domingo, setembro 19, 2021

Saab RBS 70NG

Enquanto isso, no Iraque…

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

… soldados iraquianos treinam no M1A1 Abrams, que o Exército do país está recebendo.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Lecen
Lecen
12 anos atrás

Galante, por acaso os organizadores dos blogs e do Poder Naval não pensam em criar um fórum mais amplo, onde podemos discutir assuntos relacionados a política interna, internacional, relações exteriores, forças militares, etc??

Quanto aos tanques iraquianos, o que é mais importante para o Brasil: tanques ou helicopteros de combate ou transporte? Vamos atacar com tanques quem? Uruguai? Argentina? Paraguai?

marujo
marujo
12 anos atrás

Prefiro que o Poder Naval e blogs associados mantenham o foco atual, pois são os únicos de fato especializados feitos com profissionalismo e são atualizados diariamente.

getulio - são paulo
12 anos atrás

A história recente do Iraque pré e pós ocupação americana, é a constatação de quem tem Poder pode realmente remodelar o mundo.
Para os cidadãos iraquianos não deve haver dúvida que a qualidade de vida é ou será melhor no sistema ocidental de governo. A última medida do presidente iraquiano aprovando uma lei em desfavor das mulheres para agradar os xiitas etc é que não pegou bem, mas é política local.

getulio - são paulo
12 anos atrás

Em tempo:
Segundo dados dos próprios americanos, o que eles gastaram de centenas de bilhões de dólares na guerra e reconstrução do Iraque ainda não superou o custo da destruição que causaram.
A crise americana também se deve ao 11 de setembro e o envolvimento americano em duas frentes de batalha. As guerras arrebentaram os cofres públicos americanos.
O famoso estrategista chinês Sum Tsu em sua obra Arte da Guerra ensinava que uma guerra prolongada corroi os cofres do país, levando-o ao desastre. Será que os americanos não leram estes mandamentos milenares?

getulio - são paulo
12 anos atrás

Em tempo 2:
Enquanto os contribuinte americanos amargam a crise, muitas empresas americanas de prestação de serviço monopolizaram os recursos para lá enviados. Tem empresa de segurança com quase 100mil contratados lá. Uns perdem, outros ganham de forma privada.

Galante
Galante
12 anos atrás

Lecen, nós optamos pelo formato de Blog nas discussões, pois já existem outros fóruns de Defesa em português consolidados.
Mas acabamos de colocar no ar o Chat do Blog ForTe, igual ao Chat do Naval, para permitir discussões online com outros leitores.
Acesse o chat em:

http://www.forte.jor.br/?page_id=2805

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Lecen, helicópteros são mais importantes, sem dúvida alguma, pois nosso cenário de combate mais provável não é desértico, mas sim coberto por vegetação selvática.

Mas que seria prudente ter uma divisão blindada moderna ah isso seria mesmo. As armas da cavalaria (e da infantaria) blindada do EB, tirando alguns poucos Leopard, são uma piada.

Abraços.

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
12 anos atrás

Nada como primeiro destruir todos os tanques de um pais e depois vender outros novinhos, e ainda dizem que os EUA são burros uahuahauh

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Ao vencedor os espólios…
Petrodolares entram M1A1 “reformadinho” sobrando na prateleira sai.

Vces não acharam que eles iriam equipar as FAs iraquianas com T90 não é?

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Marujo, eu não pedi para que os três blogs modifiquem o foco de suas coberturas, mas perguntei se não havia um fórum onde pudessemos conversar sobre outros temas. Galante, muito obrigado por responder. Contudo, acredito (se possível, é claro) que o fórum também seria interessante, ainda mais para certas discussões que vez ou outra surgem por aqui. Felipe CPs, o nosso Exército está carente de tudo, masm e pergnto se é necessário uma quantidade tão grande de tanques de guerra. É mesmo que possuirmos um porta-aviões. Pra que? Faria sentido se o Brasil participasse de missões navais em locais distantes… Read more »

joao terba
joao terba
12 anos atrás

O Iraque ficou devendo um bom dinheiro para o Brasil,será que eles vão pagar.abraço.

PC
PC
12 anos atrás

Viram para que serviu a Guerra do Golfo?
Petróleo, construção civil e armas.
Os EUA desbancaram os antigos fornecedores do Iraque (França, Rússia, Brasil …).
Essa é a real “política da canhoneira”…
Sds

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Nunca vejo a rapaziada esquerdóide daqui dar um pio sobre a invasão russa a Geórgia ocorrida no ano passado.

Dois pesos e duas medidas.

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Não so de esquerda nem de direita só to dizendo quem Iraque, Georgia, Afeganistão, ou qualquer outra, guerra é por dinheiro, só por dinheiro maís nada, eo resto é besteira.

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Marcos T.

concordo que dinheiro move o mundo…mas…tem certas ocasioes, em que nao trata-se de dinheiro nao.

Veja o Afeganistao por exemplo. A invasao foi justificada pós 11 de setembro e inclusive há uma preocupaçao que o vizinho Paquistao torne-se uma vitima de uma politica a la Taleban, e um governo extremista com armas atomicas é preocupante nao?

abraços

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Dalton
Com certeza, e o oleo duto para abastecer todo leste europeu que querem construir ali, que não teria controle Russo, não tem nada a ver com isso!

Dalton
Dalton
12 anos atrás

Muito bem lembrado Marcos T.

projeto antigo este, mas, ao mesmo tempo que as gigantes petroliferas americanas iriam lucrar, se e quando este projeto realmente for implantado, nao seria tambem uma manobra para conter os russos ?

Os europeus com certeza iriam gostar, já que os laços historicos sao maiores entre Europa e EUA e ainda muitos lembram da Guerra Fria,ou seja, pode ser aquela velha estoria de “unir o util ao agradavel”.

abraços

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

Felipe Cps

São 250 leopards que o Brasil tem, não são poucos, mas tanques são armas ultrapassadas,nas cidades ficam estáticos, viram alvo de RPGs, na selva não tem como deslocá-los,penso num tanque hoje como uma peça de artilharia móvel, ou apenas para ajudar no avanço de tropas, mas isso um bom bombardeiro resolve mais eficientemente, O Brasil tem que estar equipado com RPGs e caças para manter o domínio aéreo, no mar a melhor arma são submarinos, onde se tem suspeita de ter submarinos navios de guerra só entram em comboio, portanto excelente arma defensiva e ofensiva.

JACUBÃO
12 anos atrás

Parece até sacanagem, mas esse bando fdp de políticos não tem vergonha de ver o Brasil perder sempre para países pequenos com economia f…, quando se fala em assunto militar?
O dia que o bicho pegar, eles serão os primeiros a fugir, e aí nós mata eles e come o fígado deles.

Bonifácio
Bonifácio
12 anos atrás

Caro Lecen,

Pegando o gancho dos “assuntos relacionados a política interna, internacional, relações exteriores…”, tenho um site muito interessante para aconselhar.
http://www.infowars.com
Atualmente é o site com mais informação que não vem na mídia corporativa/socialista que conheço. É uma verdadeira bomba.

Um abraço.

marujo
marujo
12 anos atrás

Continua do mesmo modo, amigo Jacubão: Leopard 2 para o Chile, Leopard 1 para o Brasil. Otomat MK-2, com mais de 100 km de alcance para a Venezuela e o Peru, MAN-1/Exocet MM40, com 60 km de alcance, para a o Brasil. Viva a economia mais forte da América Latina, que tem pretensões hegemônicas na região e aspiração a um papel ativo no cenário internacional.Assim vai, não se sabe até quando.

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Marlos, tu sempre simplifica as coisas assim?? A maior pot~encia do mundo, na segunda guerra contra o Iraque, mesmo tendo a maior força aérea do mundo, junto com a OTAM, usou seus MBTS e ainda usa…. como esles são bobinhos… desculpe amigo, mas tática e estratégia, não podem ser decididas por uma via apenas! e se tuas bases forem surpreendidas num ataque que incapcite tua FA? e se o inimigo estiver equipado com Iglas??? (viu os do Chavito?) EQUILIBRIO É A CHAVE MEU CARO! MBTS, RPGS, choppers, planes, fighters, soldiers, special forces, cada um tem sua aplicação! MBT é a… Read more »

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

marujo

Nenhum navio venezuelano é capaz de atacar a 100km de distância, porque nenhum navio detecta outro a essa distância. além disso, eles não tem apoio de satélites e mísseis anti-navios além do alcance do radar necessitam ter as suas coordenadas gravadas, portanto não tão simples assim destruir um navio a 100km, talvez só marinhas européias, americanas, japonesas e chinesas, além da Rússia são capazes desses feitos.

Quanto ao míssil exocet mm40 do Brasil o alcance é de 70km

Mauricio R.
12 anos atrás

“Vces não acharam que eles iriam equipar as FAs iraquianas com T90 não é?”

Mesmo assim tb tá cheio de Mi-17; T-72 ex-polones, ex-magiar; ex-tcheco e etc…

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

Francisco AMX Quero ver tanques em ação sem domínio do espaço aéreo, eles iriam er destruídos sem saber de onde vinham os mísseis, na 1ª guerra do Iraque os Estados Unidos destruíram quase todos os tanques do Iraque com helicopteros e A-10, além dos caças, não precisaram de nenhum tanque para destruir os blindados do Iraque, o poder aéreo hoje é o que ganha a guerra, quem tiver o domínio aéreo corta as rotas de suprimentos e destrói o inimigo em deslocamentos, não é a toa que os EUA tem quase 3000 aviões de guerra, sem domínio aéreo vencer uma… Read more »

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
12 anos atrás

Cara!! Estão rearmando o Iraque igual quando reeamaram o Saddam Hussein contra o Irã. Depois reclamam que o Irã hoje tem F-14, C-130, etc..

Mauricio R.
12 anos atrás

“Nenhum navio venezuelano é capaz de atacar a 100km de distância, porque nenhum navio detecta outro a essa distância.”

Assim como os nossos são limitados a somente 60Km, como bem disse o almirante que está tocando o projeto do nosso ssm.

“além disso, eles não tem apoio de satélites e mísseis anti-navios além do alcance do radar necessitam ter as suas coordenadas gravadas,”

E aquele helo italiano, AB-212ASW que fica espotado nas fragatas do Chavito??? É somente decoração ou tb faz aquele outro servicinho dos nossos Super Lynx: OTH targeting???

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

Francisco AMX

Helicopteros de ataques resistem até 23mm, portanto uma .50 jamais derrubará um helicoptero de ataque, e iglas tem alcance curto, pode-se bombardear um alvo a mais de 100km de distância com bombas inteligentes, e sim O Brasil e quaquer País do mundo pode destruir uma cidade para tomá-la, na 2ª guerra mundia, foi só o que teve, só não fazem mais isso hoje porque não precisaram, vejam o que Israel fez em Gaza, foi isso, destruição de Gaza para vencer a batalha.

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

Francisco AMX

pega todos os tanques a2a4 do chile e manda nosos helicoteros ou só tucanos armados com fguetes de 70mm, iria ser um massacre, basta atacá-los por trás onde a blindagem é menor, não sobraria um sequer, pode tercerteza disso.

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Francisco AMX

Falou bem, eu sempre defendo isso aqui.
Na guerra do Yonkipur (desculpa se escrevi errado) os israilenses apostaram muito no poder aéreo, e deram de cara com um sistema AA denso que praticamente anulou seu poder aéreo, sobrando para infantaria e cavalaria salvar a pátria.
O equilibrio é a chave.

marlos barcelos
marlos barcelos
12 anos atrás

Os EUA já pensaram em acabar com os tanques, só não acabaram porque são peças de artilharia móveis e por terem boa blindagem pode chegar em qualquer lugar mais facilmente, mas do ponto de vista tático, hoje os tanques´só servem como artilharia móvel, os RPGs são bem eficientes e os tanques de hoje são muito pesados para andarem peas estradas, precisam ir em caminhões, pense numa dificuldade de manuseá-los numa guerra.

Meia-dúzia
Meia-dúzia
12 anos atrás

Não tô encontrando o post aí no meio, mas considerar carros de combate (“tanques”) como peças de artilharia eu acho meio difícil…rs
Até mesmo os APs são bem diferentes…

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Ihhh agora ferrou-se, vou arrumar briga com dois, rsrs… Francisco AMX: não é tão simples derrubar um helicóptero de ataque como pensas amigo, especialmente porque a hora que a cavalaria perceber, o ataque ou já veio ou tá vindo… E outra, helis só entram em cena quando o espaço aéreo está garantido, e quando isso acontece já sobrou pouca ou nenhuma antiaérea para derrubá-los. Marlos Barcelos: concordo com quase tudo que você disse, mas CCs estão longe de estar exatamente obsoletos… Apenas a tendência é de mudança de emprego, talvez de se mesclarem mais com VBTPs, e a Cavalaria Mecanizada,… Read more »

Meia-dúzia
Meia-dúzia
12 anos atrás

Opa, coincidência! Apareceu novamente o post!
Po, cara… vc tá levando em consideração só o combate urbano, e mesmo assim, cara, já existem tipos de blindagem que suportam um RPG fácil, fácil…Blindagem reativa é uma delas.
E manda um CC dar um tiro curvo, sem ser tenso, em alvo sem visada direta… barro.
Agora, manda um AP fazer uma FT… não dá certo, pouca mobilidade.
São bem diferentes.

JACUBÃO
12 anos atrás

Um helicóptero de ataque não pode ser derrubado por uma .50?????
Então me dêem uma .50 e coloquem um apache como alvo para ver como as hélices, cauda, cabides de armas e outros pontos do helicóptero vão para o espaço. Agora, o piloto sim, irá se safar dentro da sua banheira blindada que fica no canopi, rs.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
12 anos atrás

Mea duzia,

E o que o sr. me fala dos novos lança rojão equipados com ogivas em tandem, desenvolvidos especialmente para vencer a blindagem reativa???????

abraços.

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Amigos

Eu não vou falar de outros países,mas para o Brasil eu já acho que CCs já não são mais aquela maravilha,mas é claro que eles podem ter alguma eficiência,mas concordo que com aeronaves com capacidade para ataque ao solo(AMX e ST por exemplo)dará uma grande matança de tanques.

Sobre o seu armamento,lembramos que haverá uma versão do URUTU III 8×8 armado com canhão 105mm,isto pode ser mais eficiente e econômico do que operar CCs,já que no nosso TO blindados pesados teriam grande dificuldade logística.

Abraços.

Cantarelli
Cantarelli
12 anos atrás

E tem gente que dis q os EUA nao tinham interese no iraque! rsrss

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Marlos, Não existe avião, helicóptero, qualquer coisa que voe, que atingido por uma rajada de calibre .50, possa repelir seus projéteis! Apaches, Mi-28,s Kamovs, Tigers… quando atingidos nos rotores e cauda ficam em pedaços, certifique-se melhor antes de falar coisas absurdas como “helicopteros de ataque resistem a até 23mm” maior bobagem que já ouvi neste blog, com respeito, vá falar com qualquer militar da FAB ou EB e afirme isso, terá uma risada bem no meio da fuça! para seu conhecimento um AH-64 foi derrubado por tiros de 7,62 no Iraque, disparados por AKMs e AKs, numa espécie de “emboscada”… Read more »

Marcos T
Marcos T
12 anos atrás

Durante a guerra fria o maior temor dos paises da Otan era uma invasão massiça de forças blindadas por parte da União Soviética, pois a unica forma de para-la seria com um ataque nuclear. Na recente invasão da Georgia, algumas peças AA negaram o controle do espaço aéreo à Russia. Com o desenvolvimento de misseis AA Hiper rapidos que voam Mach 5 a 10, poderá se fechar o espaço aéreo com apenas algumas baterias AA. CONCLUSÃO: Nenhuma arma é totalmente perfeita, obviamente um MBT não é páreo para Helicóptero de ataque, más apenas um infante armado com qualquer arma portatil… Read more »

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Devolvo a pergunta a quem questionou a necessidade do Brasil ter MBTs. Para que os Estados Unidos precisam de M1A2 Abrams, para atacar o Canadá, o México?
Para que a Alemanha necessita dos fantásticos Leopard 2A4, para atacar a França, a Itália, ou a Austria?
Por favor…

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

A Operação Iraq Freedom foi baseada pricipalmente nas forças de deslocamento rápido cavalaria blindada M1A1…

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
12 anos atrás

Wolfpack, a Alemanha gosta mesmo é do Leopard 2A6.

Meu sonho de consumo para o EB, mas dizem que as pontes não aguentam………

Higgins
Higgins
12 anos atrás

Tempos atrás vi no Base Militar, post com fotos da nova cavalaria blindada iraquiana, equipada com os T-72 revisados. Normal… Como também é natural, que os americanos empurrem os M-1’s para um governo títere… Vão comprar deles, os spares… Normal. Anormal, é dormitarmos no cenário dos MBT’s! É bem verdade, que num cenário restrito em termos de fundos, o EB priorize o Blindado sobre rodas. O que não quer dizer, que a questão dos nossos tanques deva ser postergado para muito adiante. Além do mais, cumpre dizer, que o território nacional é vasto e não apresenta apenas o ambiente de… Read more »

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Os cara viajam muito…

Celio Andrade
Celio Andrade
12 anos atrás

O Iraque reformou unidades do cascavel…

Patriota
Patriota
12 anos atrás

“pega todos os tanques a2a4 do chile e manda nosos helicoteros ou só tucanos armados com fguetes de 70mm, iria ser um massacre, basta atacá-los por trás onde a blindagem é menor, não sobraria um sequer, pode tercerteza disso.”

E os F-16 chilenos ficam aonde nessa história ?

será que é tão facil assim ?

O fato é que os MBT’s ainda são necessarios em combates terrestres, podem ser empregados de forma eficiente contra edificações e em apoio as forças terrestres podendo ser um recurço de grande valor em um conflito convencional.

Meia-dúzia
Meia-dúzia
12 anos atrás

Vassili,
Lança-rojão com ogiva pra acabar com a blindagem reativa? É, aí fud…. é a arte da guerra…rs Conseguiria me passar mais alguma informação, sites sobre o assunto? Valeu!
Abraço!

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Marlos, desde quando um foguete, sem ter tecnologia perfurante (não coneço nenhum artefato deste no mundo utilizado para destruir tanques), de 70mm, garante a destruição de um MBT??? não viaja amigo! foguetes de 70mm lançados pelos aviões da FAB não são adequados a destruição de MBTs, são usados contra edificações básicas e anti-carro e pessoal! nada de MBTs! precisa ter capacidade perfurande APDSF, e até mesmo munições de 90mm APDSF podem não parar um MBT moderno! é uma das razões do canhão de 120mm…

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

E esta dos Leopard Chilenos… por favor… qualifique mais as coisas!

Últimas Notícias

Saab recebe pedidos de Carl-Gustaf M4 e munições

A Saab recebeu pedidos para o rifle sem recuo Carl-Gustaf® M4 com munição incluída. O valor do pedido combinado...
- Advertisement -
- Advertisement -