domingo, outubro 24, 2021

Saab RBS 70NG

Venezuela implantará Lei do Alistamento Militar Público

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Homens e mulheres de 18 a 60 anos têm de se registrar obrigatoriamente; receio é que dados sejam usados para formar milícias

Flávia Marreiro

Na Venezuela, onde o serviço militar é voluntário desde 1999, uma lei que obriga todos os cidadãos de 18 a 60 anos a se inscreverem num registro militar nacional provoca controvérsia a apenas 13 dias de ser implementado.

A Lei do Alistamento Militar Público foi aprovada pela Assembleia Nacional dominada pelo chavismo no ano passado e estabelece prazo até o próximo 21 de outubro para que os venezuelanos se ajustem, sob pena de pagar multa equivalente a R$ 270.

Segundo a norma, o registro será exigido durante a matrícula de universidades ou no ato de formalização de emprego público. Quem não o exigir também sofrerá penalidades.

No caso de contratações privadas, será exigido no caso que a função implique porte de arma.

A lei prevê multa também para quem não comunicar mudança de domicílio e até para quem não informar sua impossibilidade -no caso de uma mulher, ficar grávida, por exemplo.

A ONG Controle Cidadão, especializada em temas militares, criticou duramente a amplitude da lei e afirmou que a “invenção” do registro é inconstitucional.

O motivo é que a Constituição de 1999 prevê que se pode optar em prestar serviços civis e militares e só fala de dois registros de alcance nacional: o civil e o eleitoral.

A presidente da ONG, Rocío San Miguel, foi mais além e afirmou que o presidente venezuelano, Hugo Chávez, quer uma “sociedade obediente e subordinada” e que constar numa lista como “elegível ou apto” viola o direito de não querer ser combatente, ainda que em situações de calamidade pública.

Luis Alberto Buttó, professor da Universidade Simon Bolívar, concorda com a avaliação da ONG.

“O registro existia porque o serviço militar era obrigatório até 1999. Exigir registro quando o serviço é voluntário e punir quem não o fizer vai contra o espírito da lei.”

RECUO

O governo reagiu às críticas. O chefe do Comando Estratégico Operacional, general Henry Silva, pediu “calma” à população, afirmou que os críticos estão “manipulando” o tema e que o registro não tem a ver com recrutamento forçoso.

Já a Assembleia chavista começou a se mover para modificar a lei, tornando-a menos rigorosa.

O presidente da Comissão da Defesa, Juan Mendoza, disse que na segunda-feira apresentará um projeto para a reforma da lei, eliminando o prazo de registro -90 dias após completar 18 anos e as multas.

Registro seria “mapa” para ampliar controle

A polêmica do registro militar na Venezuela tem como pano de fundo o plano de Hugo Chávez de “acelerar” a formação das milícias bolivarianas -o treinamento de civis que conformam, por lei aprovada no ano passado, o quarto componente das Forças Armadas da Venezuela.

Integrar ou não as milícias em tese é voluntário e, pela norma, esses civis só têm acesso a armas durante treinamento de três meses.

Mas, no último domingo, Chávez afirmou que os milicianos têm de estar armados. “Quem já viu uma milícia sem armas? Tem de ter armas. É o povo com armas nas mãos das milícia.”

O governo tem tomado decisões criticadas, como o envolvimento dos milicianos em atividades de segurança desde agosto -patrulham o metrô, por exemplo.

Com o registro nacional, o governo teria um mapa completo para planejar a expansão das milícias, hoje formadas principalmente por funcionários públicos.

FONTE: Folha de São Paulo, via CCOMSEx

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
11 anos atrás

Quem conhece a obra de George Orwell sente um Déjà vu ao ler notícias da Venezuela.

Paulo
Paulo
11 anos atrás

O Chávez está se armando para esmagar a oposição interna, para se perpetuar no poder, ou está se armando com outro objetivo? Claro que para enfrentar os EUA é que não é. Então contra quem?

Sagran Carvalho
Sagran Carvalho
11 anos atrás

O déja vù me lembra outra milicia…pelo menos quanto ao processo voluntário de adesão……SS!!!
Nos demais quesitos a política bolivariana deste cidadão é ridícula e pífia!
Tava demorando aparecer alguma novidade deste elemento, principalmente depois das ações do governo colombiano frente as FARC.
Não demorará muito à este indivíduo fazer uma bobagem ainda maior e ver o sonho da turma bolivaiana toda ruir…inclusive de alguns moradores de Brasília…!!!

Bruno Rocha
Bruno Rocha
11 anos atrás

Paulo disse:
8 de outubro de 2010 às 19:45

Paulo

Com um povo pobre, guerrilheiro e ignorante, será fácil de ocorrer massacres violentos naquela região. Eu não queria estar lá e como disse antes, vamos ter mais uma base “em cima de nossa cabeça”, mas é claro, depois que o Chavito cair.

Eu vejo nos astros. Chavez vai ser derrubado pelo próprio povo assim que confirmada sua total falta de inteligencia (é claro que para nós está estampada na cara!).

DaGuerra
DaGuerra
11 anos atrás

Volkssturm? O “furherzinho” continua sua mobilização.

Freire
Freire
11 anos atrás

É se a “Estela” Bolivariana que é ganhar aqui fará a mesma coisa com o MST/armado!podes crer, rssss.

Brasil.

defourt
defourt
11 anos atrás

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin disse:
8 de outubro de 2010 às 18:33

“Quem conhece a obra de George Orwell sente um Déjà vu ao ler notícias da Venezuela.”

Ah! Hahahahahahahaha!
Salvou meu humor de fim de noite!
Amanhã eu já serei de novo DEFOURZINHO paz e amor!

Vader
11 anos atrás

Oras, o que que os venefavelanos queriam? Ditadura é assim…

MA
MA
11 anos atrás

É um verdadeiro desrespeito à democracia… Não sei como o povo venezuelano se sujeita a esse tipo de coisa… Registrar-se obrigatóriamente no serviço militar é algo abominável!

@wagner
@wagner
11 anos atrás

Ei, não comparem a honrada Volkstrumm com esses milicianos analfabetos. A brigada alemã lutou honradamente contra inimigos bem reais, ao contrario dessa palhaçada chavista de criar uma ” SS Grupenführer” na Venezuela.
Viram que tem uma gatinha da oposição venezuelana que tá crescendo ?? Quem sabe ela consiga algo para impedir essa besteira que esse cara esta fazendo.
Acho que a ideia do Chavez é imitar a Guarda revolucionária Iraniana, para ter sustento ao seu regime.
Mas esse cara é tão patético que eu sei que isso tudo vai dar em nada…

J. Claro
J. Claro
11 anos atrás

Detesto essa idiotice de anti americanismo, anti França,
anti Russia etc. etc. etc. mas tem algumas coisinhas nesse mundo que eu particularmente não engulo nem sob
tortura. Uma delas é esse tal de Chaves, um bandidão que se apossou do poder na Venezuela e está mantendo
o seu regime ultrapassado disfarçado de democracia com
uma retórica que ainda seduz muitos cegos no continente.

Seal
11 anos atrás

Esse cock-pit em que o fanfarrão bolivariano está sentado,será que é de um SU-30???

Eduardo RA
Eduardo RA
11 anos atrás

Tem cheiro de guerra civil no ar…no dia em que o caudilho perder o controle da situação, outros lídes surgirão. Um monte de gente com arma nas mão e “teinamento” militar… Que os deuses estejam com o povo da Venezuela, não com os lunáticos que os comandam.

Biel
Biel
11 anos atrás

As ambições do palhaço de Caracas não tem limites .

Raptor
Raptor
11 anos atrás

Hummm…

O negócio e entreter o “gado” para que o mesmo não perceba os problemas econômicos, já que os negócios de petróleo com o sócio americano não anda rendendo muito…

Tudo joio do mesmíssimo saco…

Raptor
Raptor
11 anos atrás

Apenas uma correção…

O Chaves não é burro e muito menos palhaço…

Ele se faz de palhaço que é uma coisa bem diferente…

Resumindo, é mais um ATOR político.

Leandro RQ
Leandro RQ
11 anos atrás

A turma mais a esquerda do Molusco deve vibrar com esse tipo de notícia. Eles sonham em fazer algo parecido aqui no Brasil…

Aldo Ghisolfi
11 anos atrás

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin: o pior é que o mesmo pode se passar por aqui.

@wagner
@wagner
11 anos atrás

Isso é paranóia. O Brasil não tem os mesmos elementos sociologicos da Venezuela. Nossa classe média já é muito numerosa e muito mais poderosa, não tem como instalar um Chavez aqui. Além disso, ao contrario das forças armadas venezuelanas, nossas forças armadas são predominantemente direitistas. Chavez está no poder por um motivo simples: A Direita Venezuelana NÃO SABE jogar na oposição. Ela é infantil, mimada, incompetente. Por isso o Chaves chegou onde chegou. Somente agora aquela gata está angariando forças para rivalizar com Chaves. Finalmente, a oposição está se mexendo. A quanto tempo ela está parada ? 10 anos ???… Read more »

Aldo Ghisolfi
11 anos atrás

@WAGNER: entendi que o teu post respondeu ao meu, que estava se referindo ao Big Brother do George Orwell comentado pelo Bakunin.

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -