segunda-feira, outubro 25, 2021

Saab RBS 70NG

Unidade terrestre da Navantia apresenta o SERT na FIDAE

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Por Javier Bonilha

A FABA, a filial terrestre do tradicional grupo espanhol Navantia, escolheu a FIDAE , para apresentar o seu novo Sistema de Exploração e Reconhecimente Terrestre (SERT), o qual é montado sobre diversos utilitários – de momento o Pizarro espanhol ou o Hummer americano, caso do apresentado no Chile – basicamente compõe-se de um dispostivo de exploração e localização electro-ótico, situado sobre um pedestal no
teto do veículo, com sensores passivos e ativos, num mastro, cuja altura pode ser variada, a partir de um metro, permitindo a localização geográfica com precisão dos objetivos, e, podendo girar em 360 graus, em modo contínuo.

O processo é absolutamente informatizado, e, os dados se dirigem automaticamente ao Centro de Comando e Controle, evitando assim, um segundo operador do sistema dentro de veículo, dentro do qual também é controlada a estação de armas. Por sua vez, o Sistema de Navegação e Ajuda à Condução Noturna compreende um sensor infra-vermelho não refrigerado de alta definição situado na frente do veículo, associado a um navegador inercial ou GPS, permitindo uma marcha completamente segura no meio da escuridão, enquanto os sensores continuam determinando os objetivos de interesse, ou outros aspectos particulares a cada operação, como podem ser minas, poluição, focos de incêndio, etc.

Habitualmente, pode ser incluído de forma padronizada neste projeto o sistema remotamente controlado de armas Hitrole, da Oto Melara Ibérica, para calibres 7.62 mm.e 12.70 mm, entre outras possibilidades.

Os principais mercados alvos na América Latina são o México, Equador, Colômbia – nos aspectos relacionados com narcotráfico, migração ilegal, tráfico de armas,etc., e Brasil, aonde também a proximidade de grandes eventos, e a continuidade periódica de acontecimentos de magnitude, o fazem uma opção de interesse.

Igualmente, o grupo espanhol, visando problemáticas típicas de Cone Sul, desde Chile ate o Brasil amazônico, passando pela Argentina e pelo Uruguai ( e a sua sensivel faixa fronteiriça com Río Grande do Sul),e, claramente, da Península Ibérica e a bacía Mediterânea, oferece, com pequenas modificações customizadas, uma versão para prevenção de incêndios florestais, ou para Centro de Comando e
Controle, caso de uma catástrofe de fogo de grandes proporções venha a acontecer.

A este respeito, um alto diretivo da Câmara Uruguaia de Indússtrias Aeronáuticas e Afins, o Meteorologista Diego Ravera, exibiu, durante a apresentação, um enorme interesse nessa variável.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -