quinta-feira, agosto 5, 2021

Saab RBS 70NG

Alemanha: um ano sem mortes no Afeganistão

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O ano passado (2012) foi o primeiro ano desde que o Bundeswehr (Exército Alemão) enviou tropas para  o Afeganistão (em 2003) e não houve mortes de soldados. A morte do 53o soldado alemão no Afeganistão ocorreu em 2 de Junho de 2011, quando um veículo blindado de infantaria Marder foi explodido por um IED (dispositivo explosivo improvisado).

Em uma entrevista à agência Deutsche Presse Agentur (DPA), o comandante do Comando Regional do Norte da Força Internacional de Segurança da (ISAF), general Erich Pfeffer, atribuiu a boa notícia às capacidades crescentes das forças nacionais de segurança afegãs (ANSF), que “passo a passo e com sucesso assumiram a responsabilidade pelo planejamento e execução de tarefas de segurança.” Na véspera do Ano Novo, o Secretário Geral da OTAN, Anders Fogh Rasmussen saudou o anúncio feito o presidente afegão, Hamid Karzai, que a ANSF vai assumir a responsabilidade da ISAF sobre um quarto grupo de províncias afegãs, cidades e distritos, tomando a liderança da segurança para 87 por cento da população do país e de 23 das 34 províncias afegãs.

Pfeffer admitiu no entanto que melhorias ainda são necessárias na cooperação entre o exército afegão e a polícia e “em todas as áreas de logística e manutenção de equipamentos e infra-estrutura.”

A DPA também informou que o comissário parlamentar para o Bundeswehr, Hellmut Königshaus, espera que pelo menos 1.000 soldados alemães permaneçam no Afeganistão após o fim da ISAF em 2014 e  as missões de treinamento subsequentes terão proteção suficiente a partir de 2015, para o qual ele não descartou a presença de helicópteros de combate Tiger no país.

Outros fatores citados que permitiram que a Bundeswehr não sofresse quaisquer mortes no Afeganistão desde meados de 2011 são os melhores equipamentos, operações de forças especiais contra a liderança do Taleban, e a preservação das forças Talebans para depois de 2014.

FONTE: Aviationweek (tradução e adaptação, Forças Terrestres)

FOTO: M. Hanschke

- Advertisement -

2 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joao
8 anos atrás

Esse Exercito sim, tem tradicao guerreira. Para botar os inimigos pra correr, e so falar: “Ai vem o Exercito Alemao!”

rmc_matos
8 anos atrás

RT @blogforte: Alemanha: um ano sem mortes no Afeganistão: O ano passado (2012) foi o primeiro ano desde que o Bundeswehr

Últimas Notícias

Batalhão de Infantaria realiza treinamento para exercício combinado com o Exército dos EUA

Caçapava (SP) – Militares do 6° Batalhão de Infantaria Leve (6º BIL) realizaram, no período de 28 a 30...
- Advertisement -
- Advertisement -