segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Dinheiro para reaparelhamento do Exército tem redução de 23,91%

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Força negocia aprovação de créditos especiais de R$ 1,65 bilhão

A previsão de que o Congresso terá que definir cortes mais fundos do que nos anos anteriores para ajustar a proposta orçamentária que veio inflada do Executivo – o rombo a ser preenchido nas despesas da União poderá superar a casa dos R$ 10 bilhões, pelos cálculos iniciais dos consultores de Orçamento – colocou de prontidão a área da Defesa. As articulações com o relator setorial, deputado Francisco Rodrigues (DEM-RR), são para poupar os planos de reaparelhamento de cada Força.

O mais prejudicado na proposta do Executivo para o próximo ano foi o Exército. Detentor do maior orçamento, em função dos gastos com pessoal, e do menor volume de investimento – R$ 757 milhões – entre as três Forças, o Exército só obteve R$ 361,18 milhões para seu reaparelhamento. Ou seja, uma redução de 23,91% em relação a este ano.

Para turbinar essas cifras, a alternativa que está sendo negociada com o Ministério do Planejamento prevê a solicitação ao Congresso de quatro créditos especiais, que somam R$ 1,65 bilhão. Votados nesse final de ano, os recursos ficariam assegurados para o próximo exercício. O de maior valor, segundo informações do general Gerson Forini, responsável pela área de economia e finanças do Exército, alcança R$ 619 milhões para a compra de foguetes de longo alcance lançadores do sistema Astros, radares de vigilância e mísseis antiaéreos.

Outro, de R$ 302 milhões, vai garantir a recuperação de carros de combate e a fabricação nacional pela Fiat-Iveco de protótipos e de um lote piloto de 16 viaturas da nova família de blindados conhecidos como Urutu 3. A meta, conforme Forini, é a fabricação de 2 mil blindados em 20 anos. A proteção da fronteira terrestre da Amazônia, com novo sistema de vigilância eletrônica, responde pelo pedido de crédito de R$ 374 milhões. Outros R$ 363 milhões foram solicitados para modernizar a frota de veículos, com compras de 1.720 viaturas.

O Exército tem enfrentado fortes restrições orçamentárias. Este ano só incorporou 50 mil homens, adotando medidas emergenciais, como a redução do expediente por duas semanas. Perdeu R$ 342 milhões do orçamento de 2008 e luta para descontingenciar R$ 229 milhões deste ano para reforçar o sustento da tropa. Só a alimentação está orçada em R$ 274 milhões para 2010. Se esses recursos forem garantidos, o Exército poderá executar, segundo Forini, seu plano de recrutar 70 mil homens no próximo ano.

FONTE: Jornal do Senado

- Advertisement -

22 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
luis
luis
11 anos atrás

Normal, enquanto não tiver um COMANDANTE no EB é isso aí.

abraço

ARC
ARC
11 anos atrás

Isso não é responsabilidade do comandante do EB, é do Ministério da Defesa

luis
luis
11 anos atrás

Ministerio so serve pra criar mais cargo, e mamar na teta do governo, ou o EB exige o que é de direito ou fica nessa……

abraço

Esdras
Esdras
11 anos atrás

Al guem sabe se esse foguete de longo alcançe lançado do sistema Astros poder ser o AV/MT-300, o matador?

Bruno Rocha
Bruno Rocha
11 anos atrás

É incrível, e isso depois de sermos eleito para a porcaria da olimpiáda. Essa olimpiáda vai gastar o dobro do planejado, 5biR$,e olhe só, o que custa dar pelo menos 1biR$ para cada força, isso é ridículo, onde o governo acha que o Brasil vai crescer sem defesa? A é! Nem ligam! O que importa é mama nas tetas do estado. E olha esse superfaturamento das olimpiádas. E nem falei da Copa ainda. Digo olimpiáda, pois esse é jeito do brasileiro ter que aguentar isso, é como os pagodeiros falam, tem que rir para não chorar. Que lastima! Que inferno!… Read more »

fullcrum
fullcrum
11 anos atrás

“…para a compra de foguetes de longo alcance lançadores do sistema Astros, radares de vigilância e mísseis antiaéreos.”
Alguém pode me dizer se esses mísseis são de médio alcance ou sistemas portáteis e se vamos comprar mais sistemas Astros ou somente foguetes!!!

renato prates
renato prates
11 anos atrás

senhores nas proximas eleições lembremdeste nome deputado FRANCISCO RODRIGUES este “politico” esta desviando verbas que são destinadas as forças armadas para cobrir gastos excessivos do poder executivo,,,,lembrem-se deste nome FRANCISCO RODRIGUES ele propõe que as verbas quesão destinadas para uma necessidade sejam desviadas para cobrir luxurias irresponsáveis…

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Esse o “reerguimento” das Forças Armadas promovido pelo Governo Federal do PT, conforme eu tive que ler tempos atrás de um idiota que participa dos Blogs…

PAPEL! É TUDO QUE O ATUAL GOVERNO FEZ PELAS FFAA!

No mais, dizer o que? Uma vergonha…

Paro por aqui pra não falar um palavrão.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

O EB é o primo pobre. As outras (MB e FAB) são classe F.
É uma fartura….. “farta” de tudo….. até a paciência.

Sds.

Renato Pratesj
Renato Pratesj
11 anos atrás

o elogio vai para os responsavies pelo blog com relação a reportagem sobre nosso magnifico blindado Osorio,,, estão de parabens,, excelente reportagem e aproveitando a deixa vocês podiam publicar outra reportagem, desta vez sobre o Tamoyo, que poderia ter tido um final diferente na sua historia…
valeu !!!

Samuel Henrique
Samuel Henrique
11 anos atrás

Será que em 2014 e 2016 o EB vai aparecer na televisão com urutu, FAL 7,62, capacete M1, M41 caxias, pistola imbel MD1 e com o padrão de camuflagem desatualizo(não que este padrão seja ruim, mas o atual comandante do EB disse em seu plano estrategico que iria tentar adotar um padão mais atualizado). Será????

um abraço!

Flavio
Flavio
11 anos atrás

Vamos esperar que liberem o crédito especial e que parem de contingenciar grana do Exercito.

Vão contingenciar no SENADO, NA CAMARA, ou casa da mão joana.

VirtualXI
VirtualXI
11 anos atrás

Típico exército de terceiro mundo. E as pensões enquanto isso, para a cambada, só aumentam.

Brasiillll illl illl illl. . .

brazilwolfpack
brazilwolfpack
11 anos atrás

O que teria sido surpreendente seria se isso nao tivesse ocorrido…assim,quem vai levar o Brasil a serio? Seremos sempre o pais do futuro…a republica de bananas.

RL
RL
11 anos atrás

Deus queira que seja o Matador, apesar de eu estar cético quanto a essa possibilidade pois nunca mais se ouviu falar sobre seu desenvolvimento.

Enfim.

Avg
Avg
11 anos atrás

hilário quando comparado com a notícia de cima.

AVG
AVG
11 anos atrás

É hilário comparando com a notícia de cima.

Getulio - São Paulo
11 anos atrás

Penso que o Exército está dentro do Ministério de Defesa. Cabe a este último alocar dentro do ano 2010 os recursos necessários para o setor dentro do END. O mais importante num orçamento são a criação de contas onde irão transitar os recursos. É possível que seja aprovado R$ 1.000,00 por exemplo para determinado assunto a ser gasto, e , no ano de sua execução ser remanejado recursos, inclusive extraordinários do tesouro para fazer frente aos compromissos do país. Se não tiver a conta no orçamento aí, sim, será um problema.

Getulio - São Paulo
11 anos atrás

A conta que eu disse, são contas de despesas orçadas. Por exemplo: conta numero tal para compra de 120 carros de combate. Conta de despesa aberta no orçamento aprovado de R$ 10,00 ou até R$ 1,00. Isto não significa que no ano da despesa só havera R$ 10,00 ou R$ 1,00. No ano da despesa o que importante ter haver aberto a conta de despesa aprovada no orçamento, para ser alocado os recursos para a compra dos 120 tanques, ainda que transferido do tesouro de forma extraordinária, como ocorre corriqueiramente.

Getulio - São Paulo
11 anos atrás

Nós estamos acostumados a pensar como assalariado que fica preso ao salário. Precisamos pensar como potencia emergente, que precisa crescer, criar e dominar mercados economicos e para tanto, precisa reforçar suas estruturas básicas, pois de nada adianta criar riquesas e deixar os “ladrões” levarem e aí, colocar tranca ou fechadura. Conforme o país está crescendo, estando entre as 10 maiores do mundo, a defesa necessariamente terá que ser estruturada face a demanda de proteção crescente. Caso contrário seremos salteados, as fronteiras invadidas como no fim do Império Romano.

Paulo Renato
Paulo Renato
11 anos atrás

Lamentável a situação do EB, precisa de atualização urgente.
Tem poucos Helis, carros de combate então nem se fala.
Os paraquedas são mas antigos que os pracinhas que desfilam em 7 de Setembro.
Já era para se estar desenvolvendo um novo osorio e umnovo Ogum para o exercito.

Lamentável….

Abs.

Drama
Drama
11 anos atrás

Tem que cortar mesmo se não como financiam as mamatas…Malditos!

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -