Home Noticiário Internacional Irã ainda não recebeu sistemas S-300

Irã ainda não recebeu sistemas S-300

195
15

O Ministro Adjunto dos Negócios Estrangeiros iraniano afirmou na última quarta-feira (15/4) que não há obstáculos para o fornecimento de sistemas de mísseis terra-ar russos S-300 para Teerã.

“Não há problemas com este [S-300] contrato”, disse Mehdi Safari no final da sua visita à Moscou.

Ele não forneceu maiores informações sobre o contrato. “São Armas meramente defensivas e qualquer país tem o direito de comprá-las. Creio que isto só poderia preocupar os países que dispõem de planos para atacar o Irã”, disse ele.

Um funcionário da empresa de exportação de armas russas disse no mês passado que o Irã ainda não recebeu nenhum S-300. A mídia iraniana, citando altos funcionários de segurança do seu país, têm repetidamente relatado que a Rússia já iniciou o fornecendo dos sistemas S-300.

A última versão da família S-300 é o 300PMU2 Favorit, que tem um alcance de até 195 km (cerca de 120 milhas) e pode interceptar aeronaves e mísseis balísticos em altitudes entre 10 metros a 27 quilômetros. Este sistema é considerado um dos mais eficazes do mundo e são comparáveis aos sistemas terra-ar Patriot dos EUA.

O Irã recebeu recentemente 29 sistemas russos Tor-M1 para defesa aérea, parte de um contrato de U$ 700 milhões assinado no final de 2005. O sistema S-300 é significativamente superior ao Tor-M1.

FONTE: Ria Novosti

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera
Baschera
11 anos atrás

Pois é….mas El Chavito já recebeu seus “Igla” novinhos.
Sds.

ViniciusModolo
ViniciusModolo
11 anos atrás

o igla nem se compara com os S-300. Igla é para aeromodelo e fogueira, que como eles treinam no EB.

29 sistemas Tor-m1 são 29 caros ou equipagem completa para 29 baterias?

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Uai! Não eram 300 km de alcance? Diminuiu?

Baschera
Baschera
11 anos atrás

ViníciusModolo, Quanto aos Igla, meu comentário foi apenas para informar. Quanto a sua pergunta, normalmente as notícias não informam quantos “sistemas” foram vendidos ou entregues. Muitas vezes confunde-se o número de sistemas com o número de veículos lançadores lançadores. Os batalões russos tem, para cada sistema de Almaz Tor-M1 um misto de 3 a 5 veículos lançadores (9A331, baseado no veículo GM-355M) para cada veículo radar (3K330) onde estão instaldos dois radares, um um de busca “Dog Ear” (25 Km de alcançe) e outro “Scrum Half” de varredura sintética capaz de rastrear alvos (20 Km) e guiar o míssil(SA-15 Gauntlet)… Read more »

ViniciusModolo
ViniciusModolo
11 anos atrás

não foi com intensão de desmereecer seus conhecimentos. Mas falar q o Hugo Chaver recebeu o Igla parece supervalorizar a compra. Até o Brasil tem pq a Venezuela não pode. Isso é abastecer mais ainda o mito da corrida armamentista sul america e que o Chavez ta se armando demais…
foi o que me pareceu…

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Quero ver Israel ter coragem de atacar o Irã armado com os s-300.

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Israel ganhou os primeiros alvos… Não acredito que Israel caso deseje atacar o Irã tenha alguma dificuldade para isso. O problema é ganhar autorização americana para sobrevoar o Iraque.

Cantarelli
Cantarelli
11 anos atrás

Se israel atacar o iran sera que o iran vai revidar ou nao vai faser nada como da outra ves.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

A única maneira do Irã (ou qualquer país) não ser atacado é ter uma postura ofensiva. Ter um maravilhoso sistema integrado de defesa aérea com os melhores mísseis sup-ar e com os melhores radares do mundo não é garantia de uma boa defesa se o atacado pensa de maneira “passiva” e defensiva. A única estratégia que funcionaria seria o Irã se preparar bem para a defesa com os sistemas russos como tem feito, mas também para o ataque, e mostrar que em caso de ser atacado dará o troco na mesmo moeda. Isso serve para o Irã, sempre serviu para… Read more »

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Um caça custa no mpinimo 60 milhões de dólares e ainda ten que treinar o piloto, nos EUA custa + 6 milhões de dólares, um míssil desses é infinitamente mais barato e [e extremamente eficaz. Israel fica a 1.300km do Irã ida e volta dá 2.600km, ou seja, precisaria reabastecer seus caças no ar sobre o Iraque e só consegueria destruir o alvo se não encontrar oposição aérea, pq se encontrar um dogfight consome muito combustível e os caças teriam que retornar precisando de mais um abastecimento, e se o Irã tiver sistemas anti-aéreos eficientes precisará de um grande número… Read more »

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

o ataque para dar verto só poderia ocorrer antes do Ir~receber os s-300, coisa que o Brasil deveria ter, mísseis de longo alcance de defesa não só aérea, mas marítima também, se a Argentina tivesse mísseis como os s-300 e misseis navais de longo alcance nas guerras das malvina teriam ganho fácil, era só instalá-los na ilha e a marinha inglesa e seus caças iriam pro espaço, naquela época não havia toda essa tecnologia e argentina perdeu.

Raphael Barros
Raphael Barros
11 anos atrás

O S-400 se não me engano tem entre 300km-400km de alcance. Com os sistemas S-300 o Irã terá uma grande defesa terra-ar nenhum F-16 e F-15 Sionista se arriscaria chegar perto do espaço aereo Iraniano mais como falaram o Irã tambem tinha que ter um ataque forte para dar uma resposta à altura tinham que adquirir aviões Su-30, Mig-35 ou Su-35BM e fora baterias de Almaz para uma resposta aos Leopards e Abrams americanos, Helicopterios tambem como o Mi-28, Submarinos da Classe Amur ou Kilo. Com esses sistemas sim o Irã protegerá sua imensa reservas de petroleo do Império Americano… Read more »

Dalton
Dalton
11 anos atrás

Father,

forgive them, for they do not know what they are WRITING !

GERALDO COSTA
GERALDO COSTA
11 anos atrás

ISRAEL, ESTADO TERRORISTA QUE COMETER GENOCÍDIO. Como parte da cobertura do aniversario da criação de Israel e da palestina NAKBA historiador israelense PROF. ILLAN PAPPE reflete sobre os acontecimentos de 1948 e como elas levaram a 60 anos de divisão entre os israelitas e os palestinos. Entre fevereiro de 1948 o exercito israelita sistematicamente ocupando a palestina e aldeias e cidades, expulsaram pela força a população e, na maioria dos casos, também destruíram as casas, seus pertences saqueados e assumiu as suas posses matérias e culturais. Esta foi à limpeza étnica da palestina. Durante a limpeza étnica sempre houve resistência… Read more »

Kraken
Kraken
9 anos atrás

Falou bem Raphael Barros!!O Irã tinha que ter os S-300!!Só que a Rússia virou pau mandada dos EUA e Israel,não cumpre os contratos que assina,o bom é que o Irã tem os sistemas Tor-M1 e Buk-M1!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk