segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Na Unasul, Chávez e aliados insistirão em sanções contra Uribe

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Documento final da União de Nações Sul-americanas deve omitir acordo militar entre EUA e Colômbia

Hugo Chávez e seus aliados regionais insistirão nesta segunda-feira, 10, em conseguir a aplicação de sanções para a Colômbia por conta do pacto militar com os Estados Unidos. Na véspera, chanceleres da União de Nações Sul-americanas (Unasul) não conseguiram chegar a um acordo para a imposição da medida e a declaração final que os líderes assinarão em Quito deve omitir a polêmica em torno da futura presença americana em sete bases militares da Colômbia.

As tentativas de Venezuela e Bolívia para que a união diplomática sul-americana sancione a Colômbia por ceder bases em seu território aos EUA não tiveram sucesso por conta da divisão entre os que criticam Washington e os que defendem o direito soberano de Bogotá sobre suas decisões internas. O presidente colombiano, Alvaro Uribe, não participará da reunião. Chávez, que chegou na madrugada desta segunda no Equador, voltou a desafiar Uribe, afirmando que ele teme “dar as caras” diante dos líderes da região por conta da suposta “traição” que cometeu ao impulsionar a ampliação de seus tratados militares com os EUA.

Mesmo ausente da cúpula de Quito – que transcorrerá em um período de apenas 1h20 nesta manhã -, o presidente da Colômbia será o centro do encontro formal e das conversas de bastidor. Deverá também ser o principal alvo de ataques dos líderes bolivarianos, que acompanharão o presidente do Equador, Rafael Correa, em um evento popular que celebra o início de seu segundo mandato

O principal responsável por impedir o consenso da Unasul sobre o rechaço ao acordo EUA-Colômbia será um representante enviado por Bogotá. Uribe não permitiu nem mesmo a ida do seu chanceler, Jaime Bermúdez, que seria o substituto natural do presidente e deveria estar presente, ontem, à reunião de Conselho de Ministros da Unasul. Desde março do ano passado, as relações diplomáticas entre a Colômbia e o Equador estão rompidas. A decisão foi tomada por Quito depois que o Exército colombiano atacou um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano.

Apesar das provocações e até mesmo das ameaças de guerra feitas nos últimos dias pelos países contrários ao acordo, sobretudo pela Venezuela, não houve consenso da Unasul em torno da proposta da Bolívia de inclusão de um parágrafo de “rechaço” ao acordo Estados Unidos-Colômbia. Representantes de Colômbia, Equador, Bolívia, Brasil e Chile tentavam fechar um documento à parte da declaração final sobre a polêmica envolvendo as bases militares colombianas. Essa foi a solução encontrada para o protesto da Bolívia sobre a polêmica parceria EUA e Colômbia na área militar. O documento paralelo, no entanto, não citará textualmente as bases – fala apenas em buscar “soluções pacíficas para problemas regionais nas áreas de segurança e defesa”. A omissão do acordo militar EUA-Colômbia no documento final representa uma derrota para os países bolivarianos (Venezuela, Bolívia e Equador). (Com Denise Chrispim Marin, de O Estado de S. Paulo)

FONTE: Estadão

- Advertisement -

36 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Harry
Harry
11 anos atrás

Caro, Germa – le monde diplomatique, onde? Seria interessante.
Abs

gaspar
gaspar
11 anos atrás

Felipe Cps,

quanto ao fuzil, o fuzil da decda de 60 eh muito pesado… hj em dia ele poderia ser fabricado com materias compostos, com “trilhos” para acessorios, etc…
conheco todas unidades “oficiais” do EB…
digo que dariam trabalho pois seus equipamentos sao “o sonho de consumo” de qq exercito, apenas isso…

MarcosT
MarcosT
11 anos atrás

-Quem deveria ter oferecido essa ajuda á Colômbia é o Brasil juntamente com Venezuela e Equador, inclusive disponibilizando bases ,equipamentos e tropas para atacar e sufocar a guerrilha, a partir daqui. Não gosto de bases americanas por aqui, más qual é a outra opção que a Colômbia tem? Apoio moral não vence batalhas. O Brasil perdeu a oportunidade de realmente se afirmar como lider da AL e mostrar que poderia sim, ser o país que estabilizou e uniu a Al, espaço esse que vem sendo preenchido por baderneiros bolivarianos com intenções no mínimo duvidosas. Más do jeito que é a… Read more »

Noel
Noel
11 anos atrás

MarcosT, concordo plenamente, analise séria, sem viajar na “maionese”, e sem radicalismos idiotas.
Realmente o Brasil perdeu mais uma oportunidade, como já é rotina; nem vale a pena enumerar as oportunidades anteriores, pois são muitas, e depois a culpa é de alguém e não nossa. Infelizmente a culpa é nossa sim, que não sabemos nos impor, seja com os yankees, com los hermanos, ou nem com nós mesmos como sociedade.
Só lembrando, que na política internacional, ou mesmo na nacional, não existe espaço vazio.
Sds

Harry
Harry
11 anos atrás

Caros, Uribe é um Presidente corrupto, com sua conta na Suiça abarrota de dolares, em que o povo não tem outra solução, espremidos entre as forças paramilitares, a policia corrupta, e as FARCs, é um lider do geitinho que o EUA gosta. Mantem o povo no cabresto enquanto a oligarquia politica e industrial mantiver as bases para os aviões espiões americanos controlarem o espaço aéreo inclusive brasileiro, agora, não precisa usar, mas fica o recado para o Brasil. A sim sem falar no petroleo Colombiano. Como já disse EUA faz sua defesa a partir do territorio dos outros. O resto… Read more »

Harry
Harry
11 anos atrás

Caros as Forças Nacionais estão atentas.
Brasil sempre.
ABs

Harry
Harry
11 anos atrás

Caros Obama mostrou sua cara verdadeira, ou sera que ele não tava sabendo? outro alguem ta mandando mais que ele?
Então que se cuide americano adora mater presidente.
Abs

germa
germa
11 anos atrás

felipe cps, curti a sua resposta ao klm,e se eu escrever mal me avise. hehehe Hugo Chavez é o “Le coeur de la mer”! cada vez que ele fala em guerra, em armar as farc,revolução bolivariana…Ele nos proporciona uma chance nova de gerarmos muitas techs, empregos, crescimento economico e etc… investindo nas nossas forças armadas e políticas de influência. os americanos já viram isso faz tempo e buscam essa interferência até como uma maneira de nos ajudar.(ironia) hehehe O que na verdade seria o melhor presente no mundo caso os Yankees batessem na venezuela como fizeram no iraque(sem um verdadeiro… Read more »

germa
germa
11 anos atrás

alguém ja assistiu aquele filme (muito bom) o senhor das armas??
é o que eu penso,quem sabe não tenha sido nem o EL CHAVO ou alguém das
armas venezuelano,pode ser um arms dealer qualquer.

off topic 2:alguém le o le monde diplomatique??
a matéria de capa é sobre o END.emtão se alguém se candidatar envias para o galante postar.

abs 😉

Plinio
Plinio
11 anos atrás

A situação entre os países da colombia e venezuela esta se agravando acada dia, caracas fala de guerra mas não fara nada, o Hugo chaves parece um cachorro late mas não faz nada. Por outro lado os paises da america do sul não deve deixar a colombia finalizar esse acordo, creio que devemos respeitar a soberania de cada nação e aceitar suas decisões internas, porem não podemos fechar nossos olho e fingir que nada esta acontecendo, deixar esse acordo EUA-Colombia se realizar reprezenta uma ameaça eminente para toda as nações, especialmente para o Brasil que tem uma forte reserva de… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Caro KLM:

Perdoe-me, mas a partir de hoje só respondo comentários que contenham menos de 10 infrações contra a última flor do Lácio. O seu comentário passou em muito da cota.

Saudações.

Marine
Marine
11 anos atrás

Alguem ai no Brasil teve a oportunidade de ver quando foi noticiado que a Suecia confirmou que os lanca-rojoes anti-tanque capturados pela Colombia em um campo da FARC foi originalmente vendido pela Suecia a Venezuela em 1988?

Entao das duas uma, ou Chavez esta suprindo equipamentos a FARC ou suas FAs nao tem controle do seu inventario…

Sem contar que o acordo dos EUA e Colombia nao muda nada a lei americana que proibe mais de 1.400 militares e civis estacionados no pais. E ainda tem gente que acha que 1.400 representam alguma ameaca ao Brasil…

Sds!

Joel
Joel
11 anos atrás

Acho que na Unasul tem que ficar bem claro que se lamentamos que a Colombia possua bases americanas na região, também não aprovamos que Chavez ofereça bases aos Russos.

O que querem reinventar a Guerra Fria?

Joel
Joel
11 anos atrás

OI Marine,

Creio que ocorre o segundo caso, corrupção e roubos em forças armadas de 3° mundo é muito comum, vide os arsenais dos morros Cariocas, encontra-se fuzil Boliviano, metralhadora Paraguaia e arma de tudo quanto é lado.

Se o Chavez fosse armar as Farcs não seria apenas com um punhado de lança-rojões.

gaspar
gaspar
11 anos atrás

Marine, tb acho que os soldados vendem os armamentos… certa vez li numa revista alema(Stern) de que os proprios soldados israelenses vendiam armas aos palestinos e libaneses… foi uma reportagem longa… pra resumir, os soldados vendiam as armas aos palestinos com o consenso de seus superiores… os superiores alegaram que todos os rifles que “sao vendidos” aos palestinos tem um defeito no cano, assim que a arma eh disparada ela explode ferindo gravemento o inimigo… porem os palestinos ja sabiam desse defeito, e assim que adquirissem as armas esses tais defeitos feitos pelos israelenses eram “liquidadoss” e a arma ficava… Read more »

Marine
Marine
11 anos atrás

Gaspar e Joel,

Tambem acho que seja o mais provavel a corrupcao nas FAs deles para explicar isso. Gaspar, vou entender sua afirmacao como um elogio as capacidades das forcas citadas por voce.

Eu pessoalmente ja estive na base de Cartagena e talvez naquela outra proxima a ela quando estive na escola de contra-guerrilha do CFN colombiano, nao ha nada de especial ou de alarde nessas bases que justifique essa tempestade em copo d’agua feita pela midia. As tropas do Imperio do mal nao estao a caminho da Amazonia brasileira, fique tranquilo…

Abracao!

z.garcia
z.garcia
11 anos atrás

leopard para segurança de fronteira… que viagem deste ‘BLOG DO VINA’.
os leo são substitutos dos M-41. Não cai nessa bobagem desse blog gaspar!!!

klm
klm
11 anos atrás

AMERICANO E BONZINHO E SO QUE AJUDA
NAO ME ADIMIRO QUE PASSE ISSO NO CELEBRO LAVADO E AMERICANIZADO DO
felipe cps hahahahahahahaha
como influncia da midia YANKE pode ter influnciado tanto a cabesa dos Brasileiros

Chacal
Chacal
11 anos atrás

desculpar é Reunião

Excel
Excel
11 anos atrás

Engraçado como ninguém fala de sanções contra esse moleque, o chavito.

AJS
AJS
11 anos atrás

Esse tal de Chaves, se tivesse algo de roxo e de fato não quizesse saber dos EEUU, romperia todos os laços comerciais com aquela nação.
Naquilo que lhe interessa, serve, é servido e fica caladinho com o rabo entre as pernas.
Só faz palhaçada.
Sds.

Rodrigo Marques
Rodrigo Marques
11 anos atrás

Po Felipe CPS!!!

Você não deixou eu escrever nada!!!
Onde assino?

gaspar
gaspar
11 anos atrás

acabei de ler em um outro blog (Blog do Vina) que o Brasil adquiriu 250 tanques Leopard 1A-5 para fazer a seguranca das fronteiras…
e por que nao fazer a seguranca das fronteiras com o Astros ???????
500 mil dolletas cada tanque usado…
lamentavel

Fábio Max
Fábio Max
11 anos atrás

O presidente Lula caiu fora da reunião bracaleone da Unasul antes que se iniciassem os contatos bilaterais e se falasse em sanções contra a Colômbia por conta das bases americanas. E os bolivarianos de m… ficaram a ver navios, porque, se o Brasil não condenar alguma coisa na AL, o resto, incluindo a Argentina (país cada vez mais parecido com a Bolívia), é tudo de uma irrelevância de dar dó! Chaves, Morales e o idiota Equatoriano podem condenar o que bem entenderem, porque o resultado é o mesmo de não condenar: só tem alguma importância para seus umbigos sujos! Na… Read more »

Wi
Wi
11 anos atrás

Os EUA não querem caçar traficantes, caso quisessem, teriam feito a tempos.

Estão na Colômbia há muitos anos e o tráfico só aumenta… As Farc estão perdendo a guerrra e o tráfico aumentando.

A polícia boliviana recentemente descobriu um enorme laboratório de refino.
A DEA americana esteve muito tempo por lá e nunca percebeu o tal laboratório.

O narcotráfico é o bode que serve aos interesses americanos. As Farc, também.

É como o tal do Bin Laden, dizem que mora numa caverna… rsrsrs – Mas o mito de estar vivo e comandando ataques terroristas serve aos interesses do establishment anglo-americano.

Wi
Wi
11 anos atrás

Muita desinformação… será proposital ? Lendo as declarações do governo norte-americano, lembrei-me do Vietnã no início da intervenção americana: “Vamos enviar apenas 600 assessores para auxiliar o gov.sul vietnamita…” E deu no que deu. Uma geração de guerra a mais, após Diem Biem Phu. E o congresso americano também tinha que autorizar os aumentos de efetivos. Aos que duvidam, recomendo assistir a biografia de R. Macnara. Para um país ,cujo presidente, Uribe, afirma publicamente que as FARC estão derrotadas, e o tráfico sob controle,o que vem a ser essa “ocupação pacífica” do território colombiano? É clara e antiga a intenção… Read more »

Wi
Wi
11 anos atrás

A Venezuela, com Chaves, é boa de retórica, mas não ameaça ninguém. De acordo com o “Ranking do Poder Militar na América do Sul – 2007 / 2008” , elaborado pelo ‘Military Power Review’, “onde foram analisados fatores militares, econômicos e geopolíticos de cada país”. A Venezuela estáva até 2008, em 6º lugar na escala de poder das nações da América do Sul. Entre os 7 primeiros, a frente apenas do Equador… Os acordos fora da área de influência americana decorrem mais das atitudes americanas do que de ideologia chavista. Sua deposição, mal sucedida, urdida e apoiada pelo EUA, estabeleceu… Read more »

ARC
ARC
11 anos atrás

Nós estamos preocupados com os EUA próximos da Amazônia brasileira porque nós (o estado) não fincamos definitivamente a bandeira brasileira lá. O que garante a a soberania brasileira na Amazônia são os brasileiros que vivem na amazônia que as ONGS e a Funai querem expulsar

luis
luis
11 anos atrás

ME desculpe quem não concorda mas já tem americanos pra caraca na colombia e o Brasil em especial as FORÇAS ARMADAS sempre foram parceiras dos Americanos, invadir iraque, vietna, afeganistão é uma coisa um pais da america latina é outra coisaaaa……

Abraço

luis
luis
11 anos atrás

Agora, eu concordo sobre o fato dos americanos quererem aumenta sua influencia na região com 4 FROTA E BASES EM TERRA…. ou voces acham que eles gostaram de ver bombardeiro russo em CARACAS???

O puttin é foda só ele daria jeito no brasil, vamos cloná-lo..hahaha

abraço

Jairo
Jairo
11 anos atrás

É isso ai, fora os gringos, yanques go home, a partir de hoje não bebo mais coca-cola, nem vejo mais filme, nem bebo mais whisky, e… epa, epa, epa, pera ai, whisky pode ou não, ou pode se for scotch, mas também é saxão, tá complicando, acho que pode o pessoal do PT bebe né, ou não pode?
Fala sério cara, Brasilia cheio de escandalos, o Rio, Vitória, Recife na mão da bandidagem, escolas públicas num misere de dar dó, estradas dos nossos sertões largadas, FORÇAS DESARMADAS, e neguinho preocupado com gringo, haja paciencia.

gaspar
gaspar
11 anos atrás

Felipe Cps,

o meu comentario foi um elogio as unidades citadas e tambem uma indireta ao Brasil…
o EB ADORA DIZER QUE JA FORMOU MAIS DE 4 MIL COMBATENTES DE SELVA…
parabens, mas quantos estao na ativa ??? 100 ?? 120 ????
utilizam o mesmo fardamento que eh utilizado no Sul doa Pais…
fuzil da decada de 60…
e por ai vai…

Silas
Silas
11 anos atrás

O Brasil tem aceitado, sempre alegando respeito à soberania dos países envolvidos, as democraduras de Chavez, Morales e companhia, que transformaram as democracias de seus países em ditaduras disfarçadas, com reeleições ilimitadas e censura explícita a imprensa. No caso da Colômbia, creio que também um país soberano, que luta com o narcotráfico e as FARC (que usa bases no Equador e armas “roubadas” do Exército venezuelano), não pode acordar com outro país, que parece-me ser soberano e democrático, os EUA sobre bases militares em SEU território?!?!?!? Claro que bases militares aumentam o poder militar do Império estadunidense na América do… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Gaspar: nem por isso você precisa dizer um absurdo destes, que 1.400 SEALS, SAS, Deltas, ou qualquer diabos de unidade “especial” que seja iriam subjugar um exército do tamanho e pujança do Exército Brasileiro. E amigo: um fuzil da década de 60 mata tão bem quanto um moderno, ok? (aliás, o FAL utiliza Cal 7,62 X 51mm, o mais poderoso calibre de arma portátil ainda em utilização em larga escala no mundo)? E o camuflado do EB funciona razoavelmente bem para um ambiente de selva. Quanto a unidades brasileiras de elite, procure saber mais sobre a Brigada de Operações Especiais… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Gaspar:

“e quanto a 1400 marine, seals bem treinados, dao conta sim do Brasil, infelizmente…”

Preciso responder ou foi só um elogio ao Marine?

Sds.

Marine
Marine
11 anos atrás

Felipe Cps,

E como eu disse, vou levar apenas como um elogio, apesar de que 1.400 Marines e SEALs dariam trabalho pra qualquer exercito do mundo e militarmente e obviamente impossivel que esse numero represente qualquer ameaca ao Brasil.

Abracao!

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -