Home Divulgação Nota do Exército sobre suposto acidente com helicóptero na Amazônia

Nota do Exército sobre suposto acidente com helicóptero na Amazônia

87
3

Caro(a) senhor(a), bom dia,

Sou o Tenente – Coronel Rubens, Oficial de Comunicação Social do Comando Militar da Amazônia. Com muita preocupação, li a matéria acima, relatando um suposto acidente com helicóptero do 4º Batalhão de Aviação do Exército, Manaus – AM, Afirmo que se trata de uma informação inverídica. Esclareço que notícias sobre acidentes aéreos ganham repercução nacional e internacional, já que são objeto de investigação por parte de órgãos federais, da Força Aérea Brasileira e do próprio Exército.

Cabe ressaltar as questões jurídicas afetas, particularmente por envolver nomes de militares, mesmo que fictícios, tais como os reportados. Solicito, pois, que, em nome da verdade dos fatos e da seriedade com que tratamos esse meio de comunicação, que esta matéria seja retirada. De qualquer forma, deixo a sugestão de que deem uma especial atenção ás suas fontes para que fatos lamentáveis como este não venham a se repetir. Por fim, indico a Seção de Comunicação Social do Comando Militar da Amazônia como contato legítimo para essas e outras questões envolvendo tropas do CMA.

(92) 91165653 e (92) 36591150/1151/1152.
Atenciosamente.

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Almeidalcareisdario_avalosf Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
dario_avalosf
Visitante
dario_avalosf

Fato muito sério. Precisa-se encontrar a causa raíz da falha. Caso sujeito a pagamento de indenização por envolver nomes.

lcareis
Visitante
lcareis

Eu procurei informações quando soube, mas não encontrei nada… Brincadeira de mau gosto desse pessoal…

Almeida
Visitante
Almeida

“Repercução”, Sr. Tenente Coronel Rubens, OFICIAL de COMUNICAÇÃO Social do Comando Militar da Amazônia? Sério?

Por favor, existem vários praças neste Comando, cuja função principal não é comunicação, que conhecem melhor a língua pátria. Espero que a repercussão desta nota não chegue à seus superiores em comando.