Home Noticiário Nacional Um ano após a tragédia com helicóptero na zona norte, PM...

Um ano após a tragédia com helicóptero na zona norte, PM compra aeronave blindada

761
37

Desde 17 de outubro do ano passado grupamento aéreo não faz operações em favelas

Marcelo Bastos

O prefixo PR-COE representa a esperança para 20 pilotos e 40 tripulantes do GAM (Grupamento Aero-Marítimo) de voltar a fazer operações em favelas. A última vez que helicópteros do GAM sobrevoaram uma região dominada por traficantes foi há exatamente um ano, quando o Fênix 03 foi atingido por vários tiros e pegou fogo, o que causou a morte de três policiais. Na ocasião, traficantes do Morro do São João invadiram o Morro dos Macacos, dominado por uma facção rival.

A inscrição, uma referência a Comando de Operações Especiais, está grafada na principal arma do GAM no combate ao crime, que já foi comprada e deve estar em uso a partir de fevereiro: o helicóptero blindado Bell Huey II, avaliado em R$ 12 milhões, praticamente o dobro do valor dos modelos Esquilo, usados pela PM. O sub-comandante da unidade, tenente-coronel Miguel Ramos, comemorou a chegada da aeronave, que será a Fênix 05.

– A negociação para a compra dessa aeronave acontece há um ano e meio, portanto, antes do incidente com a nossa equipe. No dia 16 de dezembro, nosso secretário de Segurança vai aos Estados Unidos receber oficialmente o helicóptero, que ainda está em fase de montagem. Depois, em janeiro, equipe de pilotos e mecânicos nossos vão até lá para fazer um treinamento de três semanas.

Diferentemente do helicóptero Esquilo, usado pela PM, que é feito em fibra e tem capacidade para dois pilotos e quatro tripulantes, o Huey II é uma aeronave de guerra, cuja blindagem suporta tiros de fuzil calibre 7.62 e até de metralhadoras ponto 30, além de ter capacidade para transportar até 13 pessoas: dois pilotos e 11 tripulantes. Em operações em favelas, no entanto, o helicóptero vai atuar com oito tripulantes.
– Com essa aeronave, poderemos fazer até operações à noite. Vamos ter equipamento de câmera com visão noturna e os pilotos também terão este tipo visão. A pintura, em cinza esverdeado, faz com que a aeronave fique praticamente invisível. Além disso, teremos uma série de equipamentos, como farol de busca e fast hope, uma corda em que o policial tem mais agilidade para descer do que o rapel, utilizando somente luvas especiais.

Helicóptero usado no Iraque e Afeganistão

O Huey II não é exatamente uma novidade para a polícia do Rio de Janeiro. A Polícia Civil já possui uma aeronave desse modelo, chamada de Caveirão Voador. Com isso, os agentes puderam fazer uma espécie de consultoria para os militares, apontando os pontos ruins do helicópteros e sugerindo melhorias. A parte da frente da aeronave vai receber um reforço na blindagem e as proteções laterais serão mais versáteis, de colocação e retirada mais fáceis.

Fabricado nos Estados Unidos e usado pela Força Aérea e pelo Departamento de Estado americanos, o Huey II também é usado pela Polícia de Nova Iorque, Força Aérea, Exército e polícia nacional da Colômbia, Força Aérea Filipina e do Iraque, além de sobrevoar os céus do Afeganistão, Paquistão, Cazaquistão, República Dominicana, Argentina, Peru, num total de 150 aeronaves.

FONTE: R7

37
Deixe um comentário

avatar
37 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
26 Comment authors
Antonio CostaJoão Paulo CarusoRodrigoBruno RochaThe_mal_voltou Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
jakson almeida
Visitante
jakson almeida

Uma excelente escolha da PM carioca.

Crusader
Visitante
Crusader

Concordo com o Jackson, essa foi uma ótima escolha da PM, ainda mais se vinher com essa câmera de visão noturna como diz no post.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Uma dúvida: 7,62 não é o mesmo que .30?

Vitor
Visitante
Vitor

Operacao noturna eh bom. Imagina os traficantes nem saberao de onde veio o tiro. A nao ser que eles tambem evoluam e comprem oculos de visao noturna… Sabem como é a evolucao natural do ser humano adapta-se a qualquer terreno, o mesmo serve para traficantes =] O negocio eh elimina-los e ocupar permanentemente.

Lucas
Visitante
Lucas

Ha alguns anos falei brincando com amigos policiais ‘Já no rio vão ter que usar é Super Tucano’ e me parece com essa escalada que essa realidade está próxima

Infa
Visitante
Infa

Um tiro de RPG é barro pro heli, bem espero que a bandidagem não tenha chegado a esse nível.. fogo neles!

fn
Visitante
fn

Parabens.
Ainda me perguntava o porque da PC ter um e a PM não.Deve ser porque o encarregado das compras devia achar bobagem um Heli blindado para a pm,eles quaze não vôam em areas de conflito ahahaha,se tem uma PM que realmente deveriater este tipo de HELI é a PMERJ.

João Gabriel
Visitante
João Gabriel

Rodrigo,e aí blza? Também tinha essa dúvida,mas não é a mesma coisa não…rsrs O calibre .30 é mais antigo,foi amplamente utilizado na Primeira e Segunda Guerra na metralhadora M-1919 Browning ,no fuzil automático BAR e no M-1 Garand,as dimensões em mm são 7,62×63 mm e foi proibido pela ONU,pelo menos para exércitos regulares por ser muito letal…Já o conhecido 7,62mm na verdade é o calibre .308 Remington ,7,62x51mm usado no FAL,G-3,M-60,MAG….A diferença é milimétrica,bem pequena,mas em termos de danos é bem grande a diferença,se o 7,62mm é poderoso,imagine o que um .30 não pode fazer….O caso é que ainda o… Read more »

RtadeuR
Visitante
RtadeuR

Parabéns pela escolha.

Sou suspeito para falar deste helicóptero, um pequeno guindaste voador. Só há um problema: um é pouco.
Uma aeronave que não tem nada que provar, esteve ou está em todos os conflitos mundiais desde sua fabricação, e sendo blindado é melhor ainda.

Eduardo RA
Visitante
Eduardo RA

Pode parecer meio estapafúrdio o que eu vou dizer, mas pra mim, o helicóptero pra combater nos morros do Rio tinha que ser alguma coisa parecida com um APACHE. Uma aeronave para ficar parando de longe, apontando o canhão pros caras, monitorizando com uma câmera tipo FLIR. Os caras iam pensar duas vezes antes de reagir. Bandido só teme aquilo que ele não consegue assustar. Sei que é caro e meio fora de realidade. Se for pra ficar com o Huey mesmo, é melhor equipar com um Gatlin gun em cada lateral, tipo isso aqui: http://www.youtube.com/watch?v=iqDCCTCYTNI&feature=fvsr Como disse antes: a… Read more »

Luis
Visitante
Luis

3 correções sobre o comentário do Rodrigo:

*.30 = 7,62mm (é uma família de calibres).

*Existem o .30-06 Springfield (7,62x63mm) – usado pelos Springfield 1903, M1 Garand, M1941 Johnson e a Browning M1919A4 – e o .30 Carbine (7,62x33mm) utilizado pelas Carabinas M1/M2. Este calibre foi usado até a Guerra da Coréia. Ainda hoje pode-se comprar fuzis bolt-action nos EUA nesse calibre e o próprio M1 Garand.

*7,62x51mm = .308 WINCHESTER – O calibre criado pela Remington é o 5,56x45mm (.223 Remington).

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

Que beleza! Além de blindado, disseram que vem até com toca-fitas e o COE já escolheu “Cavalgada das Walkírias” como tema para a próxima pacificação!

fn
Visitante
fn

Caro infa,RPG não é AA,Rpg é anti-carro,se eles realmente tivessem o que eu acredito não ter,usariam contra os blindados da PMRJ e até hoje que eu saiba numca teve blindado atingido por munição de rpg ou outro tipo de arma anti-carro.Já houveram planos para AED contra os blindados mas ficou só no papel.
RTADEUR, tambem acho um é pouco.

Sopa
Visitante
Sopa

Uma duvida, este heli é para transporte de tropa, ou efetivamente para combate com os traficantes ? caso seja para combate, não seria melhor um heli menor mais rápido e mais silencioso que o HueyII, ou o que foi decisivo para sua compra foi a blindagem, um MD Explorer blindado a exemplo não seria melhor ? ou somente o sapão aceita tal blindagem ?

SdS

Marine
Visitante
Marine

Correcao:

O termo nao e “fast hope” (Esperanca Rapida?? rsrsrs) e sim “Fast Rope” (Corda Rapida).

Sopa,

Esse Heli deve ser usado como uma plataforma, tanto de tiro preciso por franco atiradores como tambem uma plataforma de insercao e evacuacao de feridos se necessario.

Excelente noticia e parabens a PM pela compra de mais uma ferramenta.

Semper Fidelis!

Sopa
Visitante
Sopa

Marine disse:
19 de outubro de 2010 às 12:07

Nesse ponto, como inserção e evacuação em uma favela, ou em outro lugar não fica comprometido pelo tamanho do heli ?

Mesmo se não houvesse outro modelo não seria melhor o UH-1Y ?

SdS.

MA
Visitante
MA

Nossa, nem perto do que afirmava a outra matéria, ein? Achei essa compra muito mais sóbria que a que estavam alardeando. Uma excelente aquisição, de fato. fn, já foram apreendidas armas anti-carro no Rio. Só o fato de terem não significa que irão usá-las, normalmente possuem mais um papel intimidatório mesmo. Não usariam porque no caso de um ataque a um caveirão, por exemplo, com uma arma anti-carro o resultado seria a completa eliminação do negócio dos traficantes responsáveis… O morro-dos-macacos hoje está ocupado pela UPP. Um ataque dessa magnitude com certeza traria como consequência a ocupação do morro da… Read more »

Andre Luis
Visitante
Andre Luis

DaGuerra disse:
18 de outubro de 2010 às 17:51

Bem lembrado…kkk
Sempre que vejo o Sapão sobrevoando as favelas fica impossível não lembrar do filme Apocalypse Now.

Leandro RQ
Visitante
Leandro RQ

Quanto mais melhor.

Até 2016, ano das Olimpíadas, o RJ vai receber muitos investimentos em segurança pública.

Se souberem “comprar direito” podem deixar as polícias cariocas(civil e militar) muito bem equipadas para combater os criminosos.

Nick
Visitante
Nick

Caveirão Voador??? 🙂

Bom para a PM do Rio, próximo passo será o MI-35 …

Caro Marine, esquema Fast Rope é aquele do filme “Black Hawk Down”? Aliás foi o fato gerador segundo o filme do Fail que foi aquela operação.

[]’s

Zirium
Visitante
Zirium

De fato, ótima aquisição seguindo a linha da Civil.
O que acho negativo e ao mesmo tempo não é, dependendo do ponto de vista é o estrondoso ruído, de longe o bicho se faz ouvir e é justamente esse ruído que atemoriza e deixa a bandidagem “ligada”.
De qualquer forma pra quem estará na linha de frente, precisa mesmo de equipamento já que o salário…..isso é outra história!!!

Infa
Visitante
Infa

FN
Eu sei que o RPG é um armamento anti-carro, mas isso na teoria, na prática não os inviabiliza a serem utilizados contra meios aéreos em baixa altitude realizando um desembarque correto? Vide Somália, Black hawk dooown rs
Mas então eu ja vi uma vez um RPG-7 apreendido pela PM carioca, assim como também ja vi vários AT4 circulando, mas esses acredito serem somente carcaças ja utilizadas (puro embuste), bem se eles possuíssem também acho que ja teríamos escutado alguma noticia sobre um Caveirão indo pelos ares…espero que isso nunca ocorra

Fábio Mayer
Visitante
Fábio Mayer

É uma versão modernizada (embora a célula seja nova) do famoso UH1H o “sapão” que a FAB opera ainda em grande quantidade.

Um dos melhores helicopteros da história, com uma carreira ainda promissora por muitos anos.

fn
Visitante
fn

Caro Infa,como tu disse os at4 que foram apreendidos que eu tenha visto eram só as carcaças,certa vez uma barreira da Força Ncional na fronteira do rio com ES foi apreendido um at4 mas era só a carcaça. Caro MA,acho que o Heli incomoda muito menos que o blindado pois o mesmo anda de dia denoite e entra direto na boca,mesmo assim eles não tiveram medo de derrubar o heli, e é sabido que eles sempre atiram nos heli.Eu acredito (isto meu pensamento)que se eles tivessem mesmo um armamento anti-carro eles já teriam usado sem medo de repreção,na hora do… Read more »

Marine
Visitante
Marine

Sopa, Obviamente ninguem vai ser inserido no meio da favela a nao ser exatamente por fast rope. Quando digo insercao, me refiro tanto um pouso num local proximo e seguro quanto fast rope, evacuacao de feridos tambem seria feito em uma LZ (Landing Zone) segura e longe do local da troca de tiros. O importante e que o Heli agora prove o meio necessario para que essas funcoes ocorram, o que voce se refere ja sao TTPs (Taticas, Tecnicas e Procedimentos) e isso e dependente da situacao no qual o Heli esta envolvido cabendo a tripulacvao decidir inserir por fast… Read more »

Fabio ASC
Visitante
Fabio ASC

Só acho qu eo título da notícia está errado. Tragédias ocorrem devido à imprevisibilidade do ocorrido, o que não é o caso no Rio de Janeiro, onde já se sabe há muito tempo da capacidade bélica dos traficantes.

O RJ vive uma guerra civil que os políticos, sempre eles, não querem assumir.

Morre mais gente lá do que no Aveganistão!!!!!!!!!!!

Sopa
Visitante
Sopa

Marine, a minha grande duvida é se não existe outro heli com a mesma capacidade e blindagem que o “sapão” ?

Pq. é sabido de todos que tem helis bemmm melhores que esse, mas se o quesito primordial for a blindagem, e que os outros não tenham ai tudo bem, me contento com essa compra !

SdS.

The_mal_voltou
Visitante
The_mal_voltou

só falta os burocratas da IGPM-EB liberar as M249 ai tá fechado o pacote completo!

The_mal_voltou
Visitante
The_mal_voltou

outro porém, A FAB podia ter doado 1 ou outro sapão que estivesse estocado desde a chegada dos Black Hawk…
era só trocar o motor, revisar aviônicos e instalar o que precisasse, seria menos custo que mandar fazer um novo…

Marine
Visitante
Marine

Sopa,

Penso eu que o fator primordial nessa compra foi o custo. Com certeza ha outros helis que podem ser blindados mas o custo de modelos mais modernos podem ser proibitivos.

SF!

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

Desculpem a intromissão, mas acredito que nas Olimpíadas e Copa, o governo dará um “sumiço” nos bandidos do mesmo modo que fizeram no Pan-Americano.
No PAN não tinha esse helicóptero e mesmo assim a bandidagem calou a boca.
Acho que tem $$$$ metido nisso, do tipo…
-Ou fiquem quietos ou daremos armas pesadas para a Polícia matar vocês!!!!

Ou os Srs. Ainda acham que não há relação entre os interesses e a violência?

Qualquer policial inteligente já pensou nisso ao menos uma vez na vida!

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Por que não pegar um Dauphin e prestigiar a indústria nacional ?

Simples…

Para as Brincadeirex, Enrolex, Faznadaex, etc…

Ele serve..

Na hora do combate, tem que pegar algo com custo e benefício aceitável…

Infelizmente na Helibrás não tem nada do gênero em catálogo.

Só acho que pegar um só é complicado…

Quem tem um não tem nenhum 😉

João Paulo Caruso
Visitante
João Paulo Caruso

Que eu saiba esses helicópteros não são realmente a prova de balas, a blindagem é só nos sistemas essenciais. Ele é feito de alumínio e talvez tenha aplicações de mateirais resistentes como kevlar, mas a Fuselagem em si não resiste a .30 e ao 7,62 e a tripulação não estará totalmente segura.

Se a idéia é levar tiro talvez fosse melhor escolher um modelo bimotor.

Se puderem por favor me corrijam!

Abs!

João Paulo Caruso
Visitante
João Paulo Caruso

Quanto ao uso de armas AT pelos traficantes, já vi, no jornal serem apreendidos modelos antigos do LAW. Se os traficantes usariam? se fosse para salvar a pele podem ter certza que eles usam. Já vi imagens de um carro da polícia carioca atingido por uma granada de fúzil de 40mm, o estrago não foi grande ( um quinto do que se veria nun filme de ação ) e aparentemente o progétil era de fragmentação e não de carga oca. Acertar um RPG em um heicóptero é bastante difícil, ou melhor quase impossível. O s rpgs tem uma espoleta de… Read more »

Antonio Costa
Visitante
Antonio Costa

Certeza é melhor do que nada….

João Gabriel
Visitante
João Gabriel

Acho que a aquisição desse tipo de Anv pelas polícias será natural a medida do possível,a copa do mundo esta aí e as olimpiadas também,fora isso há a violência que não para de crescer e a organização e militarização do crime organizado,portanto há necessidade de equipar as policias com meios militares também..Porém caros ,falta a colaboração das FAs,no sentido de liberar equipamentos para a ação das polícias,sei que pouco antes dessa tragédia,foi negado um pedido de compra de 12 Minimis para o GAM,ou seja,eles são muito bons para atuar lá fora,mas não atuam aqui e ainda negam os meios pra… Read more »

fn
Visitante
fn

Isso ai joão, magua por não ter tanto poder sobre as pms.Se não me engano a alguns anos a PMERJ (bope) quiz comprar OVNp e o EB não autorizou,pediu emprestado para o EB e nada,ainda bem que tem o CFN,que emprestou sem medo.
Eles devem achar que só eles fazem patrulhas noturnas.Quando falo (EB,eles )estou falando dos burocratas não dos combatentes.

AD SUMUS