Home Indústria Helibras vai modernizar 33 Esquilos do Exército

Helibras vai modernizar 33 Esquilos do Exército

499
2

Contrato foi assinado na quinta-feira (30 de dezembro), em Brasília, e capacitará os helicópteros a operarem por, no mínimo, mais 25 anos

Mais de duas décadas depois da incorporação dos primeiros helicópteros AS350 Esquilo à frota do Comando de Aviação do Exército (CAvEx), a Helibras vai implantar um programa de modernização de 33 aeronaves que se encontram em operação naquele Comando e reconstrução de outras três desse modelo que se encontram inoperantes.

O contrato para realização do programa, no valor de US$ 92 milhões, foi assinado no dia 30 de dezembro passado, no Quartel General do Exército, em Brasília. Os trabalhos terão inicio este ano, nas instalações da Helibras, em Itajubá (MG), com término previsto para 2018.

O programa de modernização capacitará os helicópteros a operar por pelo menos mais 25 anos e abrangerá a substituição dos bancos por modelos com blindagem e capacidade de absorção de impacto, a instalação de um piloto automático e a troca do painel de instrumentos analógico por um sistema integrado com telas MFD (Multifunction Display), que reúnem informações de navegação.

As novas soluções de aviônicos serão desenvolvidas no Brasil pela Sagem Avionics em conjunto com a Aeroeletrônica, com base em um acordo de cooperação firmado entre as duas empresas e a Helibras em novembro último. Esse fornecimento assegurará a revisão desses equipamentos no Brasil, como também futuras modernizações de outras aeronaves civis e militares na região.

Além da frota de aeronaves do CAvEx, o pacote de modernização criado pela Helibras está preparado para atender toda a frota de AS350 Esquilo em operação no Brasil – cerca de 300 aeronaves. Segundo Eduardo Marson, presidente da Helibras, trata-se de uma importante inovação que a Helibras introduz em seu mais versátil modelo: “A tecnologia deu enorme salto desde que os primeiros AS350 Esquilo começaram a ser operados. A aviônica ganhou itens digitais, gerenciados por computadores, que resultam em mais segurança e menor carga de trabalho para o piloto”, afirma o executivo.

Principais itens

O glass cockpit é o item mais significativo da modernização porque oferece uma nova concepção de voo. Três telas de LCD fornecem informações de atitude, velocidade no ar, altitude, velocidade vertical, razão de guinada e HSI, bem como todas as informações do motor e da estrutura.
O módulo também traz um conjunto de modernos equipamentos de navegação e comunicações, permitindo que as informações essenciais passem a ser apresentadas de forma concentrada sobre a situação de voo e sistemas, reduzindo o tempo em varreduras no painel, além de permitir uma leitura precisa e extremamente rápida dos dados dos sistemas e dos parâmetros de voo.

O piloto automático é o modelo Sagem AP85, um AFCS (Automatic Flight Control System) que provê estabilidade nos eixos longitudinal e transversal, e aumento na estabilidade com controle automático de ajustes finos de voo. O seu computador de ajustes finos (trim) comanda um atuador paralelo de tal modo que mantém o cíclico centrado durante todo o momento, para que haja sempre a máxima capacidade de manobra sobre os comandos, memorizando a atitude da aeronave no momento em que é acoplado, garantindo o vôo estável e o enquadramento do alvo nos momentos de uso do armamento aerotransportado. A estabilidade proporcionada pelo AP85 também significa um auxílio valioso nas missões de observação, de ataque e reconhecimento armado, ou mesmo em missões de salvamento realizadas pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil.

Os novos bancos com absorção de energia oferecem proteção do tipo anti-crash, permitem ajuste longitudinal e de altura, proporcionando melhor campo visual para os pilotos; serão instaladas placas de compósitos especiais, que oferecem uma proteção blindada. São três partes, sendo uma posicionada no piso da cabine, sob os pedais, uma nas laterais, entre cada piloto e as portas, e outra nos encostos dos assentos.

FOTO: Guilherme Wiltgen/ForTe

LEIA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joker
9 anos atrás

Parabens ao MD e ao EB por modernizar um dos principais meios de asas rotativas das FFAA. Algumas passagens do texto são bastantes interessante e criam algumas expectativas quanto a futura logistica e emprego dos meios em questão.