos concordar em muitas coisas, o que e muito bom. Quanto as diferencas, sabendo trabalhar… Read more »

paulo costa
Visitante
paulo costa

Excel,ja que voce mora por ai,me diga,me disseram que voces
começam a trabalhar bem cedo,tipo 5 da manhã,procede?
Me disseram tambem que a zona desmilitarizada,esta completamente minada?Dizem por aqui que o Kim adora ficar vendo filmes
no telão,e a coleção de filmes dele esta enorme…sds

Coralsea
Visitante
Coralsea

Na realidade, metade da divisão já saiu da Coréia e está agora em Ft. Lewis/WA

claudio
Visitante

Só para lembrar hoje é a data que marca o fim da I Guerra Mundial

JSilva
Visitante
JSilva

Em em termos de Grande Unidades de infantaria sairam 3/4 da Divisao. Duas Brigadas foram para Washington e um temporariamente para o Colorado. Na Coreia ficaram o Comando e Apoio, a Brigada de Artilharia, a Brigada de Aviacao e uma Brigada de Infataria que pensa que é Cavalaria Blindada 🙂 As tres Brigadas que voltaram para o CONUS sao Stryker e teoricamente são capazes de serem desdobradas estratégicamente para o TO do Pacifico, dependendo dos incopetentes da Força Aérea 😉 Resumindo, se der alguma @#%$!@#$! o Exercito conta com o pessoal da 3ª Divisão do USMC no Smedley D Butler… Read more »

JSilva
Visitante
JSilva

Na lista aparecem alguns “membros” da 2º DI na IGM que nao sao do Exercito e nao sao dos 5º e 6º Regimentos.

Alguem notou?

De onde são esses caras? Alguem sabe?
😉
hehehehe

Coralsea
Visitante
Coralsea

Oi Zé!

A 2.Brigada realmente está estacionada em Ft.Carson/CO..pois parece que existe problema de falta de alojamento em Ft.Lewis/WA.
Quando esse problema for resolvido, a unidade deverá ser estacionada em Ft.Lewis/WA onde já estão as 3. e 4. brigadas.

Uma boa parte dos Marines em Okinawa deverão mudar-se para Guam.

Uma pergunta: Você poderia me contactar em pvt?? Para não encher a paciência dos moderadores e demais colisteiros com um tema que seria meio off topic…meu mail:
franz_neeracher@yahoo.com.br

Marine
Visitante
Marine

Paulo Costa,

Obrigado, so estava curioso com o que vc se referia.

Ze e CoralSea,

O problema e que a 3rd Divisao de Marines nao e uma divisao completa, somente possuindo o 3rd Regimento no Havai e um ou dois batalhoes de cada vez em Okinawa nos chamados UDP (Unit Deployment Programs). Hoje em dia no pacifico so estao tendo uma MEU(SOC) por vez tbm e a mudanca para Guam ainda vai demorar por causa de negociacoes entre o governo americano e japones em quem vai pagar o que…

Sds.

Coralsea
Visitante
Coralsea

Marine

Eu pensava que esse problema de quem vai pagar quanto já tinha sido resolvido….e que o problema maior era a construção de alojamentos, escolas e de todo o resto….
Será que o USMC vai retirar-se completamente de Okinawa??
Uma pergunta; você esteve em Fallujah entre fevereiro de 2006 e janeiro de 2007??

Marine
Visitante
Marine

Coralsea,

Eu tbm pensava assim mas outro dia mesmo vi uma materia aqui sobre os custos estavam aumentando e agora iria haver uma outra rodada de discussoes sobre isso…

Penso que p/ se retirar completamente de Okinawa va demorar muito se isso realmente acontecer…Na minha opiniao ainda teremos um numero de Marines la mesmo que muito reduzido. Eu estive la em 2003 e vou te dizer na minha opiniao nao e dos melhores lugares p/ se estar “stationed”.

O USMC fazem “deployments” de 7 meses no Iraque, entao eu estive em Fallujah de Marco de 2006 a Outubro de 2006.

Sds.

Marine
Visitante
Marine

Ze,

Os “misteriosos” a que se refere e o T 4th Grade, HM1 e LTJG e LTCDR nao?

O Hm1 e o medico de fuzileiros conhecido com “corpsman”, os LtJG e LtCdr sao oficiais da USN, talvez capelao…Ja o T 4th Grade eu nao tenho a menor ideia…rsrsrs

Sds!

JSilva
Visitante
JSilva

Marine, É isso ai. É um detalhe que poucos notam que o pessoal medico no USMC é da Marinha. Duas curiosidades a primeira, nao me lembro de ter vista, mas por causa da sua participacao com o 5th e 6th na IGM o pessoal do Medical Corps e do Dental Corps tambem pode usar a “Forraugere”; a segunda curiosidade é que com essa participacao ao lado dos Marines o pessoal do Servico Medico com certeza apresenta, proporcionalmente, o maior numero de baixas e acoes que podem ser considereadas heroicas, até por força do oficio. Com isso os Marines tem uma… Read more »

JSilva
Visitante
JSilva

No dia 10 de novembro agora o USMC completou 233 anos de criação mas o cabeção aqui perdeu o “Op Tempo” referente a data. Quanto ao T 4th Grade, como eu imaginava é uma graduacao do pessoal de apoio do U.S. Army, tipo um serviço de intendencia + material bélico etc… Eram aqueles NCO que tinham o “T” nas divisas. Nao sei se esse pessoal ainda existe, mas sei que na 2GM ainda existiam. Chamam de Technician 4th class. Quanto ao pessoal do USA contar com o pessoal do USMC em Okinawa (3rd MarDiv) e os forward deployed para emergencias… Read more »

Marine
Visitante
Marine

Ze, Sim o pessoal diretamente subordinado a 5th e 6th Marines podem usar a “fourragere” mesmo se eles sao “Corpsman”. Obviamente existem muito mais Marines com medalhas de honra do que corpsman mas dentro da Marinha (USN) em si uma grande porcentagem de marinheiros que receberem essa condecoracao sao corpsman. Aqui, brincamos dizendo que o unico marinheiro que presta e o Corpsman e “talvez” o SEAL…rsrsrs. Mas falando serio ha um grande carinho nosso com relacao aos nossos queridos corpsman. Vc com certeza esta certo sobre o T 4th Grade mas hoje essa patente nao existe mais, nao sei se… Read more »

Coralsea
Visitante
Coralsea

Lí em algum lugar que desde 2006, em caso de guerra na Coréia; as forças americanas estariam subordinadas ao exército da Coréia do sul. O maior medo da Coréia do Sul não é da Marinha nem da Força Aérea da Coréia do Norte…essas são bem fracas por sinal. O caso é que a Coréia do Norte teria cerca de 8000 peças de artilharia de campanha ao longo da fronteira entre os dois países….Seoul que fica bem perto da fronteira viraria pó em pouco tempo. Interessante é que do ponto de vista burocrático, os dois países ainda estão em guerra; pois… Read more »

joao
Visitante
joao

Por favor votem no meu poll sobre o proximo aviao da FAB no meu blog…http://defensesystemsbrasil.blogspot.com

Marine
Visitante
Marine

Coralsea, Sim a Coreia do Norte possui milhares de pecas de artilharia, um outro assunto que poucos conhecem e que uma das grandes razoes dos EUA serem contra o tratado contra minas terrestres e que parte da estrategia para a defesa da Coreia do Sul e o enorme campo minado na DMZ que seria uma “lombada” para conter o exercito do norte…Tanto que Seoul e das poucas metropolis mundiais que possui sirene de alerta aereo ate hoje pelo fato de ainda estarem em guerra. Agora com relacao a estarmos subordinados aos coreanos vou te dizer que conhecendo os americanos acho… Read more »

Coralsea
Visitante
Coralsea

Creio que para deter o exército da Coréia do Norte, só usando armas nucleares; vamos torcer para que isso nunca aconteça. Na Suíça, todas as cidades possuem sirenes de alerta aéreo; e duas vezes por ano é feito um teste geral para ver se estão funcionando, é um barulho infernal; além disso todas as casas, prédios, hospitais etc tem um bunker anti-atômico…como o serviço militar é obrigatório, todos os homens que prestam serviço levam para casa o seu equipamento, uniforme de combate, mochilas, botas, um fuzil e uma caixa de balas para em caso de uma invasão a mobilização ser… Read more »

Excel
Visitante
Excel

Amigo Paulo, Um pequeno esclarecimento: Eu moro no Brasil, mas nasci na Coreia. Quanto ao trabalho dos coreanos eles nao trabalham tao cedo assim, mas a partir de uns 8:00 horas da manha nos escritorios e a partir das 10:00 a 11:00 hs nas lojas. Mas o problema de la nao e o comeco do trabalho mas o fim, pois o pessoal da Coreia gosta de varar a madrugada bebendo e cantando nos karaokes, e o mais incrivel e que estao acordados na manha seguinte trabalhando normalmente. Nao entendo como conseguem isso. Quanto ao Kim, nao conheco muito sobre ele,… Read more »

paulo costa
Visitante
paulo costa

Ok,Excel,obrigado pelas informações da Coréia.
Coralsea,estive na Suiça tempos atras e vi na Friedrichstrasse,
uma rua de Zurich,um soldado,somente de boina militar,com um Sigsauer nas costas no meio da rua,como se fosse algo normal.
Estive no Hotel Atlantis,em uma encosta,e ficamos em um abrigo,
pois os quartos do hotel,não tinham janelas.sds