terça-feira, dezembro 7, 2021

Saab RBS 70NG

Lula insiste em ter acesso total ao acordo militar Colômbia-EUA

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Presidente recebe Uribe e diz que não deve haver segredo na integração

Ricardo Galhardo

SÃO PAULO. Embora tenha dito que ouviu tanto do presidente colombiano Álvaro Uribe quanto do americano Barack Obama a promessa de que as cinco bases militares a serem instaladas pelos Estados Unidos na Colômbia serão usadas apenas para o combate às Farc e ao narcotráfico, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer ter acesso total ao acordo entre os dois países. Segundo Lula, o Brasil vai propor que os países da Unasul tenham acesso total aos acordos militares dos demais membros.

— Não deve haver segredo nesse processo de integração que queremos fazer. Quando aconteceu a questão das bases, manifestei minhas preocupações ao Uribe e ao Obama.
O que nós queremos, Uribe e Obama concordam e não tenho por que duvidar deles, é que as bases sejam um problema interno da Colômbia — disse Lula, ontem, após encontro com Uribe na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Para Lula, o acesso dos demais países ao acordo entre EUA e Colômbia seria a solução para o problema. Em julho, ele mesmo manifestou preocupação com a instalação das bases e seus efeitos na região.
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou a falar em guerra.
— Espero que quando o acordo for firmado, a gente possa tomar conhecimento — afirmou Lula.

Uribe diz que não há motivo para suspeitas

Uribe garantiu que o único propósito da cooperação dentro das bases militares é ajudar na solução de problemas internos como a luta contra as Farc e o narcotráfico.
— A garantia vem dos processos históricos. A Colômbia jamais foi um país ofensivo.
Sempre temos sido profundamente respeitosos com o Brasil.

A Colômbia não tem um só motivo para gerar suspeitas— afirmou o colombiano.
Lula disse que vai propor a criação de um conselho sulamericano de combate ao narcotráfico com o objetivo de coordenar ações conjuntas.
Segundo ele, o Brasil também vai propor na Unasul que todos os países tenham acesso aos acordos militares dos demais membros.
Além disso, Lula anunciou ontem um encontro de cúpula entre os países amazônicos com o objetivo de tirar uma posição comum para o COP 15, o encontro de líderes mundiais que vai debater o aquecimento global, entre os dias 7 e 18 de dezembro, em Copenhague.

FONTE: O Globo

- Advertisement -

21 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
thiago98
thiago98
12 anos atrás

até que não é uma ma ideia

flavio
flavio
12 anos atrás

Se eu fosse o Uribe mandava o Lula pra bem longe

Base dos EUA na Colômbia é problema colombiano.

Ao invés de querer ser policial na terra alheia, nosso presidente deveria investir mais verbas em P&D e nas FA’s. Só assim seriamos fortes e não precisaríamos conhecer tratado de ninguém

lvieirasantos
lvieirasantos
12 anos atrás

Lula ta caçando e vai achar. o cara insistente. Pq ele nao preocupa com a bagunca que o trafico ta fazendo no Rio??

Cap Gancho
Cap Gancho
12 anos atrás

O Presidente Lula pode ficar tranquilo…;quanto a nós BRs…

O EUA gastou desde 2000,5 Bilhões de dólares na Colômbia e a produção de cocaina só aumentou e novos Barões do Tráfico reinam e são todos bons samaritanos.

Gastarão mais bilhões de dólares para plantar nas Bases Colombianas seus F-22 Raptor,F-35, Helicópteros Comanches todos Furtivos aos radares e etc…;

Tudo isso, para pegar e prender os NARCOTRAFICANTES e GERENTES DA BOCA que até o pipoqueiro e camelô da esquina sabe onde estam e moram;é igual no RJ,todo carioca sabe onde tem uma Bôca de Fumo menos a Polícia.

http://www.antoniocarlosdelys.com.br/1801.html

Felipe Cps
Felipe Cps
12 anos atrás

Esse cefalópode tá sem serviço… deve ser porque aqui no Brasil quase não acontecem tragédias neh?

Se eu sou o Uribe entregava a cópia do tal “acordo” pro Mulla, só prele parar de encher. Nada impede de haver um “segundo acordo” (secreto) rsrs…

Sds.

R. Delilian
R. Delilian
12 anos atrás

Não ele não está sem serviço e provavelmente nao sabe o que está falando… mas ele está em serviço e tenho plena certeza que isso esta sendo cobrado por pontos bem simples: Se os EUA tiverem uma base em terra fixa na america do sul, eles nao precisam de autoriazaçao pra levantar voo aki de dentro e quando notarmos eles poderiam se quiserem atacar algum pais… se nao fosse pela base, tal procedimento, necessitaria de um porta aviões ( para ataque em larga escala) fato que seria notado ate por quem mora na lua, pois nao existem porta aviões stelth.… Read more »

flavio
flavio
12 anos atrás

R. Delilian, ainda bem que pela democracia todos podemos ter opiniões. Realmente, eu não sou anti-americano, mas não gosto muito dos EUA. Agora, achar que eles vão montar uma base na Colômbia para invadir a america do sul, acho demais. Se quisessem fazer, fariam por porta-aviões, criariam cabeças de praia, desembarcariam quantos militares pudessem, e invadiriam. Essa de que ninguém perceberia se fosse pela base na Colômbia, não da pra engolir. Ora, se vão invadir, estariam pouco se importando se vão ver ou não. No ponto que você falou sobre eles usarem para atividades de menor porte e ilicitas, ai… Read more »

Cap Gancho
Cap Gancho
12 anos atrás

Acredito que certamente usarão os Porta-aviões.

Mais as Bases Colombianas são fundamentais para a invasão-ocupação da Trilhonária amazônia;nossa amazônia é um mundo de riquezas;

imagine a Logística para ocupá-la e manter a ocupação…

Acho que cabe uns 3 Iraques e 1 Afeganistão dentro da Amazônia.

Hélio Carvalho Barbosa - Gen Bda Ref
Hélio Carvalho Barbosa - Gen Bda Ref
12 anos atrás

Guerra à vista

O alerta é da ONU: graves conflitos entre nações deverão ocorrer no século XXI todas com uma causa comum – a escassez de água potável no planeta.

O mesmo alerta lembra que a maior reserva do planeta é a Amazônia, responsável por 21% das águas doces da Terra.

A guerra, aliás, já começou: não é á toa que nos EUA já existem mapas escolares mostrando o Brasil podado, sem a Amazônia e o pantanal. As duas regiões são identificadas como “áreas sob controle internacional”.

http://www.oquintopoder.com.br/soberania/ed48_VI.php

KeplerK
KeplerK
12 anos atrás

Parece uma boa política para a região. Todo mundo vai ter que colocar as cartas na mesa, sem exceção, Brasil inclusive. É como numa sociedade (digo por experiência), a melhor coisa é a transparência combinada com uma dose homeopática de desconfiança. Melhora a relação e evita muitos problemas.

Com relação a:

“A Colômbia não tem um só motivo para gerar suspeitas— afirmou o colombiano.”

É muito simples caro amigo colombiano: quem não deve, não teme.

KeplerK
KeplerK
12 anos atrás

Acho que a instalação dessas bases militares não tem nada a ver com narcotráfico. O próprio governo americano já disse que se trata de um remanejamento na região, pois sua base atual, em Manta/Equador, está sendo desativada. Quem inventou essa história de “combate ao narcotráfico” foi o governo colombiano, que, por sinal, vai embolsar US$ 5 bilhões de “aluguel” por essa “gentileza”.

Outra coisa, ao que me consta, aviões tipo B2, B52 etc. não pousam em porta-aviões, certo? Mais uma coisa, ao que me consta também, aviões são mais rápidos que navios, certo?

jose carlos
12 anos atrás

Questão de soberania a Colombia não deve mostrar nada referente ao acordo com os Americanos, já pensou se tivessemos que dar satisfação aos nossos vizinhos o que compramos ou deixamos de comprar.

PilotoVirtual
PilotoVirtual
12 anos atrás

Lula insiste em ter acesso total ao acordo militar Colômbia-EUA Presidente recebe Uribe e diz que não deve haver segredo na integração Ricardo Galhardo – O Globo SÃO PAULO. Embora tenha dito que ouviu tanto do presidente colombiano Álvaro Uribe quanto do americano Barack Obama a promessa de que as cinco bases militares a serem instaladas pelos Estados Unidos na Colômbia serão usadas apenas para o combate às Farc e ao narcotráfico, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer ter acesso total ao acordo entre os dois países. Segundo Lula, o Brasil vai propor que os países da Unasul… Read more »

Amaral
Amaral
12 anos atrás

Acho estranho a falta de noção estratégica dos comentários. Eu como hipotético comandante de tropa brasileira instalada na Amazonia acharia crucial saber posição de bases e efetivos estrangeiras nas proximidades. Assim, o presidente da república falou pela pátria e cumpre seu dever de chefe constitutional e maior das nossas forças. Cidadania a patriotismo são irmãos.

R. Delilian
R. Delilian
12 anos atrás

flavio em 20 out, 2009 às 17:21 Sim, uma invasão não ocorrerá, masa politica americana vive trocando de lado da moeda, e em algum entrave politico onde eles precisem de determinado apoio da america latina, essas bases podem ser utilizadas como estimuladores de opnião, se eh q vc me entende… um exemplo de como o poderio militar pode sim influenciar em decisões soberanas foi um ato quase despercebido que ocorreu no final da era Bush, a China cogitava anexar novamente Tawian ao seu territorio, e os EUA nao deram uma só palavras, porem sem mais nem menos o porta-aviões de… Read more »

flavio
flavio
12 anos atrás

Concordo Amaral, eles tem que saber mesmo, por questões de estratégia.

Para isso serve a espionagem, para isso deve servir a inteligência do EB, da MB, da FAB, a ABIN. Para isso deve servir satélites (“próprios, claro, ou eles esperam usar um satélite americano para espionar os americanos?”), VANT’s, etc.

Volto a afirmar, temos que ter tecnologia e investir nas FA’s, e deixar meios para elas trabalharem. Ai sim, vamos ter os dados que precisamos e os meios para nos defender.

flavio
flavio
12 anos atrás

R. Delilian em 21 out, 2009 às 11:39 Foi por isso, caro colega, que comentei acima: “No ponto que você falou sobre eles usarem para atividades de menor porte e ilicitas, ai sim, concordo que pode acontecer, mas, o ponto que gostaria de chegar é…” Concordo com seu ponto de vista, acho muito interessante o que você disse, pois os americanos são acostumados a sabotagem e a trabalhos obscuros e sujos. Afinal, eles sempre procuram defender os interesses deles. Porém, como lhe disse, acho errado o Lula ficar cobrando detalhes de bases em outros países. Oras, se trocassemos os papéis… Read more »

patriota _110
patriota _110
12 anos atrás

Lula está certo sim senhor , os caras (americanos) estão montando uma base no nosso quintal e vocês acham que o Brail só tem ficar olhando ! faça-me um favor .Não me interessa se a Colombia é um país de Entreguista dane-se eles, o que interessa pro Brasil é realmenten monitorar o nosso quintal ! te apoio Sr Presidente Lula .

J Curitiba
J Curitiba
12 anos atrás

O Lula tá precisando achar o que fazer.

Em vez de se preocupar com teorias de conspiração, por que não se preocupa em fechar as fronteiras brasileiras ao tráfico de armas, drogas, animais, etc?

Jairo
Jairo
12 anos atrás

J Curitiba em 21 out, 2009 às 15:07 Isso mesmo, pura teoria da conspiração. Quero ver é cabar com as grandes ameças reais ao povo, e com centenas de mortos todos os anos nas grandes cidades, acabem com PCC, Comando Vermelho, ADA, Terceiro Comando; ou no interior com o MST e outros menores, esses sim são os verdadeiros inimigos, são reais e já estão em ação a anos; prá isso o governo não mostra competência, só blá, blá, blá. Prá quem tá doido prá arrumar um inimigo, entre na PM do RJ, SP, PE, ou ES; vai ter inimigo de… Read more »

Noel
Noel
12 anos atrás

Entre tantas opiniões “sem pé nem cabeça”, é incrível que um Gal não saiba da origem do tal mapa que correu a internet a anos, e que já foi esclarecida a sua origem, e o Gal ainda chama, no seu artigo, os PBY Catalina CA-10 de “Catarina”, e o tal radar faz deteção a 50m de profundidade??

Últimas Notícias

Saab apresenta soluções inovadoras em defesa e segurança na 6ª Mostra BID

Entre os dias 7 e 9 de dezembro, a Saab participa da 6ª Mostra BID, no Centro de Convenções...
- Advertisement -
- Advertisement -