Home LAAD LAAD 2013: Brasil e Cingapura firmam acordo na área de tecnologia de...

LAAD 2013: Brasil e Cingapura firmam acordo na área de tecnologia de defesa

214
3

matria singapura

vinheta-clipping-forte1Os governos do Brasil e de Cingapura firmaram acordo na área de tecnologia de defesa. O documento que celebra a declaração de intenções foi assinado pelas autoridades dos dois países após audiência concedida pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, ao chefe executivo da Agência de Ciência e Tecnologia de Defesa, Tan Peng Yam, no gabinete montado no Riocentro.

No encontro, Amorim e Tan trataram da parceria entre Brasil e Cingapura na área militar. Em seguida, Tan encontrou-se com o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, e o secretário de Produtos de Defesa do MD, Murilo Marques Barboza. Neste ato, as três autoridades assinaram o documento.

Tecnologia de defesa

O acordo prevê que os dois países irão trocar experiências em tecnologia de defesa por meio de workshops, seminários, mesas redonda e simpósios. Além disso, Brasil e Cingapura vão estimular a interação e colaboração entre indústrias e instituições acadêmicas.

Estão previstas também participações de engenheiros e/ou cientistas de Cingapura e do Brasil em treinamento profissional e colaboração em pesquisa, bem como a exploração do uso de instalações de teste nos dois países.

O documento informa ainda que “a declaração de intenções será orientada pelos princípios de interesses mútuos e em conformidade com as respectivas legislações e normas nacionais e obrigações internacionais assumidas pelos estados dos participantes”.

Leia a carta de intenções firmada entre Brasil e Cingapura.

FONTE: Ministério da Defesa

VEJA TAMBÉM:

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
rsbacchiAlmeidaRequena Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Requena
Visitante
Member
Requena

Acho que o Brasil encontrou a maneira certa de nunca mais se envolver em guerras.
Se depender da quantidade de acordos de defesa assinados, falta inimigos no planeta! 🙂

Almeida
Visitante
Almeida

Quem é amigo de todos não é amigo de verdade de ninguém…

Essa montoeira de “acordos” que não passam das cartas de intenção não servem de nada. Acordo mesmo é o que os EUA fazem, vai lá ver se a China ataca Taiwan…

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

O Ministério de Defesa vai ter que criar uma Secretaria de Acordos para administrar estas dezenas (ou centenas?) de acordos.

Bacchi