quarta-feira, agosto 4, 2021

Saab RBS 70NG

LAAD 2013: Brasil e Cingapura firmam acordo na área de tecnologia de defesa

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

matria singapura

vinheta-clipping-forte1Os governos do Brasil e de Cingapura firmaram acordo na área de tecnologia de defesa. O documento que celebra a declaração de intenções foi assinado pelas autoridades dos dois países após audiência concedida pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, ao chefe executivo da Agência de Ciência e Tecnologia de Defesa, Tan Peng Yam, no gabinete montado no Riocentro.

No encontro, Amorim e Tan trataram da parceria entre Brasil e Cingapura na área militar. Em seguida, Tan encontrou-se com o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, e o secretário de Produtos de Defesa do MD, Murilo Marques Barboza. Neste ato, as três autoridades assinaram o documento.

Tecnologia de defesa

O acordo prevê que os dois países irão trocar experiências em tecnologia de defesa por meio de workshops, seminários, mesas redonda e simpósios. Além disso, Brasil e Cingapura vão estimular a interação e colaboração entre indústrias e instituições acadêmicas.

Estão previstas também participações de engenheiros e/ou cientistas de Cingapura e do Brasil em treinamento profissional e colaboração em pesquisa, bem como a exploração do uso de instalações de teste nos dois países.

O documento informa ainda que “a declaração de intenções será orientada pelos princípios de interesses mútuos e em conformidade com as respectivas legislações e normas nacionais e obrigações internacionais assumidas pelos estados dos participantes”.

Leia a carta de intenções firmada entre Brasil e Cingapura.

FONTE: Ministério da Defesa

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Requena
Requena
8 anos atrás

Acho que o Brasil encontrou a maneira certa de nunca mais se envolver em guerras.
Se depender da quantidade de acordos de defesa assinados, falta inimigos no planeta! 🙂

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Quem é amigo de todos não é amigo de verdade de ninguém…

Essa montoeira de “acordos” que não passam das cartas de intenção não servem de nada. Acordo mesmo é o que os EUA fazem, vai lá ver se a China ataca Taiwan…

rsbacchi
rsbacchi
8 anos atrás

O Ministério de Defesa vai ter que criar uma Secretaria de Acordos para administrar estas dezenas (ou centenas?) de acordos.

Bacchi

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -