Home Indústria Odebrecht cria empresa de gestão na área de Defesa

Odebrecht cria empresa de gestão na área de Defesa

213
23

Sociedade com empresas ligada ao Sivam e de irmão de Mercadante planeja participar de projetos de modernização das Forças Armadas

O grupo Odebrecht criou uma empresa para administração de negócios na área de Defesa. A intenção da recém-criada companhia Copa Gestão em Defesa é participar dos programas de modernização das Forças Armadas brasileiras – que poderá incluir desde o projeto do sistema de gerenciamento de controle aéreo na costa brasileira, em estudo pela Marinha, como a construção de navios-patrulhas de proteção das plataformas que exploram o petróleo da camada do pré-sal.

A empresa, que será controlada pelo grupo Odebrecht, terá dois sócios minoritários: a Atech, uma empresa de tecnologia criada por executivos para fazer a integração do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam), e a Penta Prospectiva Estratégica, que tem a participação de Oswaldo Oliva Neto, irmão do senador Aloizio Mercadante (PT-SP), candidato ao governo de São Paulo. Coronel reformado, Oliva Neto ocupou até 2007 o cargo de chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos (NAE) da Presidência da República, depois transformado em ministério, após a saída do ex-ministro Luiz Gushiken do governo Lula.

A Copa Gestão em Defesa representa outro passo da Odebrecht no campo da Defesa. Em junho, o grupo firmou acordo com a EADS Defence & Security para formação de uma joint venture, no qual a empresa europeia – que controla na área civil a fabricante de aviões Airbus – possa tanto vender como transferir tecnologia para as áreas de Defesa e segurança.

No fim de 2008, a tradicional empreiteira já tinha sido escolhida pelo governo brasileiro – sem licitação – para ser a empresa brasileira responsável com a francesa DCNS pela montagem de quatro submarinos convencionais e um quinto submarino de propulsão nuclear – projeto avaliado em quase 7 bilhões de euros (cerca de R$ 16 bilhões), que engloba também a construção de um estaleiro e uma base naval para a Marinha.

Roberto Simões, executivo que ficou à frente da criação da Santo Antônio Energia, empresa que participa da construção de uma hidrelétrica no Rio Madeira, conduziu a formação da nova empresa de gestão na área de Defesa. A Odebrecht Plantas Industriais e Participações (OPIP) será a companhia do grupo à frente da Copa Gestão em Defesa.

Sócios minoritários da Odebrecht

Formada principalmente por engenheiros, a Atech nasceu em 1997 como uma fundação responsável pela integração do sistema do Sivam depois que a empresa Raytheon transferiu a tecnologia de monitoramente da Amazônia ao Brasil. Além do controle do tráfego e da defesa de espaço aéreo, o Sivam também faz o monitoramento ambiental e meteorológico. Mais recentemente, a fundação fez uma cisão de sua atividade, criando uma empresa de tecnologia, que será a responsável pelas atividades da Copa.

Além do irmão famoso do PT, Oliva Neto é filho do general reformado Oswaldo Muniz Oliva, ex-comandante da Escola Superior de Guerra (ESG) no fim dos anos 1980. A Penta presta atualmente consultorias ao setor privado, elaborando cenários nas áreas de Defesa e Segurança Nacional. Procuradas, as empresas não se manifestaram sobre a criação da companhia.

FONTE: iG – Economia

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
jakson almeida
jakson almeida
9 anos atrás

Opa irmão do Mercadante mais Odebrecht isso ta cheirando a maracutaia e das “brabas”.

Freire
Freire
9 anos atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkk Põe Brava nisssoooooo, kkkkkkk

Julio
Julio
9 anos atrás

hummmmm…quem diria, a Odebrecht descobriu que a Defesa é um filão, mesmo com os contingenciamentos. Agora com a Odebrecht no comando….irmao do Mercadante na parada…____________…. dinheiro não vai faltar…pra quem?. Vide exemplo a compra dos submarinos e a construção da nova base, algum politico protestou? Levem a Odebrecht para o FX-2 que sai rapidinho.

Biel
Biel
9 anos atrás

Isso vai feder !

Tem muita gente Podre ai no meio

A algo de podre no “reino das bananas”

Vader
9 anos atrás

“Tá dominado;
Tá tudo dominado”

🙂

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

E isto porque o Mercadante é um futuro membro do MSM – Movimento dos Sem Mandato.

A Empreeiteira nunca vai ficar no prejuízo.

Se o Governo contigencia o pagamento, aquilo não fica congelado e vai acumulando juros com a obra parada, depois tem que ver se o período de paralização não prejudicou algo que precisa ser refeito.

Assim vai mais dinheiro público embora.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Observem o nome da empresa ” Penta Prospectiva Estratégica”.

Quantas pontas tem a estrela do PT ? 😉

Vitor
Vitor
9 anos atrás

O nome Penta eu pensei na copa hahaha =p

caipira
caipira
9 anos atrás

putz….
se a situação já tá preta pras FAs….

MA
MA
9 anos atrás

Odebrecht é uma empresa que bota para f… em todos os sentidos…
Ao mesmo tempo que é uma empresa extremamente competente, envolvida em muitas obras internacionais e levando a imagem do Brasil com competência mundo afora, se envolve numas maracutaias e desvios de verba faraônicos e é um tumor de corrupção!

Welllington Góes
Welllington Góes
9 anos atrás

O problema é porque o cara é irmão do Mercadante? E por ele ser Coronel reformado não conta nada? Será que ele não conhece nada do assunto?

“Além do irmão famoso do PT, Oliva Neto é filho do general reformado Oswaldo Muniz Oliva, ex-comandante da Escola Superior de Guerra (ESG) no fim dos anos 1980. ……”

Isso não conta nada não?

Ah tá, o negócio parece ser do contra por ser, isso é apenas politica né?!

Menos gente, bem menos!!!

Até mais!!!

Sopa
Sopa
9 anos atrás

A mentalidade que nos assola, de que “se roubar mas fizer tá bom! É melhor que roubar e não fazer nada !”
E assim vamos fazendo um Brasil do futuro!

Enquanto a massa não acordar e se rebelar, como gregos, franceses, turcos, o Brasil vai ser assim, um país de remédios sem prevenção !! e a prevenção tem nome, EDUCAÇÃO !!

SdS.

Cor Tau
Cor Tau
9 anos atrás

Abusam do poder que lhes foi concebido………….

CosmeBR
CosmeBR
9 anos atrás

Brincadeira! Até aqui!!!

Brasil Acima de Tudo!!!

gerson carvalho
gerson carvalho
9 anos atrás

Caros senhores, vejam como as vezes as boas intenções podem de fato ser o “lobo em pele de cordeiro”, muitos dos senhores de mente mais “aberta” acham que todas estas mudanças na estrutura das forças armadas são validas e beneficas, podem algumas até serem, mais vejam com exemplo os fatos que estão ocorrendo com a ministra da casa civil e que já ocorreram antes com o Dirceu. Agora considero ainda mais grave o fato de empresas sem nehuma experiência estarem a ponto de servir as forças armadas com o aval da presidencia em uma área tão senssível quanto a de… Read more »

marujo
marujo
9 anos atrás

Estão acusando o Mercadante Oliva de corrupção só por ser irmão de um líder do PT e próximo ao partido. Ser petista ou próximo ao petismo é sinal de corrupção? Corrupção é monopólio do PT? Os escândalos envolvendo o DEM de Brasília e o PSDB gaúcho não contam? Antes dos governos do PT não existiam corrupção? Quando alguém fez uma acusação formal ao Oliva? Que evidências existem de que esteve ou está envolvido em algum ilícito? O que motiva a desconfiança é só por ele ter trocado a farda pela atividade empesarial? Isso é proibido? Os questionamentos do tipo postados… Read more »

marujo
marujo
9 anos atrás

A propósito, o que este empresa acrescenta à indústria nacional de defesa? Concorre com qualquer outra instalada no país?

gerson carvalho
gerson carvalho
9 anos atrás

Meu caro marujo, parece que vc é PT de coração, deve ser um militante fanatico infiltrado nesta comunidade!

Wilson Figueiredo
Wilson Figueiredo
9 anos atrás

muito pelo contrário. Marujo retira a “ideologia” do debate, está claro.

marujo
marujo
9 anos atrás

O que eu sou ou em que acredito não vem o caso, pois sou um cidadão de um pais democrático, que pode fazer ou não suas escolhas. Em que lugar está escrito que só a direita pode discutir assuntos de defesa. Quanto à infiltração, não tem nada a ver, já que o blog (até onde entendo) é um espaço público de debate, que nunca pediu (e acredito que jamais pedirá) atestado ideólogico ou de filiação a qualquer coisa que seja.

DrEngAir
DrEngAir
9 anos atrás

gerson carvalho disse:
19 de setembro de 2010 às 11:13

Bravo, bravo!!!!
Parabéns pela iniciativa.

marujo:

menos, menos, meu caro cumpanheiro.

[]’s

Athos
Athos
9 anos atrás

Eu acho ótima a notícia.
É o primeiro grupo de grande capital nacional a se interessar pela área de defesa.

Melhora a perspectiva de se criar uma verdadeira empresa nacional no ramo de defesa. Capital e competência é o que não falta.

Fabio ASC
Fabio ASC
9 anos atrás

Tomara que o Eiket tbem sinta cheiro de dim dim na Defesa…..