segunda-feira, outubro 25, 2021

Saab RBS 70NG

Jobim: ‘Se puder continuar, tudo bem. Se não puder, tudo bem’

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Ministro da Defesa elogia presidente e diz que quer ficar, mas já admite saída

Bernardo Mello Franco

Com o cargo em risco há uma semana, o ministro Nelson Jobim (Defesa) admitiu ontem, pela primeira vez em público, que pode deixar o governo Dilma Rousseff.
Ele disse que deseja permanecer no cargo, mas que ficará “tudo bem” caso seja substituído: “A presidente é quem decide essas coisas. Se puder continuar, tudo bem. Se não puder, tudo bem”.

A relação entre os dois se deteriorou no último dia 26, quando ele declarou no programa “Poder e Política”, parceria da Folha e do UOL, ter votado em José Serra (PSDB) na eleição de 2010.
Ontem, no “Roda Viva” da TV Cultura, Jobim mudou de tom e rasgou elogios à chefe.

“A presidente Dilma é extraordinária. Minha relação com ela é ótima”, disse. “Ela tem uma grande visão de Estado, uma visão de futuro.”

Jobim afirmou não se sentir desconfortável com a presidente, que estuda substituí-lo. “Não tenho nenhum problema, nenhuma dificuldade”, disse. “Sou ministro por prazer. Desejo continuar a fazer o que estou fazendo.”

Questionado se planejava sair, foi enfático: “Absolutamente. Não mesmo.” E negou ter sido desleal com Dilma: “Alguém pode não acreditar, mas não sou dissimulado. Sempre fui assim”. “Aprendi com o dr. Ulysses [Guimarães]: em política, até a raiva é combinada.”

O ministro se reuniria com Dilma dia 11, mas o encontro foi antecipado para amanhã.

Ele disse acompanhar a investigação sobre o suposto envolvimento de oito generais, entre eles o comandante do exército, Enzo Martins Peri, no desvio de R$ 11 milhões em obras de rodovias.
“Não costumo adiantar juízos nem antecipar a culpa”, disse. “Se houver problema, vão pagar. Se não, as coisas continuarão iguais.”

Apesar de estar contrariada com Jobim, Dilma não deve tomar uma decisão sobre o ministro -que mantém o apoio de Lula- nesta semana. A Folha apurou que suas declarações ao “Roda Viva” foram vistas com simpatia no Planalto, embora possam ter chegado “um pouco tarde”.

FONTE: Folha de São Paulo, via Notimp

- Advertisement -

2 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Augusto
Augusto
10 anos atrás

Eu vi o Roda Viva integralmente e em momento algum Jobim admitiu o que o jornalista diz que ele teria admitido. Esse “jornalista”, que assinalou frases do Ministro soltas e fora do contexto, deveria se preocupar mais em dar informações, fatos, etc., e menos em querer empurrar uma versão tendenciosa para o leitor a respeito do que foi dito na entrevista.

Drcockroach
Drcockroach
10 anos atrás

Discurso motivacional de um ministro da defesa, cargo de “minima” responsabilidade como sabemos:

Se puder continuar, tudo bem. Se não puder, tudo bem

[]s!

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -