quarta-feira, agosto 4, 2021

Saab RBS 70NG

Jornalistas são mediadores!

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Trecho da coluna de Mariano Grondona, La Nacion (02).

1. A sabedoria não está ao alcance da arrogância daqueles que acreditam que são infalíveis, mas daqueles que beberam, com humildade, o cálice às vezes amargo da aprendizagem. Mas o homem moderno, ansioso para conhecer este e os outros planetas, necessita, para saciar sua sede de informação, a ajuda daqueles mediadores que contam e analisam o que está acontecendo em fronteiras remotas. Esses mediadores são os jornalistas. Que outra garantia tem, no entanto, os consumidores de informação, para não ficarem desinformados, que a “pluralidade” de seus fornecedores?

2. Porque é somente comparando um meio de comunicação com outro; somente mergulhando nas correntezas da concorrência entre os meios de comunicação, é que o leitor, telespectador ou ouvinte poderá se aproximar de um conhecimento satisfatório. O monopólio jornalístico, portanto, é a negação pura e simples do autêntico jornalismo. No mais se pode dizer que o “Unicato” do Estado, ainda mais do que as múltiplas mídias privadas, é a que mais pode aproximar-se, perigosamente, do monopólio informativo.

3. Isto não significa que alguns meios de comunicação atraiam mais consumidores que outros. O que se exclui, por sua própria natureza, é a conspiração universal dos meios de comunicação. O jornalismo autêntico se afasta, por outro lado, tanto do governo como da oposição porque, enquanto a situação busca o alinhamento incondicional com o governo, a oposição é formada por aqueles que se propõem como “alternativa” ao governo.

4. Mas o jornalismo não existe para apoiar ou substituir os detentores do poder, pois seu papel na democracia é ser um “contra-poder”, ou seja, um dos freios sociais mais eficazes para limitar o poder do Estado, cuja tentação natural é o autoritarismo. Assim, as duas principais ferramentas são, de um lado, a informação para fazer conhecer o que os poderosos procuram esconder, e do outro lado, a crítica, para revisar com independência o que dizem e decidem os poderosos.

FONTE: Ex-Blog do Cesar Maia

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
FighterSkill
FighterSkill
11 anos atrás

Quem deveria ler esta matéria é a famigerada Rede Globo!

Ela não leva a ética a sério…

Então a profissão de Jornalista sempre vai ter aquela pitada de “vendido”…afinal tem familia e conta pra pagar.

Como dizia um General (nao me recordo o nome):
“…jornalista é a unica profissão em que não é necessário especialidade em nada”.

Tanto é que não queriam sequer derrubar a única lei da Ditadura que vigorava até ano passado. A lei que os deixava confortaveis…

Pasmem

mauro dias
mauro dias
11 anos atrás

BELO SOFISMA , PELO E PARA O SR DEMOTUCANO CEZINHA M…..

Aldo
Aldo
11 anos atrás

E quando os mediadores são todos ideológicamente comprometidos com o esquema de poder, já que as redações são maciçamente esquerdistas, e a direita nacionalista não tem vez ?(só a direita universalista, ligada aos metacapitalistas como a própria rede Globo, que com uma mão acumula o capital e com a outra afaga sua corja de jornalistas politicamente corretos). para mim esquerdistas estão no mesmo saco , sejam pSDBistas fabianos ou a quadrilha organizada petista. São inimigos da nação. Nem Washington, nem Havana. Desenvolvimento autônomo deveria ser o lema.

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Faça o que eu digo , não faça o que eu faço.. Cesar Maia é um herdeiro do Lacerdismo. Por trás da maquiagem de bom mocismo se esconde a truculência contra o povo e contra os pobres..O que ele pretende disfarçar é a posição do PIG ( Folha, Abril, Estadão e Globo), claramente oposicionistas conforme a própria presidente da ANJ (Associação Nacional de Jornais), Maria Judith Brito, admitiu. Caro ALDO, que pena que seu discurso na prática seja mais do mesmo rame rame de uma elite que só sabe viver com o povo debaixo de suas botas. Inimigo da nação… Read more »

Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
11 anos atrás

Se tem algo que abate qualquer um, é o comportamento absurdo da dita “mídia impressa”, bem como de boa parte da mídia eletrônica também. Tornou-se inconsistente, tendenciosa, superficial, comercial, rasteira e somado a tudo isto, arrogante e auto-suficiente. Percebe-se o mundo distorcido e amalucado, dos nossos escribas, pelo texto que nos foi brindado: a imprensa jamais será um “contra-poder”, pois este nunca foi o seu papel. O papel da imprensa é retratar a realidade circundante, para substanciar o cotidiano dos cidadãos, permitindo que se forme o reconhecimento crítico, desta mesma realidade. Dizer que o papel da imprensa é funcionar como… Read more »

Sweet
Sweet
11 anos atrás

O unicopapel da imprensa é informar imparcialmente nada mas do que isso

fsinzato
fsinzato
11 anos atrás

Não só como mediadores, mas alguns blogs como a triologia, PB, DB etc.. esta servindo como elemento de formação, discussão, consulta e comunicação com os poderes constituídos em matéria de defesa.

É a internet colaborando com o aperfeiçoamento e exercício da prática democrática.

Abs.

fsinzato
fsinzato
11 anos atrás

“Ilya Ehrenburg disse:
7 de maio de 2010 às 23:10”

Caro companheiro Ilya,

Como bem explanou, acredito que sempre irá haver defesa de interesses ou ideologias seja de direita, esquerda ou “coluna do meio”, por isso a importância da liberdade de expressão e publicação com o intuito da pluralidade de informações. Seria pura inocência acreditar na imparcialidade da impressa seja a grande imprensa tradicional, como as dos novos meios.

Cabe ao leitor como aprendizado e exercício democrático de cidadania, filtrar e formar sua própria opinião.

Um cordial abraço ao colega socialista.

Abs.

Vader
Vader
11 anos atrás

Belo texto, parabéns caro Galante. É como sempre disse: a tarefa de filtrar o que presta e o que não presta na imprensa cabe ao LEITOR e mais ninguém. Ninguém pode se arrogar o direito/dever de fazer isso por ele, ainda que este, por preguiça mental, comodismo, alinhamento ideológico ou puro mal-caratismo, queira. E qualquer um que propuser qualquer forma de controle sobre a imprensa que não a ética universal é um inimigo da democracia. A liberdade de imprensa funciona na exata proporção em que existe concorrência entre os diversos meios de imprensa. Inclusive, recentemente, com a Internet, na qual… Read more »

Aldo
Aldo
11 anos atrás

André Oliveira fala como se ele não fizesse parte da elite.os cumpanhêro nunca são elite né André? Que nem o finado cazuzinha ..estou do lado do povo. Encastelado em seus sindivcatos, suas ONGS, administrando fundos de pensão milionários,em seus cargos comisionados, ou mesmo concursados, mamam nas tetas da viúva, são parasitas do dinheiro extorquido via impostos absurdos, com a desculpa de serem os justiceiros sociais. Aí elite sou eu, com dívidas parceladas com bancos que nunca ganharam tanto “na história destepaís” como fala vosso pequeno timoneiro.E contra o meu rame rame, o mais velho ainda lero lero desta classe de… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Aldo disse:
10 de maio de 2010 às 9:22

Caro Aldo, não perca seu tempo com os prosélitos (don´t feed the Trolls, rsrs). Esses são apenas perfeito-idiotas-latino-americanos, teleguiados do petismo. Como você mesmo disse, buchas de canhão da “neo-nomenklatura”.

Pra essa caterva, não importa o que aconteça, a culpa é invariavelmente da “zelite” ou “duzamericanu”. Ou dos dois.

Com chavões como este tentam disfarçar a própria incompetência. Mas só atingem seu objetivo com os muito ignorantes, ou com quem como eles é prosélito.

Abraço.

Vader
Vader
11 anos atrás

Engraçado, fui pesquisar porque achei estranho, e a informação veiculada pelo tal André Oliveira das 7 de maio de 2010 às 23:02 é no mínimo, como disse, suspeita… Isso porque a tal Judith Brito, que o cidadão disse que fala que o tal “PIG” (Folha, Abril, Estadão e Globo) é oposicionista, trabalha na Folha de São Paulo! Ela trabalha na Folha e fala mal dela? 🙂 E outra, ela é presidente de uma associação cujos vice-presidentes são: Álvaro Teixeira da Costa – Correio Braziliense (DF) Carlos Fernando M. Lindenberg Neto – A Gazeta (ES) Jaime Câmara Júnior – O Popular… Read more »

Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
11 anos atrás

Sr. Vader, Como sempre o senhor desconhece o motivo, do qual tece letras: A senhora Judith Brito, declarou quando questionada sobre o teor parcial da Folha de São Paulo, que quando a oposição é fraca, cabe à imprensa o papel de oposição. Um absurdo. Vivemos em uma democracia plena, e se um órgão de imprensa toma para si o direito, por ele entendido, de vender sua opinião como verdade absoluta, que então, tenha a hombridade de informar isto ao seu consumidor/leitor, o que, diga-se, é tudo que a Folha de São Paulo não faz, pois, de forma hipócrita, apresenta-se por… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Ilya Ehrenburg disse: 11 de maio de 2010 às 20:36 Errado, ela não disse isso: disse que quando a oposição é fraca, cabe à imprensa o papel de FISCALIZAÇÃO. E está correta, por óbvio. Nem vou discutir porque… A FDSP é o caso mais sui generis de neo-aparelhismo: como vcs detestam imprensa, por mais que ela seja aparelhada e transformada em um pasquim esquerdista (Carta Capital, etc), vcs irão apedrejá-la: com efeito, vcs não querem que ela seja esquerdista, vcs querem o FIM dela. A FDSP hoje é traço do jornalismo sério que já foi um dia, por conta da… Read more »

Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
11 anos atrás

Sr. Vader, Observe as suas palavras, são inconsistentes! O vosso pensamento, circular! Vai de lugar algum, para lugar nenhum. A revista Carta Capital é sóbria. No seu editorial apresenta-se como herdeira do jornalismo de cunho social-democrata ao estilo europeu. Não poderia ser diferente, já que o jornalista Mino Carta está à testa. Bem diferente do que acontece com a revista VEJA da Editora Abril, que se faz acreditar dona da verdade, a partir de uma postura pretensamente crítica, mas, eivada de determinismo ideológico conservador. Quanto ao jornal Folha de São Paulo, fato é que a sua representante na sucursal de… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

Ah meu chapa, já falei o que tinha pra falar, de forma clara e objetiva. O seu pensamento sim é circular e pretensamente complexo, volteia em torno dos mesmos dogmas ideológicos, e leva nada a lugar algum. Aliás, como todo pensamento “vermelhuxo”, leva a algum lugar sim: leva à morte, à obliteração do pensamento e ao domínio da massa por alguns poucos iluminados. Leva à tirania. Leva à desgraça. A carta capital é tão sóbria quanto era o Pravda na URSS. Ou quanto o Granma em Cuba (aliás ela própria se arroga tal prerrogativa). Quanto à tal Judith num primeiro… Read more »

Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
11 anos atrás

Sr. Vader, Para o senhor, tudo é uma coletânea de “vermelhuxos”. Não satisfeito, distorce uma declaração pública. Algo típico dos obsessivos, diga-se. A senhora Judith Brito disse textualmente: “[…] obviamente, esses meios de comunicação estão fazendo de fato a posição oposicionista deste país, já que a oposição está profundamente fragilizada”. Ora, pois! Ela admite que nos grandes veículos de mídia, se faz política de escolha! Mas, sem informar aos leitores, claro. Para estes, a posição do órgão informativo é “crítica e imparcial”. Isto tem nome, aliás, vários: desfaçatez, hipocrisia, impostura… Se a oposição é fraca, isto se dá pela incompetência… Read more »

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Aldo e Vader. Estou longe de ser prosélito e eu não perderia meu tempo com vocês para isso. Isso é coisa de pastor evangélico..Meu único objetivo é explicar bem claramente a vocês que graças ao Bom Deus o Brasil é uma democracia no qual os contrários convivem..A primeira afirmação do ALDO foi em Defesa de uma “direita nacionalista”, uma ficção, uma piada..Em primeiro lugar não existe direita nacionalista aqui no Brasil. Temos uma direita sim, mas ela não é nacionalista.. Ela foi, é e será entreguista até o último grau e representada pelo “Partido da Dona Judith” na mídia e… Read more »

Vader
Vader
11 anos atrás

André Oliveira disse:
17 de maio de 2010 às 13:46

Ah cala a boca velho, para de falar porcaria e vai dar aulinhas pros seus prosélitos vá?

André Oliveira
André Oliveira
11 anos atrás

Eu não debato com FAKE, pois eu considero um FAKE um ser covarde e indigno de crédito..E você não precisa ser da elite para defender os interesses da elite.. É só ser um capachinho da direita que você cumpre esse papel direitinho…E eu não dou aula, não tenho essa arrogância típica da direita apesar de ser historiador..Eu debato com quem tem nível pra fazer isso…Se você não tem essa capacidade vai estudar…Leia os papers de intelectuais sérios da direita americana como o Francis Fukuyama e volte depois…

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -