quinta-feira, agosto 5, 2021

Saab RBS 70NG

Paraguai tenta mobilizar MST contra Planalto

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Brasil reage à tentativa de usar movimentos sociais para mudar tratado de Itaipu

A tentativa do governo paraguaio de reverter os acordos de Itaipu por meio da mobilização de movimentos sociais e entidades sindicais brasileiros levou o Palácio do Planalto a reagir. A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) foi orientada a monitorar a aproximação das autoridades do país vizinho com entidades como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A estratégia paraguaia, segundo reportagem do jornal Valor, consiste em obter o apoio de grupos brasileiros e levá-los a pressionar por mudanças no Tratado de Itaipu, que Brasília considera inegociável. O Paraguai quer que o Brasil pague mais pela energia comprada do país vizinho.

Um negociador do governo de Assunção afirmou que se trata de uma estratégia de “guerrilha” para conquistar a opinião pública brasileira. – Nossa intenção é que se dissemine, nesses meios, os argumentos pró-negociação que não circulam nos meios oficiais – disse ao Valor.

País vizinho quer apoio para vender energia mais caro
As informações disponíveis são de que representantes do governo paraguaio foram enviados para manter contatos com líderes de movimentos sociais do Brasil para engajá-los na sua causa. Dirigentes de entidades como o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) admitiram o envolvimento. – A partir de 2009, vamos fazer todos os esforços para ajudar o povo do Paraguai – disse Luiz Dalla Costa, da coordenação nacional do MAB.

O MST também se irmanou à causa de Fernando Lugo, presidente do Paraguai, que teve como uma das principais bandeiras de campanha mudar as regras da hidrelétrica. As reivindicações do país vizinho têm sido levadas aos assentamentos e acampamentos ligados à entidade. O principal dirigente do MST, João Pedro Stedile, afirmou que, por enquanto, documentos e argumentos do “povo do Paraguai” estão sendo difundidos. – Se for necessário, faremos no futuro manifestações de solidariedade ao povo do Paraguai – anunciou Stedile.

Para o Palácio do Planalto, a aliança entre o governo estrangeiro e os sem-terra configura interferência em assuntos internos. Seria, também, uma tentativa de politizar um assunto técnico e jurídico. Uma das preocupações do governo brasileiro, que não pretende se manifestar oficialmente sobre o assunto, é que a cooptação do MST ocorre às vésperas do 25º aniversário do movimento – que deverá ser comemorado com protestos e invasões. Também gera receio o fato de nas regiões próximas a Itaipu o MST ser muito organizado e atuante.

Lugo tem conexões ideológicas com os sem-terra. Ele é um bispo partidário da Teologia da Libertação – cujos integrantes brasileiros ajudaram o MST a nascer. Além disso, o movimento faz parte da organização internacional Via Campesina, que é ligada aos sem-terra paraguaios, simpáticos a Lugo.

Entenda o caso

Em 1973, Brasil e Paraguai firmaram o Tratado de Itaipu para a construção da usina hidrelétrica binacional 

O acordo determina que os dois países dividam ao meio o que é produzido
Se um país não utilizar toda a energia que lhe cabe, poderá vendê-la ao outro, por preços determinados

Por ter um consumo interno pequeno, o Paraguai revende quase toda a sua parcela de energia ao Brasil

Para cumprir suas promessas de campanha, o presidente esquerdista Fernando Lugo quer que o Brasil aceite mudar as regras do acordoReivindica preços mais altos para a energia, porque considera os atuais injustos, e também quer a possibilidade de negociá-la com outros países

Outra reivindicação é rever a dívida do Paraguai referente aos custos de construção da hidrelétrica, hoje em torno de US$ 19 bilhões. O valor da dívida é abatido da energia que o Brasil compra dos vizinhos

O governo brasileiro abriu diálogo com os paraguaios, mas não aceita discutir as alterações propostas

Fonte: Zero Hora      Foto: Nunão

- Advertisement -

29 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lecen
Lecen
12 anos atrás

É a criatura se voltando contra o criador. O PT utilizou-se dos ditos ‘movimentos sociais’ (na realidade, movimentos criminosos) para desestabilizar sucessivos governos brasileiros, desde o Collor, passando pelo Itamar até chegar ao FHC. O problema é que eles criaram uma verdadeira quimera, e aí está o resultado. Se o Brasil fosse um país sério (mas não é), toda vez que eles invadissem propriedades privadas, causando destruições, ameaçando pessoas e empunhando armas brancas, deveriam ser todos, sem exceção, presos em flagrante e julgados e condenados em seguida. Dois anos depois, não haveria mais esses arruaceiros no país. Que agora venham… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
12 anos atrás

Quer saber o que vai acontecer???

O Marco Aurélio Garcia vai se meter e vai convencer o Lula a abrir as pernas…

E nós vamos ficar p… da vida… e a vida segue!!!

TOMARA QUE EU ME ENGANE…

Ou qual seria outra saída??? Afinal o governo do Lugo depende disso. Caso não saia um acordo os Brasiguais serão perseguidos e o governos paraguaio vai buscar outra forma de pressionar.

Eles adotaram uma estratégia de desgaste. A nosso governo tinha que ter adotado uma posição firma… Mas como de firme o Lula não tem nada…

Ja viu no que vai dar…

RL
RL
12 anos atrás

VAmos montar uma hidrelétrica? No rio que corta e separa nossos dois paises. Eu entro com tudo, grana, infra-estrutura, material, projeto arquitetonico, você não precisa se preocupar com nada, apenas ceder o seu lado para que possamos chegar lá. O acordo fica da seguinte maneira. Tudo o que gerar de energia, a gente reparte em meio a meio. O que vc não consumir a gente acerta no papel por quanto vc aceita e concorda em nos vender, eu compro. Alem do mais, no mesmo papel, a gente acerta em quanto tempo vc terá para me pagar em relação a parte… Read more »

pueblo
pueblo
12 anos atrás

Caro Lacen e direitista de plantão

Sempre existirão Cains com inveja de Abél

E BESTAS QUADRADAS COMO O ESTABILE,

CRIMINOSO E TRAIDOR FOI O DIREITISTA COLLOR QUE CORTOU VERBAS E TAMPOU O POÇO DA NOSSA BOMBA ATÔMICA

INCOMPETENTE FOI FHC, QUE FERROU O BRASIL

SE ADMIRAR O PROGRESSISTA LULA É SER ESQUERDISTA… VIVA A ESQUERDA

MAS MST, PSTU, PSOL, SÃO PARTIDECOS TÃO NOCIVOS QUANTO A DIREITA RANCOROSA E CRETINA QUE DESGOVERNOU O PAIS

Paciência, e fique em paz, os piratas paraguaios não vencerão

Mineiro
Mineiro
12 anos atrás

Tenho uma proposta para o Paraguai se dar por satisfeito, vejamos: Acredito, pelo que li, que o problema principal do paraguai – nesta questão – não é a falta de energia e sim as redes de transmissão que o país não dispõe. Sendo assim o Brasil através de uma autarquia responsável pela implantação de redes de transmissão de energia, não sei se é a FURNAS OU ELETROBRAS, faria essas obras no Paraguai levando energia aonde eles queiram – dentro daquele país, é claro – e o valor da obra seria acrescido na dívida paraguaia através de um contrato aditivo. Nesse… Read more »

LeoPaiva
LeoPaiva
12 anos atrás

RL, O colega foi perfeito em sua linha de raciocínio, embora eu pense que muito do que foi falado pelo governo do Paraguai seja mera bravata, jogo para a torcida de lá ver, assim como foi no caso do Equador, quis cantar de galo mas depois acabou pagando direitinho ao BNDES, bastou uma postura um pouco mais firme do governo. Penso, como outros, que o governo Lula sempre foi muito mole com os nossos vizinhos faladores, mas também percebo que as coisas estão mudando, a começar por esse decreto recente autorizando ações militares fora do Brasil caso seja necessário defender… Read more »

AJS
AJS
12 anos atrás

Pois é, observando o que vem acontecendo cá por baixo, é capaz do Putin pedir ao Obama a recompra do Alasca, pelo mesmo valor.

JACUBÃO
12 anos atrás

Por favor Exelentíssimo Presidente do Brasil, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, cahega de dar mole para esses países que estão indo na onda da Bolívia e Venezuela. A que a Bolívia é um país que vive do gáz e da folha de coca??????????????????????????????????????ou seria folha de cocaína??????????????????????????????????????… Bom o senhor E.Morales asim como H. Chavez, e o cara do Equador, que também estava tumultuando na área com o Brasil, querendo dar um calotão no contribuinte Brasileiro. Espero que essas situações sirvam de incentivos ao SR para que o Brasil tenha suas fôrças armadas poderosas, a altura do que o Brasil… Read more »

welington
welington
12 anos atrás

JACUBÃO comcordo no caso dos sem terra quem entra e toma propiedade de terras dos outros ´bandido ladão não comcordo com isso de maneira alguma em alguns casos eles até fazempresão picicologica ameaças e agreçoess fisicas com os donos das propiedades isto para min é terrorimo.

JACUBÃO
12 anos atrás

Há, outra coisa.
Dá uma surra de gato morto nessa galera do MST, que só querem boa vida ao custo da propiedade alheia.
Tem que bater até o gato latir(latir????????????).
Isso mesmo. Latir.
Mas gato não late.
Então eles vão apanhar muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito…

welington
welington
12 anos atrás

O que a Venezuela fez expulsou alguma empresa brasileira, ameaçou civis Brasileiros, invadiu nossa Fronteira o que o Chávez fez para o Brasil isto não é certo pessoal vocês não gestão do Chávez mesmo o ele não tendo feito nada de mal para noz.A Bolívia, Paraguai e Colômbia já tivemos problemas com os mesmos mas a Venezuela isto é mais antipatia galera, parem com isto.

welington
welington
12 anos atrás

Desculpem me os erros de digitação é que eu tinha que arrumar uma coisa ali.

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Para quem têm o Marco Aurélio Garcia no Planalto não precisa de MST ou qualquer ONG ajudando, ele dá conta do serviço sozinho e nem cobra por isso, eu acho!

aLTE mAKAROV
aLTE mAKAROV
12 anos atrás

AAAARRRRRGGHHHH!!

FACADA NAS COSTAS!!!

SOLTEM OS CÃES DE GUERRA!!!!!

Cobra criada é isso aí…

Camaradas, vocÊs já souberam que o Brasil pretendia diminuir a importação de gás boliviano, o que geraria uma economia de 600Mi, mas deu pra trás e na verdade vai ampliar? As declarações do Minstro Lobão são cômicas, se não fossem trágicas! Acompanhem na Folha de São Paulo.

Meu sangue de brasileiro está fervendo!!!!

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Eu falo pra vcs que este estúpido do Marco Aurélio Garcia é um perigo para a Nação. Olhem a virada de mesa que ele conseguiu em favor dos Bolivarianos. Este cara pensa que pode colocar seus princípios acima dos diretos Brasileiros. ========================================================== Governo recua sobre redução de importação de gás da Bolívia Ministro se reuniu com ministros bolivianos por três horas. Lobão nega que Brasil esteja fazendo favor ao vizinho. Jeferson Ribeiro Do G1, em Brasília Foto: Agência Brasil / Elza Fiuza O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, durante entrevista nesta sexta-feira (9). (Foto: Agência Brasil / Elza… Read more »

aLTE mAKAROV
aLTE mAKAROV
12 anos atrás

O que o Paraguai quer fazer – CONFIRMANDO QUE SEJA VERDADE – é extremamente grave, e é o tipo de coisa que o Decreto 6592, que regulamentea a lei do Sistema Nacional de Mobilização prevê, – ainda que em minha opinião pessoal. Eu cito o Parágrafo Primeiro do Artigo Segundo do citado decreto: 1o São parâmetros para a qualificação da expressão agressão estrangeira, dentre outros, ameaças ou atos lesivos à soberania nacional, à integridade territorial, ao povo brasileiro ou às instituições nacionais, ainda que não signifiquem invasão ao território nacional. Colocado isto, resta olharmos para o “aliado” paraguaio, o MST.… Read more »

DaGuerra
DaGuerra
12 anos atrás

CONTRA O PLANALTO? TÁ DE SACANAGEM!! A MOBILIZAÇÃO DOS TERRORISTAS DO MST É CONTRA TODOS OS BRASILEIROS, É CONTRA TODO O BRASIL !! E ALGUNS PANACAS ACHAM QUE OS MILITARES SÃO INÚTEIS!! SE O DESGOVERNO NÃO ESTIVESSE METIDO NISSO, DEVERIA CONCENTRAR O EXÉRCITO NA FRONTEIRA E DAR UM RECADO MAIS QUE DIRETO AOS COMUNA PARAGUAIOS E PSEUDO-BRASILEIROS DO MST!!

andre
andre
12 anos atrás

O MST tem pontos “positivos e negativos”, a busca da reforma agraria faz com que os latifundiarios se obriguem a plantar, é como um jogo de xadrez, o Governo sempre esteve em xeque nas mãos dos agricultores, com o MST controlado graças ao PT, se coloca os agricultores a produzir, eu sou natural de uma Região completamente Agricola, e os Agricultores são piores que o MST. *Não pagamento de dividas(Securitização) *Investimentos FEDERAIS (100 Bilhões Pra plantar a safra) *Sonegação de Impostos *Contrabando de insumos *Desvios do Dinheiro da produção (Investimentos em outras areas) *Quem destroi a Amazonia (grilagem de terras)… Read more »

catraca
12 anos atrás

Me desculpem mas eu tenho que rir com GENERAIS DE GUERRA do BLOG…no entender destas figuras basta dar meia dúzia de tiros do lado de cá da fronteira e tá tudo safo…pesquizem , analisem, estudem….você não deveria nunca entrar em uma guerra com este nível de passionalismo que a galera posta aqui….pelo amor de Deus!!!!!!!!!

aLTE mAKAROV
aLTE mAKAROV
12 anos atrás

que comentário inepto, catraca. O que os blogueiros estão advertindo – e isso de modo realmente passional – é para que esta tática do paraguai, sendo confirmado que realmente é algo que se pretende fazer; é uma ação que eu chamo de grave, u chamo de perigosa. Certamente, não pretendo que haja uma guerra. Meu primeiro comentário fazia troça com isso. Mas permanece o fato de que no meu ver há um tipo de ingerência no âmbito interno brasileiro que vai contra os interesses nacionais. O caso do gás boliviano é um absurdo. Com toda a chuva que teve antes… Read more »

João-Curitiba
João-Curitiba
12 anos atrás

O MST só existe porque nossas “otoridades” sempre foram frouxas. No início toleraram estes bandidos para não parecer que estavam tomando partido dos fortes (produtores rurais) contra os fracos (pequenos agricultores e desempregados do campo). Muita gente bem intencionada aderiu e serve de bucha de canhão até hoje. Mas quem lucra mesmo são os espertalhões que ganham terras, vendem e depois vão para outras invasões. O líder máximo da gang é um economista já citado acima e as únicas ferramentas que ele conhece são a foice e o martelo. Até hoje eles eram um bando de baderneiros que pregavam a… Read more »

Cinquini
Cinquini
12 anos atrás

Nossa, eu até pensei que tinha entrado numa reunião da Gestapo ao entra nesse post! 😉

Me desculpem ai, já to saindo 😀

massa
massa
12 anos atrás

O Acre foi comprado da Bolivia, na época por 2 milhões de Libras (moeda inglesa) e mais uma parte do estado do Mato Grosso, houve uma troca de territórios também, logo não foi BARATO! Na época a Bolivia corria o risco de perder aquele território de graça, pois já era ocupado pelos agricultores brasileiros que ameaçavam fundar uma “república” independente da Bolivia. Na verdade os bolivianos tiveram sorte, pois o Mexico perdeu de graça os estados do Texas, Novo Mexico e California pros americanos… De qualquer forma, aquele território foi tomado dos índios pelos bolivianos, o Brasil fez um favor… Read more »

João-Curitiba
João-Curitiba
12 anos atrás

Caro Cinquini Sua observação é muito procedente mesmo. Porém quando se deixa o mostro crescer e se tornar ameaçador, só uma força superior poderá eliminar o perigo. Não sei da experiência dos demais colegas quanto ao MST e outros movimentos similares, como Sem Teto, Via Campesina, PCC, CV, etc…, mas aqui no Paraná eles sempre foram muito atuantes. Não só aqui. Saquearam até mesmo a chácara do presidente FHC, filmaram tudo e conseguiram colocar as “otoridades” de quatro, como sempre. Aqui em Curitiba, anos atrás, o MST acampou por meses na praça em frente ao Palácio do Governo, TJ e… Read more »

Roberto camarada
Roberto camarada
12 anos atrás

o ministro ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, classificou como “inaceitáveis” reivindicações do Paraguai sobre a dívida da obra a da hidrelétrica. O governo paraguaio defendeu transferir a dívida de US$ 19,6 bilhões de Itaipu Binacional para os Tesouros dos dois países. Mas, pela proposta do Paraguai, o Brasília ficaria com US$ 19 bilhões do débito e Assunção arcaria apenas com US$ 600 milhões.

Na avaliação do funcionário da direção brasileira de Itaipu, o governo Lugo está tentando “dar uma verniz mais político e mais ideológico à questão. Tecnicamente, eles não têm como argumentar.

LeoPaiva
LeoPaiva
12 anos atrás

Caro massa, O conceito de barato é muito subjetivo, ao meu ver 630 milhões de Reais e pequenos territórios cedidos, sem falar dos 2 cavalos brancos dados de presente ao presidente boliviano, é muito barato sim. Agora o colega tem razão sobre a ocupação brasileira, principalmente de nordestinos, mais cedo ou mais tarde a Bolívia iria perder mesmo esse território por falta de condições de ocupá-lo. Outras vantagens para a Bolívia foram algumas alfândegas Bolivianas criadas no Brasil, a possibilidade de navegação em rios brasileiros e a construção, pelo Brasil, de uma ferrovia, mesmo com tudo isso o negócio foi… Read more »

Cinquini
Cinquini
12 anos atrás

João Curitiba, no meu entender todo movimento social tem sua validade, o problema é usar esses movimentos sociais como “tropa” para briga política.

Agora gostaria de saber de onde vc tirou que o MST está na mesma linha de facções crimonosas como o PCC ou do CV? uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa 😉

Marcelo R
Marcelo R
12 anos atrás

O Brasil Precisa colocar meia duzia de helicopteros HINDS (aqueles do Afeganistão) bem armados, para proteger a Usina de Itaipu e quem se meter LEVA BALA NA CARA!!!. Esta deve ser a politica de relação internacional com o Paraguai (mais um MUI HERMANO).

Daniel Souza
12 anos atrás

O Marcelo já apresentou a solução!

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -