Home Opinião As bases dos EUA na Colômbia e o Brasil

As bases dos EUA na Colômbia e o Brasil

3921
135

Silvio Queiroz

Deu menos repercussão do que seria de esperar — pelo menos até aqui — a notícia do acordo militar pelo qual os Estados Unidos terão direito a utilizar quatro bases em território da Colômbia, vizinho com o qual o Brasil compartilha 1.600km de fronteira amazônica. A localização das instalações é — como seria também de esperar — precisa do ponto de vista estratégico: uma delas está no litoral do Caribe, outra no Pacífico e duas no centro do país. O timing também é exato: no ano que vem, é possível que deixe o palácio, em Bogotá, o presidente Álvaro Uribe, a menos que prospere a emenda constitucional para permitir-lhe disputar o terceiro mandato.

Com Uribe, a Colômbia foi aliada preferencial dos EUA na América Latina, do ponto de vista militar, durante o governo Bush. Obama promete outra política externa, mas jamais desprezaria oportunidade tão conveniente para substituir a base aeronaval de Manta, no Equador, de onde os americanos se retiram em setembro, embora as operações estejam encerradas desde ontem — a cessão (por 10 anos) venceu e não foi renovada pelo governo de Rafael Correa, aliado de Hugo Chávez. O presidente venezuelano, por sinal, é outro que torce o nariz para o movimento de tropas gringas na casa ao lado. Em especial na base de Apiay, logo ao lado de Bogotá e a caminho das planícies orientais que levam à fronteira venezuelana, na bacia do Rio Orinoco.

Chávez anda comprando aviões, helicópteros, sistemas de defesa antiaérea e naval da Rússia. Já promoveu manobras aeronavais conjuntas no Caribe, marcando o retorno dos russos à região depois da Guerra Fria. E ofereceu a Moscou o compartilhamento de bases em território venezuelano.

Plano Colômbia: os gringos entram com as armas, nós fornecemos os mortos

Outdoor exposto em 2000 em San Vicente del Caguán, no sul da Colômbia. Na época, a cidade foi sede do fracassado processo de paz entre o governo do presidente Andrés Pastrana e a guerrilha das Farc.

Na moita

Nos últimos meses, a coluna ouviu manifestações insistentes de inquietação e interesse de diplomatas da região sobre a localização das bases colombianas onde os americanos se instalariam. Uma das opções que chegaram a ser mencionadas era a cidade de Letícia, no extremo sul, vizinha geminada à brasileira Tabatinga (AM). Mas, não muito longe da fronteira, os americanos já operam, sem muito alarde, em duas outras bases colombianas que foram equipadas pelos EUA com sofisticados radares. Larandia e Tres Esquinas (foto), ambas no departamento de Caquetá, são sedes de batalhões que formam a primeira Brigada Antinarcóticos treinada por instrutores americanos, no âmbito do Plano Colômbia.

Em meados de 2000, quando o Congresso dos EUA ainda discutia os termos do plano, os gringos já estavam por lá. Em uma das primeiras visitas feitas pela imprensa estrangeira a Tres Esquinas, um oficial americano estava ao lado do comandante da base para receber-nos na pista. Conversou discretamente com assessores do então presidente colombiano, Andrés Pastrana, e esgueirou-se para um pavilhão à parte do quartel. O general Mario Montoya, que chefiava Tres Esquinas e depois tornou-se comandante do Exército — caiu no ano passado, sob suspeita de ter cooperado com esquadrões paramilitares que combatem a guerrilha à margem do Estado —, só não topou falar aos jornalistas sobre os “hóspedes” do norte…

FONTE: Correio Braziliense

Subscribe
Notify of
guest
135 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Harry
Harry
10 anos atrás

Quanto ao nome, bem,!!!! deixa pra lá

Harry
Harry
10 anos atrás

Caro, RLobo, sei o que é miséria (falta de comida),
e a pobreza, a justamente que voce fala, a de valores e de cidadania não sei lhe dizer qual das duas é pior,
concordamos desta vez.

Ronin
Ronin
10 anos atrás

Isso é muito preocupante. Nao fico pensando em termos de invasões americanas no Brasil, mesmo pq para isso acontecer, é necessário muito investimento, retirar as tropas americanas no Iraque e no Afeganistao, criar uma nova justificativa, além é claro, de derrotar o EB.

A minha preocupação são as blackops na fronteira brasileira.

Nao gosto de pensar que há bases americanas na amazônia! Ainda mais tão perto da fronteira brasileira.

kamaleao474
kamaleao474
10 anos atrás

a preocupacao nosso nao e so com os americanos
tem muitos outros alem deles
o que falata e conciencia da populacao inteira
mostra o que esta acontecendo e trabalhar isso mais na formacao do cidadoes brasileiros

Harry
Harry
10 anos atrás

Que se dane eles com suas bases em caso de conflito pelo menos sei que já tem uns que poderemos mandar pro inferno.

Harry
Harry
10 anos atrás

Caros, Colombia não é Uribe, vamos torcer para que não passe do terceiro mandato.
Foi incapaz como presidente de unir o pais, essa conversa de paz, é conversa fiada, a Colombia continua dividida, não passa de um facista travestido de democrata, bem a gosto da EUA.
È o Alberto Fujimori, o Menen da Colombia.
Abs

angelo
angelo
10 anos atrás

Qual o problema de americanos na fronteira do Brasil? Eles sempre foram nossos aliados (vide 2ª Guerra). Temos de parar com estas teorias da conspiração. Me preocupa muito mais os “políticos brasileiros”, estes sim se esforçam para destruir o Brasil. Deveríamos nos preocupar com seus truques, negociatas e outras artimanhas que tem impossiblitado o Brasil de ocupar seu lugar na comunidade internacional.

joão
joão
10 anos atrás

esse e o mau todo mundo acha que eles são bonzinhos eles são muitos traiçoeiros A EB TEM QUE FICAR DE OLHO ABERTO

Sopa
Sopa
10 anos atrás

angelo

Concordo em numero gênero e grau !!!!

“Nas favelas não, ma no SENADO só sujeira pra todo lado”

Harry
Harry
10 anos atrás

Caro, Angelo durante a segunda guerra mundial, Brasil permaneceu neutro, Getulio Vargas nutria forte simpatia pelos alemães. Getulio mudou de opinião depois que navios mercantes foram afundados por submarinos alemães. Tinha condições o Brasil por conta própria saber quem afundou os subs? Ou alguem interessado falou que foi os alemães? Se foram os alemães, que povinho burro em? detonar com um simpatizante, digo, vários é so ler a história do Brasil nesta época. Existiu foi pressão e das fortes. No início dos anos 90, um documento reservado do Exército estadunidense tornou-se público, revelando planos de invasão do Brasil pelos Estados… Read more »

Bandeira
10 anos atrás

Me preocupa muito mais a atuação de senadores,deputados e judiciário, sem falar no presidente e alguns ministros

Wi
Wi
10 anos atrás

Na Colômbia: “…o Conselho de Estado manifestou preocupação com a decisão e pediu uma explicação pelo fato de o governo não ter consultado o Congresso. A oposição qualifica o acordo como uma violação à soberania. O pré-candidato presidencial pelo Partido Liberal qualificou a medida como ”um erro diplomático.” “O anúncio do acordo foi marcado pelos esforços do governo Uribe para amenizar desconfianças regionais. Mesmo assim, os vizinhos rechaçaram a medida.” “O general Freddy Padilha repetiu várias vezes que das bases não partirão missões “que projetem força em direção a outros países.” “No começo de abril, contudo, um documento das Força… Read more »

Luis
Luis
10 anos atrás

CONCORDO INTEIRAMENTE com o angelo, os USA são nosso parceiros o q tinha de americano na minha unidade tipo intercâmbio…….

NOSSOS inimigos são os POLÍTICOS de brasilia!!!!!!!!!

COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
10 anos atrás

Senhores, o Brasil tem sim de seguir com lupa os passos dos EUA em suas investidas militares por estas bandas. Afinal, vocês pensam que eles veriam com bons olhos o Brasil ou a Russia instalando bases no Mexico para supostamente ajuda-los no combate ao narcotráfico(que esta arrebentando com o Mexico por sinal)? Claro que não aceitariam uma explicação dessas, eles não são bobos, a priori são apenas bases para ajudar no esforço colombiano para erradicar o narcotráfico do país. Mas é claro que lá, eles terão equipamentos eletrônicos diversos(capazes de fazerem varias “descobertas´´) e “especialistas em assuntos´´ variados(sic). É sabido… Read more »

Wi
Wi
10 anos atrás

Sendo mais exato : “A região entre a fronteira nordeste do Peru e a fronteira sudeste da colombia…” ———————————– “…são treinados por norte-americanos especialistas em combates fluviais, na base de Riverine, em Iquitos.” “Foi criado também o Centro de Luta contra o Narcotráfico em Iquitos, Loreto, uma base antidrogas com pessoal estadunidense, em uma região na qual não operam os bandos traficantes…” “…Um especialista em inteligência, o coronel aposentado Jesús Suasnábar, afirmou que no Peru há uma clara ingerência militar norteamericana, como parte da política de Washington, de manter sua hegemonia no continente. Considerou que nesse cenário está a autorização… Read more »

angelo
angelo
10 anos atrás

Caro Harry: Realmente, houve pressão americana durante a segunda guerra, para que entrassemos do lado aliado, felizmente isso aconteceu. Ou você acharia melhor que o Getúlio Vargas tivesse se aliado aos nazistas e facistas? Quem afundou nossos navios, não tenho condições de precisar. Quanto ao Plano de Invasão Americano ao Brasil, se ficasse do lado Nazista, nada mais lógico para a época. Precisamos aprender que cada País defende seus interesses. Não só os EUA, mas a França (países africanos e Guiana), Rússia (Geórgia), Inglaterra (Malvinas) e outras mais. Parece que somente nós, bonzinhos, é que entregamos refinarias para Evo Morales,… Read more »

Patriota
Patriota
10 anos atrás

Acreditar que os americanos são bonzinhos e ajudam os países sem interesse é ingenuidade, temos que observar com atenção as tropas estrangeiras que estão atuando proximo as nossas fronteiras.

FelipeTP
FelipeTP
10 anos atrás

Acho engraçado como as pessoas adoram falar que os americanos vão roubar a amazõnia. É tão óbvio, as bases são para roubar a amazônia. Eles vão nos atacar para roubar a amazônia. Nossa! Nossa amazônia já vem sendo roubada a anos, seja por madereiros brasilerios, ongs estrangeiras e qualquer outra coisa. Inclusive, um dos que mais roubam, não são os americanos e sim os japoneses, que já roubaram muitas, inclusive tem centenas de patentes e nós temos que pagar para eles para usarmos. O que podemos fazer é ficar de olhos bem abertos a todos os movimentos de quem estão… Read more »

angelo
angelo
10 anos atrás

Instado pelo forista Harry, sobre a autoria do afundamento de navios brasileiros mercantes, se por submarinos americanos ou alemães, acessei o site: http://www.brasilmergulho.com.br. Naquele site, consta trabalho bastante elucidativo ho historiador Elísio Gomes Filho, bacharel e Pós-graduado em História do Brasil a respeito de tal assunto. Leitura muito interessante, com inúmeras referências bibliograficas sobre o tema.

Cinquini
10 anos atrás

Caro Harry, Você tem que tomar cuidado com “achismos históricos” pois isso acabo tornando real apenas boatos ou teorias loucas de um louco qualquer. A hora que vc encontrar uma prova sobre essa teoria eu gostaria muito que vc nos apresentasse, eu até faria meu mestrado em cima dessa fonte! Só para esclarecer, eu sou graduado em História e o meu Trabalho de Conclusão de Curso teve o seguinte título: “A Luta Anti-Submarino no Litoral Brasileiro 1942-1945”. Eu aconselho vc a ler o livro do historiador alemão Jünger Rohwer “Axis Submarine Successes of World War Two: German, Italian and Japanese… Read more »

klm
klm
10 anos atrás

Harry o que vc falo FAZ MUITO SENTIDO meu avo que trabalhava no arsenal de marinha contava que subs americanos com suasticas pintadas nas envergaduras AFUNDARAO navios Brasileiros. como o nossos Pais sempre foi enfluenciado por hoolyowod e tipico ver fulaninhos defendendo ate cueca que Americano e Bonzinho e so que o bem hahahahahahahaha.e uma pena que esa classe de cidadao Brasileiro nao sabe quanta riqueza da amazanonia ja foi ou esta sendo robada por eles em operasoes clandestinas de baixo do nariz das nossas autoridades ou ate vezes muitas ate pagas pra nao ver .bem como farsa dos subs… Read more »

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

Queimam e derrubam bilhões para ter alguns milhões……Agua…Recursos minerais…Petroleo….Gas…….Farmacia….Biomedicina…..Tudo sendo disperdiçado e esculhambado…..Fazendeiros….Madereiras…..Plantadores…Grileiros..Desrespeito e conflitos com os indios……”Ongs” a vontade…Corrupção brutal, cínica e absurda(Chico Mendes e a Freira estrangeira por Ex!Até hoje tudo do mesmo jeito1Pior na verdade)…Mal uso de tudo de todas as formas…Paises vizinhos fazendo burrices e outros dominados e manipulados………Até japoneses patentiando e se apropriando de tudo(PQP!Meu cupuaçu!)…Ta tudo dominado…..Tudo uma bagunça e uma baderna……Tudo um carnaval no lugar………Esta tudo perfeito para eles…….Por isso urubuzam…….Multiplas intenções ou possibilidades escusas, obscuras e má intencionadas por tras de um falso ou construido justo pretexto é algo antigo que vem… Read more »

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

Com toda essa miseria(Em todos os sentidos:( ……Sendo explorada e consumida pelas “piranhas”…..É natural e consequente que os tubarões touro comecem a surgir e a espreitar…………Se preparando e esperando o momento ideal e oportuno para atacar e estraçalhar com tudo……

Felipe Cps
Felipe Cps
10 anos atrás

Pessoal, o medo da Colômbia e o medo dos EUA na Colômbia não é o Brasil, mas sim um paizinho bolivariano a nordeste… E não são cinco míseras bases que tem a capacidade de tomar 4 milhões de quilômetros quadrados do teatro operacional mais inóspito do globo. Fiquem tranquilos, que não são essas bases que podem acabar com a amazônia brasileira. O que pode acabar com a amazônia está mais no centro do país, na verdade no Planalto Central, como bem citado por alguns colegas…

Felipe Cps
Felipe Cps
10 anos atrás

Mas como seguro morreu de velho, podem ter certeza que o EB está de olho no que se passa do lado de lá da “Cabeça do Cachorro”… Na verdade, é a região do Brasil que tem a presença mais preocupada do Exército, muito antes de os americanos colocarem os pés lá…

Thomas D. Weiss
10 anos atrás

Nacionalismo canhestro, Xenofobia, Complexo de Inferioridade vis a vis os Estados Unidos, pobreza de ideas … quando vamos crescer …

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Nunca li tanta bobagem referente a instalação de bases americanas na Colombia. Eles sempre estiveram por perto e qual o receio. Oh meu Deus! ele querem tomar a Amazonia, invadir nosso território e sequestrar nossos índios… Por favor, acho que o Brasil deve se preocupar com outras coisas… Se os EUA têm algum problema na região este problema é o Chaves e olhe que a Venezuela é um grande parceiro na venda de petróleo para o Norte. Portanto, não se preocupem, os Estados Unidos não irão invadir Letícia. O que eles poderiam fazer é invadir o Maranhão e dar um… Read more »

Ivan
Ivan
10 anos atrás

Thomas, Vamos crescer quando aprendermos a defender nossos interesses. Bem entendido, NOSSOS INTERESSES como Nação, como Pais e como Povo. Obs: Alguns (muitos infelizmente) entendem nossos interesses de forma mais pessoal, tipo conta numerado em paraísos fiscais. Certa vez um experiente professor me disse que os americanos do norte defendem vivamente o “American Way of Life”… O problema é que nós não defendemos o nosso… Pois é isso, devemos defender o NOSSO. Outra velha lição: Países não tem amigos, tem interesses comuns… mas os povos podem ser amigos. Assim sendo, podemos acreditar que os EUA não são nossos inimigos… mas… Read more »

Ivan
Ivan
10 anos atrás

Onde está o Hornet que tem uma boa perspectiva histórica???
“Cadê” o Marine que conhece melhor o gigante do norte?

Precisamos “ouvir” vcs.

Thomas D. Weiss
10 anos atrás

Infelizmente Ivan, para muitos, ser Patriota inclui e exige o ódio aos outros

Se nao se sabe distinguir quem sao os seus Amigos, voce só tem Inimigos.

Ivan
Ivan
10 anos atrás

Thomas,

Infelizmente vc acertou…
O ódio é sempre o sentimento perverso, que começa por consumir o agente emissor.

Entretanto devo insistir que entre Países não há amizade, há interesses comuns, daí a importância de defedermos nossos interesses, mesmo que ao lado de aliados.

Mas registro que, para mim, Povos podem e devem ser amigos.

konner
konner
10 anos atrás

Desculpem os Srs., mas se existe realmente um problema para os EUA na America do Sul, este se chama Brasil, e isto é claro por questões óbvias. Os Estados Unidos suprirão em três bases militares colombianas as operações antidrogas que deixarão de realizar a partir da base equatoriana de Manta, segundo um acordo negociado por Bogotá e Washington. A Colômbia hoje virou um “quintal” dos americanos. A Colômbia e os Estados Unidos assinaram um acordo para que mais militares norte-americanos se instalem no país latino-americano. Seriam — 800 militares e — ‘600 contratados estrangeiros’ nas três bases da Colômbia. O… Read more »

Ivan
Ivan
10 anos atrás

Em tempo, As Forças Armadas brasileiras aparentemente estão tomando medidas pragmáticas e focadas aos dois problemas levantadas neste post. Reforçando a presença naquela região. Acredito que, com a habilidade e profissionalismo dos nossos militares, poderá o Brasil utilizar estes eventos em nosso benefício. Como? – Construíndo as nossas bases de presença e vigilância, inclusive solicitando ajuda técnica e financeira dos EUA na luta “globa” contra o narcotráfico; (acho que fui um pouco cínico…) – Solicitando meios para esta necessária presença brasileira do lado de cá das fronteiras, impedindo uma rota de fuga e escoamento dos traficantes e seus produtos. Ajudaria… Read more »

Harry
Harry
10 anos atrás

Caros: LEIAM: “Ela começou a ser atacada antes da entrada do Brasil na guerra, por submarinos nazistas e fascistas, DEPOIS dele haver rompido relações com o Eixo, em 28 de janeiro de 1942” .
Ta aqui:
http://www.brasil2gm.hpg.com.br/htm/mercante.htm
Ou seja Quando os alemães viram que o Brasil saiu da neutralidade
passou a atacar os navios mercantes brasileiros.
Depois do Brasil declarar neutralidade, não sendo sufuciente
Brasil viu-se forçado a declarar apoio aos aliados, inclusive tendo a existencia de planos de invasão do Brasil caso não viesse a apoiar os americanos.
Abs

Gilberto
Gilberto
10 anos atrás

Ivan, Suas considerações são de extrema lucidez. Temos que pensar em termos de País, nosso País. Avaliar quais são nossos interesses e objetivos, criar um plano de longo prazo para nação e aí, traçar a estratégia e escolher os aliados. Não acredito em uma simples invasão americana da amazônia, pelo menos não a médio prazo. Hoje os EUA não estão em condições de abrir uma nova frente de batalha e não o terão enquanto não resolverem a questão do Iraque, Afeganistão, Coréia do Norte e Irã. Além do mais, sai muito mais barato operar através de ongs e incutir em… Read more »

Thomas D. Weiss
10 anos atrás

Entre as medidas que estamos tomado para fazer face ao Imperialismo Ianqui estao: motores da GE ou P&W para o KC-390 UH-60L Black Hawk SH-60B Sea Hawk modernizacao dos Tupi pela Lockheed Martin compra de torpedos Mk48 dos EUA compra de equipamento para apoio a Supressao de Defesas Aereas dos EUA pacote de suporte as operacoes no NAE Sao Paulo fornecido pela US Navy. quem sabe, compraremos os F/A-18E Super Hornet, a fim de nos defendermos das incursoes dos EUA sobre o nosso espaco Aereo. estamos prontos a enfrentar os EUA, e contamos com a ajuda dos EUA para isto.… Read more »

Harry
Harry
10 anos atrás

Caros, Fazer uso das mazelas de politicos brasileiros para justificar a postura EUA é desconhecer: “Quando Roosevelt chegou à presidência, já sabia o que queria: mostrar que quem mandava na América Latina eram os Estados Unidos” Sua Doutrina era Estrategia do Porrete ““Quando for visitar seu adversário, fale em voz baixa, mas leve um grande porrete nas mãos”. Em nome de uma missão de polícia do mundo que deveria ser exercida, POR DIREITO, apenas por decisões soberanas das Nações Unidas. Sinto saudades dos bons tempos em que a maior potência mundial era governada pelo simpático MENTIROSO Bill Clinton. Que afundou… Read more »

Harry
Harry
10 anos atrás

Caro Ivan é isso ai, afinal ao nosso pais temos nossas criticas, mas chegar ao ponto de faze-lo para justificar a posição America.
É o fim. (ai não adianta nem 300 Rafale)
Abs

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Têm gente aqui que viaja na maionese, e deve fumar algo muito pesado. Os Estados Unidos da América têm mais no que se preocupar. Isso tudo abaixo da Flórida para eles é lixo insignificante, infelizmente. Damos uma importância para a América Latina que não existe na realidade. Não somos tão importantes assim para os Norte Americanos. Temos que cair na real e enchergar que nossos problemas são somente nossos internos sem essa de colocar a figura do Big Brother como os maléfico Deus do Olimpo que mnipula tudo e todos por aqui. Por favor, que conversinha antiga. Os nossos problemas… Read more »

germa
germa
10 anos atrás

eu não estou preocupado com a guerra da amazônia AGORA. o que é complicado nessa história são as complicações econômicas, como por exemplo aquele boato que se o SU-35 fosse escolhido a embraer receberia sanções e dificuldades de comercialização nos EUA. (não quero polemizar a respeito) Se caso acontecesse,ficarias mais dependente ainda do setor primário.como resultado a devestação da amazônia seria cada vez maior e as chuvas no resto do brasil ficariam menos fequentes,afetando o sistema como um todo,políticos coronelistas teriam mais espaço no planalto e toda essa realidade de sociedade não industralizada viria a tona mas é evidente que… Read more »

germa
germa
10 anos atrás

wolfpack

a corrupção faz parte do sistema,na verdade só não é corruptível que não é humano.

Patriota
Patriota
10 anos atrás

Thomas

Ninguem confia plenamente nos EUA nem mesmo os europeus , não se trata de ter odio dos EUA mas sim de defender nossos interesses ,
a amazonia é citada como territorio americano em varios livros de geografia dos EUA , porem tambem esta certissimo aquele que disse
que a maior ameaça a soberania do Brasil vem do planalto central.

Azul&branco
Azul&branco
10 anos atrás

Se o Brasil não quer os Americanos na área, então deveria assumir sua responsabilidade como nação de 1ª linha e cambater o narco-terrorismo, o caudilhismo e a intromissão de forças extra-continentais na américa latina. Mas querer o que? Nem contra a gripe suina os cretinos que nos governam tem coragem de agir.

claudio alfonso
claudio alfonso
10 anos atrás

Não existe essa de aliado com os EUA, ainda mais se tratando de Amazônia! O Brasil que não se cuide para ver o que vai acontecer! Nunca precisamos mais do Chavez como alidado do que agora. Yanques go home!

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

“O que pode acabar com a amazônia está mais no centro do país, na verdade no Planalto Central” Se eles querem mesmo “salvar” a amazonia como muitos la afirmam então que invadam esse lugar……..O Planalto Central e o da Justiça……… ASSIM como as moscas mortas fazem exalar mau cheiro e inutilizar o ungüento do perfumador, assim é, para o famoso em sabedoria e em honra, um pouco de estultícia! Pondera A Vereda D Teus Pés E Serão Seguros Todos Os Teus Caminhos!Trabalhar com língua falsa para ajuntar tesouros é vaidade que conduz aqueles que buscam a morte! Como O Soltar… Read more »

COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
10 anos atrás

Senhor Wolfpack, bem vejo que admira os americanos, pois até o seu apelido no Blog é em inglês, digo que isso é normal. Oque acontece é que não podemos deixar nossa admiração nos cegar a ponto de não reconhecer fatos evidentes. É verdade que temos uma boa relação com os EUA(fato 1), agora é verdade que volta e meia, alguma autoridade ou personalidade americana vem a público e cogita a internacionalização da Amazónia(fato 2). É ingenuidade imaginar que os EUA não se preocupam com o aumento da influencia do Brasil não só na America Latina, mas tambem no mundo todo(fato… Read more »

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

“Nacionalismo canhestro, Xenofobia, Complexo de Inferioridade vis a vis os Estados Unidos, pobreza de ideas … quando vamos crescer”

El Salvador…Chile….Colombia…Iraque…Vietnã…Irã…Cuba…Mexico…Indios Norteamericanos(Verdadeiros Americanos)…”Latinos”…Negros…Racismo…Xenofobia…Etnocentrismo esclarecido…Embargos…Proteccionismo…Falsidade..Hipocresia…Manipulação…Meios escusos…Quando eles irão crescer…Quando algo em algum governo os incomoda o estado trata de dominar, destruir e liquidar com “tal incômodo”…Comummente atraves de terceiros…São vários os exemplos…Os Estados Unidos só perdem para a Alemanha em massacres a civis inocentes………….

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

Existe protecção demais em Brasilia……Deveriam tirar tudo desse lugar e por la no focinho…….

Jaique Sparro
Jaique Sparro
10 anos atrás

É PREFERÍVEL UM VERDADEIRO INIMIGO DO QUE UM FALSO ALIADO,SÃO SÁBIAS PALAVRAS.

Americano não é amigo de ninguém ,veja do Brasil.

Cor Tau
Cor Tau
10 anos atrás

Só para se ter uma ideia o proprio Mc Namara admitiu em uma entrevista “gravada” que inclusive passou em um documentario que vi….Que o japão ja estava dominado e que sua infra estrutura ja estava toda destruida antes da bombas nucleares serem lançadas…Relatou por exemplo que as casas deles eram todas de madeira e coladas umas na outras e que por isso bastou lançar algumas bombas incendiarias que incendiou com tudo…As bombas incendiarias tinham sido mais eficientes(Custo beneficio) na destruição de cidades do que as nucleares…Lançaram as armas nucleares apenas para auto afirmarem sua “superioridade e poderio” e fazerem terror………….