sexta-feira, julho 30, 2021

Saab RBS 70NG

Todos os militares do 62º BI em serviço estão detidos

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Medida foi tomada após o desaparecimento de 47 armas

 

 

Todos os militares em serviço no quartel do 62º BI (Batalhão de Infantaria), em Joinville (194 km de Florianópolis), estão detidos por ordem do comandante, enquanto um inquérito policial-militar (IPM) investiga o sumiço de 47 armas. Um cabo e um soldado foram presos.

Equipes já realizaram uma busca no quartel e recuperaram 11 delas. Os oficiais suspeitam que encarregados de guardarem as armas tenham escondido algumas lá dentro, para depois tentar retirá-las.

O desaparecimento das armas, resultado de apreensões na região, foi percebido em 25 de setembro. Cerca de 600 militares compõem a guarnição, comandada pelo tenente-coronel Ronaldo Navarro, que, no mesmo dia, ordenou a detenção de todo o pessoal. Eles permanecem com sua rotina interna, mas estão impedidos de sair.

Depois das primeiras notícias na imprensa, o comando permitiu saída em rodízio de grupos de soldados. Nesta quarta-feira (3), cerca de 50 deles puderam sair às 8h para resolver assuntos particulares. Na saída, todos passaram por revista.

Receptadores civis

Em Florianópolis, o coronel Pedro Carolo, comandante da 14ª Brigada de Infantaria, ao qual está subordinado o 62º BI, disse que “um cabo e um soldado já foram identificados e presos”, como parte de um esquema que envolveria civis como receptadores.

Ele não quis dar detalhes do IPM, que está sendo conduzido pela 5ª Circunscrição Judiciária Militar de Curitiba. O aquartelamento forçado dos militares surpreendeu a cidade, onde o 62º BI tem importância histórica.

Equipes de policiais militares foram à casa de muitos deles para convocá-los. Familiares relataram casos de praças sendo tirados de casa na madrugada – e desde 25 de setembro impedidos de voltar, mesmo nos dias de folga.

FONTE/FOTO: UOL/R7

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
hamadjr
hamadjr
8 anos atrás

Ou o cb e o sd tinham a chave da seção de material bélico ou fizeram cópia da mesma, em 1982 em SBFL 20 foram desincorporados por causa de um amplificador de som.

Marcos
Marcos
8 anos atrás

Bota todo mundo para subir o morro com equipamento completo. Enquanto TODAS as armas não aparecerem, continuam subindo e descendo o morro.

aldoghisolfi
aldoghisolfi
8 anos atrás

Vergonha para a Tropa! Espero que sejam identificados os FDPs e rigidamente punidos.

martins
martins
8 anos atrás

Na verdade eles não estão presos.
O que aconteceu foi que o plano de Chamada de emergência foi acionado e todos os militares estão de prontidão. Inclusive o Comandante do 62 BI está aquartelado.
Claro que o motivo do acionamento foi o sumiço das armas. Falando em armas, elas são quinquilharias arrecadadas durante a campanha de desarmamento. Oficialmente nenhuma arma do EB foi roubada.

ricardo
ricardo
8 anos atrás

Na minha humilde opinião, um quartel do Exército deveria ser o local mais seguro do país, independente do local ou da função do mesmo. Mesmo não sendo armas do EB, elas jamais poderiam ter sumido. Punição exemplar para os bandidos e revisão das normas de segurança são o mínimo que se espera. Nossas FAs são o último bastião de integridade neste país, o que espero, não mude.

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -