segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab RBS 70NG

Bolivianos declaram “guerra” contra Brasileiros na faixa de fronteira de Capixaba

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Jairo Carioca

O Comandante Tanaka do 1º Batalhão do Exército da Fronteira Boliviana ainda continua na região próxima ao seringal Fortaleza com a ordem de retirar famílias brasileiras para fora do país. A Marinha Boliviana monitora uma faixa de 18 km na fronteira com Capixaba desde o Rio Abunã até o Arapiraca no Seringal Santa Fé. Mais de 60 homens fazem parte da operação chamada Reassentamento.

As informações foram repassadas ontem à noite. A reportagem conversou com um dos agricultores que teve a casa incendiada, o senhor Fernando Rodrigues Cardas. Ainda de acordo informações repassadas pelo agricultor, os bolivianos matam bois de propriedade de brasileiros para alimentar o Batalhão Uma das casas, do senhor José Carlos é utilizada como base. Carlos tinha saído para fazer compras e quando chegou foi surpreendido pela operação e expulso da comunidade. Ainda segundo informações, o prazo é para que até o dia 15 de maio, todos deixem as suas propriedades.

Essa não é a primeira vez que existem conflitos na região. No ano passado, mais de cem famílias foram repatriadas para os municípios de Plácido de Castro e Capixaba. Um acordo havia sido firmado entre o ex-presidente Lula e Evo Morales para que as famílias ficassem no local.

Na nova faixa de conflitos existem 30 famílias de brasileiros, alguns, que haviam voltado desiludidos com as condições oferecidas pelo Incra. Embora o conflito ocorra desde o dia 13 de abril, nenhuma autoridade brasileira se pronunciou até o momento.

FONTE/FOTO: ac24horas.com

COLABOROU: M. Meyer

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
aldoghisolfi
aldoghisolfi
10 anos atrás

Toda a valentia dos índios termina no instante em que começarmos a repatriar os milhares de bolivianos que estão irregulares no Brasil; de certeza que a crise que se criaria seria de dificílima solução, em nível de alimentação, emprego, moradia etc. Cada vez mais me sinto menos latinoamericano.

Vader
10 anos atrás

Mas claro que Brasília ou Rio Branco não irão falar nada! Eles são tudo cumpañero de ParTido parceiro!

fabioCrescenti
fabioCrescenti
10 anos atrás

E aí Dilmão, quero ver se você é macho mesmo.

Beijou a Bandeira Brasileira na posse, agora HONRE-A!!!!

Diegolatm
Diegolatm
10 anos atrás

Pago para ver o que isso vai dar, já sabendo que não vai a lugar nenhum… a não ser que os “hermanos” sejam burros o suficiente de querer peitar o exercito na sua jurisdição.

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

Engraçado quando os EUA reativaram a 4ª frota, como despertou indignação no GF, seus aliados e militância e agora com mais essa da Bolívia, estão em silêncio.

Indignação seletiva…..

Daglian
Daglian
10 anos atrás

Fossem nos governantes um pouco mais patriotas, esse país aí (vou me conter…) já tinha abaixo a bola FAZ TEMPO.

Sabe o que falta? Um exercício de grande porte na região. FAB e EB fazendo exercícios na região, com paraquedistas, A-1s, Super Tucanos, entre outros… uns dois e a Bolívia já fica calminha calminha.

joubertfreire
joubertfreire
10 anos atrás

Com estes petralhas ai e estes Comandantes das FAA melâncias, vão passar a mão na cabeça do indio cocalero e não vão fazer nada, alias vão dar mais $$$ a ele ai tudo certo…saudades de um Geisel que mandou o Jyme Carter a _________quando este era pres. dos EUA. este sim era um General..queria ver o indio cocalero fazer isso com o Geisel…é tem generais e GENERAIS meu amigos….

EDITADO

edcreek
edcreek
10 anos atrás

OLá,

Não precisa de exagero e nem radicalismo, é bem simples, vai no Bras( em São Paulo) em uma volta vc “captura” uns 500 bolivianos e manda de volta, e avisa para cada Brasileiro expulso da Bolivia teremos cinco Bolivianos expulsos sumariamente do Brasil.

Simples assim sem radicalismo e sem guerra, em duas horas o Evo ta ligando pedindo arrego…

Governo de m….., desculpem a palavra mas não encontro outra…

Abraços,

aldoghisolfi
aldoghisolfi
10 anos atrás

Salvo o baixo calão, opino pela supressão da edição, que corresponde à censura. Acho desnecessário porque a opinião manifestada nos posts é da exclusiva responsabilidade de quem as formular. Confiemos nos parceiros…

Observador
Observador
10 anos atrás

Senhores:

O que é realmente preocupante é o silêncio geral de TODOS os grandes meios de comunicação.

Por muito menos, a mídia arma um banzé quando acontece algo semelhante dentro das nossas fronteiras.

Engraçado também que, quando é para falar de brasileiro sendo agredido na Europa, nos EUA, na Austrália, aí sim, os repórteres fazem aquele carnaval.

Quando acontece em nossos países vizinhos, as TVs, jornais, revistas, sites de notícias ficam quietinhos, quietinhos.

Acho que devemos começar a nos perguntar o porquê disto.

Por que será?

Requena
Requena
10 anos atrás

Será que não sobrou nenhum comandante do nível do General Heleno nas Forças Armadas para abrir a boca e jogar “m” no ventilador?

Até quando nossos militares vão aceitar essa política entreguista humilhante imposta pelo PT e sua corja?

Últimas Notícias

Xi e Biden distribuem bilhões para tirar chips de Taiwan

China, que começou antes, já enfrenta escândalo de corrupção; nos EUA, NYT apoia e WSJ critica 'política industrial' Por Nelson...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -