segunda-feira, outubro 25, 2021

Saab RBS 70NG

EUA anunciam que Exército terá 22 mil novos soldados

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Os Estados Unidos vão expandir temporariamente o tamanho de seu Exército com a incorporação de 22 mil novos soldados, devido ao esforço das mobilizações no Iraque e no Afeganistão. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo secretário da Defesa, Robert Gates.

“Com o firme apoio do presidente Obama, anuncio hoje uma decisão de incrementar temporariamente a força ativa do Exército em 22 mil homens”, disse Gates, em entrevista à imprensa.

O aumento será mantido pelos próximos três anos e as forças militares americanas saltarão para um total de 569 mil soldados em serviço.

“O Exército enfrenta um período onde sua habilidade de enviar brigadas ao combate rapidamente está em risco. Este é um desafio temporário que irá se desenvolver no próximo ano e se estabilizar nos próximos três”, conclui Gates.

O aumento nas tropas foi menor do que o plano apoiado pelo senador Joseph Liberman, que queria 30 mil novos soldados no Exército americano.

A infantaria da Marinha, que tem um contingente de 180 mil soldados, e o Exército são as duas forças militares mais comprometidas com os conflitos dos EUA no Afeganistão e no Iraque. O secretário disse a medida permitirá que o Exército agregue 21 mil soldados aos 35 mil que já têm no Afeganistão.

Durante sua campanha presidencial em 2008, quando havia no Iraque quase 160 mil soldados americanos, Obama prometeu que reduziria a presença militar no país em 16 meses. Desde então, ordenou o retorno de duas brigadas, e enviou três ao Afeganistão.

FONTE: Efe /Reuters /Associated Press

NOTA DO BLOG: Acreditamos que esse aumento de efetivo aconteça para repor os soldados afastados do serviço (feridos em combate, licenças médica) e os que estão cumprindo o tempo em casa depois de terem ficado no front.

- Advertisement -

15 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
konner
konner
12 anos atrás

[ ” NOTA DO BLOG: Acreditamos que esse aumento de efetivo aconteça para repor os soldados afastados do serviço (feridos em combate, licenças médica) e os que estão cumprindo o tempo em casa depois de terem ficado no front. ” ]

… ou não !!!

Marine
Marine
12 anos atrás

Konner, O blog esta certo. O Secretario Gates afirmou que a qualquer momento existem cerca de 30 mil que por varias razoes nao podem ser “deployed” e esse numero sao para cubrir os 30 mil. As razoes dadas sao cerca de 10 mil feridos fisica ou psicologicamente, 10 mil com problemas medicos como gravidez, dentarios ou outras coisas que lhes previne de deslocarem e mais 10 mil que acabaram de voltar do TO e obviamente nao serao mandados de volta. Agora com certeza vao aparecer os que acham que e tudo mentira, e que sabem mais sobre o estado das… Read more »

COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
12 anos atrás

Senhor Galante,

um toque, Brasil negocia mais helicópteros russos…

Caipira
Caipira
12 anos atrás

Ei Marine, não que a notícia se refira ao USMC, mas e você?
Pretende retornar ao front?

Azul&branco
Azul&branco
12 anos atrás

180 mil da “infantaria da marinha’?? Uééé…e artilharia, blindados, engenharia etc…

konner
konner
12 anos atrás

O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, declarou que o país pode mandar mais tropas do que o planejado para o Afeganistão até o final do ano.

Além disso, ele reafirmou que para este ano as tropas no Afeganistão não deve passar de ’68 mil soldados’, mas que “pode haver um pequeno aumento ainda [de soldados], porém não muito mais”.

Detalhe, isto foi dito na base Drum, no Estado de Nova York, a poucos dias.

Pesso perdão por discordar ‘Marine’, mas tem muito mais envolvido, talvez não tenha chegado até você aínda.

Marine
Marine
12 anos atrás

Caipira, Eu agora estou em um programa do governo em que eles me mandam de volta a universidade para que termine meus estudos e no futuro posa me tornar um oficial, entao por enquanto nao tenho previsao de voltar. Azul&Branco, O cinquini quis dizer 180 mil no USMC, mas o correto seria 202 mil. Konner, Claro que o aumento de 22 mil sao um produto das guerras mas a razao e que depois desses anos todos, varias baixas medicas comecam a ser sentidas… O soldado que antigamente servia 3-4 vezes na regiao hoje sao menos porque estao feridos, terminaram seu… Read more »

WDias
WDias
12 anos atrás

Marine disse: “Eu agora estou em um programa do governo em que eles me mandam de volta a universidade para que termine meus estudos e no futuro posa me tornar um oficial, entao por enquanto nao tenho previsao de voltar.” É… Em países centrais os próprios governos incentivam e subsidiam seus praças para evolução intelectual a fim de galgarem postos mais elevados no quadro de oficiais. E isso não é nem de longe um desprestígio ao setor operativo da força, vide o número de frentes de combate que, os EEUU no caso, travam atualmente… Que sirva de exemplo (?!) à… Read more »

Marcos T.
Marcos T.
12 anos atrás

Na minha opinião o aumento dos contingentes no Afeganistão é também para aumentar a pressão em cima dos Talibãs e estabilizar o país mais rapido, antes de começar a retirar tropas, decisão mais do que acertada ao meu ver.
Se tem uma força que pode acabar e vencer essa M…. de guerra é a infantaria o resto (aeronautica e blindados) se mostraram quase inuteis no tipo de campo de batalha montanhoso e cheio de cavernas que é o Afeganistão.
Acho que com a intensificação das operações estaremos vendo o fim dessa guerra nos proximos meses.

Marine
Marine
12 anos atrás

Marcos T,

Concordo que nos conflitos de hoje a infantaria ainda e a essencial para a vitoria, sendo que sem ela nao ha como tomar ou controlar territorio mas eu sou suspeito para elogia-la…hehehe.

Por mais que eu queira que voce esteja certo eu ja nao acredito que o conflito tenha acabado em alguns meses, eu pessoalmente acho que ainda va levar alguns anos.

SF!

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

WDias: Esse seu comentário foi eivado de erros, senão vejamos: “Em países centrais os próprios governos incentivam e subsidiam seus praças para evolução intelectual a fim de galgarem postos mais elevados no quadro de oficiais.” Amigo, conforme já expliquei aqui anteriormente, no que concerne ao Exército Brasileiro também há incentivo à educação continuada tanto do Oficial quanto do Praça da ativa, eis que o fato deles continuarem seus estudos após a “formatura” faz com que ganhem pontos na carreira, o que se traduz em melhor salário, melhores promoções e melhores transferências. Como também já disse, no EB há muitos Oficiais… Read more »

Palazzo
12 anos atrás
Jonas Rafael
Jonas Rafael
12 anos atrás

Marine, você acha que o Afeganistão vai dar mais trabalho que o Iraque?

konner
konner
12 anos atrás

[ “O número de mortes de soldados estrangeiros aumentou muito recentemente, o que levou a questionamentos na Grã-Bretanha sobre o envolvimento de seus soldados na guerra.” ]

[ “Joe Biden disse durante a entrevista que, pela primeira vez, as forças estão enfrentando diretamente os combatentes do Talebã em algumas áreas do país.” ]

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,guerra-no-afeganistao-vale-o-esforco-diz-vice-dos-eua,407167,0.htm

Djhone
12 anos atrás

VVai ter estabilidade aqui tbm

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -