terça-feira, junho 28, 2022

Saab RBS 70NG

África condena interferência militar no Mali

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A União Africana e o bloco regional da África Ocidental condenaram nesta quarta-feira, 12, a interferência militar na política do Mali, depois de o primeiro-ministro do país ser obrigado a renunciar.

As entidades não disseram como isso afetará um plano de intervenção militar regional no norte do Mali, para ajudar as forças locais a derrotarem militantes islâmicos e separatistas tuaregues que conquistaram dois terços do território nacional em meio ao caos que se seguiu a um golpe militar em março.

Embora os militares tenham cedido o poder a um presidente e a um primeiro-ministro civis, em abril, eles continuam exercendo grande influência, como ficou claro com a destituição do gabinete do premiê Cheick Modibo Diarra, detido na terça-feira quando tentava embarcar para a França.

A chefe da Comissão da União Africana, Nkosazana Dlamini-Zuma, “condenou firmemente” a renúncia de Diarra e repetiu a exigência “pela total subordinação do Exército e das forças de segurança ao governo civil”.

EUA, França e União Europeia também condenaram a renúncia forçada do premiê, e o Conselho de Segurança da ONU disse que vai considerar sanções direcionadas com vistas à retomada da “ordem constitucional”.

O bloco regional Ecowas prometeu manter seus esforços para acabar com a crise e reunificar o Mali, “desmantelando redes terroristas no norte e organizando eleições livres, transparentes e inclusivas”. Chefes de defesa do grupo africano ocidental devem se reunir no sábado na Costa do Marfim.

FONTE: Reuters via O Estado de S. Paulo

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Ataques bem atrás das linhas inimigas

Fortes explosões estão acontecendo bem dentro do território ucraniano ocupado pelos russos. Na manhã de hoje (28/6) uma forte...
- Advertisement -
- Advertisement -