Home Guerra Eletrônica Exército brasileiro anuncia parceria para combater crime cibernético

Exército brasileiro anuncia parceria para combater crime cibernético

156
21

Panda Security fornecerá 37,5 mil licenças de programa de proteção. Empresa treinará 700 militares em todo o país

Laura Brentano

O Exército brasileiro anunciou nesta quinta-feira (16) na cidade de São Paulo um acordo com a empresa de segurança espanhola Panda Security para o fornecimento de 37,5 mil licenças de soluções de combate ao ciberterrorismo e crimes virtuais.

Durante o anúncio, o general Santos Guerra, comandante de Comunicação e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro (CCOMGEX), explicou se soluções de códigos abertos foram consideradas. O general explicou que o Exército está migrando para o uso de softwares livres nos sistemas operacionais do órgão. Mas como o Exército possui uma grande rede de computadores no Brasil, as soluções antivírus eram realizadas, anteriormente, por licitação, mas de forma descentralizadas.
“O CCOMGEX concluiu, após o estudo de soluções livres e pagas, que a melhor maneira seria uma aquisição de forma centralizada, que fosse usada em todo o Exército Brasileiro”, disse.
O Exército realizou uma licitação e, segundo o general Guerra, houve uma redução significativa nos preços anunciados pela Panda inicialmente. No acordo, que terá duração de dois anos, também está incluído o treinamento de até 700 militares em todo o Brasil. Até agora, 350 militares já foram treinados em um período de três semanas. E, além das licenças, a Panda afirma que qualquer arquivo suspeito que o Exército encontrar, a empresa irá tentar identificar se trata de um vírus e qual é a solução em 24 horas.

“A licença foi muito transparente, e o resultado foi do interesse de uma parceria. Nós não compramos um antivírus e, sim, um serviço, uma proteção e capacitação, com a oferta de treinamento”, disse o general Guerra.

O objetivo inicial da parceria é estabelecer o sistema no ambiente do Exército e aguardar como as soluções serão recebidas. Depois, a parceria poderá ser estudada para ser usada em outros órgãos federais.

A Panda é uma empresa de segurança da Espanha e é uma prestadora de serviços na área da segurança de redes em muitas estruturas do governo espanhol, como o próprio Exército.

FONTE: G1

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ednardo ferreira
ednardo ferreira
9 anos atrás

Esta é uma boa questão.

Países como China, EUA, Coréias… todos… já têm suas “brigadas” de hackers.

Eu até diria que um ataque vigoroso eletrônico seria até antes de um ataque real, numa guerra atual.

Imagine o país hoje sem Internet, por exemplo. Ou com ela muito lenta, devido a uma sobrecarga na rede?

São prejuízos de centenas de milhões, equivalentes mesmo a ataques de muitas bombas.

luciano
luciano
9 anos atrás

como sempre no pais nao se valoriza os profissionais de TI daqui e ainda se gasta dinheiro de forma desnecessária. pode-se criar algo muito bom e seguro usando linux. por isso esse pais cresce a passos de tartaruga e somos piada la fora.

M1
M1
9 anos atrás

Quem que teve essa brilhante idéia?

Será que eles sabem que existem o Linux, ou melhor, BSD.

Tenho certeza que essa compra não vai melhorar muita coisa.

Galileu
Galileu
9 anos atrás

Algumas coisas que gostaria de compartilhar. Todos computadores na unidade que servia, usavam windows e processador intel, como vocês sabem windows não é livre e processadores intel são mais caros que os equivalentes da amd. Quando o comandante soube que eu tinha conhecimento sobre Linux e Hardware, imediatamente mandou fazer backup dos dados, para migrar para o Linux, e os novos pc adquiridos foram de processadores AMD, não sei como funcionou a licitação só sei que o preço era menor que os Intel. O linux funcionou perfeitamente com outros softwares do EB, que pra minha surpresa, fora criados para linux… Read more »

Ricardo
Ricardo
9 anos atrás

A Panda presta serviços do mesmo tipo para o FBI e para Bancos do mundo inteiro. O Exército atualmente está num forte processo de migração para software livre. Se você for no portal Software Livre do Governo Federal agora verá que o caso de sucesso que está lá é o do Exército. Estas licenças são para as máquinas que ainda dependem do Windows devido aos softwares corporativos ainda nesta plataforma (em processo de migração). Acho que o Exército como vanguardista e defensor dos interesses da Nação Brasileira, prepara-se fortemente para um dos maiores perigos da atualidade, o cibercrime. Se o… Read more »

Colt
9 anos atrás

Segundo a matéria, o Exército está migrando para o uso do software livre nos SOs da instituição. Muito bom, isto está de acordo com as diretivas do governo federal sobre o assunto. Quanto à questão do Linux, acho muito interessante que o Brasil opte por ele. No linux, de certa maneira, o usuário tem um conhecimento maior do sistema, (ou não, pq o Pinguim tb pode fazer uso de janelas com menus e tudo o mais.) O usuário do linux tem mais poder sobre o sistema, pode usar comandos para tudo, e pelo que sei, os comandos tem mais versatilidade… Read more »

Sopa
Sopa
9 anos atrás

É, se tivéssemos educação de primeiro mundo, vide a India, seriamos um centro mundial de SW !!!

sDs,

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
9 anos atrás

Todo mundo sabe que Linux é coisa de comunista:
http://uncyclopedia.wikia.com/wiki/CCCP

😉

Capixaba
Capixaba
9 anos atrás

Isso é triste.

1o – O Brasil possui alguns dos maiores grupos hackers do mundo (não confunda Hacker com crakers). Por que não utiliza-los se eles só querem ajudar?

2o – Toda TI do EB ficara a mercer da Panda, que pode inclusive enviar informações sobre a utilização do equipamento através de spywares, pois, até mesmo estas empresas “sérias” utilizam essas praticas ilegais normalmente. Suponha uma eminente guerra com o EUA, pais de origem da Panda… a TI do EB espatifaria-se na hora.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Sempre faço esta pergunta para os amantes do Software livre e a resposta é sempre a mesma NÃO ou a sua variação mentirosa TENHO UM AMIGO QUE… Quantas pessoas ou empresas vocês conhecem que alteraram o Kernel do Linux ? Eu trabalho com TI a 12 anos e nunca vi… E olhe que eu trabalho em banco, se existe ambiente que a segurança necessária seja maior, são muito poucos. Uma coisa é o software livre outra coisa é pagar para alguém gerenciar o seu software livre e isto sai mais caro que usar o software proprietário. Quem trabalha com JBOSS… Read more »

Thiago Pimenta
9 anos atrás

Como se adotar o Software Livre fosse realmente a melhor opção… Podem falar o que for, mas Linux não é totalmente seguro e possui muitas falhas, da mesma forma que o Windows. A grande diferença é que o Linux é complicado de configurar e usar o que afasta muitos usuarios, já o Windows não então o Windows é mais utilizado e por isso é o principal alvo dos malwares. Se o cenario fosse o inverso seria a mesma coisa. Windows taxado de seguro e Linux inseguro) Mesma coisa que falam do Internet Explorer e Firefox. Antes o Firefox era o… Read more »

Liddell Hart
Liddell Hart
9 anos atrás

O que está sendo anunciado é simples: O Exército vai adotar o anti-vírus da Panda para seus computadores, e treinar o pessoal que vai administrá-lo.

E daí?

O pessoal do jornal O Estado de São Paulo (que é a fonte da notícia) está fazendo muito por pouco!

Dão um ar de “treinamento para a Guerra Cibernética” a algo corriqueiro!

levy
levy
9 anos atrás

linux não tem virus!

e agora zé?

Capixaba
Capixaba
9 anos atrás

O problema não é o software proprietario… o problema é uilizar um AntiVirus comercial. Devia-se desenvolver o seu próprio.

Pessoas qualificadas o Brasi ltem de sobre, mas infelizmente as forças armadas não valorizam os profissionais de TI, digo isso pq vivênciei isso, p ele tem mais valor um especialista em Direito ou em Administração =-/.

Galileu
Galileu
9 anos atrás

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin disse:
16 de setembro de 2010 às 23:16

Todo mundo sabe que Linux é coisa de comunista

ahahhahaha boa Mikhail !!!

Galileu
Galileu
9 anos atrás

Rodrigo
Concordo em tudo que você disse..
Mas para o EB chegar a essa conclusão, tem que dar um passo de cada vez!

abraço

João Augusto
João Augusto
9 anos atrás

Fato é que, se entrássemos em guerra contra os EUA, não seria uma internet segura que nos salvaria.

Tiago Santos
Tiago Santos
9 anos atrás

Capixaba disse:
17 de setembro de 2010 às 3:48

Isso é triste.

1o – O Brasil possui alguns dos maiores grupos hackers do mundo (não confunda Hacker com crakers). Por que não utiliza-los se eles só querem ajudar?

2o – Toda TI do EB ficara a mercer da Panda, que pode inclusive enviar informações sobre a utilização do equipamento através de spywares, pois, até mesmo estas empresas “sérias” utilizam essas praticas ilegais normalmente. Suponha uma eminente guerra com o EUA, pais de origem da Panda… a TI do EB espatifaria-se na hora.

>>>> Ela é Espanhola o.o

Colt
9 anos atrás

Lembrei uma coisa.
Pra quem quiser conhecer uma distribuição Linux.
Uma distro interessante é a BigLinux na versao 4.2; uma distro brasileira muito boa.
http://www.biglinux.com.br/
Claro que, tanto os sistemas operacionais proprietários, quanto as soluções open source, cada um deles, tem seus prós e contras, mas no final, o importante é conhecer um pouco de todos os SOs e mais importante, ter as opções. Poder escolher.

Athos
Athos
9 anos atrás

Uma das machetes mais ridículas que já li em toda a minha vida.
hehehehehe
“Exército brasileiro anuncia parceria para combater crime cibernético”

Poderia ser:
Exército compra 37 mil licenças de anti-vírus.

De onde tiraram combater crime cibernético?

Alé, de não dizer coisa com coisa, a notícia não é precisa pois a modalidade da compra não foi por licitação, onde não há negociação e sim propostas onde a mais baixa leva.

A editoria poderia ter lido antes de publicar esta besteira por aqui pois tem gente que já concluiu o primário por aqui.

Abraço

Luiz Alberto
Luiz Alberto
9 anos atrás

A cada dia novos Softwares são testados, porem amigos, tive o privilégio que muitos não tiveram o de ter como Chefe direto o Gen Santos Guerra, militar competentíssimo e dedicado a profissão, . . tenham a certeza que jamais este General adquiriria qlqer modernidade senão tivesse a segurança de ser no momento, algo de melhor para o crescimento do Nosso Exército e do Nosso Brasil. “Gen Santos Guerra! Parabenz ! ! ! !