Home Noticiário Nacional Amorim faz campanha para que Bolívia compre radar brasileiro

Amorim faz campanha para que Bolívia compre radar brasileiro

173
2

BNDES oferece crédito para negócio, que pode chegar a US$ 200 milhões

FLÁVIA MARREIRO

O ministro da Defesa, Celso Amorim, reforçou na Bolívia a campanha para que o país de Evo Morales adquira radares de fabricação brasileira, um negócio que poder chegar a US$ 200 milhões.
Amorim levou a La Paz anteontem carta do BNDES na qual o banco se compromete a oferecer financiamento ao governo boliviano para a compra de equipamentos da brasileira Orbisat.

A divisão de radares da Orbisat passou ao controle da Embraer Defesa e Segurança, subsidiária da companhia de aviação, em março deste ano. O BNDES também é acionista da empresa.

O governo Morales deve decidir nas próximas semanas o fornecedor dos radares. Empresas da Espanha, do Canadá, da Argentina e da China pleiteiam o negócio.
O governo brasileiro diz que, além da operação comercial, é de interesse estratégico que La Paz eleja o equipamento nacional.

A Orbisat desenvolveu com o Exército brasileiro o radar Saber, que será usado no SisFron (Sistema de Vigilância de Fronteiras).
Apesar da campanha, Amorim disse a jornalistas ontem em La Paz que a decisão boliviana, qualquer que seja ela, não afetará a intenção de intensificar e tornar mais efetivo o controle aéreo e terrestre da fronteira.

Se La Paz escolher a proposta brasileira, não será a primeira vez que a Orbisat terá contrato com a Bolívia.
Em 2005, a empresa fechou contrato para o mapeamento por radar de 90 mil km² na fronteira, com valor de US$ 23 milhões.
O governo Morales, que assumiu em 2006, questionou o negócio na Justiça, mas no ano passado as partes chegaram a um acordo para colocar um fim ao processo.

FONTE: Folha de São Paulo

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
UitinãVader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vader
Membro
Trusted Member

Trocando em miúdos para quem não entendeu direito:

O título da notícia devia ser assim

“Amorim faz campanha para Brasil doar radar da Orbisat para a Bolívia”

Porque a Bolívia já deixou claro que, se comprar, com o NOSSO dinheiro (via BNDES), não irá pagar.

Mais um “negocinho” entre os cumpanhêro com a nossa grana.

Uitinã
Visitante
Uitinã

Tem que mandar esses bolivianos pra P………., essa foi uma das coisas mais erradas que o governo do pt fez foi passar a mão na cabeça desse fascista, o cara fez a bolivia voltar pra idade das trevas agora a policia lá anda de chicotes e chicoteia pessoas em praça publica, enquanto o oriente médio se livra da opressão e ganancia de antigos generais, a America latina toma o caminho contrario.