Home Ajuda Humanitária Número de militares brasileiros mortos em terremoto no Haiti sobe para 16

Número de militares brasileiros mortos em terremoto no Haiti sobe para 16

226
21

Mulher de tenente-coronel critica declarações de Jobim

vinheta-clipping-forteO Comando do Exército do Brasil informou nesta segunda-feira que identificou o corpo do tenente-coronel Marcus Vinícius Macedo Cysneiros. Ele era um dos militares desaparecidos nas instalações a ONU no Haiti. Outos dois militares brasileiros ainda são considerados desaparecidos. Com isso, sobe para 18 o número de brasileiros mortos no terremoto em Porto Príncipe – 16 militares e 2 civis.

Cysneiros servia o Gabinete do Comandante do Exército e desempenhava funções de Observador Militar da Missão da ONU, a Minustah.

Depois de se manter calada após as declarações do ministro da Defesa, Nelson Jobim, que disse na sexta-feira que a palavra “desaparecido” funcionava como um “eufemismo” em relação à tragédia no Haiti, a esposa de um dos militares ainda não encontrados se manifestou publicamente e emitiu nota de repúdio à afirmação do brasileiro. Cely Zanin, mulher do coronel João Eliseu Souza Zanin, ainda tem esperança de rever o marido.

O comunicado de Cely foi divulgado antes da identificação do corpo de Cysneiros e depois de cinco pessoas serem resgatadas com vida dos escombros no domingo.

Intitulado “Repúdio à falta de respeito do ministro Jobim aos brasileiros”, o comunicado diz que “ninguém tem o direito de tirar a esperança do meu coração, dos meus filhos, da nossa família e de nossos amigos.

No Orkut, os filhos do coronel expressam a sua fé: “Pai, aguenta firme. Eu sei que você vai sobreviver”, diz o perfil de um dos adolescentes. Já a filha conta com o resgate possivelmente feito pelos colegas de Zanin: “Pai aguenta firme! Eles tão indo te buscar!! Seu anjinho tá com você!!! Aguenta!!!”

Em entrevista ao GLOBO na semana passada, Cely disse que não queria comentar as declarações de Jobim e afirmou que o Exército tem dado todo o apoio a sua família desde o desastre. Na última nota, a mulher do militar ressalta o trabalho do marido.

“A farda verde oliva do Exército Brasileiro é vestida por um homem íntegro, honesto, dedicado ao seu Exército amado – este é o meu marido, coronel João Eliseu Souza Zanin – que até hoje dedica sua vida ao nosso exército. Esta farda foi conquistada com muito suor, muita dedicação, muita garra e muito amor. A farda verde oliva do Exército não é para ser vestida por qualquer um. Ela foi feita para os homens verdadeiros e íntegros do nosso exército brasileiro.”

O coronel, que estava nas instalações da ONU que desabaram no momento do terremoto, chegara a Porto Príncipe na segunda-feira, 24 horas antes do tremor que devastou a capital.

FONTE: O Globo

21
Deixe um comentário

avatar
21 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
carlosMat BelGutoSoldiervazmarcoantonio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Ela tem razão quanto a indelicadeza do Jobin, mas peca do mesmo jeito falando sobre farda do EB! eu já vesti, não sou militar, e tive orgulho de vestir, esta arrogância milica de alguns retrógrados, de que só um militar pode colocar um simples uniforme, tornam as coisas menos populares para promover o EB, nos USA pessoas comuns, civis, cidadãos, usam uniformes militares, muitas delas com respeito e em forma de homenagem! muitas delas gostariam de ser militares e não puderam! não importa o motivo! agora vamos ter de colocar os miltares num pedestal intocável, com sua farda “impossível”? por… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Member
Felipe Cps

Discordo Chicão. Acho que a farda do EB é a segunda pele do guerreiro brasileiro e como tal deve ser respeitada e, arrisco-me a dizer, quase consagrada, não devendo ser banalizada. Uma coisa é vestir uma gandola, uma camiseta, fazer da calça uma bermuda, usar coturno ou um gorro. É bonito e a homenagem é válida. Outra bem diferente é o Sr. Ministro dirigir-se ao Haiti e aparecer frente às câmeras do mundo todo de 4oA1 completo, com gandola de combate e tudo. ELE É UM CIVIL! Não é militar: não deveria se vestir como um. Não tem esse direito.… Read more »

Ten. Rocha
Visitante
Ten. Rocha

Apoiado, Felipe, acho que o outro colega foi um pouco infeliz nas suas idéias, mas devemos respeitá-lo mesmo assim. Quanto ao Jobim usar farda, é vergonha sim, mas vergonha para os que não o enquadraram na lei que versa sobre tentar se fazer passar por militar. Nosso ministro devia sim ir ao CIGS sem farda. Quanto a usar uma peça ou outra, tudo bem, não tem problema. Mas acho que maior homengame que se pode fazer a um militar, é respeitá-lo como lhe é de direito. Não por meio da coerç~~ao mas sim um respeito oriundo do respeito ao sentimento… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Como assim amigos, usar uma peça pode? acho que tem coisa errada! banaliza se usar de forma errada! sem respeito… quanto ao Jobin, pensei que ele usava exatamente uma farda sem ensigneas… quanto ao respeito aos militares, deve-se ao fato do seu carater e não o que ele coloca em cima da pele! acho pouco inteligente este negócio de separar civil de militar desta forma! quando era jovem, fui fazer uma prova para a EEAR, e uma turma de monitores, milicos, adoravam “enquadrar” a turma, tipo esculachando os “civis”… e isso de certa forma vem de cima, pois se coibissem… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Cara, ahahaha, Chicão, tu misturou tudo e eu confesso que num entendi picas nenhuma, rsrsrs… Mas tá valendo. Brother, quem já passou pelo alistamento militar sabe o que é ser enquadrado por um monte de “engajados” imbecis, “3a baixa” lixoso, meia dúzia de cabos mocorongos e um ou outro sargento irresponsável. Cansei de tomar enquadrada em meu período de alistamento. Num ambiente extremamente competitivo (como é) isso é mais do que comum, e acontece em todos os exércitos do mundo, o tempo todo. Faz parte da psicologia do endurecimento do combatente, que não pode ser uma “moça” chorona: tem que… Read more »

vazmarcoantonio
Visitante
vazmarcoantonio

Pessoal, a minha opinião sobre algumas ideias aqui manifestadas:(1) O Ministro da Defesa é um seuperior hierárquico dos Generais, assim como o Presidente da República. Ele é um Ministro de ESTADO, portanto, um representante do Estado. Os militares são servidores públicos federais “de carreira”, mas não significa que são mais “ligados” ao Estado brasileiro do que quem ocupa posições políticas. É o mesmo que um professor municipal não aceitar a superioridade hierárquica do Secretário de Educação ou do Prefeito, mantidas as proporções. (2) Quanto a usar uniforme, nem entro na polêmica pq acredito que é uma questão sem importância. Apenas… Read more »

vazmarcoantonio
Visitante
vazmarcoantonio

Só para complementar: quanto à subordinação dos militares ao poder civil, não se trata de opinião pessoal e, sim, de determinação constitucional. E, se formos comparar com qq outro país democrático, todos eles têm como princípio a subordinação militar ao poder civil. O Chefe de Estado é o comandante supremo das FA’s. E o Chefe de Estado não pode ser militar “da ativa”, podendo ser um reformado (o que sigifica que é um civil). Em resumo, o militar não pode ser “da ativa”. Constituição Federal Art. 14. A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e… Read more »

Soldier
Visitante
Soldier

Chicão.

Acho que a declaração dela foi mais para dar um “recado” ao N.Jobim e não a aqueles que como vc, eu, o F.CPS e muitos outros aqui vestiram com orgulho e honradêz a farda do EB e/ou da FAB e MB. Acho que foi isso.

Abração.

Soldier
Visitante
Soldier

vazmarcoantonio em 19 jan, 2010 às 11:34

Nelson Jobim nunca foi militar da reserva. Nem ao menos, prestou serviço militar obrigatório.

Cana de 6 meses para ele.

Soldier
Visitante
Soldier

vazmarcoantonio em 19 jan, 2010 às 11:14 Você esteve nas Forças Armadas pelo menos como soldado cumprindo o Serviço Militar Obrigatório? Se não, não sabe o que é ENVERGAR UMA FARDA DE FORÇAS ARMADAS. Te explico: Quem esteve nas Forças Armadas e serviu com seriedade, honradêz e espírito de corpo sabe o que estou dizendo. Lá se cria uma irmandade para o resto de nossas vidas. E é sério mesmo. Até hoje encontro com antigos companheiros de farda e nosso relacionamento com as FFAA’s sempre foi de total respeito. Até perdemos um companheiro em treinamento e mesmo assim continuamos a… Read more »

vazmarcoantonio
Visitante
vazmarcoantonio

Soldier, é de se averiguar esta situação. Tem certeza que ele não é militar da reserva? Ele pode não ter servido (não tenho esta informação), mas aqueles que são “dispensados” ao se apresentarem para a prestação do serviço militar obrigatório recebem certificado de RESERVISTA……este é o ponto que precisaria ser averiguado com algum especialista no assunto. A condição jurídica de reservista é somente daqueles que serviram e foram para a reserva ou também daqueles que foram “dispensados” ao se apresentarem?

vazmarcoantonio
Visitante
vazmarcoantonio

Soldier, respondendo ao seu segundo comentário: sem problemas cara. Mantendo o respeito a tua opinião é válida. Servi no 9º BIMtz. Conheço muitos militares que serviram comigo que não são e não foram nada disto que você fala. Obviamente não vou citar os nomes. Entendo o que dizes qdo falas em “um dever para com o país”. E eu penso que o melhor para o Brasil é ser uma democracia. Os militares, qdo eu servi, e eu, portanto, tínhamos o DEVER COM O PAÍS de LUTAR PELA DEMOCRACIA. Não sei qdo serviste, mas, se foi depois de 88, deverias ter… Read more »

Guto
Visitante
Guto

Apenas a título de curiosidade, algum outro Ministro da Defesa de algum país no mundo veste uniforme militar ?

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

vazmarcoantonio em 19 jan, 2010 às 13:18: Caro amigo, acho que vc está confundindo as pessoas. Até onde sei quem serviu foi Tarso Genro que s.m.j. era 2o Ten R2 de Artilharia. Jamais ouvi falar de Nelson Jobim tendo servido. Quanto a sua outra pergunta, o “reservista” que foi dispensado do SMO por excesso de contingente, pé-chato, hérnia, testemunha de Jeová, notória baitolagem, ou qualquer outro motivo, NÃO PODE USAR FARDAMENTO MILITAR, sob pena de incorrer no crime previsto no art. 172 do CPM. Quem pode utilizar uniforme, distintivo ou insígnia militar é MILITAR! Quando se diz MILITAR, interprete-se a… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Guto em 19 jan, 2010 às 13:27

“Apenas a título de curiosidade, algum outro Ministro da Defesa de algum país no mundo veste uniforme militar ?”

MUITO BEM COLOCADO!

Nunca se ouviu falar de tamanho absurdo! Ministro da Defesa vestindo uniforme! É o fim da picada: não queriam o MD na mão de um civil? Ora, o paisano assume e… se traveste de militar! É fetiche ou é o fim da picada?!!!

Sds.

Soldier
Visitante
Soldier

Felipe CPS!!!!

“Quanto a sua outra pergunta, o “reservista” que foi dispensado do SMO por excesso de contingente, pé-chato, hérnia, testemunha de Jeová, notória baitolagem, ou qualquer outro motivo, NÃO PODE USAR FARDAMENTO MILITAR, sob pena de incorrer no crime previsto no art. 172 do CPM.”

ahieuahiueahaieuahieuahieuahiweuahiruahuiehuiehauiehaieuahueiahueiaheuiahuei!!!

CAra!!! Você é HILÁRIO MEU VELHO!!! KKKKKKKKKKKK

E você tem razão quanto ao comentário acima!

Soldier
Visitante
Soldier

vazmarcoantonio em 19 jan, 2010 às 13:25 Então meu velho sou 2o Ten R2 de Infantaria e servi no 17o Batalhão de Caçadores em 1986 assim como o Felipe CPS também é oficial da reserva. Só te digo uma coisa: O Min.Jobim é reservista de 3a categoria, sem instrução militar. Reserva de 3a classe, enquanto que vc é de 1a ou 2a classe pq não sei qual é a sua QM. Quanto à DEMOCRACIA, na minha sincera opinião se não fosse nossos militares, este país estaria exportando CHARUTOS e AÇUCAR, e andando em Chevolet’s dos anos 50/60. Aquela “turminha” que… Read more »

Mat Bel
Visitante
Mat Bel

Senhores, como oficial superior da ativa do EB, trago as seguintes considerações, sem qualquer juizo de valor sobre pessoas, autoridades ou idéias diferentes aqui apresentadas: a) a connstituição federal de 1988 coloca o Presidente da República como o Cmt supremo das FFAA; b) o Ministro da Defesa NÃO é elo na cadeia hierárquica pois não lhe foi dado pela constituição lugar na hierarquia equivalente ao caso do Presidente; c) Nos EUA os uniformes de combate mais recentes são marcados com o símbolo da respectiva força misturado à camuflagem e são vendidos em armazens reembolsáveis. Existe projeto de se adotar “dotcamo”… Read more »

Mat Bel
Visitante
Mat Bel

PS: na última parte do post acima, como todos bem perceberam, faço SIM um juizo de valor.

Sobre um homem e uma mulher de VALOR!

vazmarcoantonio
Visitante
vazmarcoantonio

Apesar de meio tardio este meu comentário (pois eh a primeira vez que acesso o site desde que postei), agradeço ao Felipe pelo esclarecimento qto à situação do min. Jobim. Também tenho a mesma dúvida, se foi por pé chato, hérnia ou outro motivo que ele foi dispensado…. E manifesto ao soldier que qdo eu disse que meu dever como militar foi lutar pela democracia, isto significa lutar contra qualquer grupo armado que atente contra ela, DESDE QUE SOB ORDEM DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Com certeza, existem até hoje atentados contra a democracia e contra os direitos humanos. É só… Read more »

carlos
Visitante
carlos

Relaxem guerreiros..
Também sou ofícial R2 de infantaria..
O problema do Jobim é o seguinte.. o sujeito não serviu, não sabe o que é o verde oliva.. portanto, tá realizando um SONHO de juventude não realizado….
Quantos amigos seus que não serviram ao EB um dia não lhes confessaram que se arrependeram por não ter servido ou se dizem frustados. Eu pelo menos tenho vários conhecidos nessa condição.
Deixa o “veinho” desfrutar o prazer.. Quem sabe algum velho general caridoso dá uma ordem unida nele dentro do gabinete pra ele se realizar…
kkk

abs.