Home Data Comemorativa 15 de Novembro: Proclamação da República

15 de Novembro: Proclamação da República

583
0

A História Pátria vem sendo escrita e amalgamada desde os primórdios da colonização, com marcantes participações do soldado na defesa da terra, na liberdade de sua gente e na colaboração para o progresso e para a sólida construção do País.

O soldado atuou, também, na conquista e expansão além Tordesilhas, ajudando a dar uma configuração continental ao território, protegendo as instituições e as riquezas naturais e expulsando os invasores.
1648. O Exército nasce, em Guararapes (PE), com a nacionalidade. É um fiel integrante da Alma brasileira. O soldado representa todos os estamentos da sociedade integrada por diversos grupos étnicos, de diferentes regiões geográficas, com um mesmo idioma e uma mesma crença religiosa. Gente unida pelo sentimento maior de amor à Pátria.

Trezentos e vinte e dois anos após o Descobrimento do Brasil, às margens do Riacho do Ipiranga, o soldado testemunha o tão ansiado Grito de Independência. Vive o Primeiro Império, as Regências e o Segundo Império. Àquela época, Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, pacificou e unificou o País, que assume papel de destaque entre as nações do mundo.

Com o fim da Guerra da Tríplice Aliança, a Força Terrestre está dotada de sólidos e modernos princípios administrativos, logísticos e técnico-profissionais. Caxias, motivado e empenhado na magna missão de Defesa da Pátria, reorganizara o Exército, instruindo e preparando-o, com base na disciplina, no espírito de coesão e de luta, na solidariedade e no valor operativo.

Em verdade, o Brasil estava pronto para a República, proclamada pelo Marechal Deodoro da Fonseca em 15 de Novembro de 1889.

E, para tranquilizar a sociedade brasileira, justificando a Proclamação e reforçando a confiança e o respeito ao soldado, Joaquim Nabuco diz que:
“… o espírito militar estava presente de uma ponta a outra do País, ou seja, tinha abrangência nacional.”

E, no dizer do Marechal Benjamin Constant:
“De hoje em diante, o militar deve ser o cidadão armado, corporificação da honra nacional e um colaborador importante para o progresso, como garantidor da paz e da ordem pública, assim como um sustentáculo inteligente e bem intencionado das instituições republicanas…”

Soldado! Neste 15 de Novembro, comemoremos, com orgulho e vibração, os 122 anos da Proclamação da República do Brasil.

Brasília-DF, 15 de novembro de 2011.

General-de-Exército ENZO MARTINS PERI
Comandante do Exército

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of