domingo, dezembro 5, 2021

Saab RBS 70NG

Coreia do Sul e Brasil buscam reforçar cooperação em defesa

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Altos representantes da Defesa da Coreia do Sul e do Brasil se reunirão na próxima segunda-feira, em Brasília, para buscar meios de reforçar as trocas militares e a cooperação no setor, informou nesta sexta-feira o Ministério da Defesa sul-coreano.

O Diálogo de Estratégia de Defesa Coreia-Brasil, que pretende organizar-se de forma periódica, celebrará na capital brasileira sua sessão inaugural, na qual representantes das duas nações também abordarão temas relativos à segurança regional.

Essa é a primeira vez em que a Coreia do Sul estabelece um mecanismo regular de diálogo no âmbito da defesa com uma nação da América do Sul.

O vice-ministro da Defesa da Coreia do Sul, Lim Kwan-bin, virá ao Brasil para as conversas da próxima segunda-feira, enquanto o país anfitrião será representado por Carlos Augusto de Sousa, chefe de Assuntos Estratégicos do Ministério da Defesa.

Lim também deverá solicitar o apoio brasileiro às políticas de Seul com relação ao hermético regime comunista da Coreia do Norte, indicou o Ministério sul-coreano.

Até agora, os laços entre Coreia do Sul e Brasil se centraram sobretudo no âmbito econômico, especialmente depois de os ministros dos dois países terem assinado em junho um pré-acordo para estreitar a cooperação bilateral mediante zonas de livre-comércio.

FONTE: Terra Notícias

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daglian
Daglian
9 anos atrás

Mas o quê? Os vermelhos do nosso governo apoiarem um país democrático e contrariarem um comunista? Mas nunca!

marciomacedo
marciomacedo
9 anos atrás

Tipo do comentário bobo, desnecessário, que mostra sectarismo e forte viés ideológico. Nada acrescenta.

Daglian
Daglian
9 anos atrás

marciomacedo,

A realidade é assim tão dura? Se o viés ideológico fosse esquerdista você não perceberia problemas.

Espere e verá se o nosso governo será enfático contra a Coréia do Norte (tal como foi com o Irã… ou a Síria…).

marciomacedo
marciomacedo
9 anos atrás

E daí, só porque esses países oferecem ou procuram oferecer alguma resistência aos interesses do Império?

Daglian
Daglian
9 anos atrás

marciomacedo,

Não, porque enquanto enfrentam o “Império”, deixam seu povo passando fome (isso quando não os mandam para campos de concentração). Isso sem contar a ditadura que se abatem sobre suas populações. Mas isso não tem problema…

Enquanto isso, no Império do Mal (hahahahaha), com IDH 0,910, com escolas desenvolvidas, empregos, e boa qualidade de vida…

Últimas Notícias

23° Esquadrão de Cavalaria de Selva recebe instrução sobre simulador da Viatura Blindada Guarani

Tucuruí (PA) – Entre os dias 23 e 24 de novembro, o 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva (23...
- Advertisement -
- Advertisement -