Home Carros de Combate Holanda desativa seus últimos Leopard 2 e fica sem carros de combate

Holanda desativa seus últimos Leopard 2 e fica sem carros de combate

671
18

A Holanda realizou uma cerimônia de despedida de seus últimos 60 carros de combate no dia 18 de maio. Os Leopard 2A6 serão vendidos, terminando assim 90 anos de história dos carros de combate na Holanda.

O primeiro carro de combate foi introduzido no exército holandês logo após a Primeira Guerra Mundial, e no auge da Guerra Fria, os Países Baixos tinham cerca de 1.000 unidades, que formaram a espinha dorsal das forças armadas holandesas. Após o fim da Guerra Fria, o número foi rapidamente reduzido para o número final de 60 unidades.

FONTE/FOTO: Ministério da Defesa da Holanda

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
9 anos atrás

Olha aí uma ótima compra de oportunidade para o EB.

Compra da Holanda, retrofita na Alemanha e estaremos com um dos melhores MBTs do mundo em mãos.

Se o Brasil não comprar, o Chile leva…

Vader
9 anos atrás

Aliás, parece que esses 2A6 da Holanda são da última versão; talvez não precisasse nem retrofitar, mas só dar uma “garibada”.

E parece que a Holanda tinha no total 82 2A6, além de mais 28 estocados. Um total de 110 MBTs.

Imaginem uma Cavalaria do EB com os 250 1A5 modernizados mais os 110 2A6 ex-Holanda.

Padronizaria em torno da família Leopard. Dá pra aposentar todos os 1A1, ou os M60 mais os M41 que ainda tem por aí.

E a cavalaria do EB finalmente entraria no séc XXI.

junior262
junior262
9 anos atrás

Sinceramente não vejo em q papel um carro de combate principal se encaixa em uma força que se diz totalmente defensiva (FAA brasileiras) e em uma época onde helicopteros, aviões e até a infantaria possuem inumeras armas “destruidoras de tanques”…

Não acham q é investir uma grande quantidade de recursos em uma arma, q dependendo do cenário e do seu uso, é bem restrita em desempenho ??

abs

Marine
9 anos atrás

Vader, Concordo. Compra os 2A6 e aposenta os M60 e 1A1. Se nao sei agora de cabeca o peso deles e como isso restringiria a operacao dos mesmos no pais. Junior, Tanques continuam sendo essenciais para qualuqer exercito que se preze e continuarao sendo por pelo menos ate a metade do seculo atual. Nao sei da onde vem essa ideia de alguns tem que ser “defensivo” requer que a Forca Armada so possua sistemas de armas ditos “defensivos”. Desde quando agora ser defensivo requer sentar em uma trincheira e esperar o inimigo avancar?! Forcas Armadas “defensivas” sao aquela que vencem… Read more »

Marco Antônio
Marco Antônio
9 anos atrás

Ao concordar com o Vader e com o Marine, ressalto como pontos-chave da possível aquisição a padronização dos meios, apesar das versões distintas, e o salto qualitativo que representa o equipamento. Teríamos, acredito, a mais poderosa arma de cavalaria da América do Sul considerando a combinação quantidade e qualidade.

junior262
junior262
9 anos atrás

Marine, Não que um país com doutrina preferencialmente defensiva necessite de armas ditas defensivas… No caso de um MBT, na minha visão, é uma arma com perfil ofensivo, já que é uma arma que historicamente foi e é usada como ponto forte de forças ofensivas terrestres… Quando eu disse q outro tipo de arma poderia ser mais eficiente q um MBT, pensei no uso q o Brasil da a eles. Nossas forças blindadas são na sua maioria estacionadas no sul do pais por causa do relevo favoravel ao seu uso e pq nossa principal ameaça em forças blindadas é a… Read more »

Marine
9 anos atrás

Junior, Se o entendi bem, voce esta questionando se tanques sao necessarios ao Brasil pelo fato de que os nossos estao em posicoes estaticas, e isso? Se for isso o que vou lhe dizer e o seguinte: FAs nao devem depender de um unico meio ou sistema de armas para contrapor outro meio – principalmente um tao primordial e letal como forcas blindadas. Da mesma forma que uma marinha, apesar de dispor de Helis e navios que possam atacar subs, nao pode ficar sem submarinos para cobrir toda a gama de ameaca que um submarino faz a uma esquadra. Tambem… Read more »

LuppusFurius
LuppusFurius
9 anos atrás

Poderiamos pegar estes holândeses os belgas, e uns 50 alemães,” tunnar” e mandar para SP,PR,SC e RGS.
Bom, o Aqüifero Guarani ficaria feliz e calminho…..

Marco Antônio
Marco Antônio
9 anos atrás

Junior262, Uma contra-ofensiva é exemplo de emprego de “armas ofensivas” em uma tática, pelo menos inicialmente, defensiva. (digo inicialmente pq a contra-ofensiva pode prolongar-se após a desmobilização das forças ofensivas inimigas e passar a configurar uma ofensiva). Há também a possibilidade de um ataque preventivo. De qualquer forma, penso que o equívoco da sua consideração está centrado no fato de que consideras que um país “pacífico” deve estar pronto para repelir ataques e ponto final. Pergunto: após um ataque, devemos esperar pelo próximo e assim sucessivamente? Ou um ataque basta para que passemos a atuar de forma a neutralizar as… Read more »

Luis
Luis
9 anos atrás

Opiniões minhas:

1) Deveríamos compras todos os Leo 2A6 holandeses (sejam 82 ou 110) antes que alguém o faça;
2) Aposentar os M41;
3) Os M60 poderiam ser repassado ao CFN, desde que em condições de operação e o CFN tivesse meios para operá-los;
4) Os Leo 1BE poderiam ser transformados em Flakpanzer, operando no meio dos Leo 1A5, dependendo dos custos;

E ainda:
– Os Leo 1BE e os M60 poderiam ser vendidos;
– Os Regimentos de Cavalaria Blindada deveriam operar veículos do tipo M2 Bradley / BMP e/ou Stryker /BTR.

Marco Antônio
Marco Antônio
9 anos atrás

Luis,

Analisando a sua proposição, pergunto se os Leo 1BE no CFN e a venda dos M60 não seria alternativa que contemplaria melhor a questão da comunalidade da força blindada? (aposentadoria dos M41 é unanimidade).

Control
Control
9 anos atrás

Senhores

Considerando o cenário externo (haja visto certo vizinho), seria aconselhável comprar todos este Leo II, porém manter os M60, senão em unidades operacionais, pelo menos em estoque de reserva, além de repensar o destino previsto para os 1A1 (reserva de peças) recuperando pelo menos a metade para condições operacionais.
Se a tendência atual para aumento de conflitos e corrida armamentista prosseguir, é bom pormos as barbas de molho e ter uma boa quantidade de MBTs em operação e uma boa reserva de máquinas passíveis de serem ativadas rapidamente.

Sds

Cinquini
Cinquini
9 anos atrás

Senhores,

Tem uma ordem, se não me engano do ano passado, falando sobre a desativação dos M-41C e colocando os Leopard 1BE no seu lugar conforme fossem substituídos pelos Leopard 1A5 nas suas unidades de origem.

Concordo com os companheiros acima quando dizem que a compra dos Leopard 2A6 seria uma excelente compra de prateleira, lembro ainda que a Alemanha, quando da crise monetária, colocou grandes quantidades de Leopard 2 (de diversas versões) em estoque, o que também seria uma grande compra.

ForTe abraço,

Vader
9 anos atrás

Marine: esse negócio de restrição de peso é meio que uma “desculpa esfarrapada” de quem não quer comprar nada. Tem caminhão por aí rodando muito acima de 70 toneladas, e ninguém faz nada. __________ Júnior: diferenciar estratégia defensiva de tática defensiva. Ter uma estratégia defensiva não implica necessariamente ter uma tática defensiva, e vice-versa. No mais, blindados são ESSENCIAIS também numa defensiva tática. Lembrando que a boa defensiva é uma combinação de defesa em profundidade com contra-ataques em pontos estratégicos. E para isso MBTs são essenciais. Não obstante, a prioridade do EB nos últimos anos foram helicópteros. Penso que a… Read more »

junior262
junior262
9 anos atrás

Obrigado pelas respostas… acho q a um tempo nao lia uma boa “discussão” com argumentos…

Boa lembrança os contra-ataques blindados…

cvn76
cvn76
9 anos atrás

A Suíça também tem uns 100 Leopard a venda em bom estado!!

Wagner
Wagner
9 anos atrás

mais um exemplo de decadencia européia. depois ” não, o mundo inteiro é perfeito e só a Rússia é uma M” Curioso que nao vejo ninguem criticar o governo Holandes… se fosse uma desativação de um pelotao na Russia nossa… ja teriamos 30 posts xingando ate nao poder mais… Essa desativação é um tremendo erro por parte da Holanda. Deveriam manter pelo menos 50 tanques para manter tropas em treinamento minimo. Tudo bem que a Alemanha está do lado, mas, poxa, agora se entrarem na Europa vão jogar tudo em cima do Reich ?? a galera da Nordland deve estar… Read more »

Rubens
Rubens
8 anos atrás

Pena que não é a Marinha do Brasil, que faz compras de ocasião! Pois com certeza o valor deve ser bom.