quinta-feira, agosto 5, 2021

Saab RBS 70NG

Chile formará novo Batalhão de Artilharia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Defense Security Cooperation Agency dos EUA anunciou no dia 12 deste mês, uma requisição oficial do Chile para compra de obuses autopropulsados, radares de artilharia, veículos blindados, armamentos e diversos outros equipamentos para um novo batalhão de artilharia mecanizado. O Exército Chileno já opera o M-109 e esta nova compra poderá dobrar sua frota deste obus autopropulsado de origem norte-americana.

O valor desta requisição poderia chegar até Us$ 275 milhões, uma vez que o contrato negociado inclui :

  • 2 AN/TPQ-37v3 Firefinder radar que tem a capacidade de rastrear um projétil mesmo ainda em sua trajetória balística.
  • 12  M109A5 e 12  M109A3 Canhões autopropulsados de 155mm.
  • 1,968 projéteis M107 155mm “Standard High Explosive” (HE).
  • 896 projéteis de longo alcance M549 HERA 155mm “rocket-assisted”.
  • 12 metralhadoras M2 .50 cal.
  • 12 lançadores de granada MK19 40 mm.
  • 18 veículos brindados de transporte de pessoal M113A2.
  • 06 veículos de comando M577A2.
  • 24 veículos logísticos M548A1.
  • 02 veículos multi-propósito HMMWVs M1165A1.
  • 02 veículos HMMWVs M1152.
  • 02 conjuntos de medição metereológica AN/TMQ 41 (MMS).
  • 28 sistemas de camuflagem.
  • 04 veículos de suporte e carga (5 ton.)

O contrato inclui também, treinamento para a artilharia, treinamento mecânico, kits de ferramentas, geradores, manutenção e reparos, equipamentos de apoio, publicações e manuais técnicos, e treinamento de tripulações.

A versão A3 do M-109 é na verdade um upgrade da versão A1, fruto de 27 pequenas modificações e alterações conhecidas como RAM (reliability, availability, and maintainability) as mais significativas delas foram : a adição do canhão de cano “longo” M185 de 155mm, o aumento da capacidade de armazenamento interna da torre- que passou de 28 para 36 projéteis- e a inclusão de proteção balística do telescópio panorâmico.

Atualmente o Chile já possui uma frota de 24 M109 “KAWEST”, o qual é uma modernização feita pela empresa suíça RUAG, onde foram incluídos um canhão L47 com alcance de 27/36 Km, diminuição de 2 membros da tripulação –de 8 para 6 –, sistemas elétricos melhorados, adição de um sistema de navegação inercial dia e noite, sistemas de proteção anti-chamas , EMP nuclear e ameaças NBC.

FONTE/FOTO: Defenseindustrydaily  – Tradução: Baschera

- Advertisement -

24 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
virtualxi.phalanx
virtualxi.phalanx
12 anos atrás

Está virando costume pelas bandas da América do Sul o Chile humilhar militarmente o Brasil. Enquanto alguns passeiam pelo mundo tentando afirmar um poder regional que não possuem, junto com outros que já tem o poder nuclear como balança desequilibrante, outros afirmam o poder de forma real, adquirindo meios militares e melhorando suas forças armadas. Guerras não são travadas com paus e pedras. É necessário equipamento para isso. Sempre que vejo uma nova notícia a respeito do Chile, quando o assunto é militaria, vejo no horizonte de 10 anos o Chile como maior potência militar da América do Sul, em… Read more »

gaspar
gaspar
12 anos atrás

ai eu te pergunto, algumas baterias de Astros II ou III nao desempenhariam um papel melhor do que esses obuseiros ???
a Avibras ja est fabricando seu UAV, assim o mesmo poderia servir como “radar” ou obtencao de alvos para os Astros…
a mobilidade dos Atros eh muito superior aos M109, nao so mobilidade, acho que em tudo mesmo…

adlermedrado
adlermedrado
12 anos atrás

Começaram os latidos dos que tem complexo de vira-latas.

Marine
Marine
12 anos atrás

Gaspar,

O ASTROS tem uma funcao enquanto obuses tem outra. Em geral foguetes servem como um sistema de saturacao de aerea enquanto um obus e mais pratico em situacoes de danos colaterias e urbanas.

Entao o que ocorre e que um nao substitui o outro, e necessario ter os dois pois assim se complementam e cada um serve sua funcao.Imagine uma diferenca entre bombardeio de area e bombas guiadas.

SF!

Galante
Galante
12 anos atrás

Adler, lembrando sempre que os argumentos das pessoas é que devem ser atacados e não as pessoas que emitiram determinada opinião.

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Brasil come Farofa e arrota Caviar, Chile come Filé e arrota Filé! estas são a diferenças básicas.
A pergunta que fica é: Pq o Brasil não compra, prepara e come o filé tb?? pq quer arrotar o caviar?? se acaba sempre é comendo farofa mesmo!

Chile: projeto, trabalho, pragmatismo, ideais palpáveis = resultado concreto!
Brasil: confusão, sonho, pouco trabalho, falácias, utopias = resultado pífio e atemporal.

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Chile = Gasta-se 275 mil USD e tem-se um novo batalhão de artilharia, dos mais modernos do mundo. Brasil = Gasta-se a mesma coisa para idealizar um “sonho” complexo e consequentemente, sendo Brasil, utópico, e nada se realiza de concreto… só promessas… O que se tem de concreto mesmo, aqui, são os nossos líderes, os mesmo desde o fim da ditadura… como exemplo temos o agora “coitadinho” Sarney! isso é concreto! não se acaba nunca, The Mafia Rules! Dá-lhe Chile! mostre como se trabalha sério! talvez alguns amigos aqui do blog se convençam que não é vc o problema e… Read more »

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Francisco Prepare-se para um duelo rsrs Agorá é sério,o Chile faz o que está ao seu alcance,mas pelo menos nós estamos projetando a longo-prazo,ou vai me dizer que não? O Brasil atualmente está com o FX-2,helicóipteros,Submarinos e o mais importante,programas de longo-prazo!Ai eu pergunto,quando atualmente,não,melhor ainda,quando na história inteira do Chile eles se prepararam militarmente de forma “eficaz”?(quando digo eficaz eu digo:projeção,mão de obra qualificada e etc) Devo lembrar que nenhum de nossos programas foi cancelado,pelo contrário,o KC-390 e outros diversos programas militares do Brasil já tiveram seus investimentos iniciais. O mais engraçado e que quando houve aquela notícia da… Read more »

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

E digo mais,não podemos exigir tamanhoi desenvolvimento em questão de dias,pois lembrem-se,Roma não foi construida em apenas um dia.

Baschera
Baschera
12 anos atrás

Chamo a atenção para os radares AN/TPQ-37v3 Firefinder, inéditos na AL. Os mesmos, além de serem trasportáveis por carretas, possuem a capacidade de rastrear um projétil lançado pelo inimigo, calculando o ponto exato de origem das trajetórias e assim determinar onde se encontram as peças de artilharia do mesmo. Os chilenos aquiriram este material que descrevi na notícia com o intúito de se gabaritar em iguais condições materiais e de capacitação operacional com as tropas americanas e da Otan que, em breve, realizão exercícios conjuntos em território chileno. Não é atoa, que dizem -inclusive muitos colegas daqui- que os chiolenos… Read more »

Baschera
Baschera
12 anos atrás

Putz… trasportáveis não…. TRANSPORTÁVEIS. Desculpem-me….
Sds.

Daniel Camilo
Daniel Camilo
12 anos atrás

Gaspar e Marine Lí um artigo “O LANÇADOR MÚLTIPLO DE FOGUETES:UMA OPÇÃO PARA O CFN?”,do CF (FN) LUIZ ARTUR RODRIGUES NUNES, na revista O ANFÍBIO (anuário do CFN) do ano de 2001 e dentre muitas informações interessantes, uma me chamou a atenção, trata-se do Sistema ASTROS-CFN, do qual repasso alguns dados numéricos. Na matéria o autor corobora o que foi escrito pelo Marine, as armas se complementam. Adsumus!!! PS: Aos editores do blog, os parabéns pela idéia do cadastramento (mais uma vez, fantásticos) e, a sugestão para que publiquem aqui esta e outras matérias sobre o CFN. Forte abraço!!! Sistema… Read more »

Daniel Camilo
Daniel Camilo
12 anos atrás

onde lê-se “corobora”, leia-se “corrobora”. Abs.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Ulisses,

O Chicão AMX está viciado em vinho chileno, não tem jeito…hehehe

Chicão, guarda uma garrafa pra nós também, né?!!!…hehehe

abração aos dois

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Hornet e Ulisses! quando vierem a POA, vou aguardar vcs com um vinho nacional! de Bento! um Miolo! nada de Chileno! 🙂 Uma coisa é elogiar os caras, outra é cooperar.. rsrsrsrssss Eu elogio o time dos vermelhos, mas ontem fui corintiano desde quando era piazito.. rsrsrss como dizem: uma coisa é uma coisa, outra coisa é ser Gremista! rsrsrs Ulisses, falando mais sério, conheço estes projetos, como quase todos aqui, porém o amigo há de concordar comigo que são projetos apenas, são programas, que podem sofrer alterações e serem cancelados, dado a sua demora, sua “grandiosidade” que chama a… Read more »

Vassili
Vassili
12 anos atrás

Francisco, Eu entrando de paraquedas na conversa tua, do Ulisses e do Hornet; O Chile tem até mais motivos que nós para se armar até os dentes, visto que tem “assuntos” não resolvidos com o Perú e a Argentina. Entenda bem grande amigo, não estou falando que o Chili deve gastar 70% do PIB com armas e o Brasil parar todos os projetos de defesa em andamento por cá. Muito pelo contrário, quero é mais que as FFAA brasileiras se ergam novamente, que possam ter um poderio de defesa e ataque respeitável perante o Mundo, para que cessem algumas maluquices… Read more »

Vassili
Vassili
12 anos atrás

E, antes que me esqueça:

SABOTAGE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

RESISTANCE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Essa é para o Supremo Comandante Ulisses e para o nobre colega Hornet, que quando é obrigado pelas circunstâncias escolares, passa uma boa noite na casa de uma profi………………

Finalmente consegui me cadastrar no ForTe.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Chicão,

opa! Vinho do sul é uma oferta irresistível!

Um dia a gente precisava reunir os amigos todos aqui do blog pra tomar um vinho, uma cerveja, ou qualquer coisa assim…pra jogar conversa fora e bater um papo sobre os assuntos que gostamos. O Mauro já propôs isso uma vez…quem sabe uma hora dessas dá certo pra todo mundo…

Vassili,

valeu!

Resistance!!!

abração pros dois

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Baschera,
só complementando seu comentário sobre o radar AN/TPQ-37, ele além de ser usado no modo “contra-bateria”, ele pode ser usado como um radar de correção balística para os projéteis “amigos”, a exemplo do radar do sistema ASTROS, calculando a trajetória prevista com a real, para correção das bocas de fogo. Ele é capaz de prover dados de correção para várias peças.
Um abraço.

Francisco e Hornet,
Me chamem para esse chope que estão planejando. Eu juro que não vou beber muito. Só o mesmo tanto.rsrs…

Francisco AMX
Francisco AMX
12 anos atrás

Bosco, eu pensei que era tu que tava convidando, não é? ah quem convida paga, certo?! 🙂

Abraço grande professor!

Francisco

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Bosco meu amigo, vc tem cadeira cativa. Nem precisava se preocupar com isso.

Eu também não bebo muito…e nem pouco…só o de sempre…hehehe

abração

Vassili
Vassili
12 anos atrás

Vcs estão é com cara de pingaiada mesmo.

abraços.

Roberto CR
Roberto CR
12 anos atrás

Ôôô povo… eu estou a mil quilômetros de todo mundo mas abre uma “em memoriam” valeu… rsrsrrs

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -