Home Opinião 31.03.2013 – Manifesto da Academia Brasileira de Defesa

31.03.2013 – Manifesto da Academia Brasileira de Defesa

181
29

Manifesto da Academia Brasileira de Defesa, em comemoração da data nacional de 31 de Março de 1964

 

Presidente
ACADEMIA BRASILEIRA DE DEFESA
Pro Patria

Prof.ª Dr.ª Aileda de Mattos Oliveira – Alte.-Esq. Alfredo Karam – Cel. Aer. Antônio Celente Videira – Prof. Antoniolavo Brion -Jorn. Aristóteles Drummond – Gen.-Ex. Carlos Alberto Pinto Silva – Prof. Dr. Denis Lerrer Rosenfield – Dr. Emílio A. Souza Aguiar Nina Ribeiro – Gen Div. Francisco Batista Torres de Melo – Prof. Dr. Francisco Martins de Souza – Cel. Ex. Gelio Augusto Barbosa Fregapani – Dr. Gustavo Miguez de Mello – Dr. Herman Glanz – Maj.-Brig. Hugo de Oliveira Piva – Vice-Alte. Ibsen de Gusmão Câmara – Ten.-Brig. Ivan Moacyr da Frota – Prof. Dr. Ives Gandra da Silva Martins – Dep. Fed. Jair Messias Bolsonaro – Prof. Dr. João Ricardo Carneiro Moderno – Sen. José Bernardo Cabral – Dr. Luciano Saldanha Coelho – Cel.-Av.Luís Mauro Ferreira Gomes – Gen.-Ex. Luiz Cesário da Silveira Filho – Gen.-Ex. Luiz Gonzaga Schroeder Lessa – Econ. Marcos Coimbra – Emb. Marcos Henrique Camillo Côrtes – Prof.ª Dr.ª Maria Helena de Amorim Wesley -Prof.ª Dr.ª Mina Seinfeld de Caracushansky – Ten.-Brig. Octávio Júlio Moreira Lima ✝ – Vice-Alte. Othon Luiz Pereira da Silva – Dr. Paulo Antônio Uebel – Gen.-Ex. Paulo Cesar de Castro – Ten.-Brig. Reginaldo dos Santos – Gen.-Ex. Rubens Bayma Denys – Desemb. Semy Glanz- Ten. R/2 Sérgio Pinto Monteiro- Vice.-Alte. Sérgio Tasso Vasquez de Aquino – Maj.- Brig. Umberto de Campos Carvalho Netto –

31 DE MARÇO DE 1964
VAMOS COMEMORAR, SIM!
NÓS E O POVO BRASILEIRO!

Vamos comemorar, sempre, esta data histórica para o Brasil, por todos os benefícios que ela nos proporcionou:

  • A libertação de uma ideologia política totalitária,sectária e pagã;
  • A fantástica média de 7,5% da taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (a maior da História);
  • A redução da corrupção pública a níveis desprezíveis;
  • As grandes obras de infra-estrutura: o As hidroelétricas de Itaipu e de Sobradinho; o A Siderúrgica Açominas e a Ferrovia do Aço; o A Ponte Presidente Costa e Silva (Rio-Niterói); os Metrôs de São Paulo e do Rio de Janeiro;
  • Modernização das Telecomunicações;
  • Os portos de Suape e de Paranaguá;
  • A rodovia transamazônica
  • A implantação estratégica dos Pelotões de Fronteira na Região Amazônica;
  • A instalação e o desenvolvimento das Indústrias de Material Bélico e Aeroespacial, tais como ENGESA e EMBRAER;
  • A criação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e do Banco Nacional da Habitação;
  • A radical Reforma da Educação; o A implantação do Projeto Rondon;
  • A unificação dos Institutos de Previdência, e tantas outras obras importantes.
  • Não é por outra razão que os brasileiros consideram as suas Forças Armadas as instituições de maior credibilidade do País.

VAMOS LAMENTAR, SIM! NÓS E O POVO BRASILEIRO!
Vamos lamentar os desmandos havidos depois de encerrado o ciclo iniciado em 1964, entre outros:

  • A comprovação da corrupção generalizada de membros do governo anterior, punidos pelo Supremo Tribunal Federal, no triste processo dos “mensaleiros”;
  • A demissão de inúmeros Ministros do atual governo, acusados de corrupção;
  • A reinvenção do racismo e a oficialização do preconceito racial;
  • A “falência ” da Petrobras, a mentira do Pré- Sal e a submissa entrega da refinaria na Bolívia ;
  • A degradação do Parque Industrial e a volta à posição de exportador de “commodities”;
  • O desmonte da Indústria Bélica e o conseqüente retorno à condição de simples impor-tador de equipamentos militares;
  • O ressurgimento dos apagões, com a de terioração do Sistema Nacional de Energia Elétrica;
  • O aviltamento do Ensino Público, como pretexto para instituição de cotas raciais, inconstitucionais, além de imorais;
  • A decadência do Serviço de Saúde Pública, obrigando (os que podem) à contratação de dispendiosos planos de saúde;
  • O fracasso da obra de transposição do Rio São Francisco;
  • A injustificável incompetência administrativa, que retarda a conclusão da Hidrelétrica de Belo Monte;
  • A satanização das Forças Armadas e a manutenção de níveis ultrajantes de remuneração da tropa como Programas de Governo, mais uma vez explicitadas com a criação da chamada Comissão Nacional da Verdade e com a recente concessão dos ínfimos valores de reajuste dos soldos, a fim de enfraquecê-las e dissuadi-las de adotar qualquer reação aos absurdos que têm sido perpetrados contra o Povo Brasileiro;
  • Dispêndio de grandes somas do dinheiro público para sustentar e estimular a indolência de milhões de brasileiros por meio da concessão de humilhantes “bolsas-esmola”, com o objetivo de comprar a adesão de grande parcela do eleitorado nacional, garantindo, assim, o sucesso em suas eleições fraudulentas.
  • Este é, infelizmente, o quadro atual da condição do Brasil, que “festeja”, neste ano, a portentosa marca de 0,5% de crescimento do PIB nacional e o 38º lugar no mundo, ostentando, ainda, os últimos lugares do crescimento do PIB nos países sul-americanos. Tal situação os remete aos idos de 1960, quando o descalabro, a incompetência e a corrupção governamentais, inspirados por ideologias alheias às nossas tradições levaram o povo brasileiro ás ruas em busca do amparo das Forças Armadas para reconduzir aos trilhos da decência e da responsabilidade pública.

POR TUDO ISSO, E POR MUITAS OUTRAS RAZÕES MAIS, O POVO BRASILEIRO – PRECISA LEMBRAR E COMEMORAR, SEMPRE, COM SAUDADE E ESPERANÇA, O DIA – 31 DE MARÇO DE 1964.

É assim, pois, que louvamos este quadragésimo nono aniversário do movimento redentor que -salvou o Brasil da escravidão de um governo extremado e das arbitrariedades totalitárias de um partido -único, poupando, certamente, da morte nos paredões, milhares, talvez milhões, de cidadãos brasileiros.

VIVA O MOVIMENTO VITORIOSO DE 31 DE MARÇO DE 1964!

Rio de janeiro, 31 de março de 2013

Ivan Frota
Presidente

FONTE: A Verdade Sufocada

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
7 anos atrás

Asp Of Infa/R2 Felipe “Vader”.

Simplesmente fantástico!

Parabéns aos signatários.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Concordo com tudo, mas forçaram a barra com esse negócio de Transamazônica e a redução da corrupção pública a níveis desprezíveis, até porque muitos “apoiadores” dos militares são os mesmos que estão mamando nas tetas do Estado e apoiando a corja que hoje está ai.

virgilio
virgilio
7 anos atrás

Sensacional essa matéria.

Augusto
Augusto
7 anos atrás

Marcos disse:
2 de abril de 2013 às 17:46

De fato, forçaram a barra na Transamazônica – que liga o nada a lugar algum – e só serve a quem gosta de fazer trilha, e no “corrupção pública a níveis desprezíveis”.

De resto está sensacional, notadamente na parte da “libertação de uma ideologia política totalitária, sectária e pagã”, que se vê voltar hoje com os mesmos atributos nefastos com muita nitidez.

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

Parabéns.

Espero que a Academia se manifeste mais e mais a cada dia, pois a mentira repetida pela ideologia acaba se confundindo com a verdade, acima de tudo quando usa da meia verdade como costuma acontecer.

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Impressionante a quantidade de doutores que assinam um manifesto que lamenta a demissão de corruptos. O “Clube dos Mensaleiros” agradece à Academia (?) Brasileira de Defesa pelo manifesto contrário ao afastamento dos seus membros de diversos cargos públicos.

jacubao
jacubao
7 anos atrás

A verdade que não é ensinada nas escolas.
Devemos abrir o olho, pois a democracia do protelariado esta se implantando lentamente no Brasil e o povo continua cego.
Depoisquea cobra fumar, vão lembrar novamente das FAs. A única explicaçào para os baixíssimos salários dos militares, seria para desmotivar e enfraquecer as forças que seriam as únicas instituições capazes de barrar esse avanço do comunismo, como fez no passado.

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Isso me lembrou a “pegadinha do Enem”. Leram o início e o final do texto e assinaram ou apoiaram um manifesto com uma “piada” no meio.

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Retifico meu último comentário: são duas “piadas” no documento. No manifesto, lamenta-se, também, a comprovação de episódios de corrupção. Começo a desconfiar que o Dirceu utilizou um de seus desconhecidos pseudônimos e é um dos signatários. Qual deles será o Dirceu?

Vader
7 anos atrás

Caro Marco Antônio, toda leitura tem um contexto. Pode até ter sido mal redigido, mas é evidente que o manifesto não lamenta a demissão de ministros e o mensalão em si, mas sim que se tenha a constatação da corrupção generalizada do governo do PT.

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Pois eu não lamento a constatação da corrupção. Eu quero viver em um país onde existam meios disponíveis à população para que constate a corrupção. E a demissão de corruptos é, também, um excelente avanço do país. O contexto ideológico do manifesto é evidente (aliás, é inerente a todo manifesto o conteúdo ideológico, vide o “manifesto do partido comunista”, documento amplamente conhecido) e, obviamente, segue a mesma linha de qualquer discurso ideológico, onde se tenta exaltar feitos e ignorar erros. Enfim, na mesma linha de um cidadão que costumava dizer “nuca antes neste país…”. Muda o conteúdo, a linha ideológica,… Read more »

Requena
Requena
7 anos atrás

Li e depois li de novo.
Assino embaixo e compartilho nas redes sociais.

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

MarcoAntônio: bom dia.

Che, como explicar a política sem ideologia? Até mesmo acho que é exatamente! a falta de ideologia o grande drama da política no Brasil.

SMJ, entendo que o que contamina a política é a patifaria, a canalhice, a sem-vergonhice… falo por mim, pois, ao meu modo, faço política, não sou patife, canalha ou sem-vergonha e sou ideológico.

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Bom dia, aldoghisolfi. És gaúcho também? A minha crítica é dirigida a situações em que a ideologia “contamina” a política. Quando falo em “contaminação”, refiro-me à prática política predominantemente ideológica. Esta prática tem como objetivo a tomada do poder por um grupo político para a imposição da sua “verdade ideológica”, ou seja, tende sempre à perpetuação (daí a explicação da existência de ditaduras sempre baseadas em uma ideologia, seja comunista, nacionalista, etc…). Esta prática ocorreu no nosso país durante a ditadura militar sob uma ideologia nacionalista (característica ideológica de todas as ditaduras militares que conheço).

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Se a Transamazônica é uma mancada, tb o são a Ferrovia do Aço e o porto de Suape.

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

Marco Antônio: sim, de Bagé. “Quando falo em “contaminação”, refiro-me à prática política predominantemente ideológica. Esta prática tem como objetivo a tomada do poder por um grupo político para a imposição da sua “verdade ideológica”, ou seja, tende sempre à perpetuação (daí a explicação da existência de ditaduras sempre baseadas em uma ideologia, seja comunista, nacionalista, etc…)”. Sim, entendo que é isso aí mesmo, caso contrário não haveria disputa política e nem democracia, como a pretendemos ideal. O período dos militares foi de uma ideologia eminentemente patriota, em contraposição com a nacionalista. Acho que o que falta na nossa gente… Read more »

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

Concordo que a falta de ideologia do povo prejudica a qualidade da sua participação política. Mas o excesso também é prejudicial. O certo é o que o Poggio falou em comentário no post “Primeira parcela do aumento de 30% dos militares começa a ser paga a partir de hoje”: a culpa do estado atual do país é do povo. Acrescento que do povo também é a culpa pelo ridículo estatuto do desarmamento. Aliás, qualquer medida que retire a responsabilidade e os meios que o povo possui para se manifestar (inclusive as armas) seria hoje aprovada pela população brasileira. Eu disse… Read more »

Ribeiro
Ribeiro
7 anos atrás

Espera aí… eu não tinha lido isto direito…

Comemorar a transamazônica…
Lamentar a falência da Petrobrás e a mentira do pré sal…

A Petrobrás tem um plano de investimentos de 2010 /2020 que é maior que o PIB deste período de qualquer país da América do Sul… mesmo Chile ou Venezuela… é a 4ª maior empresa petrolífera do mundo…. As reservas do pré sal são confirmadas…
O problema é a gerência política na mesma… mas alegar falência é piada…. e de mal gosto…

Abraços

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

Porra… Vejamos alguns signatários civis (estou propositadamente desconsiderando o Bolssonaro como militar): – Prof. Dr. Denis Lerrer Rosenfield – professor de filosofia da UFRGS, anti-petista declarado, famoso por seus livros que criticam a esquerda… – Prof. Dr. Ives Gandra da Silva Martins – famoso advogado tributarista de SP (só defende quem tem muito $$$$), membro da OPUS DEI e apoiador do PSDB de SP (leia-se a turminha do Alckmin, pois o J. Serra é demais liberal)…. – Senador José Bernardo Cabral – advogado e político do estado do Amazonas, foi Ministro da Justiça do Collor e teve um caso extraconjungal… Read more »

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

Quase que em esqueço:
– lembrando que a Zélia, além de ser mais feia que o diabo, foi aquela que “tungou” a poupança de milhões de brasileiros, no maior confisco oficial da história desse país…
É, talvez, eu prefira os comunistas comedores de criancinhas…

MAD DOG
MAD DOG
7 anos atrás

… Já ouviram a frase “Contra FATOS não há argumentos”; … Todos os tópicos relacionados no manifesto acima são FATOS incontestáveis! … Sinto aos senhores esquerdistas, que qualquer contra argumentação é em vão. … Convivo dia a dia com pessoas da classe operária, comerciante, gestores, excutivos e empresários, profissionais autonômos e liberais, funiconários públicos, da àrea de segurança, saúde, pobres, ricos e milhionários. … Fato é, que naquela conversa informal, aquela do cafézinho… todos sem exceções, acham uma imoralidade a política racial introduzida pelo atual governo, como por exemplo cotas para negros nas universidades, os escandalos de corrupção, que de… Read more »

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

Ribeiro: a falência da Petrobrás está entre aspas e, no meu entender, quer significar os milhões e milhões de reais empregados em patrocínio espúrios, fora do seu objetivo social. Faliu, exatamente a partir da sua gerência política, como reconhecestes.

tpivatto: não entendi nada. Até acho que, pelo teu mau gosto, estás deslocado.

MAD DOG: concordo: contra fatos não há argumentos… pode-se não se aceitar o fato, porém, não se pode negá-lo!

Marco Antônio
Marco Antônio
7 anos atrás

O Lula tem uma lista de “fatos” do seu governo. O problema é exatamente este. A briga de “verdades” que envolve os fanáticos. É a “comissão da verdade” contra a “verdade sufocada”…só pelos nomes usados é possível identificar o fanatismo e desclassifica qualquer argumento colocado, pois argumentos devem ser racionais.

MAD DOG
MAD DOG
7 anos atrás

aldoghisolfi disse: “concordo: contra fatos não há argumentos… pode-se não se aceitar o fato, porém, não se pode negá-lo!” É exatamente esse o “X” da questão, não se pode negar FATOS, não adianta ficar julgando os que os expoem, não vem ao caso, pois os FATOS continuaram lá! E como já disse, com quem converso, com maior ou menor grau de instrução, melhores condições econômicas ou não, o povo em geral, as pessoas comuns, como nós, todos percebem os FATOS. A maioria já percebeu o engodo desse atual governo e suas ideologias, as pessoas reprovam o bolsa família, pasmem, principalmente… Read more »

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

aldoghisolfi: eu é que não entendi tua coloção.
Mas isso não é importante. E nem o que eu penso sobre o sujeito “a” ou “b”.
Importante é que teremos eleições no ano que vem, quando a maioria dos eleitores manifestarão livremente sua vontade soberna, como democracia constitucionalmente estabelecida.

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

Ops, corrigindo: leia-se “colocação”, ao invés de “coloção” e “soberana” no lugar de “soberna”.

Vader
7 anos atrás

tpivatto disse:
4 de abril de 2013 às 20:05

“como democracia constitucionalmente estabelecida.”

Hummm, mais ou menos prezado… bem mais ou menos…

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

Vader: Ok, eu tbm não creio que o nosso sistema eleitoral seja “o melhor do mundo”, nem creio que o sistema de governo pátrio seja o mais adequado à realidade brasileira, etc… (aliás, acho que a república tem vivido, desde 1988, como um sujeito bipolar: com uma constituição eminentemente de cunho parlamentarista num governo historicamente presidencialista)… Muito menos votei na atual administração, na anterior ou na anterior a essa. Contudo, as eleições ainda são o momento oportuno para cada leitor manifestar seu posicionamento ou descontamento. E dada a automatização do processo, a margem para fraudes, até o momento, tem se… Read more »

tpivatto
tpivatto
7 anos atrás

Ops, descontentamento e não descontamento.