segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Chegaram os novos S300 venezuelanos

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

S300PM_FIRE01

O jornal venezuelano Notitarde noticiou recentemente que um novo carregamento de armas chegou ao Puerto Cabello no último dia 3 de abril. Acredita-se que neste carregamento estavam sistemas de mísseis de defesa aérea de longo alcance tipo S300 produzidos na Rússia. Estes sistemas são capazes de derrubar aeronaves voando a 200 quilometros até uma altitude de 30.000 metros.

Esta é a segunda vez que um carregamento de armas chega ao terminal venezuelano esta semana e a oitava do ano. Um outro carregamento deve chegar em breve trazendo possivelmente um novo lote deste mesmo sistema.

FONTE: Notitarde

NOTA DO EDITOR: foto meramente ilustrativa

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Augusto
Augusto
8 anos atrás

Off-topic: neste domingo um helicóptero russo MI-8 caiu no Peru matando 13 pessoas. http://www.larepublica.pe/07-04-2013/loreto-no-hay-sobrevivientes-del-helicoptero-que-cayo-con-13-personas-bordo

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Se antes com os Su-30MKV não viamos problema, agora sim temos um desequilíbrio claro! Aeronave alguma no acervo da FAB tem condições de enfrentar este sistema. Mas os Su-30MKV tem plena capacidade para evadir das nossas defesas AAe atuais e futuras, como canhões, Igla-S e Pantsir.

Bosco Jr
Bosco Jr
8 anos atrás

Almeida,
Não é bem assim não.
Se não for bem planejado, arranjado em camadas, com uma defesa antiaérea bastante densa, o sistema S-300 é bem vulnerável aos nossos F-5 e aos A-1 se estiverem armados com mísseis MAR-1 e bombas guiadas por GPS.
Sistemas de defesa antiaérea sempre serão de “defesa” e sempre estarão em desvantagem frente a sistemas eminentemente ofensivos, mesmo sendo o S-300.

Ivan
Ivan
8 anos atrás

Mestre Bosco, Vc tem razão, como sempre… …mas, sempre tem um mas, há controvérsia no sempre. Quando há tempo para combater, os sistemas ofensivos vão derrotar os sistemas defensivos. Mas a condição é ter tempo e meios (armas e munições) adequados em quantidade suficiente. Russos e chineses tem demonstrado que sistemas defensivos podem ser usados de forma ofensiva na medida em que cobrem e protegem uma ação de ataque de superfície, principalmente se esta tiver um objetivo limitado. Uma IADS – Integrated Air Defence System – precisa resistir pelo tempo necessário para se alcançar um objetivo determinado, que pode ser… Read more »

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -