Home Data Comemorativa 68 anos do Dia D

68 anos do Dia D

142
6

Uma foto vale mais que mil palavras: a maior invasão anfíbia de todos os tempos, com o desembarque de mais de 160 mil soldados em 6 de junho de 1944. Com o apoio de 195.700 pessoas das marinhas de guerra e mercantes aliadas em mais de 5.000 navios que foram envolvidos na operação.

Soldados e material foram transportados a partir do Reino Unido por aviões carregados de tropas e navios, desembarques de assalto, suporte aéreo, interdição naval do Canal Inglês e fogo naval e de apoio. Os desembarques ocorreram ao longo de um trecho de 80 km na costa da Normandia dividida em cinco setores: Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword.

Para conseguir tirar a Europa do domínio de Hitler, os Aliados tiveram 37.000 mortos e 172.000 feridos ou desaparecidos. A Alemanha sofreu com baixas de 200.000 mortos e feridos e 200.000 capturados.

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
andreluizsilvacorreia
andreluizsilvacorreia
8 anos atrás

Grande operaçao sem sombra de duvidas

Mas em boa porte os aliados bateram em moleques da juventude hitlerista, prisioneiros eslavos e divisoes da SS acostumadas com a boa vida na França

Tem um papo que o desembarque em Okinawa foi de maior proporçao

Alguem confirma?

De qualquer maneira, é briga de boteco se comparada a qualquer coisa do front russo

Vader
8 anos atrás

andreluizsilvacorreia disse: 8 de junho de 2012 às 8:30 Parceiro, com todo o respeito, mas não diga bobagens. A Operação Overlord foi o maior desembarque anfíbio da história da humanidade, o maior desembarque aerotransportado até então e de longe a mais complexa e cara operação logística de combate jamais realizada. Foi uma operação tão complexa que começou a ser pensada logo após a queda da França, ainda em 1940; envolveu ao todo quase 1 milhão de homens, 14.200 barcos, 600 navios de combate e milhares de aviões. Só para que se tenha uma ideia seus custos combinados superaram em muitas… Read more »

andreluizsilvacorreia
andreluizsilvacorreia
8 anos atrás

Salve Vader Bem, o grande barato do dia D foram as operaçoes de contra inteligencia para enganar os alemaes, usaram até o cadaver de um indigente como sendo um oficial carregando supostos planos Mas a no fim das contas a Normandia pagou o pato, a libertaçao dela poupou Paris mas ironicamente causou mais estragos e mortes de civis do que a ocupaçao alemã sobre a batalha em si, andei lendo muita coisa do Antony Beevor, e em partes ele diz isso mesmo, uma grande briga de boteco com um inimigo ja cambaleante Os chucrutes confiavam demais na fortaleza Europa que… Read more »

Daglian
Daglian
8 anos atrás

andreluizsilvacorreia, … com a ajuda dos aliados. A Alemanha estava ocupada com seu front ocidental e, portanto, tinha uma fração de suas tropas e equipamentos fazendo frente aos russos. Isso, somado à ajuda (militar e econômica) aliada aos soviéticos, certamente foi demais para a Alemanha. Com todo o respeito, mas nenhuma operação na história JAMAIS foi tão eficiente e movimentou tanto material e tropas como o Dia D. JAMAIS. A Guerra Fria não escondeu nenhuma operação soviética pois todo e qualquer embate soviético com os alemães era sempre exaltado exageradamente, até para “intimidar” os americanos e mostrar uma força que… Read more »

Ivan
Ivan
8 anos atrás

Daglian,

Concordo com vc, nada se compara a uma operação aeronaval para desembarque de tropas contra uma região defendida.

Desembarcar contra as defesas de uma ilha já é uma operação imensa, contra as defesas de um continente é algo gingatesco e extremamente complexo.

Acredito que a “Operação Overlord” envolveu todo tipo de operação de guerra: da guerra submarina (proteção dos comboios e inserção de comandos) a tomada de posições fortificadas; do bombardeio naval à superioridade aérea; do desembarque naval de tanques ao lançamento de paraquedistas.

Não lembro de nenhum tipo de guerra que não faça parte desta operação.

Sds,
Ivan.

Control
Control
8 anos atrás

andreluizsilvacorreia disse: 9 de junho de 2012 às 0:39 Jovem André A operação de contra inteligência onde foram plantadas informações falsas sobre um desembarque em um cadáver vestido com uniforme de um oficial inglês foi referente ao desembarque na Sicília. O cadáver era de um homem que morreu com sintomas similares a um afogamento na Inglaterra (não era um indigente) e foi liberado na costa da Espanha com documentos que indicavam um local falso para o próximo desembarque na costa mediterrânea. Isto aconteceu bem antes do dia D. Para obter um melhor retrato sobre o dia D e a Campanha… Read more »